A A A C
email
Retornando 574 resultados para a tag 'projetos'

Terça-feira, 23/04/2019

Creche Municipal Stella Maris - 11ª CRE

Tags: 11ªcre, projetos, educação infantil, identidade, lúdico, arte, bncc.

 "Luz, câmera...todos em ação!"

 

A partir do Projeto, "Luz, câmera...todos em ação!" a Creche Municipal Stella Maris (11.20.601)  vem trazendo a ludicidade dos filmes infantis para desenvolver as potencialidades dos alunos.  Através da proposta da Creche, as orientações curriculares são desenvolvidas e articuladas com o lúdico, permitindo a participação dos alunos nas escolhas, desenvolvendo as habilidades de forma agradável, colorida, estruturada, trazendo sentido e significado à sequência didática.

 

 

Um dos objetivos da proposta é despertar sentimentos e construir valores, a partir das histórias contadas nos filmes. De modo, que as crianças possam perceber a si mesmo e ao outro, encontrando  igualdades e diferenças. 


A Professora Articuladora Michelle Moreira, conta que toda as turmas da unidade estão envolvidas neste projeto, no qual, por meio da linguagem da arte, possibilita a descoberta da sensibilidade para compreender o mundo e suas culturas. "Os pequenos exploraram a capacidade de atenção, coordenação motora, concentração, percepção, dentre outras habilidades, favorecendo a construção e formação da identidade, a partir de um processo de familiarização da imagem do próprio corpo, por meio da criatividade e da expressão artística."

 

 

Os alunos da EI 31 sendo personagens do cinema. 

 

 

O projeto foi iniciado com o primeiro filme escolhido: Toy Story. A partir da escolha, os personagens começaram a ser conhecidos pelas crianças e identificadas suas características físicas, culturais e emocionais.

O projeto desenvolvido permeia as rotinas diárias da creche, atendendo aos  5 Campos de experiência fundamentais para o desenvolvimento das crianças segundo a BNCC: Eu, o outro e o nósCorpo, gestos e movimentosTraços, sons, cores e formasEscuta, fala, pensamento e imaginação; e Espaço, tempo, quantidades, relações e transformações.

 

Conheça os  campos de experiência estabelecidos pela BNCC para Educação Infantil:

 

1) O EU, O OUTRO E O NÓS:

Destaca experiências relacionadas à construção da identidade e da subjetividade, as aprendizagens e conquistas de desenvolvimento relacionadas à ampliação das experiências de conhecimento de si mesmo e à construção de relações, que devem ser, na medida do possível, permeadas por interações positivas, apoiadas em vínculos profundos e estáveis com os professores e os colegas. O Campo também ressalta o desenvolvimento do sentimento de pertencimento a um determinado grupo, o respeito e o valor atribuído às diferentes tradições culturais.

 

Trabalhando as características físicas do corpo e identidade

 

 

2) CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS:

Coloca ênfase nas experiências das crianças em situações de brincadeiras, nas quais exploram o espaço com o corpo e as diferentes formas de movimentos. A partir daí, elas constroem referenciais que as orientam em relação a aproximar-se ou distanciar-se de determinados pontos, por exemplo. O Campo também valoriza as brincadeiras de faz de conta, nas quais as crianças podem representar o cotidiano ou o mundo da fantasia interagindo com as narrativas literárias ou teatrais (...)

 

 

Representando o mundo de Toy Story

 

3) TRAÇOS, SONS, CORES E FORMAS:

Ressalta as experiências das crianças com as diferentes manifestações artísticas, culturais e científicas, incluindo o contato com a linguagem musical e as linguagens visuais, com foco estético e crítico. (...). Ao mesmo tempo, foca as experiências que promovam a sensibilidade investigativa no campo visual, valorizando a atividade produtiva das crianças, nas diferentes situações de que participam, envolvendo desenho, pintura, escultura, modelagem, colagem, gravura, fotografia etc. 

 

O Universo congelante de Frozen serviu como base para explorar o esquema corporal, texturas, temperaturas e animais que vivem no frio.

 

4) ESCUTA, FALA, PENSAMENTO E IMAGINAÇÃO:

Realça as experiências com a linguagem oral que ampliam as diversas formas sociais de comunicação presentes na cultura humana (...) Dá destaque, também, às experiências com a leitura de histórias que favoreçam aprendizagens relacionadas à leitura, ao comportamento leitor, à imaginação e à representação e, ainda, à linguagem escrita, convidando a criança a conhecer os detalhes do texto e das imagens e a ter contato com os personagens, a perceber no seu corpo as emoções geradas pela história, a imaginar cenários, construir novos desfechos etc. O Campo compreende as experiências com as práticas cotidianas de uso da escrita, sempre em contextos significativos e plenos de significados, promovendo imitação de atos escritos em situações de faz de conta, bem como situações em que as crianças se arriscam a ler e a escrever de forma espontânea, apoiadas pelo professor, que as engaja em reflexões que organizam suas ideias sobre o sistema de escrita.

 

 

 

 

 

 

5) ESPAÇO, TEMPO, QUANTIDADES, RELAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES:

(...). Envolve também experiências em relação à medida, favorecendo a ideia de que, por meio de situações problemas em contextos lúdicos, as crianças possam ampliar, aprofundar e construir novos conhecimentos sobre medidas de objetos, de pessoas e de espaços, compreender procedimentos de contagem, aprender a adicionar ou subtrair quantidades aproximando-se das noções de números e conhecendo a sequência numérica verbal e escrita.(...) O Campo ressalta, ainda, as experiências de relações e transformações favorecendo a construção de conhecimentos e valores das crianças sobre os diferentes modos de viver de pessoas em tempos passados ou em outras culturas. Da mesma forma, é importante favorecer a construção de noções relacionadas à transformação de materiais, objetos, e situações que aproximem as crianças da ideia de causalidade.

 

 

A professora Fernada da turma EI-32 utilizou o personagem Senhor Cabeça de Batata para desenvolver suas atividades,

.

 

Partindo do pressuposto de que a criança aprende por meio das experiências vividas no contexto escolar, as professoras da Creche Municipal Stella Maris, Sirlene Juviniano (EI11) , Lecy Carvalho (EI12), Janaína Pessanha (EI21), Natalia Ferreira (EI22), Caroline Mello (EI31), Fernanda França (EI32), Soraia Vidal (EI33) juntamente com Professora Articuladora idealizaram este projeto, cada uma respeitando o momento e os interesses de seus alunos, trabalhando assim, de forma lúdica todos os campos de experiência enfatizando  os avanços  principais de desenvolvimento na primeira infância.

 

 

Quer saber mais?

BNCC e Educação Infantil

https://novaescola.org.br/bncc/conteudo/58/o-que-sao-os-campos-de-experiencia-da-educacao-infantil

 

Creche Municipal Stella Maris 

Estrada de Maracajá 973, Galeão 21941-395

cmsmaris@rioeduca.net

2465-4786

Diretora: Maria Helena da Silva Fontoura

Professora Ariculadora: Michelle Moreira

 

Contato para publicações:

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 23/04/2019

Escola Municipal Professora Helena Lopes Abranches - 7ªCRE

Tags: 7ªcre, projetos.

DESCOBRINDO OUTROS “MUNDOS” COM A OBRA DO PEQUENO PRÍNCIPE

E.M. HELENA LOPES POR UM UNIVERSO MAIS HUMANO!

 


A Escola Municipal Helena Lopes Abranches está desenvolvendo o seu projeto anual a partir do livro "O Pequeno Príncipe" de Antonie Saint-Exupéry. Muito se fala sobre a importância de se adequar os conteúdos trabalhados na escola a realidade dos alunos, e ainda fazê-los significativos, para que haja, de fato uma aprendizagem. A partir dessa discussão, a equipe da Unidade Escolar pensou na forma mais ideal de tornar os conteúdos programáticos significativos, ou ainda, contextualizá-los dentro de uma proposta de compreensão de uma obra literária, tornando assim o processo de aprendizagem uma experiência lúdica.

 

 

 

 

A Unidade Escolar também destaca a necessidade do trabalho com a afetividade e com a Educação Socioemocional, a fim de vivenciar a construção do respeito mútuo, a possibilidade de expressão e a oportunidade de colocar-se no lugar do outro.

 

 

Mural temático do projeto anual.

 

 

“O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry propõe olharmos para o planeta que existe dentro de cada um de nós. Um livro escrito por um ex-piloto de guerra, que envolve seus desejos e pensamentos infantis. Por muitos é considerado um livro infanto-juvenil, mas podemos considerar que a obra transita entre diferentes universos e públicos.

O príncipe relata suas experiências vividas em seu planeta e as situações as quais vivenciou em viagens que fez a vários outros.  O príncipe quando sai do seu planeta, deixa uma rosa, uma relação de carinho e amizade. A partir dessa construção feita pelo autor, podemos refletir e entender que muitas vezes a distância nos mostra a importância do que estamos acostumados a ter próximo de nós e que muitas vezes deixamos de cuidar.

Assim, o livro cria a possibilidade de discutir o valor das amizades verdadeiras, algo importante de ser discutido, sobretudo diante dos  interesses da sociedade atual, muitas vezes marcada pelo individualismo.

 

 

 

OBJETIVOS DO PROJETO

 

-Proporcionar aos estudantes instrumentos para a aprendizagem de valores e conhecimentos por meio de estimulação frequente;
-Proporcionar possibilidades de ação, expressão e interlocução;
-Contextualizar e tornar lúdica as propostas de conteúdos, a partir de uma abordagem literária, consequentemente apresentando e consolidando a importância da literatura;
-Apresentar a literatura como possibilidade de fazer parte do universo de cada criança;
-Levar os alunos a construir valores de amizade, solidariedade e respeito;
-Melhorar as relações entre os alunos e torná-los multiplicadores desses valores, refletindo em melhorias nas relações com outros colegas da escola e por todas as suas relações fora do ambiente escolar;
-Discutir, em sala de aula, situações hipotéticas, realizar jogos simbólicos e representar situações do cotidiano;
-Refletir sobre a prática de pensar, olhar o outro e interagir com o próximo;
-Preocupar-se com a própria produção e valorizar a dos colegas.

 


ACOLHIMENTO

 

A escola tem o papel de criar espaços e condições para que os alunos se envolvam em atividades que assegurem seu pleno desenvolvimento. Começar com o “pé direito” o ano escolar pode garantir resultados ao longo do ano.

 

 

Atividade de roda durante o acolhimento.

 

 

Na primeira semana de aula buscamos, no planejamento de nossas atividades, transformar esse momento em uma preciosa oportunidade para conhecer melhor os alunos, avaliar os conhecimentos que eles têm, estabelecer laços afetivos que deliberarão o tom de convivência entre professor e alunos, bem como entre os próprios colegas, e ainda motivá-los ao estudo.

Com jogos, brincadeiras, atividades esportivas e lúdicas, o principal objetivo da Semana de Acolhimento foi o acréscimo da influência mútua e da autonomia de nossos alunos, onde eles exteriorizaram seus anseios e aspirações ao ano que se iniciou, interatuando com os seus pares.

 

PAPEL DA EDUCAÇÃO FISÍCA

 

É sabido que a pratica regular de atividades físicas possui inúmeros impactos benéficos sobre o organismo, como o fortalecimento imunológico, regulagem da pressão arterial, desenvolvimento muscular e esquelético.
Na Pré-Escola essa é uma importante prática que visa o desenvolvimento psicomotor  e das habilidades interpessoais da criança. 

Desse modo, os alunos da Escola Municipal Helena Lopes passaram por um processo de antropometria realizado pelos professores de Educação Física.

"A antropometria, definida como a ciência que estuda os caracteres mensuráveis do corpo humano, particularmente as mensurações do tamanho, forma e composição corporal, tem sido utilizada em diversas áreas do conhecimento, tais como: Saúde, Ergonomia, Desporto e Engenharia." Nesse contexto, a antropometria pode servir como uma valiosa ferramenta na prática do professor de educação física, provocando mudanças e proporcionando o controle da saúde dos alunos e adquirindo indiretamente hábitos positivos à saúde de seus alunos." (SILVA, 2011).

 

Antropometria dos alunos.

 

Durante o primeiro bimestre , uma das atividades desenvolvidas, feita pela professora Heloísa Ramos, de Educação Física, com as Turmas de Educação Infantil foi associada à movimentos da Ioga e teve dois momentos específicos que se complementavam:


1º momento: Atividades de manuseio, transporte e lançamento de bolas de meias. Os alunos transportaram a bola de meia em várias partes do corpo, de formas variadas, utilizando o equilíbrio. Posteriormente desenvolveram a velocidade de reação/atenção  em duplas.

 

Atividades de manuseio com bolas de meia.


 

2º momento: Postura de Ioga e respiração. Foi trabalhado o equilíbrio, respiração, concentração, controle do corpo, postura e flexibilidade, utilizando posturas de Ioga para crianças, tais como a árvore, o barco, a borboleta, a tartaruga e o gato. A aula foi finalizada com o Mantra das Vogais, uma atividade de articulação vocal das vogais com respiração e movimentos específicos de braços.

 

   Posturas de Ioga.

 

 "O Pequeno Príncipe e sua 1ª viagem: Rio, um universo de amor!"

 

Após esses momentos, começa a viagem por nossa Cidade, tendo como pano de fundo a história escrita por Antoine De Saint-Exupèry. 

Cartaz temático em comemoração ao aniversário da cidade do Rio de Janeiro.

 

Trabalhos na exposição.

 

Mural temático.

 

 

O Pequeno Príncipe ajuda a olhar o espaço com atenção. É um resgate da beleza que existe dentro de cada um de nós, assim como permite a percepção das  beleza de nossos espaços naturais e culturais. Dessa forma, a história foi utilizada como um caminho para se pensar no Rio de Janeiro com as crianças. 

“As estrelas são todas iluminadas… Não será para que cada um possa um dia encontrar a sua?” – Antoine De Saint-Exupèry.

 

Convite para a exposição e trabalho de anagrama feito por aluna do 5º ano.

 

Apresentação de alunos.

 

 Maquetes na exposição.

 

 

O Pequeno Príncipe teve carinho e responsabilidade com sua rosa e voltou ao seu planeta, sem medir esforços, sem temer as consequências para que pudesse cuidar de quem ele cativou e por quem foi cativado.

Usando a literatura como eixo norteador, a Escola Professora Helena Lopes buscou promover reflexões de valores e sentimentos presentes na obra e tão necessários na "vida real"!

 

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações

Email: robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da Escola Municipal Professora Helena Lopes Abranches

Email: emabranch@rioeduca.net

Telefone: 24276217

 

 

 

  


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 15/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Coma Bem, Viva Melhor!

Tags: 7ªcre, projetos.

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira participa da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 promovida pelo PNAE ( Programa Nacional de Alimentação Escolar). A Jornada tem como tema norteador a promoção da alimentação saudável e a prevenção da obesidade infantil no ambiente escolar. 

 

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira desenvolveu diversas atividades envolvendo os temas  propostos pela Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 (EAN). Confira agora o relato enviado ao Rioeduca sobre as atividades, considerando os temas: Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil e envolvimento da família na alimentação escolar: Vamos aprender juntos!

 

 

 

Tema : Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil

Título : Coma bem, viva melhor!

 

Especialistas apontam a publicidade infantil como grande vilã do aumento do consumo dos alimentos altamente calóricos, processados e com baixo valor nutricional. Sendo assim, ela está diretamente ligada a obesidade infantil, uma vez que as crianças são consideradas sensíveis e vulneráveis a propaganda.


Não é incomum encontrar crianças fazendo escolha pelo suco de caixinha do super-herói favorito, o biscoito que ela viu no anúncio do intervalo do desenho e por aí vai.


As propagandas são abusivas e provocam malefícios a saúde, pois essa exposição corrobora com a promoção de hábitos alimentares não saudáveis, que ficam enraizados na nossa cultura.


Sendo assim, pensamos em trazer para essa etapa da Jornada de EAN a discussão de novas formas de promover os alimentos saudáveis, através do relato e da escuta das crianças, garantindo que elas possam se expressar e serem representadas nesse processo.


O trabalho com as crianças se iniciou com a apresentação de alguns alimentos, onde eles puderam experimentar, sentir das mais diferenciadas formas. As turmas da pré-escola foram convidadas a montar um piquenique com alimentos saudáveis e durante esse processo as crianças foram instigadas a gravar pequenos vídeos falando sobre os alimentos ali inseridos, as frutas.

 

Crianças experimentando frutas diversas.

 

 

Piquenique realizado na unidade escolar.

 

 

Crianças reunidas, após o piquenique.

 

Num segundo momento, eles puderam assistir vídeos e se reconheceram enquanto autores do processo de divulgação e promoção de uma alimentação de qualidade.

 

Ainda dentro do tema, as turminhas do maternal 1 prepararam um outdoor a partir de atividades realizadas com os responsáveis e as crianças, com o intuito de conscientizar a importância de consumir produtos naturais, in natura.

 

Por fim, Eles fizeram um suco de abacaxi com hortelã, retirado na nossa horta e após a degustação e aceitação pela grande parte das crianças, elas seguiram na confecção do outdoor, no hortifrúti do maternal 1 o abacaxi é rei! Os responsáveis se surpreenderam com aceitação por parte das crianças.

 

 

 

 

Tema: Envolvimento da família na alimentação escolar

Título: De bem com seu prato - família e creche servindo saúde e alimentando a vida!

 

Envolver as famílias não é uma tarefa fácil, no entanto, essa parceria é fundamental para o desenvolvimento das crianças. Sendo assim, o EDI Norma tem a preocupação de estabelecer e reafirmar esse vínculo constantemente, pois acreditamos que essa é uma condição indispensável para uma educação de qualidade.


No primeiro momento, convidamos a mãe do pequeno Arthur, que é estudante de nutrição para uma entrevista com as turminhas da pré-escola. As crianças elaboraram vários questionamentos a respeito dos alimentos, de sua importância e da profissão da mãe convidada, Joelma.

 

 

Roda de conversa com a Joelma, mãe do Arthur e estudante de nutrição,

 


Após a entrevista e de uma conversa sobre a importância da merenda escolar, sua formulação, e seus benefícios os pequenos foram para a cozinha preparar o suco do Hulk e um das Princesas, para acompanhar o almoço.


Suco do Hulk


Ingredientes:

2 folhas de couve (da horta)
Suco de algumas laranjas

Procedimento: 

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo.


Suco das Princesas


Ingredientes:


2 Beterrabas
Suco de algumas laranjas

Procedimento:

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo

 

 

 Aprendendo a receita de sucos com ingredientes saudáveis.

 

A atividade foi dirigida pelas lactarista da unidade com o auxílio das crianças. Os responsáveis acompanharam a atividade e acabaram degustando a receita junto aos seus pequenos, que demostraram familiaridade com a receita preparada. Os pais se mostraram bem surpresos com a aceitação das crianças e isso só comprova que uma alimentação saudável começa aqui sim e desde muito cedo!

 

Lavando a couve para o suco do Hulk.

 

 

 

         Preparando a receita Ratatouille.
 

 

O berçário também participou desta etapa da jornada de EAN. Eles prepararam biscoitinhos para receber os responsáveis em um chá da tarde, feito com ervas da nossa horta.


As professoras trouxeram a já conhecida da turma, a Dona Maricota com sua cesta saudável para preparar o chá com os responsáveis. A atividade foi muito divertida e abriu possibilidades para muitas trocas com as famílias.

 

Hora da história : a cesta de Dona Maricota.

 

 

                 Hora do chá : atividade de integração com a família.
 

 

Parte da equipe do EDI e crianças do maternal 2.

 

 

 

 

O EDI Norma acredita e apoia a ideia da interação com as famílias, pois esse movimento enriquece as nossas atividades e contribui com para o pleno desenvolvimento dos nossos pequenos.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato do EDI Professora Norma Andrade  Nogueira:

edinogueira@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

 


 


   
           



Yammer Share

Sábado, 29/12/2018

Projeto Cidadania e Alegria na Escola Átila Nunes Neto

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O Projeto Cidadania & Alegria da Escola Municipal Átila Nunes Neto foi semestral, ocorreu no período de agosto a dezembro, contou com o envolvimento de todos os professores e todas as turmas da escola.

 

O projeto Cidadania & Alegria da Escola Átila Nunes Neto teve como objetivo geral proporcionar ao aluno que ele se conscientize da necessidade do respeito mútuo, através do reconhecimento da aplicação de direitos e deveres de cada um, formando valores éticos para o exercício da cidadania e cumprindo assim com o papel da escola: favorecer uma aprendizagem significativa na formação de cidadãos críticos, conscientes e criativos.

 

 

 

Os temas desenvolvidos, de acordo com o projeto, perpassaram por identidade, eleições, reciclagem, preservação do meio ambiente e valores.

 

 

      Máscaras Cerimoniais - Atividade de artes plásticas com papelão, desenvolvida pela professora Márcia Giovana.

 

 

As atividades da Educação Infantil perpassaram por temas como reciclagem e meio ambiente. As turmas do 1º ano trabalharam a reciclagem e a preservação do ambiente aquático. As turmas do 2º ano trabalharam a cidadania através da consciência ambiental e no trânsito. Já as do 3º ano a construção de brinquedos com sucata, com o artista Ivan Cruz.

 

 

Mural feito com trabalhos da Educação Infantil.

 

 

Alunos do 1º ano e o trabalho feito sobre preservação aquática.

 

 

2ºano e a preservação da água.

 

 

2º ano - apresentação dos trabalhos sobre a cidadania através da consciência ambiental e no trânsito.

 

 

3º ano - construção de brinquedos com sucata, com o artista Ivan Cruz. As memórias e os valores como o amor, através da história “Colcha de Retalhos.

 

As memórias e os valores como o amor, através da história “Colcha de Retalhos”, com as relações construídas na família e na escola. As turmas do 4º ano trabalharam a cidadania, através das eleições com três autores, para a escolha do nome da sala de leitura. As turmas do 5º ano trabalharam a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania, com as Professoras Roberta Nunes e Márcia Magalhães. As turmas do 5º ano trabalharam a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania, com as Professoras Roberta Nunes e Márcia Magalhães.

 

4º ano - trabalhando a cidadania, através das eleições com três autores, para a escolha do nome da sala de leitura.

 

 

5º ano - apresntação de  trabalhos com a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania.

 

 

6º ano - Mural : Não deixe que a cor da pele impeça de enxergar quem somos.

 

 

A culminância aconteceu no dia 05 de dezembro com exposição aberta a comunidade escolar. Nos intervalos da exposição teve apresentações de dança (com o grupo de alunos que participou da Mostra de Dança), música (violão e violino, com alunos da escola) e da orquestra de garrafas (alunos da turma 1303) que participou da Orquestra Sinfônica Jovens Cariocas.

 

Apresentação de dança e música.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da E.M. Átila Nunes Neto:

emaneto@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share