A A A C
email
Retornando 282 resultados para a tag '7ªcre'

Quarta-feira, 21/09/2016

Dia da Conscientização da Inclusão na E.M. Azerbaijão

Tags: 7ªcre, projetos.

 


 

O Dia da Conscientização da Inclusão, Dia I,  aconteceu no dia 27 de julho  em todas as unidades escolares da rede municipal.  A Escola Municipal Azerbaijão, inaugurada este ano, desenvolve atividades de inclusão desde o início e  realizou uma semana especial dedicada à inclusão escolar, por ocasião do DIa I.

 

A Escola Municipal Azerbaijão atende ao primeiro segmento do Ensino Fundamental, contemplando em 2016 a uma clientela do 1º ao 5º ano e uma turma do Ensino Especial, de alunos com Deficiência Intelectual.

 

            A aluna  Manuela Arantes, da Classe Especial .

 

Em diversas classes regulares, o trabalho de inclusão já vem sendo realizado desde março, quando a escola foi inaugurada, à medida em que há alunos com necessidades especiais integrados, criando assim uma vivência constante e um aprendizado mútuo contínuo e favorecendo as relações interpessoais e sociais que contribuem para o processo ensino-aprendizagem.

 

                                                               Mural coletivo na E.M. Azerbaijão.
 

Durante o período letivo, toda a escola se manteve unida em um mesmo propósito, visando alcançar êxito no trabalho de inclusão, fomentando o respeito às diferenças individuais.

 

                                                               Cartazes produzidos pelo 5º ano.
 

É visível o comprometimento docente em realizar um trabalho eficiente, adaptando atividades, trazendo novidades e compartilhando metas, bem como trocas de experiências que sirvam de suporte à conscientização inclusiva.

Não só há a integração de alunos de salas regulares. Os alunos da Classe Especial da Escola Azerbaijão  também estão inseridos no contexto escolar. Eles participam das aulas de Educação Física junto com outras turmas, favorecendo sua integração e aceitação. Esse convívio beneficia a todos e traz alegria e satisfação.

 

                                          Alunos realizando atividades envolvendo o tema inclusão.
 

Na sala de leitura, ambiente cujo projeto “OLIMPISMO” enfoca valores olímpicos e paralímpicos para a escola, os alunos da Classe Especial ouvem histórias e trocam experiências e são desafiados a participarem de tudo que lhes é proposto.

 

                                      Trabalhos das turmas envolvendo os valores paralímpicos.
 

Por ser uma escola nova para todos, o espaço é de conhecimento e de reconhecimento e já começamos a perceber grandes avanços na perspectiva de inclusão, porém ainda há obstáculos e barreiras que ainda temos que superar. Mas como a equipe mostra-se unida, trabalhando com determinação e respeito ao próximo, favorecendo as relações da amizade, acreditamos que não faltará inspiração e coragem para seguir em frente e alcançar a excelência que é o objetivo de todos.


                                                      A SEMANA DE INCLUSÃO

 

Em nossa semana de inclusão, promovemos nas turmas a leitura do livro “O meu amigo Paulinho”, de José Carlos Serrano Freire. A história traz à tona a ideia de diversidade e de amizade vista pelos olhos do amigo do “Paulinho”, que é um cadeirante. Com esse tema, as crianças foram instigadas a refletir e debater sobre as diferenças individuais que nos tornam iguais e a respeitá-las.


O filme PARATODOS, que já havia sido exibido para os alunos do 5º ano no mês de junho, voltou à tela da Sala de Leitura com o episódio do Atletismo e mais uma vez foram evocados os valores paralímpicos: determinação, coragem, igualdade e inspiração.

 

                                             Leitura  da história Paulinho para todos os alunos.
 

Refletiram sobre a frase citada no documentário pelo diretor do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons: “Se você olhar a pessoa e ver o potencial que ela tem ao invés do que ela não consegue fazer, você perde a visão do coitadinho”.

 

           Aluno incluído Ryan Tenório de Oliveira,do 5º ano, fazendo o I de Inclusão em libras.
 

 

Nas salas de aula, a proposta foi de que os alunos desenhassem em corações a si próprios e um amigo especial.

Foram confeccionados murais olímpicos, trabalhando os valores paralímpicos e um mural com recortes pintados do contorno das mãos de todos os alunos da escola, convergindo a ação que já fora desenvolvida no projeto da Sala de Leitura com o Dia I.

 

   Mural com corações feitos pelos alunos : eu e um amigo especial.

 

O DIA I

Todos os corações desenhados nas salas de aula foram unidos na montagem de um lindo mural com a frase: “SOMOS TODOS IGUAIS NAS DIFERENÇAS”.


Todos os alunos foram reunidos no pátio da escola, recebendo a visita do ex-aluno da rede, Rogério Gomes, com síndrome de down, formado no Ensino Médio e que trabalha em uma rede de restaurantes muito conhecida na área próxima à escola. Por isso, muitos alunos já o conheciam. Rogério participou de um debate em que pôde contar muito sobre suas experiências e ainda respondeu a curiosidades das crianças.

 

 

Da esq, p/direita: Rogério Gomes (ex- aluno da rede), profª da Classe  Especial Lilian Fortunato e a diretora adjunta Carla Ventura.

 

 

 

      Ao centro, o ex aluno da rede municipal Rogério Gomes que conversou com os alunos.

 

A unidade escolar recebeu  ainda a visita de pais de alunos da Classe Especial para assistir a este momento, que terminou de forma muito alegre. Todos queriam fotografar com o Rogério, reproduzindo, em libras, o I de Inclusão.

 

                                 Responsável pela aluna Manuela presente no Dia I pela Inclusão.
 

Acreditamos que o Dia  I pela Inclusão tenha sido proveitoso para todos os envolvidos e que, na verdade, tenha sido um momento marcante de tudo que já foi trabalho no contexto de Educação Inclusiva durante o primeiro semestre na Escola Azerbaijjão.

                                                                                           

                                                                                                   Texto original de Lilian Ferreira e  Lilian Fortunato.

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

Blog da E.M. Azerbaijão:

http://escolaaz.blogspot.com.br/

Contato da E.M. Azerbaijão:

emazerbaijao@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 07/09/2016

Escola Juliano Moreira e os Esportes

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 


 

A Escola Municipal Juliano Moreira desenvolveu, durante o mês de julho, um projeto voltado para os esportes e também relacionado às Olimpíadas no Rio de Janeiro.


Com o projeto Juliano Moreira, esporte vem transformar, a unidade escolar refletiu sobre as Olimpíadas e as modificações ocorridas em torno da Colônia (localizada em Jacarepaguá) analisando os pontos positivos e negativos.

 

     Atividades diversas do projeto Juliano Moreira, esporte vem transformar.
 

Cada turma direcionou seu trabalho a partir da elaboração de bandeiras dos países que ornamentaram a escola. Cada bandeira, um país homenageado.

 

 

Bandeiras produzidas pelas turmas.

 

A equipe escolar trabalhou durante o bimestre sobre o tema Olimpíadas e as transformações que ocorreram no entorno da escola devido ao evento, além das modalidades esportivas e sobre a importância das atividades físicas na vida das pessoas e os benefícios que os bons hábitos trazem.


A Paraolimpíada também foi abordada através de atividades e vídeos sobre o tema. Os professores também trabalharam sobre o significado das Olimpíadas e curiosidades sobre o tema foram trabalhados. Os esportes foram representados através de maquetes diversas.

 

                       Atividade artistica reproduzindo o Maracanã feito por alunos da classe especial.

 

Os alunos conheceram a história das Olimpíadas e a importância da união entre os povos.Os responsáveis participaram de uma oficina, onde assistiram vídeo sobre as Olimpíadas e e participaram de atividades com os alunos.

 

    Mural sobre a história das Olimpíadas.

 

Cada ano de escolaridade ocupou uma sala de aula com seus trabalhos , havendo visitação e exposição para os responsáveis, alunos e comunidade. Além do tema, foram abordados os gêneros textuais, contextualizando com o momento olímpico.

 

                          Maquetes reproduzindo os esportes: boxe, natação, volei de praia e futebol.

 

         Atividade artísitca com reciclagem e pesquisa sobre atletas brasileiros e suas trajetórias no esporte.      

 

Todos os anos de escolaridade, da Educação Infantil ao 6ºano, estiveram envolvidos juntos com os professores para apresentação dos trabalhos e execução das tarefas.

Foram feitas atividades mostrando o antes e depois do entorno da Colônia e as atividades preferidas dos alunos. O futebol foi o esporte preferido dos meninos. As crianças conversaram sobre os esportes e sua importância e a perspectiva que todos podem fazer parte e serem atletas, com muito estudo e dedicação.

 

 Conhecendo outras culturas: México e a Frida Kahlo.
 

Os alunos puderam conhecer e reproduzir diversas bandeiras dos países envolvidos e o significado dos aros olímpicos.A cultura de outros povos também foi conhecida durante as aulas.A arte presente no Brasil também foi explorada com autores e artistas que mais se destacaram.

 

                                           Pesquisas sobre Cecília Meireles e Cândido Portinari.

 

                                              Atividades de escrita com Literatura de Cordel.

 

Para praticar esportes, os alunos aprenderam que precisam de uma alimentação saudável que dê energia para as competições. Viram cuidados gerais com a saúde, que proporcionam benefícios, assim com as atividades físicas.As professoras da Educação Infantil ofereceram uma salada de frutas saudável feita com os alunos na cozinha experimental da escola.

 

                                                           Murais sobre alimentação saudável.

 

Os responsáveis pelos alunos assistiram a uma apresentação sobre a Colônia Juliano Moreira e puderam conhecer mais sobre o local e as modificações feitas com a realização das Olimpíadas.

 

                                              Trabalhos mostrando o antes e depois na Colônia.

 

 

                            Apresentação para responsáveis sobre a história da Colônia Juliano Moreira.
 

Segundo a professora Maria Cecilia Amâncio “...o trabalho proporcionou à todos uma aprendizagem significativa que mostrou que além da união dos povos ser essencial para o sucesso das Olimpíadas, a união de uma equipe é essencial para o sucesso de uma escola.”


                                                              Informações e fotos enviadas pela professora Maria Cecília Amâncio

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

Contato da E. M. Colônia Juliano Moreira:

emjmoreira@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 24/08/2016

Carioca Saudável, Carioca Sustentável

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

A Escola Municipal  Gastão Monteiro Moutinho desenvolveu diversas ações relacionadas ao Projeto Autocuidado nas  Escolas, durante os meses de junho e julho. 

 


Com o projeto anual Rio de Janeiro: Braços Abertos para Todos os Povos.Alegorias e Disfarces de uma Cidade Maravilhosa, a E.M Gastão Monteiro desenvolveu as seguintes ações relacionadas ao tema Autocuidado:incentivo à higiene bucal na Educação Infantil, aferição de peso e medida das crianças, palestra sobre obesidade e para os responsáveis com psicólogo do CRAS Machado de Assis, Gincanas de Matemática e Loucos por Tampinhas e ainda as Olimpíadas Internas.

 

  Aferição de peso e medidas dos alunos.
 

Em mais uma parceria com a área de Saúde, a unidade escolar realizou uma avaliação de peso e altura das crianças da Educação Infantil, colaborando com a Campanha contra a Obesidade Infantil. Além disso, as crianças puderam conversar e aprender mais sobre escovação e a importância do cuidado com os dentes.

 

                                                                     Proerd

A professora Jaqueline, que atua no Cap IV próximo a escola, esteve presente, juntamente com a nutricionista Dalva, para executar as medições. Através dessa parceria, acontece o cuidado e acompanhamento de um crescimento saudável. Contemplando todas as turmas e ação do PSE ( Programa  Saúde na Escola), os alunos participaram de palestra sobre obesidade e ampliaram seu conhecimento sobre alimentação saudável e os benefícios para a saúde através da mesma. 

 

     Presença do Proerd na unidade escolar .
 

O Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education - D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil. A Escola Gastão Monteiro Moutinho foi mais uma vez foi contemplada com o projeto e as turmas de 5º ano foram as escolhidas para essa ação.


O Programa consiste em uma ação conjunta entre as Policias Militares, Escolas e Famílias, no sentido de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las.


Foi realizada solenidade de formatura e agradecimento ao policial pelo comprometimento e carinho para com as nossas crianças. Os alunos do 5º ano participaram do concurso que incentiva dizer não as drogas, como uma das ações do Proerd.


 

Gincana de Matemática


Todos os alunos ficam sonhando com a chegada no 5º ano para participar da Gincana de Matemática. A gincana é um evento anual que conta com a participação dos alunos subdivididos em equipes e torcidas.


O 4º e o 6º ano são convidados a assistir e torcer pela equipe preferida. A gincana é subdividida em 3 partes: perguntas e respostas, prova do sino e circuito. Em alguns momentos o capitão da equipe pode consultar o grupo e em outras não. Na prova do sino vale, além do conhecimento, a agilidade para correr e tocar o sino primeiro para garantir o direito da resposta. No circuito, todos participam de forma ativa, divididos em estações.


Vivem-se emoções diferentes nesse dia. Ansiedade, tensão, nervosismo, alegria, tristeza, e o auto controle é sempre a dose necessária para que tudo corra bem.

 

A equipe vencedora foi a vermelha, seguida pelas demais colocações:

Amarela - 2º lugar, Verde - 3º lugar e Azul - 4º lugar. 


 

Gincana Loucos por Tampinhas


Tal gincana teve o objetivo de além da conscientização com relação ao meio ambiente, incentivando uma prática educativa; a utilização de todas as tampinhas arrecadadas para a Vernissage da FLIG onde serão confeccionados quadros nas aulas de artes. No total foram arrecadadas mail de 50.000 tampinhas! As crianças e responsáveis  aderiram à gincana e mais uma vez colaboraram para os projetos da escola.

 

                     1º lugar na Gincana - Professora Ana Paula - EI 21 - 16.697 tampinhas arrecadadas.
 

 

Olimpíadas Internas

 

O 1º, 2º e 3º anos participaram da Olimpíada Gastão 2016.Com modalidades entre corrida de revezamento, bola ao alto, cesta e pênalti, os participantes se dividiram em 4 equipes: vermelha, amarela, verde e amarela.

 

                                                 Cerimônia de abertura das Olimpíadas Internas.
 

Estava todo mundo animado e a ornamentação da Arena Olímpica estava linda! Contando com as bandeiras dos países participantes da Rio 2016 confeccionadas pelos alunos do 6º ano. Até Tom e Vinícius estiveram presentes. Aconteceu a solenidade do Hino Nacional, a apresentação da bandeira olímpica, volta olímpica com a tocha e o juramento do atleta. O clima era de competição, mas acima de tudo, respeito.

 

                           Premiação das turmas vencedoras, no detalhe: medalhas feitas com papel.

 

As equipes competiram educadamente e, apesar da equipe Vermelha ter sido a campeã da manhã e a Amarela da tarde, todos acabam ganhando, nem que seja a experiência e a alegria de ter participado. Os professores Marcela, Adriano e Núbia de Educação Física orientaram as atividades desenvolvidas.

 

As atividades desenvolvidas pela Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho mostraram ações que contemplam a Promoção de Saúde Escolar  com assuntos relacionados ao tema AUTOCUIDADO NAS ESCOLAS

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

Contato da E.M. Gastão Monteiro Moutinho:

emmoutinho@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 10/08/2016

Olimpíadas na E.M. Octavio Frias de Oliveira

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 


 

A Escola Municipal Octavio Frias de Oliveira está desenvolvendo o projeto anual Olimpíadas 2016: O Rio abraçando as diferenças. Durante o terceiro bimestre, aconteceu a Olimpíada da unidade escolar com a participação de todos os alunos.

 

A  Olimpíada da Octavio Frias de Oliveira foi realizada na semana de 11 até 15 de julho e ressaltou a importância do esporte no nosso país e em especial em nossa cidade como sede de um evento mundial. A equipe de Educação Física trabalhou em conjunto com professores de Inglês, Artes e professores regentes.

 

                                      Cerimônia de Abertura da Olimpíada da unidade escolar.

 

O evento foi organizado com cerimônia de abertura e encerramento para que as crianças pudessem ter uma experiência próxima à realidade do momento. A professsora Célia Granja, de Educação Fisica conta que foi desenvolvido com os alunos um trabalho de preparação para as atividades físicas que cada um iria participar, representando sua turma. Assim puderam ter idéia de como é a vida de um atleta , suas responsabilidades e dificuldades. Foi apresentada a bandeira olimpíca da escola, que foi feita a partir do desenho de  alunos da turma 1603.

 

Bandeira Olimpíca criada a partir de desenho de alunos.

 

Os alunos também aprenderam sobre a importância da disciplina , do respeito as regras e ao adversário. O destaque de alunos especiais na programação foi um momento emocionante e gratificante para toda a equipe.

 

                                                                     Jogos entre as turmas do 5ºano.

 

A professora Rosine Mello, de Educação Física,também relata que, além das atividades esportivas,nas turmas do 3º ano trabalhou as mudanças ocorridas na cidade para receber as Olimpíadas, principalmente as mudanças na Avenida Abelardo Bueno.Ela também trabalhou a localização das provas olimpícas na Lagoa, Marina da Glória, Copacabana e Deodoro.No 5º e 6º ano, trabalhou a História dos Jogos Olimpícos através de um documentário da Band Sports que conta a história desde a Grécia Antiga até a Era Moderna.

 

                                                     Pelotão da Bandeira do turno da tarde.

 

A cerimônia de abertura, contou com a presença do pelotão da Bandeira da própria escola, desfile de tocha olímpica simbólica, juramento do atleta e pronunciamento da direção e dos professores de Educação Física, falando sobre a importância dos esportes e também sobre as Olimpíadas.

As atividades foram divididas por ano de escolaridade e de acordo com a faixa etária das crianças, durante a semana. 

Na sala de leitura Ziraldo Alves Pinto, as professoras Christiane Queiroz e Stefânia Fontana desenvolveram um trabalho sobre as Olimpíadas através dos livros: O espírito olímpico - Sandra Lopes e A olimpíada do Pinoquio - Alcides Goulart; apresentações sobre as modalidades esportivas; o documentário Para Todos e vídeos sobre os mascotes Vinicius e Tom. O trabalho teve a finalidade de mostrar a estimular a importância dos jogos olímpicos e paralimpicos.

 

                              Livros utlizados pelas professoras da sala de leitura durante o projeto.

 

                         Mural da Sala de Leitura com modalidades esportivas desenhadas pelos alunos.

 

        Mural da Sala de Leitura com mascotes da Olimpíadas.

 

Em sala de aula, os professores regentes criaram murais diversos sobre a temática das Olimpíadas e desenvolveram atividades envolvendo as modalidades esportivas e os mascotes. A professora Vãnia, regente do 2º e 5º ano, criou o alfabeto olimpíco para que os alunos pudessem se familiarizar com as modalidades e termos utilizados nas Olimpíadas. A professora Roberta, do 3º ano, aproveitou para pesquisar junto com os alunos, o significados das palavras desconhecidas do hino nacional.

 

              Núcleo de Artes da Escola Silveira Sampaio se apresentando na cerimônia de encerramento.

 

   Parte da equipe escolar reunida durante o evento.

 

A cerimônia de encerramento contou com a apresentação do Núcleo de Artes da Escola Municipal Silveira Sampaio. As turmas vencedoras foram contempladas com jogos para serem utlizados em sala de aula.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da E.M. Octavio Frias:

emooliveira@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

   
           



Yammer Share