A A A C
email
Retornando 97 resultados para a tag 'alfabetizacao'

Terça-feira, 25/12/2018

Projeto "Vou Te Contar" de incentivo a leitura

Tags: 2ªcre, alfabetizacao, literatura.

 

Os alunos da Escola Municipal Conselheiro Mayrink participaram de um projeto de incentivo à leitura.

 

A professora Cristiane Joazeiro, Coordenadora Pedagógica, da Escola Municipal Conselheiro Mayrink entrou em contato com o portal Rioeduca e compartilhou o projeto de incentivo a leitura realizado na Unidade Escolar.

 

O projeto que recebeu o nome de “Vou Te Contar” foi realizado com as turmas da Educação Infantil, 4º e 5º anos, sob a orientação da professora Angela Ramos, regente da Sala de Leitura.

 

 

 


O projeto teve vários objetivos e dentre eles: desenvolver o hábito/prazer pela leitura como prática social; exercitar a habilidade da leitura; desenvolver a escuta atenta; ampliar a formação e visão de mundo; valorizar o livro físico.


Na primeira etapa da atividade, a professora Angela, responsável pela Sala de Leitura, conversou com os alunos de 4º e 5º anos, em suas respectivas aulas, sobre os livros que foram selecionados para a atividade. Os alunos foram convidados a escolher um livro cada um para treinar a leitura em casa, já que teriam que ler para os pequenos. Na segunda etapa, os alunos treinaram a leitura com seus próprios amigos de turma, nas aulas de Sala de Leitura.

 

 

 

 

Na última etapa, a professora marcou um dia com as turmas que estavam treinando a leitura e os alunos da Educação Infantil foram convidados a ouvir essas histórias, contadas pelos alunos maiores. Dessa maneira, a criança maior dividiu um colchonete com a criança menor para lhe contar a história.

 

 

 


A contação de histórias foi simultânea, quem acabava de contar, sinalizava para a professora e ela trocava os leitores. Cada criança da Educação Infantil ouviu aproximadamente de três a quatro histórias na mesma atividade. Os livros selecionados apresentavam textos curtos e simples para que a Educação Infantil conseguisse acompanhar e ouvir muitas histórias na mesma atividade. A preocupação com o tipo de texto também foi importante para que as turmas de 4º e 5º anos pudessem ler com segurança e tranquilidade.

 

 

 

 

A professora a turma da Educação Infantil e os alunos leitores deixaram seus depoimentos sobre o projeto:

 

“As crianças gostaram muito da atividade, além de ter propiciado a interação entre as crianças.” Michele Firmino – Professora da Ed. Infantil.

 

“As crianças gostaram de ouvir as histórias que a gente contou. É uma oportunidade para eles.” Matheus 1501.

 

“Gostei porque as crianças prestaram a atenção. A gente se sente feliz. Ler em voz alta para outra pessoa melhora a nossa leitura.”Giovanna 1501.


“Gostei porque eu nunca tinha feito isso. Foi uma experiência muito boa. Poder ler para uma criança pequena, estimula a gente a ler.” Maria Luíza 1501.

 

“Ótimo porque conheci mais e me senti feliz. Agora não tenho mais vergonha de ler na frente de ninguém.” Sophia Campos 1501.


“Gostei porque eu gaguejava muito na hora de ler e melhorei.”Thamires 1501.

 

 

Agradecemos a equipe pedagógica por compartilhar conosco relatos de uma atividade que incentivou o trabalho em equipe, a interação entre os alunos de diferentes turmas e o incentivo à leitura. Desejamos sucesso a toda comunidade escolar!

 

Quer saber mais?

O contato da Escola Municipal Conselheiro Mayrink é: emmayrink@rioeduca.net

Telefones: 2284-1627  ou 2264-6279

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

 

 

  


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/12/2018

O Desfile da Zebra

Tags: 2ªcre, alfabetizacao, literatura.

 

Os alunos do segundo ano da Escola Municipal Albert Schweitzer participaram de uma atividade que envolveu oralidade e escrita através do livro “O Desfile da Zebra”.

 

 

A professora Viviane Lima, regente da turma 1.301 da Escola Municipal Albert Schweitzer, utilizou o livro O Desfile da Zebra, de Paula Browne, sugerido no Caderno Pedagógico, para trabalhar a oralidade e a escrita dos alunos.

 

 


Ao perceber o encantamento dos alunos pelo livro, a professora resolveu, junto com a turma, transformar a história em um grande teatro de fantoches. Os alunos produziram a roupa e os acessórios dos amigos da zebra, citados no livro, que foram convidados para o desfile.

 

 

 


No dia seguinte, fizeram o desfile descrevendo com muito entusiasmo os personagens que apareciam no livro e que foram recriados por eles.


No final do desfile, fizeram uma adaptação, na qual também foram convidados, para aproveitar a festa, os personagens das lendas folclóricas.


Os alunos exibiram suas criações com muito carinho e narraram as lendas, enquanto cada figura folclórica aparecia no palco do teatro.

 

 

 


A atividade foi tão prazerosa, que ao final, as crianças pediram para levar os personagens criados por eles para casa.

 


Agradecemos a professora Viviane Lima por compartilhar conosco esta atividade que proporcionou o incentivo à leitura e ao desenvolvimento da escrita.

 

 

Quer saber mais?

O contato da Escola Municipal Albert Schweitzer é: emschweitzer@rioeduca.net

Telefones: 2245-5572 /  2225-1692

 

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 


 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 13/12/2018

E.M. São João Batista - "Projeto Piquenique Literário"

Tags: 4ªcre, piquenique, literatura, alfabetização.

 

Práticas de leitura e escrita foram vivenciadas pelos alunos na VI Semana de Alfabetização da E.M. São João Batista.  

 

 

 

 

A IV Semana de Alfabetização da SME  foi um movimento coordenado pela Gerência de Alfabetização e por diversos integrantes do Nível Central, Regional e Local. A semana tinha como objetivo  propiciar reflexões sobre a Alfabetização na Rede Municipal de Ensino, resgatando memórias docentes e valorizando o protagonismo dos alfabetizadores.

 

 

 

 

O projeto piquenique literário foi realizado na VI Semana de Alfabetização com a proposta de incentivar o hábito da leitura, assim como, promover momentos de leitura prazerosa na escola. Dessa forma, o espaço livre da escola foi transformado em uma biblioteca ao ar livre.

 

 

 

 

No piquinique, professores realizaram leitura de histórias e os alunos puderam fazer suas leituras livres. O lúdico sempre presente como forma de incentivar, ainda mais, o prazer pela leitura e pela escrita. 

 

 

 

 

Um ambiente agradável e o alimento associado à leitura tornaram os momentos prazerosos e estimulantes, o que levou a acreditar que o objetivo do projeto foi alcançado.

 

 

 

 


"A leitura não é uma atividade elitizada, mas uma ferramenta de transformação social dos indivíduos."

(Julian Correa)

 

Parabéns pelo excelente trabalho!

 

 

Unidade Escolar: E/CRE(04.31.006) - Escola Municipal São João Batista
Diretor: CARMELA DE MENEZES BIANCO
Endereço: Pça. Laguna, 40 
Telefone: 2482-7312
E-mail: emsaojoao@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 10/12/2018

Navegando no Mar da Imaginação

Tags: 1ªcre, alfabetização, projetos, leitura.

 

Projeto desenvolve o gosto pela leitura, colocando os alunos em contato com a diversidade de gêneros textuais.


Localizada no bairro Vasco da Gama, a Escola Municipal João de Camargo é conhecida, por todos, pelo trabalho de qualidade que desenvolve na comunidade local.

 

 

 

Buscando cada vez mais despertar nas crianças o gosto e o prazer de ler, ao mesmo tempo que desenvolve habilidades necessárias ao prosseguimento no caminho do conhecimento, a professora Tereza, regente de turma de 2º ano da unidade, colocou em ação o Projeto Navegando no Mar da Imaginação”.

 

 

 

 

Usando como referência a letra da música “Marinheiro Só”, os alunos realizaram rodas de conversa, nas quais falaram sobre viagens, passeios e a alegria e emoção de viajar pelo mar. A geografia esteve presente no trabalho cartográfico com o estudo do mapa do Brasil, localizando estados e cidades que apareceram no texto como, por exemplo, a Bahia cantada na música “Marinheiro Só.

 

 

 

 

 


E assim, durante todo o projeto, as múltiplas linguagens foram trabalhadas. Os alunos puderam se expressar plasticamente, oralmente, corporalmente. Além disso, os estudantes refletiram sobre o meio ambiente e o problema do lixo, que polui nossos rios e mares.

 

 

 

 


A leitura e a escrita permearam toda a ação, que teve participação ativa dos responsáveis, vivenciando e experimentando junto com os filhos o prazer de ler e escrever. O trabalho ainda desenvolveu habilidades socioemocionais.

 

 

 

 

 

E assim, os alunos, através da leitura , puderam então navegar e conhecer!

 

Para Saber Mais:

Escola Municipal João de Camargo

Direção: Mônica Xavier e Rosângela Castelo

Coordenação Pedagógica: Rose Nascimento

Professora Responsável: Tereza Cristina Corrêa Cota

Telefone: 3985-8637

e-mail: emjcamargo@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share