Rio Educa
A A A C
email
Retornando 279 resultados para a tag '7ªcre'

Quarta-feira, 24/08/2016

Carioca Saudável, Carioca Sustentável

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

A Escola Municipal  Gastão Monteiro Moutinho desenvolveu diversas ações relacionadas ao Projeto Autocuidado nas  Escolas, durante os meses de junho e julho. 

 


Com o projeto anual Rio de Janeiro: Braços Abertos para Todos os Povos.Alegorias e Disfarces de uma Cidade Maravilhosa, a E.M Gastão Monteiro desenvolveu as seguintes ações relacionadas ao tema Autocuidado:incentivo à higiene bucal na Educação Infantil, aferição de peso e medida das crianças, palestra sobre obesidade e para os responsáveis com psicólogo do CRAS Machado de Assis, Gincanas de Matemática e Loucos por Tampinhas e ainda as Olimpíadas Internas.

 

  Aferição de peso e medidas dos alunos.
 

Em mais uma parceria com a área de Saúde, a unidade escolar realizou uma avaliação de peso e altura das crianças da Educação Infantil, colaborando com a Campanha contra a Obesidade Infantil. Além disso, as crianças puderam conversar e aprender mais sobre escovação e a importância do cuidado com os dentes.

 

                                                                     Proerd

A professora Jaqueline, que atua no Cap IV próximo a escola, esteve presente, juntamente com a nutricionista Dalva, para executar as medições. Através dessa parceria, acontece o cuidado e acompanhamento de um crescimento saudável. Contemplando todas as turmas e ação do PSE ( Programa  Saúde na Escola), os alunos participaram de palestra sobre obesidade e ampliaram seu conhecimento sobre alimentação saudável e os benefícios para a saúde através da mesma. 

 

     Presença do Proerd na unidade escolar .
 

O Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education - D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil. A Escola Gastão Monteiro Moutinho foi mais uma vez foi contemplada com o projeto e as turmas de 5º ano foram as escolhidas para essa ação.


O Programa consiste em uma ação conjunta entre as Policias Militares, Escolas e Famílias, no sentido de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resisti-las.


Foi realizada solenidade de formatura e agradecimento ao policial pelo comprometimento e carinho para com as nossas crianças. Os alunos do 5º ano participaram do concurso que incentiva dizer não as drogas, como uma das ações do Proerd.


 

Gincana de Matemática


Todos os alunos ficam sonhando com a chegada no 5º ano para participar da Gincana de Matemática. A gincana é um evento anual que conta com a participação dos alunos subdivididos em equipes e torcidas.


O 4º e o 6º ano são convidados a assistir e torcer pela equipe preferida. A gincana é subdividida em 3 partes: perguntas e respostas, prova do sino e circuito. Em alguns momentos o capitão da equipe pode consultar o grupo e em outras não. Na prova do sino vale, além do conhecimento, a agilidade para correr e tocar o sino primeiro para garantir o direito da resposta. No circuito, todos participam de forma ativa, divididos em estações.


Vivem-se emoções diferentes nesse dia. Ansiedade, tensão, nervosismo, alegria, tristeza, e o auto controle é sempre a dose necessária para que tudo corra bem.

 

A equipe vencedora foi a vermelha, seguida pelas demais colocações:

Amarela - 2º lugar, Verde - 3º lugar e Azul - 4º lugar. 


 

Gincana Loucos por Tampinhas


Tal gincana teve o objetivo de além da conscientização com relação ao meio ambiente, incentivando uma prática educativa; a utilização de todas as tampinhas arrecadadas para a Vernissage da FLIG onde serão confeccionados quadros nas aulas de artes. No total foram arrecadadas mail de 50.000 tampinhas! As crianças e responsáveis  aderiram à gincana e mais uma vez colaboraram para os projetos da escola.

 

                     1º lugar na Gincana - Professora Ana Paula - EI 21 - 16.697 tampinhas arrecadadas.
 

 

Olimpíadas Internas

 

O 1º, 2º e 3º anos participaram da Olimpíada Gastão 2016.Com modalidades entre corrida de revezamento, bola ao alto, cesta e pênalti, os participantes se dividiram em 4 equipes: vermelha, amarela, verde e amarela.

 

                                                 Cerimônia de abertura das Olimpíadas Internas.
 

Estava todo mundo animado e a ornamentação da Arena Olímpica estava linda! Contando com as bandeiras dos países participantes da Rio 2016 confeccionadas pelos alunos do 6º ano. Até Tom e Vinícius estiveram presentes. Aconteceu a solenidade do Hino Nacional, a apresentação da bandeira olímpica, volta olímpica com a tocha e o juramento do atleta. O clima era de competição, mas acima de tudo, respeito.

 

                           Premiação das turmas vencedoras, no detalhe: medalhas feitas com papel.

 

As equipes competiram educadamente e, apesar da equipe Vermelha ter sido a campeã da manhã e a Amarela da tarde, todos acabam ganhando, nem que seja a experiência e a alegria de ter participado. Os professores Marcela, Adriano e Núbia de Educação Física orientaram as atividades desenvolvidas.

 

As atividades desenvolvidas pela Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho mostraram ações que contemplam a Promoção de Saúde Escolar  com assuntos relacionados ao tema AUTOCUIDADO NAS ESCOLAS

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

Contato da E.M. Gastão Monteiro Moutinho:

emmoutinho@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 10/08/2016

Olimpíadas na E.M. Octavio Frias de Oliveira

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 


 

A Escola Municipal Octavio Frias de Oliveira está desenvolvendo o projeto anual Olimpíadas 2016: O Rio abraçando as diferenças. Durante o terceiro bimestre, aconteceu a Olimpíada da unidade escolar com a participação de todos os alunos.

 

A  Olimpíada da Octavio Frias de Oliveira foi realizada na semana de 11 até 15 de julho e ressaltou a importância do esporte no nosso país e em especial em nossa cidade como sede de um evento mundial. A equipe de Educação Física trabalhou em conjunto com professores de Inglês, Artes e professores regentes.

 

                                      Cerimônia de Abertura da Olimpíada da unidade escolar.

 

O evento foi organizado com cerimônia de abertura e encerramento para que as crianças pudessem ter uma experiência próxima à realidade do momento. A professsora Célia Granja, de Educação Fisica conta que foi desenvolvido com os alunos um trabalho de preparação para as atividades físicas que cada um iria participar, representando sua turma. Assim puderam ter idéia de como é a vida de um atleta , suas responsabilidades e dificuldades. Foi apresentada a bandeira olimpíca da escola, que foi feita a partir do desenho de  alunos da turma 1603.

 

Bandeira Olimpíca criada a partir de desenho de alunos.

 

Os alunos também aprenderam sobre a importância da disciplina , do respeito as regras e ao adversário. O destaque de alunos especiais na programação foi um momento emocionante e gratificante para toda a equipe.

 

                                                                     Jogos entre as turmas do 5ºano.

 

A professora Rosine Mello, de Educação Física,também relata que, além das atividades esportivas,nas turmas do 3º ano trabalhou as mudanças ocorridas na cidade para receber as Olimpíadas, principalmente as mudanças na Avenida Abelardo Bueno.Ela também trabalhou a localização das provas olimpícas na Lagoa, Marina da Glória, Copacabana e Deodoro.No 5º e 6º ano, trabalhou a História dos Jogos Olimpícos através de um documentário da Band Sports que conta a história desde a Grécia Antiga até a Era Moderna.

 

                                                     Pelotão da Bandeira do turno da tarde.

 

A cerimônia de abertura, contou com a presença do pelotão da Bandeira da própria escola, desfile de tocha olímpica simbólica, juramento do atleta e pronunciamento da direção e dos professores de Educação Física, falando sobre a importância dos esportes e também sobre as Olimpíadas.

As atividades foram divididas por ano de escolaridade e de acordo com a faixa etária das crianças, durante a semana. 

Na sala de leitura Ziraldo Alves Pinto, as professoras Christiane Queiroz e Stefânia Fontana desenvolveram um trabalho sobre as Olimpíadas através dos livros: O espírito olímpico - Sandra Lopes e A olimpíada do Pinoquio - Alcides Goulart; apresentações sobre as modalidades esportivas; o documentário Para Todos e vídeos sobre os mascotes Vinicius e Tom. O trabalho teve a finalidade de mostrar a estimular a importância dos jogos olímpicos e paralimpicos.

 

                              Livros utlizados pelas professoras da sala de leitura durante o projeto.

 

                         Mural da Sala de Leitura com modalidades esportivas desenhadas pelos alunos.

 

        Mural da Sala de Leitura com mascotes da Olimpíadas.

 

Em sala de aula, os professores regentes criaram murais diversos sobre a temática das Olimpíadas e desenvolveram atividades envolvendo as modalidades esportivas e os mascotes. A professora Vãnia, regente do 2º e 5º ano, criou o alfabeto olimpíco para que os alunos pudessem se familiarizar com as modalidades e termos utilizados nas Olimpíadas. A professora Roberta, do 3º ano, aproveitou para pesquisar junto com os alunos, o significados das palavras desconhecidas do hino nacional.

 

              Núcleo de Artes da Escola Silveira Sampaio se apresentando na cerimônia de encerramento.

 

   Parte da equipe escolar reunida durante o evento.

 

A cerimônia de encerramento contou com a apresentação do Núcleo de Artes da Escola Municipal Silveira Sampaio. As turmas vencedoras foram contempladas com jogos para serem utlizados em sala de aula.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da E.M. Octavio Frias:

emooliveira@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 27/07/2016

Olimpíadas da Creche Municipal Dina Sfat

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 


 

A Creche Municipal Dina Sfat está desenvolvendo diferentes aspectos da aprendizagem trabalhando com o tema Olimpíadas.  

 

Com o tema Numa explosão de cores e sentidos, vamos conhecendo o mundo,  a Creche Municipal Dina Sfat vai construindo seu projeto anual. Pensando no momento histórico que estamos vivendo na cidade do Rio de Janeiro, a unidade escolar está envolvida com atividades em torno do tema Olimpíadas.

 

  Bonecos feitos a partir da silhueta dos alunos.

 

Conhecer o mundo e, aos poucos, ir se apropriando desse através de propostas que respeitem o perfil das crianças da Creche Dina Sfat e, ao mesmo tempo, estejam contextualizadas com o momento que estamos vivenciando é um de nossos objetivos.

A Dina Sfat não poderia ficar de fora desse momento histórico, que é a realização das Olimpíadas aqui em nossa cidade.

 

Alunos carregando a tocha olímpica da Creche.

 

                              Momento simbólico representando o acendimento da pira olímpica na Creche.

                                               

Para sensibilizar e despertar a curiosidade das crianças para esse tema, foi promovido um evento no dia do “Brincar sem muros”. Neste dia, os responsáveis foram recebidos e feita toda uma sensibilização envolvendo sentimentos que permeiam os jogos e que não se pode deixar desaparecer ao longo do ano  na creche.

Os responsáveis sinalizaram palavras como: respeito, harmonia, alegria, fé, entusiasmo, união entre outras tantas. Essas palavras foram registradas em papéis vermelho, amarelo e laranja e colocadas em nossa pira Olímpica. Depois ao som da música “Carruagem de Fogo”, aconteceu o desfile da tocha da unidade escolar, que passou pelas mãos das crianças até ser “acessa” a  pira da creche. Foi um momento mágico!

A partir do dia da abertura dos jogos da Dina, as crianças tem realizado diferentes atividades.

 

                        Construindo bonecos a partir da silhueta das crianças representando os continentes.

 

Primeiro cada turma ficou responsável por construir um boneco com a silhueta de uma criança da turma simbolizando cada continente. Confeccionaram também os elos Olímpicos com os pés das crianças para ser construído o mural.

Além da realização de  propostas em sala contemplando jogos e atividades de movimento, letramento, lógica, sócio afetivo, nas sextas feiras, toda creche foi reunida  para se brincar nas competições.

Já é tradição na creche o projeto da quarta encantada onde  todos os grupos se reúnem para voarem na imaginação e faz de conta através de diferentes histórias encenadas pelas professoras e agentes de educação infantil com confecção de cenários feitos com participação das crianças.

 

                                   EI-53 pintando revistas para confecção dos arcos olímpicos.

 

Também foi planejado trazer Tom e Vinícius para o cotidiano da creche. Cada quarta feira será contemplada com uma música para ser transformada  em história e apresentada, contando um pouco da obra desses artistas para as crianças.A música inicial foi “Garota de Ipanema”, que encantou a todos desfilando pela calçadão.

 

    Cenário pronto para a apresentação de Garota de Ipanema.

 

O pato Pateta apareceu e aprontou poucas e boas com as crianças. Tantas fez o moço que acabou na panela. As crianças também acabaram dentro da panela e adoraram!Depois experimentaram brincar com bolas de água, panelinhas para fazer comidinhas de mentirinha e para brincar com os outros personagens da história tentando pegá-los dentro da panela.

 

Apresntação da peça : O Pato Pateta.

 

 

                 Felipe, o pai da  aluna do EI-51, ao violão, tocando Tom e Vinicius, para os responsáveis, no                              Brincar sem Muros.

 

A direção da creche conta que todos estão muito envolvidos com esse projeto que possibilita desenvolver diferentes aspectos da aprendizagem das crianças. "Ainda estamos no comecinho de nosso subprojeto Olimpíadas da Dina, mas temos certeza que iremos vivenciar muitas brincadeiras ao longo desse ano."

 

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

 

Contato da Creche Municipal Dina Sfat:

cmdinasfat@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 
 
 
 

  

Quarta-feira, 13/07/2016

Alimentação Saudável no EDI Monsenhor Cordioli

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

 

O EDI Monsenhor Cordioli desenvolveu atividades de promoção de saúde, alimentação saudável e criação de horta escolar. 

 

Vivenciando o Projeto ‘Rio, juntos somos mais artes’ e aproveitando a proposta da semana da alimentação promovida pela Secretaria Municipal de Educação no mês de maio, o EDI Monsenhor Cordioli desenvolveu com as crianças reflexões importante sobre alimentação saudável.

 

     Alunos reunidos para conhecer várias frutas.      

 

A promoção de uma alimentação saudável no espaço escolar pressupõe a integração de ações em três pontos fundamentais: ações de estimulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, ações de apoio à adoção de práticas saudáveis na alimentação na escola e na família.

Assim, sabendo que o tema alimentação saudável é pertinente ao currículo da educação infantil e observando a crescente curiosidade das crianças a respeito dos alimentos (naturais e industrializados), trabalhamos essa temática com as crianças de modo que pudessem ter noções significativas para a construção de hábitos alimentares saudáveis na escola e em suas famílias.

  Brincando de Jogo da Memória das frutas.

 

Os trabalhos realizados tinham como objetivo conscientizar as crianças e seus responsáveis sobre a promoção da saúde por meio de alimentos saudáveis de forma atraente, lúdica e educativa e a criação de uma horta nos jardins da escola.

A partir de rodas de conversa apresentamos músicas sobre o tema, histórias, releitura da obra o ‘Vendedor de frutas’ de Tarsila do Amaral e apresentação de alguns alimentos (legumes, frutas e industrializados) para que as crianças pudessem concretizar o aprendizado.

 

      Gráfico sobre frutas preferidas e cartaz coletivo sobre Salada de Frutas.

 

Foram confeccionados trabalhos individuais e coletivos sobre as características dos alimentos (frutas e legumes) e os alunos também construíram a pirâmide dos alimentos e refletiram sobre a quantidade de gordura e açúcar consumidos. As crianças puderam perceber a importância e a necessidade da higienização dos alimentos e das mãos, tanto para o consumo quanto para o preparo.

 

                                                            Exposição de trabalhos sobre alimentação.

 

Elas experimentaram frutas sentindo cheiros, sabores e tato com a realização de salada de frutas, confecção de bolos, percepção da cesta de verduras (perceberam a cor, a textura, o cheiro de algumas hostaliças e temperos).

Através de rodas de conversas, as crianças refletiram sobre alguns alimentos não saudáveis (industrializados, pirulitos, balas, doces, refrigerantes, entre outros) que devem ser consumidos com moderação e fizeram gráficos construindo noções de quantidade, classificação e agrupamento, e  fizeram a sementeira de temperos para a horta.

 

                                            Diferenças dos alimentoa saudáveis e não saudáveis.

 

Os responsáveis foram conscientizados por meio de bilhetes e informes a respeito do tema, visualizaram os trabalhos expostos no pátio de entrada da unidade escolar, enviaram frutas para a confecção da salada de frutas e mudas de hortaliças para a horta.

 

    Crianças saboreando salada de frutas.

 

Com esse trabalho, os professores também aprenderam enquanto ensinavam e perceberam que as crianças  aprenderam  mais sobre alimentação saudavél e sobre os alimentos em geral.

 

Informações enviadas pela professora Apolônia Regina Ferreira.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!
 

 

Contato do EDI Monsenhor Cordioli:

edicordioli@rioeduca.net

Contato para publicações:

Roberta Vitagliano - Representante Rioeduca 7ª CRE

robertavitagliano@rioeduca.net