A A A C
email
Retornando 333 resultados para a tag '7ªcre'

Terça-feira, 30/10/2018

Aula Passeio no Museu do Pontal

Tags: 7ªcre, projetos.

 

No último dia três de agosto, mês de comemoração do folclore, a turma 1201 da Escola Municipal Átila Nunes Neto fez uma visita, em aula passeio, ao Museu Casa do Pontal, dando continuidade ao projeto da escola “Trabalhando valores e formando cidadãos”.

 

A Escola Municipal Átila Nunes Neto está situada no bairro do Anil, próximo à Rio das Pedras, região que abriga um grande número de trabalhadores imigrantes, em maioria nordestinos, responsáveis por tecer a cultura local. A ideia de percepção e identificação do acervo apresentado na visita ao museu proposto pela unidade escolar, valorizou muito a saída pedagógica.

 

 

 

 

Situado no Rio de Janeiro, o Museu Casa do Pontal é considerado o maior e mais significativo museu de arte popular do país. Seu acervo - resultado de 40 anos de pesquisas e viagens por todo país do designer francês Jacques Van de Beuque - é composto por cerca de 8.500 peças de 300 artistas brasileiros, produzidas a partir do século XX.

 

A exposição permanente do Museu reúne, em 1.500 m² de galerias, obras representativas das variadas culturas rurais e urbanas do Brasil. Mostradas tematicamente, abrangem as atividades cotidianas, festivas, imaginárias e religiosas.

 

 

Atividade realizada com arte educadores do Museu do Pontal.

 


No museu, as crianças foram recebidas por arte educadores que as convidaram a uma viagem cultural, utilizando linguagens como a música, o teatro de bonecos, o cordel, a “contação” de histórias, desafios, trovas e versos. Com uma encantadora proposta pedagógica e os roteiros adaptados à faixa etária da turma, a visita teatralizada estimulou os alunos à reflexão sobre a diversidade cultural brasileira, as relações entre o mundo do campo e o das grandes cidades, os processos migratórios, as práticas culturais e sociais, a expressão do folclore, dos processos criativos e das memórias afetivas.

 

 

Atividade com música sobre o Bumba meu Boi.

 

 

Peça de teatro com bonecos no Museu do Pontal.

 


Os objetivos de desenvolver o aspecto cultural dos alunos, no que diz respeito à observação, reflexão e identificação com o acervo e as atividades interativas do museu, levar o educando à vivência em outros ambientes para além dos muros da escola, mostrar aos estudantes a valorização da cultura de outras regiões do país, proporcionar um momento lúdico, foram plenamente atingidos.

 

 

Alunos criando esculturas com argila e tinta.

 


        Material produzido com argila pelo alunos.

 

 

Após a visitação, os alunos moldaram livremente em argila, pintaram suas peças e foi observado como resultado traços de identificação em relação ao acervo do museu.

 

 

          Grupo de alunos que estiveram no Museu do Pontal.

 

 

                                                                    Informações enviadas pela professora Rosely  Coutinho

 

 Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da E.M. Átila Nunes Neto;

emaneto@rioeduca.net

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 23/10/2018

Aprendendo com a Pipa

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O CIEP Pablo Neruda , no mês de agosto, desenvolveu atividades envolvendo o folclore brasileiro, a partir de um brinquedo bem popular , a pipa , e também apresentou aos alunos um pouco do universo cordelista.

 

Trabalhando o rico folclore brasileiro na Sala de Leitura do CIEP Pablo Neruda, as turmas de 1° e 2° anos conheceram a história do livro "A fábrica de pipas", do autor Pedro Veludo, e conheceram algumas brincadeiras e brinquedos que fazem parte da nossa cultura. A pipa foi escolhida e cada aluno fez a sua. 

 

 


Atividade de escrita a partir da história contada sobre a pipa.

                                                        

 

Após conversar, refletir e experimentar, os alunos entenderam que jogar no celular é muito bom, mas soltar pipa, jogar bola de gude, pular corda e brincar de pique com os amigos, é muito melhor. Os alunos empinaram suas pipas e elas voaram pela sala de leitura com a professora Kátia.

 

 

Brincando com a pipa feita pelos alunos.

 


Os alunos das turmas de 1° ano brincaram de caça palavras e os do 2° ano produziram seus próprios textos, é claro, falando de pipas. Os trabalhos produzidos foram voar em um painel, no qual os alunos puderam reconhecer suas produções, que, por sua vez, valorizavam e estimulavam  a leitura e as diferentes atividades que a mesma pode disparar.

 

 

Caça palavras  e outras ativdades com a pipa.

 

 

Mural com ativdades sobre a pipa.

 


Com alunos de 4º e 5 º anos, o trabalho da sala de leitura partiu para o universo dos cordelistas, onde os alunos conheceram e descobriram que o cordel  é uma forma de arte bem tradicional, uma poesia popular muito usada no Nordeste. Nesse contexto, o Cordel veio parar  no CIEP Pablo Neruda e inspirou os  alunos do 4º e 5º anos. 

 

 

Produções dos alunos.

 

 

Exposição dos trabalhos de cordel.

 

 

Informações enviadas pela coordenadora Michele Montenari

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato do CIEP Pablo Neruda:

ciepneruda@rioeduca.net

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 22/10/2018

Redescobrindo os Tipos de Frases

Tags: redescobrindo, 7ªcre.

 

Cada Ponto, Uma Expressão

Redescobrindo os tipos de frases

 

Trabalhar os tipos de frases é muito importante para aperfeiçoar a leitura e a escrita. É por meio dos sinais de pontuação que demonstramos a entonação desejada na escrita, organizamos e damos fluidez a um texto. Que tal começar esse tema com uma videoaula do canal Redescobrindo?

 

 

 


Elaborado pelas professoras Lyvia Teixeira e Juliana Rebelo da Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro, o canal faz uma abordagem lúdica dos conteúdos da alfabetização. As videoaulas interativas apresentam jogos, dinâmicas e oportunidades de expressão corporal.

 

 

Para compreender melhor a função dos pontos é necessário perceber que temos expressões diferentes para cada intenção.

 


 

Usamos os tipos de frases todo o tempo enquanto falamos. E isso é tão natural que às vezes nem percebemos que elas estão presentes no nosso dia a dia. E nada como recursos do cotidiano das crianças para que elas possam compreender melhor os conteúdos.

 

 



 

Os jogos são excelentes estratégias para aprendizagem, por isso as crianças do segundo ano foram estimuladas a exercitar a pontuação de uma forma bem lúdica e prática.

 

 

 


E agora é hora da história ! Qualquer livro pode servir de base para essa atividade e nós escolhemos “Chapeuzinho Vermelho, uma história borbulhante”, uma releitura do conto tradicional.
E como a turma 1201 e a 1202 adoram histórias. É hora de colocar a mão na massa e escrever frases com os tipos que foram vistos nessa aula.

 

 

 

 

 

A pontuação é muito importante para nos expressarmos. A criança que aprende a pontuar amplia sua capacidade de interpretação de texto e suas possibilidades de descrever suas intenções.

 

 


Acesso o canal Redescobrindo e descubra como aprender pode ser divertido! 

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 19/10/2018

FLIRME/RJ embarcou de vez na Escola Municipal Alphonsus de Guimaraens

Tags: 7ªcre, flirme.

 

A Festa Literária da Rede Municipal de Ensino – FLIRME/RJ embarcou de vez na Escola Municipal Alphonsus de Guimaraens e as atividades andam a todo vapor. Homenagens a autores do mundo infantil e infanto juvenil começaram pela escola.

 

No dia 16 de outubro, os alunos da professora Roberta (1303) e da professora Ledyr (1203), junto com o estagiário Raphael, embarcaram no mundo do criador de “O Menino Maluquinho” .


Com uma boa dose de cinema e regado a pipoca e guaraná, os alunos assistiram ao filme “Uma Professora muito Maluquinha”, outra obra prima de Ziraldo. No final, confeccionaram um desenho homenageando a sua professora e participaram de uma atividade, um jogo de perguntas e respostas sobre o filme.
 

 

 

O segundo dia da Festa Literária da Rede Municipal de Ensino – FLIRME/RJ começou com um gosto especial, envolvendo os funcionários da cozinha, as turmas da professora Daniele (1202), da professora Viviane (1101) e a 1304 da professora Luciana, além do estagiário Raphael que contou uma história pra lá de saborosa. Os professores contaram as aventuras de um pobre estagiário na missão de unificar uma equipe inteira e para isso fizeram “a sopa de pedra”.

 

 

No final, os alunos foram convidados a fazerem um saboroso caldeirão com os mais variados legumes. 

 

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: Escola Municipal Alphonsus de Guimaraens

Diretor: Adilson Ricardo

Coordenadora Pedagógica: Bianca Aquino

E-mail: emalphonsus@rioeduca.net

Telefone: 3342-6978 / 3342-6778

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share