A A A C
email
Retornando 403 resultados para a tag '10ªcre'

Sexta-feira, 28/12/2018

Leituras que Cantam e Encantam o Universo Infantil

Tags: cre10, 10ªcre, literatura.

 

A Creche Jardim dos Vieiras desenvolveu os projetos “Surpresas no Balão” e “Palavras, muitas palavras” referentes a literatura infantil envolvendo a família no ambiente literário.

 

A Creche Municipal Jardim dos Vieiras está localizada a Estrada dos Vieiras, s/n° - Paciência, zona oeste do Rio de Janeiro. Tem cinco salas e atende 100 crianças na faixa etária de 2 a 3 anos, com três turmas integrais (Maternal I e II) e uma turma parcial (Maternal II). Tem como diretora, a professora Cristiane Vilela Soares da Silva, como diretora adjunta, a professora Silvina Ascenção Soares e, como professora articuladora, a professora Iara Ferreira Cortes. O quadro de funcionários da Unidade Escolar é composto por quatro professores de Educação Infantil e nove agentes de educação infantil.

Baseando-se nas obras de grandes autores da literatura infantil, todo corpo docente e discente da instituição, encontra-se motivado para que juntos, possam formar grandes leitores no momento em que a tecnologia se faz presente no cotidiano de todos.

No decorrer do ano letivo, foi trabalhado o eixo gerador: “Leituras que Cantam e Encantam o Universo Infantil”, tendo como norte o universo infantil de brincadeiras e descobertas, que pode ser uma grande inspiração para os mais brilhantes poetas, uma vez que, diversos deles que fizeram e fazem parte da história da literatura brasileira enveredaram pelo caminho da poesia infantil.

 

Alunos da turma EI 33

 

O projeto proporciona a criança momentos para tocar o livro, folhear, de forma que ela tenha um contato mais íntimo com o objeto do seu interesse. A partir daí, ela começa a gostar dos livros, perceber que eles fazem parte de um mundo fascinante, onde a fantasia apresenta-se por meio de palavras e desenhos. Além de oportunizar momentos de prazer através da leitura, apresentar obras de alguns autores específicos, tais como: Mary e Eliardo França, Vinicius de Moraes, Ruth Rocha e Cecília Meireles. O mesmo foi dividido em dois subprojetos referentes à Literatura Infantil, no primeiro semestre aconteceu o projeto “Surpresas no Balão” e no segundo semestre o projeto “Palavras, muitas palavras”.

 

Ao elaborar este projeto, pensamos no verdadeiro sentido da leitura, “O gostar de ler”. A criança precisa ter vontade e descobrir o prazer diante de um livro e para isso, precisamos proporcionar momentos agradáveis. Nosso objetivo também é envolver a família neste Universo literário. Gostamos muito da citação de João Luís de Almeida Machado (doutor em Educação) - Ler histórias para as crianças e fazer com que elas entrem no clima das tramas relatadas cria verdadeira empatia com a leitura entre os pequenos e leva ao cultivo desse salutar hábito em etapas posteriores de suas vidas. afirma a diretora Cristiane

 

 

Contação de histórias

 

— A leitura é importante porque estimula a criatividade e a imaginação das pessoas. Ela é uma ferramenta que auxilia no desenvolvimento das crianças, a começar pelas percepções de tudo que está ao seu redor, palavras, letras, números, cores, formas, animais, sentidos e sentimentos. O momento de leitura para turma EI 32 é enriquecedor e prazeroso. — afirma a professora Renata Gomes da Silva

 

Ao estimular o interesse das crianças pelos livros é necessário ensinar a cuidar corretamente dos mesmos. É fundamental deixar que as crianças tenham acesso aos livros e os manuseiem para que sintam prazer, porém interagir com o livro precisa de certos cuidados maneira. Durante o ano letivo, toda sexta-feira as crianças levam uma bolsa literária que foi customizada com o tema da sala.

 

— O projeto vem agregar mais valores ao Universo da Educação Infantil, pois proporciona e inicia a criança no gosto e o prazer da leitura, unindo todos os segmentos desde a família e a unidade escolar .Oportunizar a aprendizagem pelo lúdico, o mundo imaginário é estar contribuindo para formação de cidadãos críticos. — afirma a professora Andrea Ferrerreiz de Oliveira.

 

 

Aluna Sara Vitória e o responsável com a Bolsa Literária
 

 

— A atividade Bolsa Literária foi de grande valia, pois ao praticar o trabalho com minha filha, toda família foi envolvida. É tão importante que gostaria de levar todo final de semana, porque cultura nunca é demais. O projeto proporcionou um momento de união com a família que em várias ocasiões não conseguimos estar juntos. — afirma o responsável Renato Gomes, pai da aluna Sara Vitória.

 

 

Alunos em atividade após leitura do livro

 

Quer saber mais sobre o projeto?

Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.603) Creche Municipal Jardim dos Vieiras
E-mail: cmjvieiras@rioeduca.net
Telefones: 3314-5156

 

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 19/12/2018

Mundo Mágico das Canções e dos Livros

Tags: cre10, 10ªcre.

 

O EDI Alfredo Mercadante desenvolveu o projeto “Conta, Canta e Encanta com Bia Bedran”, um encontro com a arte da cantora, compositora e escritora, em que ela contou e cantou suas histórias e canções.

 

O Espaço de Desenvolvimento Infantil Professor Antônio Alfredo Mercadante, está localizado a Estrada Aterrado do Leme, s/n – Jesuítas, Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A Unidade Escolar tem 250 alunos na faixa etária de 2 a 5 anos, com três turmas integrais (maternal I e II) e 9 turmas parciais (maternal I, Pré Escola I e II). Tem como diretora, a professora Cristiane Pessoa, como diretora adjunta a professora Alessandra Castro, e como professora Articuladora, a professora Priscila Mesquita. O quadro de funcionários da Unidade Escolar é composto por 8 professoras de Educação Infantil e 8 Agentes de Educação Infantil.

 

 

Apresentação Bia Bedran no EDI Alfredo Mercadante

 

“10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2,1
Chego ao zero aonde eu quero
O foguete vai subir
A contagem vai cair
Conto de 10 até 0
Ele vai pra onde eu quero
Dentro do foguete eu ponho
Um pedaço do meu sonho
Conto de 10 até 0
“E Ele vai pra onde eu quero...”  

Bia Bedran

 

 

Por todas suas músicas e estilo inconfundível de apresentações lúdicas, Bia Bedran é muita querida por todos na Unidade Escolar e, com isso, o grupo decidiu realizar um projeto com suas histórias e canções.

 

A equipe realizou o projeto com muito entusiasmo e criatividade, proporcionando aos alunos momentos para tocar e conhecer os livros da autora.  

 

"Ao realizar este projeto, pensamos em ampliar as experiências literárias das crianças, desenvolvendo, através dos livros e canções da Bia Bedran, o gosto pela leitura e a valorização do livro como um meio de se obter conhecimento, informação e prazer."afirma a professora articuladora Priscila.

 

 

Bia Bedran no espaço de Arte e Cultura que tem o seu nome

 

 

Com isso, a direção aproveitou o rico repertório da Bia Bedran para trabalhar com os alunos, durante o ano. O belíssimo trabalho da compositora e autora oportuniza ao público infantil transitar pelo universo mágico das histórias e músicas, no qual é repleto de possibilidades, capaz de aguçar a imaginação, de resgatar e fazer aflorar sentimentos e emoções. 

 

" O bom de trabalhar com elas, é que as canções são facilmente memoráveis e acompanhadas de brincadeiras e dramatizações tornando o aprendizado mais lúdico e prazeroso. Assim, a criança participa de situações de leitura, escrita mais facilmente. Afinal, ela já sabe o que está escrito e pode prestar mais atenção a forma com que se escreve. Os alunos da Pré-Escola foram muito enriquecidos com as obras da autora Bia Bedran e aprenderam letras, números, cores e sentimentos, usando as canções como ferramentas de aprendizagem." afirma a professora Ana Lucila.

 

O EDI Antonio Alfredo Mercadante foi além, pois fez o sonho virar realidade. No dia 10 de dezembro, recebeu a contadora de histórias Bia Bedran, que proporcionou momentos de pura magia. O tão esperado show para encerramento do projeto foi marcado por música, história e alegria, que contagiou a todos os presentes. Bia Bedran levou alguns de seus premiados livros, que em suas mãos ganharam ainda mais vida por meio dos bonecos e adereços que compõem seu singular e marcante estilo de narrar histórias. Com a participação especial de Guilherme Bedran no violino, bandolim e vocais.

 

 

"Homenageamos a querida autora inaugurando no EDI o Espaço de Arte e Cultura Bia Bedran, onde os alunos terão acesso ao acervo da unidade, inclusive com as obras da autora e poderão trabalhar com artes plásticas e cênicas, bem como manusear instrumentos musicais, aproximando-os mais da tão envolvente ARTE."comenta a diretora Cristiane

 

 

Equipe da Unidade Escolar com a cantora Bia Bedran

 

 

Durante a apresentação, os alunos do EDI participaram de cada canção, pois já conheciam e trabalharam durante todo o ano de 2018.

 

 

Apresentação da musica Dona Árvore com os alunos do Maternal I - EI21

 

 

Também com o projeto “Conta, Canta e Encanta com Bia Bedran”, a equipe desenvolveu a atividade da “Bolsa que Canta e Encanta” que tem como objetivo despertar o amor à leitura e proporcionar oportunidades de interação entre o aluno e o responsável, contextualizando as obras literárias com o PPA da unidade. A bolsa que Conta e Encanta contem um livro infantil e um registro, que a criança leva pra casa para realizar junto com seu  responsável. Em seguida, o aluno ilustra o momento que mais gostou da história, também com a ajuda da pessoa que realizou a leitura para ele.

 

 

Bia Bedran com a Bolsa que canta e encanta

 

 

Que saber mais sobre o projeto?
Entre em contato com a unidade escolar.

E/CRE (10.19.807) Espaço de Desenvolvimento Infantil Professor Antônio Alfredo Mercadante.
Email:
edimercadante@rioeduca.net
Telefones: 3365-2220
 

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 14/12/2018

Desenvolvendo o Hábito da Leitura

Tags: cre10, 10ªcre.

 

A Escola Miguel Calmon desenvolve projetos voltados para a leitura com o intuito de contribuir para a formação de alunos com pensamento crítico e reflexivo.

 

A Escola Municipal Miguel Calmon está localizada a Estrada Santa Eugênia, s/n° - Paciência, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A unidade atende 22 turmas, com 701 alunos do 1° ao 5° ano. Tem como diretora, a professora Denize dos Santos Gabriel, como diretora adjunta, a professora Cristiane Teixeira Dias e, como coordenadora pedagógica, a professora Graciene de Souza Braz.

 

No 2° semestre desse ano letivo, a professora Amanda Miranda Costa, das turmas 1201 e 1203 teve a ideia de realizar um projeto com a sala de leitura, tendo em vista que a leitura e a escrita são peças fundamentais para vida de todos nós e, também, visando fazer desta aprendizagem tão importante, um momento de prazer em família. Sendo assim, foi criado o Projeto “Mala Viajante”, onde o aluno tem a oportunidade de resgatar esse momento tão valoroso da leitura em família.

 

Professora Amanda com seus alunos do 2° ano

 

A criança leva para casa a maleta contendo um livro e uma ficha para ser preenchida. O aluno deverá ler o livro com auxílio da família e realizar a atividade proposta. A maleta deverá retornar no dia seguinte para dar continuidade com a ciranda.

 

Sabendo que ler facilita o processo da escrita, desenvolve a criatividade e autonomia dos educandos, a professora junto com a direção procura proporcionar aos alunos diversos tipos de contato com o mundo letrado, buscando fazer da leitura um momento de prazer e descobertas. Para tal, concomitante ao Projeto da “Mala Viajante”, foi realizado o projeto “Avental da Leitura”, onde três vezes por semana, três alunos são escolhidos para contar história para a turma. Esse momento tem gerado uma possibilidade de interação ainda maior do grupo, que se mostra muito disposto a ouvir e colaborar com o colega, pois sabe que o próximo poderá ser um deles.

 

Alunos participando do projeto Mala Viajante

 

— Assim, com os dois projetos de leitura acontecendo ao mesmo tempo na turma, a possibilidade de contato com os livros acaba sendo ainda maior e sabemos que quanto maior o contato com a leitura, maior será a possibilidade de contribuir para a formação de um cidadão com um pensamento crítico e reflexivo, capaz de construir suas próprias ideias e ideais. — afirma a professora Amanda

 

Vale destacar que o hábito da leitura enriquece o vocabulário, aumenta a habilidade de interpretar textos, promove novos conhecimentos e visão diferenciada do mundo, a capacidade de argumentação e desenvolve um olhar crítico e pronúncia correta das palavras. Ou seja, contribui diretamente para o crescimento do aluno, podendo ser um excelente aliado no processo de aprendizagem.

 

Alunos do 2° ano que participam do projeto

 

 

— O projeto tem sido um sucesso na escola, que pode ser mensurado pelo desempenho da professora Amanda Miranda, a qual, inclusive, foi escolhida como professora Talento de 2018. Ela é a mais nova professora e desde sua apresentação tem demonstrado empenho, determinação, entusiasmo, capricho e muito amor em lecionar. O outro aspecto importante é a maneira com que o projeto vem contagiando outros professores que estimaram a iniciativa e, também, buscaram meios de inserir ainda mais ou de forma mais criativa, a leitura e a escrita no cotidiano dos alunos, seja no ambiente escolar, seja no familiar. — afirma a diretora Denize

 

 

Quer saber mais sobre o projeto?

Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.032) Escola Municipal Miguel Calmon
E-mail: emcalmon@rioeduca.net
Telefones: 3313-0950

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 30/11/2018

Família e Escola, Uma Parceria de Sucesso

Tags: cre10, 10ªcre.

 

O EDI Medalhista Paralímpico Ricardo Costa de Oliveira promove interações e vivências com a família com o objetivo de fortalecer o vínculo e a consciência dos direitos e deveres de ser agente do processo de desenvolvimento da criança através das Artes e da Leitura.

 

O EDI Medalhista Paralímpico Ricardo Costa de Oliveira localizado à rua Silvânia, s/nº - Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 22 de setembro de 2016. Atende atualamente 426 alunos distribuídos em nove turmas de Creche, em horário integral e oito turmas de Pré-Escola, em horário parcial. Tem como diretora a professora Sandra Regina Machado Raposo, como diretora adjunta a professora Anna Flavia da Costa da Conceição e como professora articuladora, a professora Marcia Siqueira dos Santos.

 

A equipe de gestão vem desenvolvendo desde a inauguração uma história de avanço e sucesso, onde todos os segmentos estão envolvidos no processo educativo: família e escola devem ter consciência da importância da sua contribuição e responsabilidade como cota para o desenvolvimento da tarefa educativa. Satisfazendo, assim, seus anseios em uma relação saudável na quais direitos e deveres precisam ser respeitados.

 

 

Equipe da Unidade Escolar

 

 

Além disso, buscam auxiliar na formação, através das interações e das relações de amor e respeito, com seus pares, família e escola, crianças que sejam protagonistas do processo de aprendizagem, que contribuam para a transformação no espaço onde estão inseridas, com vias de acesso ao mundo de paz. Para isso, promovem constantes ações, onde a família, possa estar inserida no espaço fazendo parte deste processo.

 

— O tema do Projeto Político Pedagógico da nossa Unidade Escolar é “No JARDIM das cores, cantamos o MARAVILHA para um mundo de paz”. Através da arte, das cores, das relações promovemos, oficinas de artesanato com os responsáveis para que estes estivessem mais próximos das nossas vivências. — afirma a diretora Sandra.

 

Participação dos responsáveis na confecção dos trabalhos

 

 

Esse ano o EDI está desenvolvendo o Projeto o “Livro Viajante”, onde cada criança leva a sua maleta com o empréstimo de um livro de literatura, a família já inteirada da importância de ser agente no processo de desenvolvimento da criança, conta a história e conversa com a criança, sobre este momento e faz um pequeno registro enviando para que possamos estar interagindo sobre este momento.

 

— Estamos muito felizes com o retorno e a participação de todos envolvidos. Continuamos realizando oficinas de artesanatos bem como, outras atividades que tragam estes pais para dentro da escola e se tornem participes de todo processo. — afirma a diretora Sandra.

 

 

Alunos participando do projeto Livro Viajante

 

 

Quer saber mais sobre o projeto?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.26.809) EDI Medalhista Paralímpico Ricardo Costa de Oliveira
E-mail: edimoliveira@rioeduca.net

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share