A A A C
email

Sexta-feira, 21/09/2012

Protagonismo Tirando a Droga de Cena

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, saúde, blogsderioeducadores.

 

Tornar o aluno sujeito de sua própria aprendizagem é o objetivo de todo professor. A professora Joice Pinter colocou seus alunos para construir conhecimento para toda a comunidade escolar da Escola Municipal Levy Neves, da 3ª CRE.

 

 

O blog faz parte das aulas de língua portuguesa da turma 1801. Lá, a professora registra informações relevantes ao planejamento de cada aula como já vimos no post Escrevinhar pra Valer – Prof.ª Joice Pinter. Foi lá que ela registrou a paródia de marchinha de Carnaval que agora será retomada.

Frequentando o curso sobre Prevenção à Dependência Química, na 3ª CRE, ela resolveu inscrever-se no Concurso Tirando a Droga de Cena. A proposta foi apresentada aos alunos no post Tirando a Droga de Cena: Que Tal Fazermos um Vídeo ?

 

 

 

 

 

 

 

Ela apresentou outros vídeos vencedores para exemplificar. A marchinha O Crack não é Bom, produzida em fevereiro, foi escolhida com fio condutor do vídeo. Segundo a professora: “ O vídeo trata das músicas de carnaval que insinuam direta ou indiretamente o uso de drogas como álcool, lança -perfume, além de posturas de embriaguez encaradas naturalmente como brincadeiras típicas de carnaval.

Os textos, interpretados pelos alunos no vídeo, questionam essas músicas e posturas, problematizando o tema em questão. A criação de uma marchinha seria a proposta de alertar os jovens dos perigos da utilização das drogas .

Ao final, a série de imagens deixa um recado para aquele menino da comunidade, que solta pipa e ainda não tem ideia do perigo das drogas em sua vida “ Ei, você aí, não fume isso aí!”. Em seguida, as imagens abordam o triste retrato dos jovens zumbis destruídos pelo crack, abandonados pelas ruas em sono profundo e sendo detidos por agentes públicos nas cracolâncias, deixando em destaque a mensagem final: O crack não é bom.”

 

 

 

 

 

 

 

 

O vídeo foi roteirizado e produzido em conjunto. As dependências da escola e entorno serviram de cenário. O resultado é uma colagem de imagens e diferentes linguagens utilizadas para expressar seus pensamentos e refletir sobre temas importantes como o uso de entorpecentes. Apesar dos poucos recursos audiovisuais, a mensagem é bastante clara. A droga não deve fazer parte do teatro da vida.

 

 

 

 

 

 


Confiram este e outros projetos e atividades das turmas da professora Joice Pinter em seu blog Escrevinhar pra Valer. A barra lateral contém várias sugestões de atividades, textos e jogos. Não percam!

 

 

 

 

 

 

Imagens e textos retirados do blog ou enviados pela professora via e-mail

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



   
Comentário enviado com sucesso, aguardando moderação.














Sua indicação foi enviada com sucesso!









Comentários
Muito importante trabalhar esse assunto com os jovens. Parabéns!!!

Postado por Hozama Moura em 21/09/2012 08:32

Trabalhar com os nossos alunos o poder destruir de quem se envolve com as drogas é contribuir para uma sociedade melhor. É dever da escolas trabalhar estes temas mostrando a realidade dura e cruel de quem se envolve com drogas.

Postado por Fatima Lucia Braga em 21/09/2012 22:04

Parabéns Joice e turma 1801 pelo trabalho desenvolvido. Muito bom ter uma profissional que está bem conectada com as novas mídias, e pelo que vi no seu blog, trabalha isso junto com seus alunos.

Postado por Luciane Gonçalves ( Coordenadora Pedagógica da E. M. Levy Neves ) em 23/09/2012 22:46

JOICE PINTER, EXCELENTE TRABALHO!!! PARABÉNS!

Postado por Neide Crispim em 28/09/2012 23:12