Rio Educa
A A A C
email
Retornando 268 resultados para a tag '7ªcre'

Quarta-feira, 30/12/2015

Rio - Minha Alma Canta e se Encanta na Escola Roberto Burle Marx

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

 

A Escola Municipal Roberto Burle Marx teve como tema, em seu Projeto Pedagógico de 2015, os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.

 

Na Escola Roberto Burle Marx, a cada bimestre, o projeto Rio - Minha alma canta e se encanta foi trabalhado em uma disciplina, um ano de escolaridade e um subtema específico em cada segmento.

No 1º bimestre, as professoras da educação infantil do 2º turno e os professores de Língua Portuguesa e Matemática do 9º ano do 1º turno ficaram responsáveis pelos subtemas Educação e Cultura.

 

Dramatização dos alunos da educação infantil.

 

No 2º bimestre, as professoras do 3º ano do 2º turno e os professores de Ciências e Geografia do 8º ano do 1º turno ficaram responsáveis pelos subtemas Saúde e Meio Ambiente.

 

Horta suspensa cultivada pelos alunos.

 

No 3º bimestre, as professoras dos 4º e 5º anos do 2º turno e os professores de História e Inglês do 7º ano do 1º turno ficaram responsáveis pelos subtemas Política e Cidadania.

 

Apresentação de vídeo educativo sobre Cidadania.

 

No 4º bimestre, as professoras dos 1º e 2º anos do 2º turno e as professoras da educação infantil e de Educação Física e Artes do 6º ano do 1º turno ficaram responsáveis pelos subtemas Saúde e Meio Ambiente.

 

                           Exposição de pinturas feitas pelos alunos representando o Rio de Janeiro.

 

No término do 4º bimestre, o Corpo de Dança homenageou o cinema e alguns dos filmes que o carioca curtiu. As obras cinematográficas escolhidas pelos alunos foram assistidas e trabalhadas durante o ano para que cada uma delas tivesse uma coreografia muito especial. Apresentou-se, então, o Fest Burle Marx de Cinema. A professora responsável pelo Corpo de Dança Thereza Magalhães ensaiou os alunos durante o ano.

 

Homenagem ao filme Frozen: Anna.

 

Homenagem ao filme Frozen: Elza.

Homenagem ao filme Minions.

 

Homenagem ao filme Enrolados: Rapunzel.

 

Diretora adjunta Lyane, diretora geral Sara e coordenadora Heloisa.

 

Grupo de dança reunido.

 

 

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

 

Contato da Escola:

emrbmarx@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 

  

Quarta-feira, 16/12/2015

II Feira Literária do Ginásio Carlos Lacerda

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

 

No dia 9 de outubro, aconteceu a II FLIG, Feira Literária do Ginásio Carlos Lacerda, cujo tema foi os 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.

 

A II Feira Literária do Ginásio Carlos Lacerda foi idealizada e organizada pela Sala de Leitura com a professora Janaina Augusto, que é entusiasta e extremamente dedicada. O evento contou com a participação de todos os alunos e a colaboração do corpo docente do ginásio.

 

         Palestras para os alunos durante a II FLIG.

 

A feira teve a participação de autores em palestras e mesas-redondas com a mediação da professora Jeane Bueno, a funcionária Ivete Martins dos Santos e o autor Rafael L. Meneses.

Os alunos também puderam participar: da palestra com a escritora Maria Luisa Tenório, convidada pelo professor André Binenbojm; da exposição de mosaicos que retratavam os bairros do Rio de Janeiro, organizados, com maestria, pela professora Monica Cunha; da oficina de ilustração com o cartunista Hudson, convidado pela professora Deusa; da oficina de origami com a professora Andreia Costa; e do "Cariocárabe", com as professoras da fundação Qatar Marcela Cordeiro e Aline Oliveira, que são consideradas  “Lacerdinhas de coração”.

 

A coordenadora pedagógica Maria e as professoras da Fundação Qatar Marcela e Aline.

 

"Cariocárabe" foi uma atividade desenvolvida pelas professora Marcela Cordeiro e Aline Oliveira, da Fundação Qatar, que ministram aulas de árabe em nossa escola. Os alunos puderam mostraram um pouco da cultura e de suas produções nas aulas, inclusive um livro escrito por eles.

 

Alunos premiados durante a II FLIG.

 

O pelotão de leitores é formado pelos alunos que mais leram durante o ano, registrado e monitorado pela professora Janaína Augusto da Sala de Leitura. Eles foram escolhidos para conduzir as bandeiras, formando o pelotão para a abertura oficial da FLIG, com a execução do Hino Nacional. Foram premiados com kits de livros diversos.

O Ginásio Carlos Lacerda é dividido em bandeiras coloridas durante todo o ano: azul, vermelha, verde, preta e amarela. Cada cor representa um continente e um valor - "ação correta", "não violência", "justiça", "verdade" e "amor" -, e cada "bandeira" tem uma turma de 7º ano, uma de 8º e uma de 9º ano.

A II FLIG ainda contou com a funcionária Maria da Conceição Bastos, que escutou "histórias do coração”. Conceição é uma funcionária readaptada que cuida da nossa sala de primeiro atendimento e, como nas escolas não podemos ministrar remédios, ela "ministra" amor e acolhimento, sendo sempre um ouvido amigo para os alunos. Contou, também, com a professora Vera Rennes, que “fez arte no estandarte”, e com a professora Sandra M. Simões que, além de mestre de cerimônia com o professor André Binembojn, encantou com as dramatizações de seu 9º ano.

 

Alunos do 9 º ano e a diretora Mônica Pereira.

 

A  professora Anabela Pereira participou com a oficina de poesias em Língua Inglesa sobre o Rio de Janeiro, a professora Julia Oliveira, com quadrinhos em inglês, a professora Bernadete Wiesmueller comandou o pelotão da bandeira com nossos maiores leitores, a professora Valéria Ferreira, com a exposição dos vídeos sobre o Rio de Janeiro, e a professora Eloísa Oliveira Dos Santos, com sua oficina de poesia.

 

Apresentação da bateria de escola de samba no encerramento da II FLIG.

 

O encerramento aconteceu com a bateria da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, os alunos protagonistas, sob a batuta de Jefferson Gomes, e todos os padrinhos que auxiliaram com sua energia para incentivar e abrilhantar o nosso evento.

Jefferson Gomes dos Santos é ex-aluno, mas voltou para a escola como estagiário de Geografia, sempre foi voluntário e, hoje, é responsável pelo treinamento e formação dos nossos protagonistas. Ele desenvolve, também, a oficina do Jornal Escolar no programa do Mais Educação.

 

Alunos que participaram das apresentações durante a II FLIG.

 

A direção faz um agradecimento especial "a todos os funcionários que se doam com amor e dedicação para a grande família LACERDA."

 

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato da Escola:

emlacerda@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 

  

Quarta-feira, 02/12/2015

Esgrima na Escola

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

Em setembro, os alunos da turma 1303, da Escola Municipal Professora Marisa Vargas Menezes, vivenciaram o esporte olímpico Esgrima nas aulas de Educação Física.

 

A partir da data em que se comemora a Indepedência do Brasil, acontecimento que pode ser considerado distante dos conteúdos de Educação Física, os alunos da turma 1303 puderam aprender mais sobre o esporte olímpico Esgrima.

Após a apresentação do dia da Independência do Brasil através de um programa infantil, foi mostrada a foto de uma clássica pintura de D. Pedro I às margens do rio Ipiranga, com sua espada desembainhada declamando "Independência ou morte". A partir dessa imagem, os alunos foram questionados a respeito de um esporte que utilizaria a espada em sua prática.

 

 

       Turma 1303 aprendendo mais sobre o esporte oliímpico Esgrima.

 

A Esgrima foi apresentada aos 30 alunos da turma do 3º ano do turno da manhã, e vivenciada durante 3 aulas, com duração de 1 hora e 40 minutos cada, do referido mês.

 

Jogos educativos iniciais para aprendizagem da Esgrima.

 

Jogo "Quem é o mais rápido?".

 

No primeiro momento, foi apresentado um vídeo explicativo sobre os elementos da Esgrima, suas categorias e algumas regras. A partir desse conhecimento prévio, atividades de equilíbrio, agilidade, tomada de decisão e concentração foram trabalhadas na quadra.

Em um segundo momento, os alunos confeccionaram espadas com jornais e fitas adesivas. Muitos alunos auxiliaram seus colegas que não estavam conseguindo enrolar o jornal de forma satisfatória.

 

                                   Deslocamentos para frente e para trás: marchar e romper.

 

                                           Movimento de ataque: afundo (“ataque no alvo”).

 

Os elementos técnicos do esporte desenvolvidos nessa aula foram: a postura básica (guarda), os deslocamentos para frente e para trás (marchar e romper) e um movimento de ataque (afundo). Para o movimento de ataque, espadas confeccionadas foram usadas, assim como alvos previamente construídos pela professora.

Na terceira aula, as habilidades desenvolvidas foram colocadas à prova em combates que, além da técnica adquirida, exigiram iniciativa e, podemos dizer, coragem dos alunos. Para a realização dessa aula, foi enviado um bilhete às famílias explicando o que aconteceria na aula, sugerindo que os alunos levassem outra roupa para participarem da atividade.

 

    Combate entre equipes.

 

Os alunos que não estavam com roupas adequadas para a prática de atividades físicas ou não podiam participar por outros motivos auxiliaram na marcação dos pontos das duas equipes. Todos os demais alunos participaram da prática.

 

                                                            Contagem de pontos feita pelos alunos.

 

Cada combate aconteceu entre dois alunos vestindo coletes de papelão revestidos de fita adesiva e amarrados ao corpo com fitas, óculos de proteção, suas espadas e guache de duas cores que representavam as equipes.

Antes de iniciar o combate, cada aluno molhava a ponta de sua espada no guache de sua cor e, a cada marca feita no colete do adversário, um ponto era marcado para o time que acertou a pontaria. Cada dupla tinha 40 segundos para pontuar a favor da sua equipe.

O projeto foi um sucesso!

Os alunos responderam muito bem às novas vivências, e foram percebidos desempenhos acima das expectativas. Professores de outras disciplinas registraram a atividade final com fotos e, assim como a direção, parabenizaram a todos pela participação e desenvolvimento do trabalho.

 

                           Turma 1303 com roupas reservas para a atividade de combate de Esgrima.

 

A professora de Educação Física Aurea Sakamoto, da turma 1303, conta que foi uma experiência única e positiva! E que pode finalizar o relato desse projeto com a clássica expressão da Esgrima "Touché!".

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

               

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da escola:

emmarisavargas@rioeduca.net

 

 

 

 

 

                               

 

  

Quarta-feira, 18/11/2015

I Feira Literária da Gastão

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

No dia 30 de setembro, a Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho realizou sua FLIG – I Feira Literária da Gastão –, reunindo pais, alunos e equipe escolar.

 

A I Feira Literária da Gastão envolveu todos de forma efetiva, o que contribui para fomentar o desejo e o gosto pela leitura, provocando, em alunos e professores, a vontade de embarcar no conhecimento de autores e na leitura de suas obras.


Apresentando um trabalho sério, com profissionais comprometidos em contribuir com uma educação de qualidade para seus alunos, o apoio está sempre presente a cada dia, na intenção de, através do carinho, da escuta, do incentivo e da atenção, promover vitórias pedagógicas e por que não dizer, vitórias conquistadas também na vida, quando cada aluno com dificuldade desperta e vence o desafio do mundo escrito.

 

Equipe escolar reunida para a I FLIG.


A FLIG se tornou um projeto fixo da unidade escolar e, nesse ano, integrou-se ao Projeto Rio: 450 anos, relendo a história, conduzindo o presente, reescrevendo o futuro, em sua sistemática.

Teve como objetivo apresentar aos alunos, autores cariocas. Chico Alencar, Sônia Rosa, Sylvia Orthof, Vinicius de Moraes, Bia Bedran, Cecília Meireles, Ana Maria Machado, Machado de Assis, que foram estudados oportunizando conhecimento das biografias e principais obras.

Foram dois meses de envolvimento e desenvolvimento, tendo cada professor elaborado tarefas que não só ficaram no espaço da sala de aula. Foram muitas leituras ao ar livre, idas ao laboratório de informática, pesquisas, concurso de desenho, produções textuais e artísticas – pinturas, esculturas, dança, coral e teatro.

 

Recepção e saída do evento I FLIG.
 

A Educação Infantil apresentou danças inspiradas nas músicas da Arca de Noé, um CD de músicas de Toquinho e Vinícius, integrantes das turmas de 6º e 5º ano apresentaram a peça A agulha e a Linha e cantaram uma música Faça da leitura o seu dia a dia, com acompanhamento de uma violonista e olhar atento de um novo parceiro da escola, que de forma voluntária os ensaiou e dirigiu juntamente com as professoras da Sala de Leitura.

 

Educação Infantil inspirada no tema da Arca de Noé.

 


Apresentação da peça A Agulha e a Linha, de Machado de Assis.

 

Além de propiciar cultura, a FLIG também contou com dois momentos informativos. Simultaneamente, enquanto a exposição dos trabalhos acontecia nas tendas do pátio de entrada, duas profissionais foram convidadas a abordar temas de interesse do publico presente: Autismo e Saude – Alimentação Saudável, Cuidados Higiênicos. Ambas as palestras foram ministradas por profissionais de exímio gabarito, que de forma voluntária aceitaram o convite para participar do evento.

 

                   Palestra sobre Autismo e leitura de poesia por Dilma Vianna, integrante da GED/7ªCRE.

 

Uma professora poetisa da rede também esteve presente e, divulgando seu novo livro “Poesias para usar na escola”, teve seu poema “Somos todos iguais”, lido por Dilma Vianna, integrante da GED da 7ª CRE, que veio prestigiar o evento.

 

                       Espaço de Contação de Histórias realizada por profissionais diversos da escola.
 

Foi promovida uma ação de doação de livros, “No trenzinho da leitura nós nos divertimos”, onde os participantes da Feira Literária puderam folhear os exemplares e levar para sua casa os livros que tivessem interesse, sendo essa mais uma ferramenta de incentivo à prática da leitura, acompanhamento extra escolar e união da família.

 

                                                  Trenzinho da Leitura com o Menino Maluquinho.
 

Para finalizar a Feira, os alunos tiveram um momento descontraído de integração e brincadeiras,com a presença de animadores.A FLIG foi visitada por 250 responsáveis e pode-se dizer que a cada novo Projeto idealizado, a cada croqui feito e posteriormente concretizado da maneira desejada, cada integrante da escola fortalece a certeza de que o caminho da civilidade e cultura pode e deve ser parte integrante de um currículo escolar robusto para a formação do indivíduo.

 

              Tendas Temáticas da I FLIG.

 

Tendas Temáticas da I FLIG.

 

Temas por turmas

 

EI - PROFESSORAS: ANA PAULA, FÁTIMA E LEILA (Trabalharam Vinicius de Moraes - A Arca de Noé)

1º Ano - Ana Maria Machado

2º Ano - Cecília Meireles

3º Ano - Bia Bedran

4º Ano - Sylvia Orthof

5º Ano - Sonia Rosa

6º Ano - Chico Alencar



 

O trabalho da equipe da Escola Gastão Monteiro Moutinho foi primoroso, oriundo de muita dedicação e carinho resultando mais uma vez em objetivo alcançado!

 

                   Comunidade escolar visitando a I FLIG.
 

Alunos felizes, responsáveis gratos e cientes de que seus filhos estão em boas mãos, professores realizados e crentes de que nada é impossível quando se faz parte de uma equipe de trabalho entrosada e amiga para se trabalhar.FLIG, um sucesso a ser repetido anualmente!

 


 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Blog da Escola:

emgastao.blogspot.com.br

Contato da escola:

emmoutinhor@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net