A A A C
email
Retornando 289 resultados para a tag '7ªcre'

Quarta-feira, 28/12/2016

Orquestra em Movimento

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

Alunos da Escola Municipal Dom Pedro I participaram em novembro de uma experiênica única: assisitir a Orquestra Sinfônica Brasileira na Cidade das Artes.

 

A Escola Municipal Dom Pedro I participou do Projeto “Link Up A Orquestra em Movimento”, assim definido como “...um programa de formação musical desenvolvido pelo Weill Music Institute do Carnegie Hall. A iniciativa convida alunos e professores do Ensino Fundamental a explorarem o repertório orquestral ao longo de todo o ano: os alunos cantam e tocam flauta doce, aprendendo conceitos musicais básicos e compondo as suas próprias músicas.” (http://www.osb.com.br).

 

   Alunos aguardando o início do espetáculo.

 

A professora de Música, Simone Cruz, preenchia os pré-requisitos e logo se mostrou entusiasmada. Após participar de workshops e das orientações sobre o desenvolvimento do trabalho, iniciou-se o seu grande desafio, assim relatado por ela:

No início fiquei muito preocupada com a responsabilidade que me foi confiada: preparar 44 alunos para tocar com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Mas quando vi o material, fiquei admirada! Livro para o professor e um para o aluno, acompanhados de um CD, DVD e as flautas. Os alunos também ficaram muito surpresos.

 

Alunos assistindo ao espetáculo na Cidade das Artes.

 

 

 Alunos cantando e fazendo o movimento do Trenzinho do Caipira.

 

A turma do 6º ano nunca tinha estudado música e era difícil a concentração na sala de aula. Decidi preparar também os alunos do sétimo ano aproveitando o material maravilhoso. O desafio maior além da concentração em sala de aula com 40 alunos foi trabalhar com repertórios desconhecidos deles.

 

  Apresentação de dança durante o espetáculo.

 

A solução foi contar uma história antes de ouvir a música: no Danúbio Azul falei sobre a valsa da Cinderela com o príncipe, no Noturno sobre o filme Sonho de uma Noite de Verão, no Trenzinho do Caipira pedi que imaginassem os sons que poderiam ouvir da Maria Fumaça e assim consegui a atenção de todos e dar sentido para as músicas tão distantes do cotidiano deles. Preparei quatro turmas com o material e ofereci a oportunidade para todos.

Durante as aulas os alunos começaram a ter mais concentração, melhoraram a disciplina e demonstraram alegria para tocar o instrumento. Alguns professores da escola perguntavam como eu conseguia ensinar flauta para eles? Eu dizia que a sala de música ajudava bastante. Na verdade quando fazemos algo com muito amor o resultado é maior do que o esperado…

 

Alunos aplaudindo o término da apresentação.

 

Os alunos ficaram muito ansiosos no dia do espetáculo porque nunca tinham assistido uma orquestra antes, não conheciam a Cidade das Artes e tinham que fazer o melhor possível.

 

    Turma reunida e a professora Simone.

 

O resultado foi incrível! Os alunos ficaram muito emocionados, felizes e disseram que iriam assistir a todos os concertos da OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira). “Isso foi um sonho!” (disse David), "Quando vai ser o próximo?” (disse Yan), "Eu chorei! Foi show!” (disse Willian)”.

 

Parabéns à todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato da E.M. Dom Pedro I:

emdpedro@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 14/12/2016

II FLIG - Feira Literária da Gastão

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

A II FLIG - Feira Literária da  Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho aconteceu no mês de outubro e reuniu toda a comunidade escolar promovendo atividades envolvendo a literatura.

 

A Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho possui em sua grade de projetos uma Feira Literária. Podemos dizer que ela já é um marco no calendário. A Feira tem o objetivo de levar conhecimento tanto para os alunos, como para toda comunidade.

 

   Comunidade Escolar participando da II FLIG.
 

Cada ano escolar recebe um autor para pesquisar sua biografia, acervo e realizar trabalhos para a exposição. Este ano, a II FLIG teve como tema os 400 anos de Cervantes e seu Dom Quixote.

 

Tenda da Sala de Leitura com as professoras: Andrea Otilio e Osvaldice Maria e o tema: 400 anos de Cervantes e seu Dom Quixote.
 

É sempre um dia muito agradável, pois, além da disseminação do conhecimento, responsáveis, crianças e comunidade usufruem do momento com entusiasmo e participam empolgados, dos diferentes momentos que a FLIG proporciona.

 

Tenda da Educação Infantil com a professora :Cintia Bahiense e o tema: As fábulas de Esopo.
 

Tenda do primeiro ano com as professoras: Ana de Melo e Carla e o tema: Tatiana Belinsky.

 

 

  Tenda do segundo ano com as professoras: Tania Peixoto e o tema: Hans Cristhian Andersen.

 

Tatiana Lebinsky, Hans Cristhian Andersen , Ziraldo, Câmara Cascudo, Ruth Rocha e as Fábulas de Esopo, foram os escolhidos para essa edição do projeto.

 

 Tenda do terceiro ano com as professoras: Martha Rocha e Margarete Pires e o tema: Ziraldo.
 

 

       Tenda do quarto ano com a Professora: Rosa Goreti e o tema: Ruth Rocha.

 

  Tenda do quinto ano com a professora: Fátima Sampaio e o tema: Câmara Cascudo.

 

Além das tendas dos autores e os trabalhos dos alunos expostos, há em todas as edições o estande de Doações de Livros, palestras e espaço Kids com brinquedos gratuitos para as crianças. Nessa edição, a palestra sobre Qualidade de Vida foi ministrada pela Profª Nubia de Educação Física.

 

   Tenda do sexto ano com a professoras: Luisa Reis e o tema: Marina Colasanti.

 

     Tenda da Sala de Recursos com as professoras: Caroline e Noemi.
 

As atividades acontecem baseadas em um roteiro previamente determinado, dando aos presentes a opção de participação.

 

Painéis confeccionados nas aulas de artes da professora Luciane com a utilização das tampinhas arrecadadas na Gincana das tampinhas,projeto reaproveitamento/arte .
 

A E. M. Gastão Monteiro Moutinho e toda a equipe que a consiste, tem um carinho e comprometimento muito grande com esse projeto e ideias para o próximo ano já começam a fervilhar! 

 

 

Equipe da Escola Gastão Monteiro Moutinho

 

Parabéns à todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da Escola Municipal Gastão Monteiro Moutinho:

emmoutinho@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

O Natal está chegando...

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 30/11/2016

Aula Passeio ao Museu de Arte do Rio

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

Sob a temática do projeto anual “Rio, juntos somos mais artes”, alunos do EDI Monsenhor Cordioli vivenciaram no mês de outubro uma aula passeio ao Museu de Arte do Rio – MAR, para conhecer um pouco da cidade do Rio de Janeiro e sua história.

 

As turmas EI 11 e EI 13 do EDI Monsenhor Cordioli participaram de uma aula passeio ao MAR - Museu de Arte do Rio, considerando que é muito importante para crianças da Educação Infantil, por propiciar o aprendizado de modo lúdico e estimulante, fazendo com que elas se conectem a outras realidades não contempladas em sua vivência cotidiana.

 

  Aula Passeio ao MAR.

 

Durante o trajeto de ida e volta da Cidade de Deus ao Centro do Rio, as crianças aprenderam e experimentaram a importância do uso do cinto de segurança. Foram observando a geografia e a paisagem dos bairros, encantaram-se quando passaram pelo túnel da Linha Amarela, observaram a diferença entre os prédios e as casas, visualizaram os diferentes meios de transporte: VLT, ônibus, carros e avião.

 

Aprendendo a importância do uso do cinto de segurança.

 

As crianças do EDI Monsenhor Cordioli  puderam aprender também o cuidado com o meio ambiente, jogando o lixo do lanche no lugar certo, partilharam o lanche que levaram com outras crianças e com isso descobriram como é bom dividir e saborear juntos o alimento e os saberes.

 

   Partilhando lanche e aprendendo a cuidar do lixo.

 

Ao chegarem ao Museu encantaram-se com a obra Morrinho. Chamou-lhes a atenção às cores, o material reciclado e como foi feito o Cristo, a presença dos carros de polícia nas ruas e becos (realidade vivenciadas por eles na comunidade onde moram), a disposição dos materiais que apresentam as moradias e as ruas do Rio.

 

 Aprendendo sobre a exposição Morrinho.

 

Olhando para parte externa do Museu as crianças visualizaram um pouco da Região Portuária. Viram o “Museu do Amanhã”, a Praça Mauá, a ponte Rio - Niterói, fizeram questionamentos sobre o que estavam vendo e o que achavam ao olharem a arquitetura do entorno. Fizeram uma leitura do Rio de ontem e o de hoje e como elas querem o Rio para o amanhã.

 

                      Descobrindo o Rio de Ontem e de Hoje, a Cor do Brasil, a Fauna Brasileira e a Independência.

 

Além disso, percorreram a exposição Leopoldina, Princesa da Independência, das artes e das ciências, viram quem era a princesa Leopoldina, o príncipe D. Pedro I, conheceram as vestimentas, mobiliários e transporte da época.

Concluíram a aula passeio vendo a exposição A cor do Brasil. Apreciaram alguns quadros que retratavam os imigrantes, encantaram-se com a fauna, com os índios e seus instrumentos.

Essa atividade trouxe muitos ensinamentos para as crianças e para as educadoras. Ambas conseguiram compreender que de fato quando estamos juntos somos mais e muito mais artistas.

 

Parabéns à todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato do EDI Monsenhor Cordioli:

edicordioli@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 16/11/2016

Visita ao FABLAB/SENAI

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 

 

Alunos do 9° ano da E. M. Dom Pedro I visitaram o FABLAB/SENAI em Benfica e tiveram a oportunidade de conhecer um pouco sobre o desenvolvimento de projetos de fabricação digital e cursos profissionalizantes da instituição.

 

Durante o ano de 2016, a professora de geografia Silvina Leal da Escola Municipal D. Pedro I iniciou um trabalho com todas as turmas de 9º ano relacionado com as chamadas tecnologias de ponta, FABLAB, que é uma abreviação da língua inglesa para denominar "laboratório de fabricação”. 

 

   Alunos do 9º ano visitando o FABLAB.

 

            Setores do FABLAB.

 

FABLAB é um espaço em que os alunos de diversas áreas se reúnem para realizar projetos de fabricação digital de forma colaborativa usando tecnologia de ponta, participando de todo processo produtivo e buscando soluções para as indústrias, esse é o conceito de FABLAB.

Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer de perto essa tecnologia ao visitarem as instalações do SENAI com as explicações dos eminentes professores do SENAI/Benfica sobre o que acontece no FABLAB.

Ficaram maravilhados com a oportunidade, tomaram conhecimento dos cursos profissionalizantes oferecidos pelo SENAI, o que tem mais avançado nessa área dentro da cidade do Rio de Janeiro e no mundo, tiveram oportunidade de circular pela cidade, num verdadeiro tour urbano, foram muitas as descobertas e otimizaram esse trabalho de campo produzindo redações que traduziram emoções, sentimentos e expectativas.

 

   Alunos sendo recepcionados pelo técnico do Senai.

 

Eles agregaram conhecimentos, recursos e valores! Os alunos se "apoderaram" de informações/conhecimentos, mesmo que superficialmente, do que está acontecendo no mundo em termos de tecnologias, e experienciaram o que foge totalmente ao seu cotidiano.

 

     Parte do Armazém de Ideias do FABLAB.

 

O objetivo foi atingido, pois os alunos aguçaram a curiosidade, se sentiram valorizados, estimulados, elevaram sua autoestima! O conhecimento nos envolve, nos liberta, como diz o Prof. Mario Sergio Cortella; nossa vida pode ser curta e nem por isso precisa ser pequena.

 

    Conhecendo um dos setores de acabamento.

 

Mas a oportunidade também se estendeu ao grupo de Professores da E. M. Dom Pedro I, praticamente todas as disciplinas foram contempladas com o trabalho de campo, num total de 11 colegas que tiveram a possibilidade também desse contato.

 

                           Mural produzido após da visita ao FABLAB.

 

        Mural produzido após visita ao FABLAB.

 

A professora Silvina Leal relata que é " Impossível não agradecer ao Universo, ao Dr. Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira e seus colaboradores, Professores Andrea, Jacqueline, Bruno e Clóvis por toda a logística envolvida (transporte, lanche, tempo) durante quatro dias, que determinou o êxito da aula-campo, como também a todo pessoal do SENAI/Benfica e à direção e coordenação pedagógica da EM Dom Pedro I."

 

   Informações enviadas pela coordenadora Marleyde Ferreira.

 

Para saber mais sobre o FABLAB/Senai:

http://www.cursosenairio.com.br/link-rede-fablab-rj,36.html

Contato da E.M. Dom Pedro I:

emdpedro@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

Parabéns à todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 


   
           



Yammer Share