A A A C
email

Domingo, 23/01/2011

Caravana de Sonhos (Texto de Déa Castanheira)

Tags: caravanaprofessores.



 

Vou contar para vocês uma história: Era uma vez um homem que tinha sonhos muito loucos, aliás como todo bom inventor. Um dia ele juntou algumas peças que estavam na garagem e criou uma geringonça que poderia misturar rádio, tv, telefone e fazer coisas muito rápidas.Quem sabe até mesmo pensar?
O invento deste homem foi sofrendo inúmeras modificações e melhorava a cada dia . Tudo isso aconteceu rapidamente, em algumas décadas, o mesmo tempo que levou para os homens destruírem boa parte da natureza. Enquanto o invento do qual falávamos se multiplicava e ganhava novas versões, a natureza ia sofrendo e sofrendo até que revoltada e entregue à ação do homem começou a ruir.
Vocês podem estar se perguntando: O que uma coisa tem a ver com a outra? E eu já explico: Acontece que no auge dessas transformações, quando as pessoas já se davam conta do quanto podiam usufruir deste invento e do quanto já haviam destruído a natureza, em janeiro de 2011, a região serrana do Rio de Janeiro começou a ser devastada pelos deslizamentos de terra em decorrência das fortes chuvas que caíam impiedosamente. Tanto sofrimento por parte daqueles que viveram a tragédia mobilizou outros que utilizavam a avançada tecnologia tanto na busca por pessoas desaparecidas quanto na divulgação de informações e em correntes de solidariedade. E como vimos no começo dessa história, tudo começa com um sonho. Afinal Deus nos criou com a capacidade de sonhar e de realizar. Pena que nos desviemos da rota tantas vezes... O sonho foi levar um pouco de alegria às crianças que estavam sofrendo tanto. Muitas sem família, sem casa, sem roupas, brinquedos e comida. Surgiu a ideia, no twitter, de convocarmos professores(verdadeiros sonhadores e realizadores) para essa tarefa, através de contação de histórias, brincadeiras e música. Após um breve instante a causa já havia sido abraçada pela Secretária de Educação e partimos para Nova Friburgo e Teresópolis em uma caravana de professores da SME levando livros, brinquedos e muita vontade de ajudar.
Encontramos cenas muito tristes e crianças que precisarão de muita ajuda. Não temos a pretensão de ter mudado a vida de ninguém, mas certamente mudamos a nossa.E essa história não termina aqui, pois SOLIDARIEDADE deve ser um estilo de vida e não uma ação isolada em determinado evento. Todos os dias há pessoas a nossa volta necessitando de algo. Vamos formar uma caravana de sonhos? Multiplicar as ações para que elas cheguem a todos os lugares, todos os dias? Para essa história ter um final feliz só é preciso que cada um de nós faça a sua parte.

 

Déa Castanheira é professora da Rede Municipal de Educação, e idealizadora do Blog Entre Nós
 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

caravanaprofessores (3)

Comentários
Parabéns pela Caravana e pelo lindo texto. Esse tipo de ação nos estimula, nos faz sonhar!

Postado por Lucelia em 24/01/2011 21:43