A A A C
email

Segunda-feira, 04/05/2015

Minecraft e a Inovação em Sala de Aula

Tags: professor, inovação, tecnologia.


 

 

Certa vez o Professor Henry Jenkis disse que para compreender uma sociedade, nada melhor que estudar seus jogos. Logo, temos em Minecraft uma descrição bem fiel da realidade na qual vivemos. Minecraft é basicamente um jogo em que o usuário constrói o(s) mundo(s) em que vive, minerando blocos e usando-os para montar os elementos da sua paisagem. Porém, não é só isso, existem muitas formas de interagir no Minecraft, em linhas gerais: pode ser um jogo trivial com aventuras, um local de livre criação ou programando e acoplando à módulos, que expandirão suas potencialidades. Por ser um sistema extremamente versátil adaptar-se à várias demandas, tornando-se inclusive um aliado para educadores, sendo chamado por entusiastas de "a ferramenta definitiva de aprendizado", ou seja, por mais que o Minecraft tenha sido criado como um jogo, suas possibilidades extrapolam o próprio jogo.

 


 

A primeira grande vantagem da utilização do Minecraft é que temos algo próximo dos alunos, que faz parte do cotidiano deles e ao introduzir no contexto escolar abre-se a possibilidade da equalização de discurso entre os atores sociais envolvidos, bem como questões associadas ao protagonismo, ao pertencimento e ao empoderamento. O Minecraft pode ser entendido como um Meta-Universo, um ambiente virtual no qual acontece as ações, apenas neste campo abre-se precedentes para abordar a comunicação, cidadania e participação no espectro digital. Porém, ao trabalhar com qualquer jogo em sala de aula não é necessário ter aparelhos ou até mesmo o próprio jogo. A natureza das atividades tem que estar de acordo com o ecossistema escolar, desde o perfil da unidade até das pessoas envolvidas. O jogo é um objeto de estudo que muitas vezes pode ser introduzido na sala de aula mediante uma conversa, uma análise de imagem, um desenho ou uma foto daquilo que fora feito em casa, não necessariamente jogando. Algumas características que o Minecraft possui e como tirar proveito delas:

  •  compartilhamento: é baseado na comunidade, no uso coletivo, os jogadores precisam estar juntos e integrados para que consigam atingir os objetivos propostos, por isso as informações e técnicas são trocadas pelos usuários das diversas formas, pessoalmente, fóruns, blogs e vídeos; 
     
  • cubismo moderno: a proposta é construir utilizando cubos, desta maneira necessita-se decompor a realidade vivida e estruturar aquilo que vai ser construído dentro de um padrão, associando isto à proporções e escalas;
     
  •  faça você mesmo: não importa aquilo que vai ser construído, poderá ser feito, e caso não saiba como realizar, basta procurar, trata-se de uma maneira de apresentar a cultura diy (do it yourself);
     
  •   crie novos usos: tudo for almejado realizar, há uma maneira de se fazer, inclusive integrar atividades entre o mundo real e virtual, desenhar, criar planos, tabelas, não importa, o que vale é materializar o que foi pensado.

 

 

 Sugestões de atividades:

  • Planejamento de construção: antes de começar a construção no Minecraft, fazer planos/projeto em peças de montagem e desenhos em papel quadriculado;
     
  • Desenhar: utilizar os cubos para construir desenhos/esculturas (inclusive cubos reais ou brinquedos de montagem);
     
  • Jogando e Escrevendo: escrever textos de acordo com aquilo que o personagem vai realizando; 
     
  • Adaptar clássicos: construir edificações e cenários de clássicos da literatura, da História ou mitologia;
     
  • Juntar o real e o virtual: criar um tabuleiro no Minecraft com a trilha e as peças, porém jogando dados e outras ações na realidade, tal como um quizz de qualquer matéria, a medida que os alunos acertam avançam e retrocedem as peças no jogo. Pensamento Computacional: módulos associados à programação e também atividades teóricas que dão base ao pensamento computacional, por exemplo, abstração para resolução de problemas, reconhecimento de padrões, lógicas e algorítimos, etc.
     

 Porém, para que os benefícios permitidos pelo Minecraft sejam utilizados, é necessário compreendê-lo, costumo dizer que o software em questão figura como uma resposta em busca de perguntas para legitimá-lo.

 


 

   Francisco Tupy

 Professor do Colégio Visconde de Porto Seguro de Tecnologia    Educacional e da Oficina de Games.

 Formado em Geografia pela FFLCH-USP, Mestre e Doutorando pela  ECA-USP.

 Atua em projetos na parte de Game Design e Gamificações. 

 Nas horas vagas pratica Jiu-Jitsu, anda de skate e coleciona    quadrinhos

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

professor (6)
tecnologia (3)

Comentários
Não há comentários sobre este tópico.