Rio Educa
A A A C
email
Retornando 277 resultados para a tag '7ªcre'

Quarta-feira, 27/07/2016

Olimpíadas da Creche Municipal Dina Sfat

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 


 

A Creche Municipal Dina Sfat está desenvolvendo diferentes aspectos da aprendizagem trabalhando com o tema Olimpíadas.  

 

Com o tema Numa explosão de cores e sentidos, vamos conhecendo o mundo,  a Creche Municipal Dina Sfat vai construindo seu projeto anual. Pensando no momento histórico que estamos vivendo na cidade do Rio de Janeiro, a unidade escolar está envolvida com atividades em torno do tema Olimpíadas.

 

  Bonecos feitos a partir da silhueta dos alunos.

 

Conhecer o mundo e, aos poucos, ir se apropriando desse através de propostas que respeitem o perfil das crianças da Creche Dina Sfat e, ao mesmo tempo, estejam contextualizadas com o momento que estamos vivenciando é um de nossos objetivos.

A Dina Sfat não poderia ficar de fora desse momento histórico, que é a realização das Olimpíadas aqui em nossa cidade.

 

Alunos carregando a tocha olímpica da Creche.

 

                              Momento simbólico representando o acendimento da pira olímpica na Creche.

                                               

Para sensibilizar e despertar a curiosidade das crianças para esse tema, foi promovido um evento no dia do “Brincar sem muros”. Neste dia, os responsáveis foram recebidos e feita toda uma sensibilização envolvendo sentimentos que permeiam os jogos e que não se pode deixar desaparecer ao longo do ano  na creche.

Os responsáveis sinalizaram palavras como: respeito, harmonia, alegria, fé, entusiasmo, união entre outras tantas. Essas palavras foram registradas em papéis vermelho, amarelo e laranja e colocadas em nossa pira Olímpica. Depois ao som da música “Carruagem de Fogo”, aconteceu o desfile da tocha da unidade escolar, que passou pelas mãos das crianças até ser “acessa” a  pira da creche. Foi um momento mágico!

A partir do dia da abertura dos jogos da Dina, as crianças tem realizado diferentes atividades.

 

                        Construindo bonecos a partir da silhueta das crianças representando os continentes.

 

Primeiro cada turma ficou responsável por construir um boneco com a silhueta de uma criança da turma simbolizando cada continente. Confeccionaram também os elos Olímpicos com os pés das crianças para ser construído o mural.

Além da realização de  propostas em sala contemplando jogos e atividades de movimento, letramento, lógica, sócio afetivo, nas sextas feiras, toda creche foi reunida  para se brincar nas competições.

Já é tradição na creche o projeto da quarta encantada onde  todos os grupos se reúnem para voarem na imaginação e faz de conta através de diferentes histórias encenadas pelas professoras e agentes de educação infantil com confecção de cenários feitos com participação das crianças.

 

                                   EI-53 pintando revistas para confecção dos arcos olímpicos.

 

Também foi planejado trazer Tom e Vinícius para o cotidiano da creche. Cada quarta feira será contemplada com uma música para ser transformada  em história e apresentada, contando um pouco da obra desses artistas para as crianças.A música inicial foi “Garota de Ipanema”, que encantou a todos desfilando pela calçadão.

 

    Cenário pronto para a apresentação de Garota de Ipanema.

 

O pato Pateta apareceu e aprontou poucas e boas com as crianças. Tantas fez o moço que acabou na panela. As crianças também acabaram dentro da panela e adoraram!Depois experimentaram brincar com bolas de água, panelinhas para fazer comidinhas de mentirinha e para brincar com os outros personagens da história tentando pegá-los dentro da panela.

 

Apresntação da peça : O Pato Pateta.

 

 

                 Felipe, o pai da  aluna do EI-51, ao violão, tocando Tom e Vinicius, para os responsáveis, no                              Brincar sem Muros.

 

A direção da creche conta que todos estão muito envolvidos com esse projeto que possibilita desenvolver diferentes aspectos da aprendizagem das crianças. "Ainda estamos no comecinho de nosso subprojeto Olimpíadas da Dina, mas temos certeza que iremos vivenciar muitas brincadeiras ao longo desse ano."

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

 

Contato da Creche Municipal Dina Sfat:

cmdinasfat@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 13/07/2016

Alimentação Saudável no EDI Monsenhor Cordioli

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

O EDI Monsenhor Cordioli desenvolveu atividades de promoção de saúde, alimentação saudável e criação de horta escolar. 

 

Vivenciando o Projeto ‘Rio, juntos somos mais artes’ e aproveitando a proposta da semana da alimentação promovida pela Secretaria Municipal de Educação no mês de maio, o EDI Monsenhor Cordioli desenvolveu com as crianças reflexões importante sobre alimentação saudável.

 

     Alunos reunidos para conhecer várias frutas.      

 

A promoção de uma alimentação saudável no espaço escolar pressupõe a integração de ações em três pontos fundamentais: ações de estimulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, ações de apoio à adoção de práticas saudáveis na alimentação na escola e na família.

Assim, sabendo que o tema alimentação saudável é pertinente ao currículo da educação infantil e observando a crescente curiosidade das crianças a respeito dos alimentos (naturais e industrializados), trabalhamos essa temática com as crianças de modo que pudessem ter noções significativas para a construção de hábitos alimentares saudáveis na escola e em suas famílias.

  Brincando de Jogo da Memória das frutas.

 

Os trabalhos realizados tinham como objetivo conscientizar as crianças e seus responsáveis sobre a promoção da saúde por meio de alimentos saudáveis de forma atraente, lúdica e educativa e a criação de uma horta nos jardins da escola.

A partir de rodas de conversa apresentamos músicas sobre o tema, histórias, releitura da obra o ‘Vendedor de frutas’ de Tarsila do Amaral e apresentação de alguns alimentos (legumes, frutas e industrializados) para que as crianças pudessem concretizar o aprendizado.

 

      Gráfico sobre frutas preferidas e cartaz coletivo sobre Salada de Frutas.

 

Foram confeccionados trabalhos individuais e coletivos sobre as características dos alimentos (frutas e legumes) e os alunos também construíram a pirâmide dos alimentos e refletiram sobre a quantidade de gordura e açúcar consumidos. As crianças puderam perceber a importância e a necessidade da higienização dos alimentos e das mãos, tanto para o consumo quanto para o preparo.

 

                                                            Exposição de trabalhos sobre alimentação.

 

Elas experimentaram frutas sentindo cheiros, sabores e tato com a realização de salada de frutas, confecção de bolos, percepção da cesta de verduras (perceberam a cor, a textura, o cheiro de algumas hostaliças e temperos).

Através de rodas de conversas, as crianças refletiram sobre alguns alimentos não saudáveis (industrializados, pirulitos, balas, doces, refrigerantes, entre outros) que devem ser consumidos com moderação e fizeram gráficos construindo noções de quantidade, classificação e agrupamento, e  fizeram a sementeira de temperos para a horta.

 

                                            Diferenças dos alimentoa saudáveis e não saudáveis.

 

Os responsáveis foram conscientizados por meio de bilhetes e informes a respeito do tema, visualizaram os trabalhos expostos no pátio de entrada da unidade escolar, enviaram frutas para a confecção da salada de frutas e mudas de hortaliças para a horta.

 

    Crianças saboreando salada de frutas.

 

Com esse trabalho, os professores também aprenderam enquanto ensinavam e perceberam que as crianças  aprenderam  mais sobre alimentação saudavél e sobre os alimentos em geral.

 

Informações enviadas pela professora Apolônia Regina Ferreira.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

Contato do EDI Monsenhor Cordioli:

edicordioli@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 29/06/2016

Porções do Saber - Para Quem Tem Fome de Matemática

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

O projeto Porções do Saber: para quem  tem fome de Matemática é uma disciplina eletiva que acontece no Ginásio Carioca Rodrigues Alves para alunos do 6º e 7º ano.

 

 

Durante o primeiro semestre deste ano, o professor Marcos Vinicius da Silva Barbosa está desenvolvendo o projeto “Porções do Saber: para quem tem fome de Matemática”, onde o universo da cozinha dá a possibilidade de trabalhar diversos conteúdos matemáticos de grande dificuldade para os alunos, como frações, decimais, proporções, sistemas de medidas, além de outros temas multidisciplinares.

 

                  O projeto Porções do Saber é uma disciplina eletiva no Ginásio Carioca Rodrigues Alves.

 

O projeto nasceu de uma ideia antiga de mostrar que conceitos teóricos e abstratos trabalhados em sala podem se tornar palpáveis e com aplicação prática no cotidiano de todos.

 

         Alunos do 6º e 7º ano reunidos para o projeto Porções do Saber.

 

Através da cozinha, também abordamos temas multidisciplinares de grande relevância para a formação de nossos alunos:

 

  • Economia Doméstica: através de pesquisa em encartes de supermercado para obter o menor valor para o custo da receita;
  • Higiene: através do uso de toucas e luvas. Higienização de frutas, legumes e verduras utilizados na receita;
  • Alimentação Saudável: através da elaboração de tabelas nutricionais, proporcionando assim a escolha de alimentos mais saudáveis e nutritivos;
  • Consciência Ambiental: através da confecção de 5 latas de lixo, usando caixas de papelão, para que o lixo produzido nas aulas seja separado em papel, plástico, vidro, metal e orgânicos;
  • Sustentabilidade: através da criação de uma horta de temperos, plantadas em garrafas pet, para ser usada futuramente nas aulas de culinária, e que pode ser feita em casa por qualquer aluno.

 

Separação e higienização dos alimentos para preparo das receitas.

 

                             Alunos separando alimentos para a receita nuggets de frango no forno.
 

 

A disciplina Eletiva ocorre sempre nos dois últimos tempos de aula de sexta-feira. No Ginásio Carioca Rodrigues Alves, na primeira semana de aulas do ano, foi feito um evento chamado "Feirão das Eletivas", onde cada professor apresentou a eletiva que o mesmo lecionaria.

Após serem apresentadas as eletivas, os alunos formaram filas e se inscreveram na eletiva desejada. O mesmo ocorre na primeira semana de aula do 3º bimestre, quando os alunos têm a possibilidade de trocar ou permanecer na mesma eletiva.


No Ginásio também tem as eletivas de Futsal, Dança, Papo Cabeça, Etiqueta, Brincando com Teatro, CineBook, Preparatório para Concursos e a Matemática na Cozinha (Porções do Saber).

 

 Cupcake de Cenoura: avaliação e roteiro da receita com confecção de cartaz e preparo da mesma.

 

           Hambúrguer Saudável: Cartaz confeccionado com tabela nutricional, cálculos de gastos e            informações das quantidades.No detalhe: alunas experimentando a receita.

 

No caso do projeto Porções do Saber, os alunos participam ativamente de cada etapa da aula. Desde a parte de estudo, trabalhando com as frações, decimais, proporção e sistemas de medidas, até a pesquisa dos ingredientes necessários para elaborar a receita, o menor custo para produzí-la, a tabela nutricional, a confecção dos cartazes, o cuidado com a horta de temperos. E, claro, a elaboração da receita em si, a "mão na massa" como os próprios próprios os dizem.

 

Objetivos do Projeto 

 

  - Mostrar a aplicação prática da matemática em uma situação do cotidiano, que é a culinária;

  - Estimular a interação entre os alunos;

  - Incentivar o trabalho em grupo e a cooperação;

  - Trabalhar a organização com o material a ser utilizado;

 - Conscientizar sobre o cuidado e a higiene que se deve ter ao manipular utensílios e alimentos;

  - Adquirir hábitos saudáveis de alimentação.

 

Após definida qual receita será feita, os alunos, já divididos em grupos desde a primeira aula, dividem igualmente os ingredientes para trazer para a aula para que possamos cozinhar. É tudo fornecido por eles,de forma voluntária.

As receitas até hoje aprendidas foram: Cupcake de Cenoura, Hambúrguer Saudável, Chocolate para a Páscoa, Quiche, Cachorro Quente de Forno, Milk Shake Nutritivo e Nuggets Saudável de Forno. Além disso, há a horta de temperos que as crianças plantaram usando garrafas pet que seriam descartadas. A horta é regada por eles todos os dias.

 


Horta cultivada pelos alunos,com reaproveitamento de garrafas pets, com temperos para as receitas.

 

O Ginásio Carioca Rodrigues Alves está desenvolvendo o projeto anual Minha Escola é o Mundo, já que este ano nossa cidade sediará os Jogos Olímpicos, recebendo delegações e turistas de todos os continentes.

O Projeto Minha Escola é o Mundo pretende trazer para o espaço escolar uma reflexão sobre a diversidade a partir das múltiplas culturas que estarão presentes em nossa cidade, buscando as possíveis trocas que transformarão o Rio de Janeiro em um verdadeiro caldeirão cultural.

Neste processo, será trazida, também, uma discussão sobre os impactos desse evento na vida dos cariocas: transformações físicas, sociais, econômicas e culturais, com foco no desenvolvimento dos valores olímpicos que possam orientar a vida escolar e social do aluno.

 

                                                    Professor Marcos Vinicius, responsável pelo projeto.

 

Segundo o professor Marcos Vinicius, o projeto Porções do Saber tem despertado muito o interesse dos alunos e está sendo bem produtivo.A ideia é que o projeto continue no segundo semestre, já que existe uma fila de espera de alunos interessados que desejam participar.

 


 


Informações do Projeto enviadas pelo professor Marcos Vinicius  da Silva Barbosa.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

 

Contato do Ginásio Carioca Rodrigues Alves:

emralves@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 15/06/2016

Contando Histórias na E. M. Gastão Monteiro

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

A Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho desenvolveu atividades diferenciadas com contação de histórias para estimular o gosto pela leitura e pelos livros.

 

O Grêmio Estudantil da Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho, acompanhado pela professora Glauce Fontes, juntamente com a Sala de Leitura, organizou um projeto com o intuito de formar Contadores de História para as turminhas de Educação Infantil.

 

     Alunos finalistas do concurso Contadores de Histórias.

 

O projeto foi desenvolvido com o 6º ano e teve sua trajetória através do período de inscrição,que iniciou no dia 6 de abril, treinamento e apresentação para uma banca julgadora, com a divulgação do resultado no dia 2 de maio. Foram muitos os interessados e a escolha se tornou cada vez mais difícil.

 

Oficina de Leitura na Sala de Leitura.


Foram dias e dias dedicados à prática da contação. Os critérios de avaliação ( fluência na leitura, pontuação, postura, interpretação e interação com o público) foram rígidos e as notas para cada um deles variava de 5 a 10 pontos.

 

No dia do concurso, mesas prontas para a banca examinadora.

 

A banca julgadora foi composta pela professora Glauce Fontes , responsável pelo Grêmio Estudantil e mídia da unidade escolar; pela professora da Sala de Recursos Caroline Bachur; pela professoras da sala de Leitura Osvaldice da Silva  e pela jurada Victória Grego.

 

        Certificados dos participantes e prêmios dos vencedores.

 

As professoras da Sala de Leitura Osvaldice Maria e Andrea Otílio, iniciaram a contação dos livros escolhidos (Era uma vez e Voa João, da coleção Minha Primeira Biblioteca) e na sequência, os alunos continuavam a leitura a partir de um trecho previamente combinado.


O projeto foi de tão grande motivação que a Direção decidiu ampliá-lo e contemplar todos os alunos que foram para a final , para que se tornassem Contadores de Histórias para um outro projeto que já acontece na escola, "A Hora do conto". Sendo assim, todos ficaram felizes, todos saíram ganhando.     

 

                

                Da esq.p/dir: Professora da Sala de Leitura Osvaldice;o aluno vencedor da manhã Jonatas; a aluna vencedora da tarde Thaissa e a professora da Sala de Leitura Andrea.    

 

                                               Histórias em inglês

Na disciplina de inglês, a professora Andreza da Silva, desenvolveu uma maneira bastante criativa para contar e apresentar as histórias da série de livros de Inglês Zip from Zop da Editora Learnig Factory.


Baseado em um teatro de marionetes com os personagens, os alunos do 1º ao 3º ano conheceram a história dos alienígenas e como se deu a vinda deles para o planeta Terra (Unidade 1).

 

                                        A professora Andreza e alunos reunidos para ouvir a história.
 

Após o teatro, os alunos assistiram o vídeo sobre o tema da aula (revisão de números, cores, formas e cumprimentos), fizeram uma pintura e, para finalizar, teve até pipoca! Foi um dia bastante especial para todas as turminhas.

 

    Atividades dirigidas após a exibição do vídeo Zip from Zop.

 

As atividades desenvolvidas favorecem o gosto pela leitura e o conhecimento através das histórias. A Escola Muncipal Gastão Monteiro Moutinho desenvolve o Projeto Político Pedagógico Para que a Escola nos dê Cidadãos e tem como missão desenvolver o aluno enquanto individuo social, cognitivo, existencial.

O enfoque do projeto em 2016 é o Rio de Janeiro: Braços Abertos para todos os povos, alegorias e disfarces de uma cidade maravilhosa. No segundo bimestre, o eixo temático é uma cidade olímpica com vocação de ser feliz.

 

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Para conhecer mais sobre o trabalho da escola:

http://emgastao.blogspot.com.br/

Contato da E. M. Gastão Monteiro Moutinho:

emmoutinho@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net