A A A C
email

Terça-feira, 16/12/2014

Talentos da Rede Apresenta: Cláudia Rodrigues Gomes – Bibliotecária da BEM do Leblon

Tags: 2ªcre.

Cláudia Rodrigues Gomes é bibliotecária na Biblioteca Escolar Municipal do Leblon. Dentre seus talentos estão o canto, a contação de histórias e a literatura infantil.

 

 

Atualmente a bibliotecária Cláudia está lotada na Biblioteca Escolar Municipal do Leblon Vinicius de Moraes, que é uma biblioteca de livre acesso e tem como função atender o público escolar e a população local. Nesse ambiente são realizados vários projetos de incentivo ao gosto pela leitura.

 

Bibliotecária Cláudia com o livro infantil de sua autoria.

 


A partir da ideia do desenvolvimento do gosto pela leitura, podemos comentar sobre os projetos desenvolvidos que foram bem sucedidos, lembrando que todas as atividades têm como objetivo incentivar a leitura, levar o livro à comunidade em geral, principalmente a escolar, promover contato com escolas do entorno, de outras CREs e bibliotecas da rede. Podemos destacar os projetos “Hora do Conto”, “Projeto Leia e Troque” e “Visita Orientada”.


Vale lembrar que todas as ações levam em conta os objetivos educativos, informativos, culturais e recreativos propostos pela instituição.


Cláudia Rodrigues concedeu uma entrevista ao portal Rioeduca falando sobre seu talento com a música e o trabalho desenvolvido na Biblioteca Escolar Municipal do Leblon.

 

Rioeduca: Como surgiu o talento com a música?


Bibliotecária Cláudia Rodrigues: Sempre gostei de cantar e, desde pequena, com dois anos, já cantava para as visitas que iam a minha casa. Meu pai foi cantor e radialista. Herdei dele a vocação para música. Conforme fui crescendo, fiquei com vontade ser atriz, mas, aquela época, não havia cursos de teatro para crianças. O tempo passou e, quando eu estava mais ou menos com 19 anos, iniciei cantando em uma banda e, até hoje, vou fazendo alguns trabalhos em casamentos e festas. Tenho um CD de música católica, pois canto na igreja, e também tenho um CD de músicas de folclore compostas por mim.

Também sou contadora de histórias e, nas contações, utilizo músicas para ilustrar as histórias.

 

Cláudia apresentando seu talento com a música.

 

 

Rioeduca: Conte quais ações a BEM do Leblon preparou para homenagear o centenário de Vinicius de Moraes? Ele é o patrono da BEM, certo?

 

Bibliotecária Cláudia Rodrigues: Sim ele é o patrono e, no ano passado, aconteceram as comemorações do centenário no dia 19 de outubro. Participei contando e cantando as poesias da Arca de Noé. Para o encerramento do ciclo do centenário de Vinicius de Moraes, preparei as seguintes ações: "Pegue e Leve a Poesia de Vinicius de Moraes", "Leia e Troque", exibição de documentário sobre Vinicius de Moraes, abertura da sala Vinicius de Moraes, "Hora do Conto", "Foto Maluca" e oficina de Origami.

 

Apresentação sobre o centenário de Vinicius de Moraes na BEM do Leblon.

 

 

Rioeduca: Como tem sido a reação das pessoas que visitam a BEM do Leblon?

 

Bibliotecária Cláudia Rodrigues: Desde que cheguei, tenho procurado dar uma cara nova à BEM, pois considerava ela muito tradicional, com poucos enfeites e cores. Procurei dar este toque que faltava, pois o imóvel é muito bonito. Comecei pelo setor infantil, pintando de colorido algumas estantes que eram brancas, pintei também um armário antigo, separei os livros infantis dos juvenis e por classes, coloquei adesivos nas paredes e mesas, entre outras coisas. Também preparei uma sala para o acervo do patrono com o tema: “Boteco do Vinicius de Moraes”. No salão principal, dei um toque especial com vasinhos de flores.

As pessoas se surpreenderam bastante com o novo visual da biblioteca e fazem bastantes elogios.

 

Apresentação na BEM do Leblon sobre o ciclo do Centenário de Vinicius de Moraes.

 

 

Rioeduca: Para você, pessoalmente, o que significa participar dessa iniciativa? E para a BEM do Leblon, de um modo geral?

 

Bibliotecária Cláudia Rodrigues: É sempre gratificante novas experiências, pois nelas aprendemos e aperfeiçoamos nosso trabalho. O que nos proporciona amadurecimento no nosso desempenho são as experiências que levaremos para sempre em nossa vida. Não só para mim, como também para a BEM, é muito importante levar a leitura às pessoas, os romances e as poesias. Principalmente, as poesias de Vinicius de Moraes, que foi um poeta muito importante no nosso país, afinal suas poesias romperam fronteiras levando nosso Brasil a muitos países.

 

Rioeduca: Você foi a vencedora do edital para viajar para a Feira Literária Internacional de Paraty. Conte como foi a experiência.

 

Bibliotecária Cláudia Rodrigues: Participei do concurso com um relato de experiência de desde que entrei na Prefeitura. A ida à FLIP foi um sonho que alimentei por muito tempo e, quando soube do concurso, vi a chance de ir. Foi maravilhoso passar cinco dias vivendo literatura e assistindo palestras para o aperfeiçoamento do meu trabalho. Gostaria até de ter assistido mais palestras, mas eram tantas coisas para ver, que fiquei um pouco perdida.

 

Rioeduca: Gostaria de enviar uma mensagem aos servidores em relação ao seu trabalho na BEM do Leblon? E/ou em relação ao centenário de Vinicius de Moraes?

 

Bibliotecária Cláudia Rodrigues: Gostaria de dizer que tudo que faço é feito com muito amor à profissão que escolhi e, quando trabalhamos com amor, nosso trabalho flui. Semeamos a leitura e vemos as flores e frutos brotarem. É muito gratificante quando uma criança vem na “Hora do Conto” e depois volta para se associar à biblioteca e levar livros para ler em casa. Desejo que todos também amem sua profissão e consigam a realização, para que, quando olharem para trás, vejam que ajudaram a construir nosso Brasil.

 

A bibliotecária Cláudia também é autora do livro infantil “O Sumiço do Macaquinho”, publicado pela Editora Prazer de Ler, do Grupo Multimarca Construir, em 2013. Esse livro acompanhará uma coleção de livros didáticos “Formando Cidadãos”. A história narrada no livro é real e, segundo Cláudia, o fato narrado aconteceu durante uma apresentação na BEM de Paquetá.

 

Oficina sobre a arte de contar histórias para aos bibliotecários da SME.

 

 

O portal Rioeduca agradece a bibliotecária Cláudia pela entrevista e deseja sucesso à Biblioteca Escolar Municipal do Leblon.
 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca! Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ªCRE

renata.carvalho@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Saiba mais:

2ªcre (276)

Comentários
Parabéns professora Cláudia!!!! Seu trabalho é lindo!

Postado por Patrícia Fernandes em 16/12/2014 10:18

A Claudia é uma super Bibliotecária e tem feito um excelente trabalho na BEM do Leblon! Parabéns, Claudia! Vc é um exemplo para nós! :D

Postado por Cilene OLiveira em 16/12/2014 20:57

Amei!!! Obrigado!!!

Postado por Claudia Rodrigues Gomes em 17/12/2014 11:31