A A A C
email
Retornando 377 resultados para a tag '1ªcre'

Segunda-feira, 11/03/2019

Cariocas em Ação Contra as Arboviroses

Tags: 1ªcre, arboviroses, nsec01, pse, psecarioca.

 

Alunos do 6º Ano Carioca e dos Projetos Carioca I e II das escolas da 1ª CRE se engajaram na Campanha de Combate ao Mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zica.

 

O trabalho expressivo da Campanha "Carioca Saudável, carioca sustentável, em ambiente bem-cuidado, mosquito não se cria", teve o pontapé inicial na Semana de Combate às Arboviroses realizada no período de 18/02/2019 a 22/02/2019.

 


Todas as unidades da 1ª Coordenadoria Regional de Educação se engajaram fortemente na campanha. Da Educação Infantil ao Ensino Fundamental, professores, funcionários e alunos se empenharam em conscientizar toda comunidade da importância de manter o ambiente limpo e saudável, livres dos focos do mosquito Aedes aegypti.

 

Na E.M. Tia Ciata, localizada na Praça Onze e que atende turmas do 1º ao 6º Ano Carioca,  os alunos da professora Silvana Filha, das turmas 1.601 e 1.602, produziram material panfletário e percorreram todas as turmas da escola, levando informação e esclarecimento aos alunos. Nessa ação, os alunos puderam exercer o papel de protagonistas no processo.

 

Alunos do 6º Ano Carioca em Ação Protagonista de Conscientização das outras turmas da escola.

 


Já a professora Vera da turma 1.603, da E.M. Gonzaga da Gama Filho, em Benfica, realizou com seus  alunos uma paródia da Marchinha Carnavalesca Mamãe eu Quero em parceria com o professor Pedro, de Música:


Na E.M. Darcy Vargas, no bairro da Saúde, as professoras Amanda e Milena, das turmas 1.601 e 1.603, respectivamente, construiram com seus alunos jogos de perguntas e respostas sobre a Dengue.

professora Eliane, da E.M. General Mitre, no Morro do Pinto, preparou um jogo de tabuleiro no mural, com seus alunos das turmas 1.601 e 1.602.

 

Na foto acima, alunos em Campanha na E.M. Darcy Vargas. Abaixo, E.M. General Mitre.

 

 

 

 

Em todas as turmas os alunos produziram materiais que foram utilizados e amplamente divulgados, através de apresentações e de exposições no Dia D de Combate às Arboviroses.

 

 

Alunos do 6º Ano Carioca em diversas unidades da 1ª CRE.

 


Nas turmas dos Projetos Carioca I e II o envolvimento não foi diferente! A turma 7201 da E.M. Cardeal Leme, na qual a professora Jaqueline é a regente, confeccionou material informativo para ser exposto e apresentado aos demais alunos da unidade.

professora Ione, da turma 7201, proporcionou atividades lúdicas, como palavras cruzadas e caça-palavras para que os alunos aprendessem mais sobre a temática.

 

 

 

 

Acima, fotos dos trabalhos nas turmas do Projeto Carioca, na E.M. Cardeal Leme

 


A turma do Projeto Carioca II na EMAC Vicente Licínio Cardoso, do professor José, confeccionou máscaras de papier marche, no Ateliê com o professor Marco Aurélio, de Artes. Na sexta-feira, “Dia D do Combate às Arboviroses”, a turma realizou o “Bloco do Mosquito”, que desfilou pelo Boulevard Olímpico, na Praça Mauá, alertando os transeuntes acerca dos perigos da Dengue, Zica e Chikungunya.

 

 

Alunos do Projeto Carioca na EMAC Vicente Licínio Cardoso preparando material para o Bloco do Mosquito.

 


A Mobilização foi geral. Afinal... Nas Escolas da 1ª CRE o Mosquito Não se Cria! Nunca!

 

 

Desfile do Bloco da EMAC Vicente Licínio Cardoso no Boulvard Olímpico

 

 

E você, ainda tem dúvidas sobre o combate ao Aedes? Clique na imagem abaixo fique por dentro:

 


 


Para Saber Mais:

E/1ªCRE/GED

NSEC01 – Educação

Telefone: 2233-4839

E-mail: gedcre01@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 25/02/2019

Juntos Novamente!!!

Tags: 1ªcre, acolhimento.

 

Unidades da 1ª CRE realizam atividades de Acolhimento, tendo como eixo central a AFETIVIDADE.

 

Como parte do Calendário Pedagógico Anual das Unidades Escolares da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, a Semana de Acolhimento, período em que alunos e professores estão de volta, é um período de importância ímpar para que o Ano Letivo comece com o “pé direito” .

E.M. Humberto de Campos

 

Em todas as unidades, as mais diversas propostas foram desenvolvidas.

 

O EDI Parque da Alegria, localizado na região Portuária do Caju, iniciou seu acolhimento na recepção da equipe, em seu retorno das Férias. O diretor-ajunto da unidade, professor Bento, realizou a dinâmica “O presente”, onde os funcionários recebiam “presentes de grego” e juntos, tinham que buscar soluções para os problemas. O objetivo da dinâmica era mostrar que quando trabalhamos em equipe, os desafios do dia a dia ficam mais fáceis de serem vencidos.

 

Explorando os espaços do EDI Parque da Alegria

 

 

O espaço físico da unidade também estava todo decorado com murais de boas vindas para receber, além da equipe, as famílias e os alunos que estavam retornando, tornando o ambiente especial para todos. 

 

As famílias foram convidadas a conhecer todos os espaços e a conversar com a equipe das turmas de seus filhos no de 2019.

 

 

Responsáveis também foram acolhidos

 

 

E, o mais esperado momento do Acolhimento: O retorno dos aluno! A Equipe do berçário recebeu seus bebês e suas famílias com muita música e ludicidade. Os bebês deram um show, ambientando-se ao novo ambiente prontamente!

 

As turmas do Maternal exploraram os ambientes do EDI e vivenciaram momentos de magia, com faz de conta, brinquedos, livros e muito mais. Já as crianças da pré-escola estavam ansiosas pelo retorno e se divertiram muito ao reencontrar amigos e professores: brincando, explorando e convivendo nos diferentes espaços a rotina da unidade.

 

 

Juntos outra vez no EDI

 

 

Na Escola Canadá, na comunidade do São Carlos, os alunos acolheram os colegas, contando histórias com fantoches. A turma de 3º ano foi com um coração de souvenir, símbolo de afetividade.

 

 

Acolhimento com protagonistas infantis na Escola Canadá

 

 

A Escola Vicente Licínio Cardoso, unidade de Ensino Fundamental II, que atende turmas do 7º ao 9º ano em turno único, recebeu os alunos do 7º ano com uma programação especial.

Como são alunos que ingressaram este ano na escola, planejaram dinâmicas, nas quais eles se descontraíssem e começassem a formar laços, assim como realizaram atividades de visita aos espaços da escola para que os jovens se ambientassem ao novo espaço e cotidiano de atividades.

Uma atividade que este grupo realizou foi confeccionar uma "Cápsula do tempo" com suas expectativas. Essa cápsula, por sua vez, será aberta somente quando esse grupo de alunos estiverem no  9º ano.

 

 

Escola Vicente Licínio  Cardoso

 

 

Na acolhida dos alunos do 8º e 9º ano, que já eram alunos da unidade, a Unidade Escolar planejou um dia diferente, onde todos puderam se sentir acolhidos e animados para o novo ano escolar que se inicia.

 

Nesse início de ano, foram realizadas ações das mais diversas, cujo objetivo de todas as Unidades Escolares era de criar o sentimento de pertencimento em todos que fazem parte da Comunidade Escolar em que estão inseridos.

 

 

EDI Zélia Gattai Amado

 

 

Nas fotos abaixo, acolhimento nas Escolas Humberto de Campos, Catumbi e Floriano Peixoto.

 

 

 

A essência do que foi essa semana de Acolhimento nas unidades da 1ª Coordenadoria Regional de Educação pode ser resumida com o vídeo da professora Rosana Pinto, da Escola Guatemala, localizada no bairro de Fátima, recebendo os pequenos para um dia de aula. 

 

 

CLIQUE NA FOTO ABAIXO E ASSISTA AO "BOM DIA" DA PROFESSORA ROSANA, NA ESCOLA GUATEMALA

 

 

 

 

"Nada mais belo que olhar de criança no sol da manhã

Chuva de carinho é o que posso pedir nessa imagem tão sã

Lindo no horizonte o amanhã que eu nunca esqueci

Doce lembrança do sonho que eu vejo daqui !"

(Milton Nascimento/ Tiago Iorc)

 

 

Para Saber Mais

Gerência de Educação da 1ª Coordenadoria Regional de Educação

Telefone -   2233-2763

E-mail gedcre01@rioeduca.net  

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 14/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: XXXV Mostra Regional de Dança - 1ª CRE

Tags: 1ªcre, eventos, nucleodeartes, extensividade, oficinas.

 

Escolas e Unidades de Extensão da 1ª CRE brilham em tarde de encantamento na Praça Tiradentes.

 

A Cultura brasileira marcou presença na tarde do último dia 29 de Agosto, no palco do Teatro Carlos Gomes. Foi a realização da XXXV Mostra Regional de Dança, da 1ª Coordenadoria Regional de Educação, através da Gerência de Educação.

 

 


Tendo como mestres de cerimônia a professora Silvana Huguenin, da Gerência de Educação, e o professor Jean Bodin, do Ginásio Rivadávia Corrêa, a tarde começou com a emocionante apresentação do Grupo DANÇAR PARA TRANSFORMAR, com dançarinos da terceira idade, que fizeram apresentações folclóricas adaptadas .

 

 

Os mestres de Cerimônica e o Grupo "dançar para Transformar"

 


A proposta da XXXV Mostra Regional de Dança trouxe para o palco do teatro o resultado de um ano de pesquisas e trabalhos, tendo como eixo condutor a Cultura Popular Brasileira. O Brasil de Norte a Sul e de Leste a Oeste esteve representado pelas unidades escolares e unidades de extensão, que brindaram o público com a riqueza das danças. 

 

Apresentações das unidades

 

 

 

 

Maculelê, frevo, quadrilha, samba, carimbó, dentre tantas outras manifestações, marcaram presença na tarde da Praça Tiradentes.

 

 

Explosão de Ritmos e Cores nas apresentações

 

 

 



Ações de Protagonismo Juvenil também marcaram presença: A Escola Joaquim Manuel de Macedo trouxe para o palco uma reflexão acerca do papel da mulher na sociedade, ao longo dos séculos.

 

 

Protagonismo Juvenil na apresentação da E.M. Joaquim Manuel de Macedo

 

 

O público vibrava a cada apresentação. Professores e alunos apresentaram o resultado de um trabalho de excelência que é desenvolvido nas unidades da 1ª CRE.

 


O evento foi encerrado pela Coordenadora da 1ª Coordenadoria Regional de Educação, professora Fátima Sueli Joaquim Lourenço, que agradeceu o empenho de todos e a dedicação dos professores, que proporcionaram um lindo espetáculo, mostrando a todos um pouco da grandeza de nossa Rede Municipal de Educação.

 

 

Professoras Fátima Sueli, Coordenadora da 1ª CRE, ao lado da professora Valéria, Gerente de Educação e dos professores responsáveis pelas apresentações.

 

 

 

Para Saber Mais:

Gerência de Educação

Telefone: 2233-4839

E-mail: gedcre01@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 24/12/2018

África: Identidade, Cultura, Tradição e Consciência Acima de todas as cores

Tags: 1ªcre, eventos, projeto, diversidade.

 

Projeto sobre Identidade, Cultura, Tradição e Consciência movimenta escola da 1ª CRE.


A Escola Municipal Pereira Passos, que atende turmas da Educação Infantil ao 9º ano, desenvolveu neste último bimestre o projeto “África: Identidade, Cultura, Tradição, Consciência Acima de todas as cores”

 

 


O projeto surgiu a partir da percepção de que era importante refletir sobre a diversidade e valorizar toda contribuição cultural que os afrodescendentes trouxeram para nosso país e que está, mais do que representado e inserido no dia a dia da comunidade escolar. Além disso, desde o início do ano, o corpo docente, percebendo a necessidade, levou para o cotidiano escolar o debate sobre a Tolerância.

 

Sendo assim, o encerramento de todo o trabalho anual não poderia ser outro, senão um resgate da cultura africana com toda sua diversidade, valorizando e conscientizando sobre a importância do negro na construção de nossa história e reconhecendo que, independente das diferenças, somos todos iguais unidos por uma crença comum: o desejo de oportunidade e igualdade para todos.

 

 


Todas as turmas fizeram um trabalho de pesquisa e escolheram um tema e uma linha de trabalho. Houve debate, contação de histórias e descoberta de lendas como a OBAX, a Abayomi, a Galinha da Angola. Histórias que saíram das páginas de um livro e viraram chaveiros, panôs, murais.

 

A confecção de mapas da África e do Brasil estreitou os laços. Bandeiras foram confeccionadas, países e suas culturas descobertas, músicas foram cantadas, mulheres negras de destaque foram descobertas, personalidades viraram destaque nos murais e máscaras foram confeccionadas.

Um texto contra o racismo foi escrito e encenado pelos alunos, convictos de que são capazes de fazer a diferença.

 

 

 

 

 


O 9º ano fez a diferença. Os professores falaram da culinária, provaram o cuscuz preparado pelos alunos. A canjica foi oferecida pela equipe da cozinha e agentes educadoras, uma degustação de sucesso. Teve também cartaz da Consciência, vocabulário descoberto, palestra de convidado, dando depoimento de perseverança e de sucesso.

 

 

 

 

Para fechar, todos assistiam a coreografia de “Odara”, com música de Caetano Veloso e um rap que fala que somos iguais não importa a cor da nossa pele. A escola toda assistiu, a praça assistiu, todos viram o grupo de dança, com alunos dos dois turnos das turmas do 6º ao 9º ano. Com a dança os estudantes expressaram toda a “Odara” libertadora e  consciente, simplesmente cantando, dançando e celebrando com a alegria toda a origem com orgulho e respeito.

 

 

 


A escola “deu um pulo ali na África” e resgatou nossa identidade, cultura e tradição!

 

 

 

 

 “Sensação, convicção de que vale a pena tudo que fazemos no dia a dia da escola. A escola pública e de qualidade, nós construímos! ”relata a diretora da unidade, Andrea Mota.


Gleice Valadares, responsável por aluno do 7º ano, nos diz: “Você não tem ideia do nível da exposição cultural sobre cultura negra e suas influências foi feito pelos alunos...”

 

CLIQUE NA FOTO ABAIXO E ASSISTA A APRESENTAÇÃO "ODARA"

 

 

PARA SABER MAIS:

Escola Municipal Pereira Passos

Telefone: 2273-5599

E-mail: emppassos@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


 


   
           



Yammer Share