A A A C
email
Retornando 319 resultados para a tag '7ªcre'

Terça-feira, 18/09/2018

O Tempo da Gente e o Tempo da Cidade no EDI Clarice Lispector

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O EDI  Escritora Clarice Lispector está desenvolvendo o projeto anual: Nas rimas do estilo, o tempo da gente e o tempo da cidade.

O projeto é dividido em 3 eixos e durante parte do primeiro semestre foi trabalhado o eixo que recebeu o nome: "Os dias eram assim."

 

 

Conhecer, compreender e vivenciar o passado e o presente para construir um futuro ainda melhor, deve ser um dos objetivos da sociedade. Considerando essa premissa, o projeto anual do EDI Escritora Clarice Lispector é : Nas rimas do estilo, o tempo da gente e o tempo da cidade. O projeto foi dividido em três eixos. Sendo eles : Os dias eram assim, dias melhores virão e como viver nos dias atuais?.

 

 

 

Tal missão perpassa a escola e o Projeto deste ano tem a intenção de fazer com que as crianças mergulhem em experiências que permitam o conhecimento da origem da nossa Cidade e a sua evolução em diferentes aspectos: artes, vestimenta, literatura, construções geográficas, brincadeiras e inovações tecnológicas.

 

 

Apresentação de cartazes com vestimentas de antigamente e sobre a cultura indígena.

 

 

Exposição de trabalhos apresentando a cultura negra.

 

 

       Conhecendo uma máquina fotográfica antiga.

 

 

No primeiro Eixo, intitulado “Os dias eram assim...”, todas as turmas do EDI viajaram no tempo, desde o Descobrimento do Brasil até a década de 1940, percebendo que esses aspectos estão interligados, produzindo cultura, reflexão e trazendo para o povo a sua identidade.

 

 

Painéis criados para interação com as crianças : obra de Tarsila do Amaral e Trajes Típicos Portugueses.

 

 

                   

 

Crianças e professores começaram a investigar a história do Rio e ampliaram para as diversas influências que a cidade recebeu do Brasil e do mundo. Foi um período de muito desenvolvimento e aprendizagem que culminou com uma bela exposição dos trabalhos dos pequenos com a visita e a participação das famílias.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicação:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato do EDI Escritora Clarice Lispector:

ediclispector@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Domingo, 16/09/2018

Redescobrindo os dígrafos

Tags: 7ªcre, alfabetização, redescobrindo, dígrafos.

REDESCOBRINDO OS DÍGRAFOS

ORTOGRAFIA COM LUDICIDADE E TECNOLOGIA

 

Os alunos do 2º ano da Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro estão relembrando as questões ortográficas da nossa língua de uma forma lúdica e diferente.


Eles estão podendo vivenciar essas experiências e participar ativamente das construções da linguagem escrita que são tão importantes na alfabetização.


Como primeiro passo dessa atividade foi o momento de assistir a aula do canal Redescobrindo. Era hora de uma nova forma de redescobrir os dígrafos e exercitar de uma forma bem divertida. Confira você também como foi o ponto de partida dessa aula com o vídeo.

 

 

Nessa aula Tia Ju e Tia Ly começam com uma surpresa que as crianças adoram: mágica. E todos são convidados a refletirem junto com a tia Ly sobre as possíveis semelhanças dos objetos que aparecem misteriosamente da cartola da tia Ju.


Até que os dígrafos surgem no meio dessa história. Isso mesmo! No meio de uma brincadeira.

 

E não foi difícil. Eles acertaram direitinho qual era a semelhança entre os objetos, que no caso se dava na escrita das figuras que começavam com o dígrafo CH.

 

 

 

 

Concentração total. É hora de redescobrir!

 

 


Depois de descobrir o mistério, foi a vez da tia Ly e da tia Ju brincarem de escolinha e fizeram um ditado no vídeo. E que tal se a turma 1201 e 1202 entrassem na brincadeira e fizessem também o ditado? É claro que os nossos descobridores toparam na hora. Será que eles vão conseguir ajudar a tia Ly a descobrir quais foram as trocas que ela fez? Descobridores em ação.

 

 

 



Depois do ditado devidamente feito, vamos a correção. No vídeo as crianças conseguem ver a forma que a tia Ly escreveu as suas palavras e antes do vídeo continuar eles tinham a missão de ajudar a consertar essas palavras que tinham alguns probleminhas.

 

 

 



De forma leva e descontraída as crianças foram convidadas a viverem aquela experiência e perceberem que o erro não é um problema e que as vezes ele faz parte do percurso. E que todos podemos aprender com os nossos erros.


Depois da experiência do ditado o vídeo pôde seguir e logo o segundo ano também quis produzir palavras como as que a tia Ly usa no vídeo para ler. Mãos à obra então, porque os alunos querem aprender de todas as formas.

 

 

 

Cada um criou seu próprio recurso formando várias palavras e foram estimulados a lerem, pois queriam descobrir quais palavras tinham formado. Agora podem treinar bastante a leitura de uma forma bem legal. Ficou mais bonito ainda. Agora não vamos mais esquecer o que são dígrafos.

 

 

As crianças gostaram de assistir, produzir e participar. Aprender nunca é demais e dessa forma a escrita e a leitura foram construídas com as experiências vivenciadas.


Além dos alunos da escola municipal Desembargador Ney Palmeiro, crianças de outras escolas também estão mergulhando nessa nova forma de ver e construir suas aprendizagens. Como é o caso dos alunos da professora do CIEP Compositor Donga.

 



As crianças estão se divertindo e aprendendo e é assim que deve ser. Com isso participam, se estimulam e experimentam novas propostas neste universo alfabetizador. Faça e participe também. Aprender nunca é demais!!

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para publicações:


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 04/09/2018

Aprendendo Espanhol com Histórias em Quadrinhos e Tecnologia

Tags: 7ªcre, projetos, quadrinhos.

 

Uma ação conjunta do PEJA ( Programa de Educação de Jovens e Adultos) das Escolas Municipais Pio X e Renato Leite  ensina espanhol por meio de quadrinhos feitos por um aplicativo de celular .

 

Ao longo dos dois primeiros bimestres de 2018, os alunos do PEJA das escolas Pio X e Renato Leite, ambas da 7ª CRE, puderam pôr em prática tudo o que aprenderam nas aulas de língua espanhola por meio dos quadrinhos e, melhor ainda, com os próprios alunos sendo os atores e criadores das histórias.

 

Para isso, as professoras Karina Costa (E.M. Renato Leite), Alissandra Ferreira e Vanessa Baeta (E.M. Pio X) elaboraram um cronograma especial de atividades, que teve início com o ensino de aspectos linguísticos do idioma.

 

 

 

Em seguida, os estudantes foram apresentados às especificidades que caracterizam as histórias em quadrinhos e leram as revistinhas da Turma da Mônica em espanhol, Mónica y su pandilla, que os alunos adoraram conhecer de perto.

 

      Alunos lendo Turma da Mônica em espanhol.

 

Por fim, os estudantes foram incentivados a criar suas próprias histórias, sendo os fotógrafos, atores, criadores e editores das tirinhas. Para isso, foi utilizado um aplicativo de celular chamado COMIC STRIP IT!, disponível para o sistema Android.

 

Alunos durante a execução da atividade: elaboração de diálogos, fotografias e edição.

 

 

Veja abaixo uma das tirinhas produzidas pelos alunos :

 

 

 

 

A ação teve frutos tão positivos que as criadoras foram convidadas a apresentá-la no I Seminário de Ensino de Línguas Estrangeiras na Infância e na Adolescência (SELEIA/2018), realizado no CEFET-RIO, no início do mês de julho.

 

Professoras durante a apresentação do projeto no SELEIA/2018.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da E.M. Pio X:

empiox@rioeduca.net

 

 

Contato da E.M. Renato Leite:

emrleite@rioeduca.net

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 31/08/2018

Redescobrindo: Brincando com a Ortografia - Classe Especial em Ação

Tags: redescobrindo, 7ªcre, ortografia.

 

Semana Nacional da pessoa com deficiência intelectual e múltipla

De 21 a 28 de agosto

 

Nesta semana foi a vez da classe especial da Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro mostrar as descobertas que têm feito no canal Redescobrindo, administrado por Juliana rebelo e Lyvia teixeira, professoras da mesma escola.

No segundo bimestre, a professora Alessandra Cássia utilizou uma série de vídeos do canal para mediar a aprendizagem de seus alunos, a fim de estimular a ortografia da turma, ela iniciou com o vídeo “Redescobrindo a letra q.

 

Veja o vídeo abaixo:

 


 

O vídeo tem uma abordagem lúdica sobre a correta utilização da letra q nas palavras. E para facilitar a compreensão dos alunos, a aula virtual inicia-se com uma dramatização com dedoches, protagonizada pelas letras do alfabeto. No enredo, depois de tantos desencontros, a letra 'q' enfim encontra seu amigo inseparável 'u'.

 

 

 

Após assistirem a proposta do vídeo, os alunos da classe especial foram estimulados a construírem palavras com o alfabeto móvel. Esse tipo de recurso facilita a identificação das letras e dá ao aluno mais segurança para testar possibilidades na escrita.

 

 


 

A atividade foi realizada pelos alunos com muita alegria e dedicação, o estímulo da professora aliado a utilização das letras no youtube, cria um ambiente divertido para o exercício da leitura e da escita.


Para ampliar o vocabulário dos alunos e a percepção das palavras, a professora utilizou também o vídeo “Redescobrindo o alfabeto” e realizou com os alunos a trilha proposta na videoaula.

 

 


 

 

A trilha do alfabeto foi adaptada para a realidade da turma e cada aluno da classe pintou uma letra ajudando a compor o recurso. Manipular e pintar as letras auxilia a assimilação do conteúdo facilitando o caminho da aprendizagem.

 




 



Nesta turma, os recursos físicos e digitais, a disposição da escola, estão sendo mediados pela professora conforme a sua necessidade. A atividade foi tão significativa para a classe especial que decidiram realizar o desafio de casa proposto pelo vídeo.

 

 

 

 

A professora Alessandra está realizando um belíssimo trabalho de estímulo a aprendizagem dos alunos e de aproximação das famílias da escola, dentre as inúmeras estratégias e esforços que ela tem implementado, estão as sugestões do canal Redescobrindo. Os alunos assistem às vídeoaulas também em casa junto com os responsáveis, dando continuidade ao conteúdo iniciado na escola.

 

 

 


Apesar das necessidades especiais, essa turma está mostrando que todos podem aprender.

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para publicações:


 


   
           



Yammer Share