A A A C
email

Segunda-feira, 09/10/2017

Filmes Produzidos por Alunos da Rede Concorrendo ao Prêmio Curta na UERJ

 

 

FILMES PRODUZIDOS POR ALUNOS DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO ESTÃO CONCORRENDO AO PRÊMIO CURTA NA UERJ PELO JÚRI POPULAR

 

Sete curtas produzidos por alunos da Rede Pública Municipal do Rio de Janeiro estão concorrendo ao júri popular no site do Festival Curtas na UERJ. Você pode votar em quantos filmes quiser!!!!

Basta clicar nos links abaixo, assistir as produções e, ao final, votar.


CATEGORIA ADULTO

 

Cotidiano - Coletivo Núcleo de Arte Grécia

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/11

 

O Segredo do anel (Núcleo de Arte Grécia)

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/125

 


CATEGORIA TEEN

 

Me ensina a olhar? – E.M. Francisco Manuel

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/17

 

O fim do bullying e o começo da paz – E.M. Marcílio Doutel de Andrade

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/60

 

O som de estalos – E.M. Camilo Castelo Branco

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/103

 

Ciranda do caranguejo – E.M. Professor Vieira Fazenda

http://www.curtanauerj.com.br/Concurso/Video/120

 

5 X Amor – E.M. Professor Vieira Fazenda

http://curtanauerj.com.br/Concurso/Video/121

 

 

Luciana Bessa

Da Equipe da Gerência de Mídia-Educação
 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 09/10/2017

Agendamento de Sessões para o 7º Festival Internacional Pequeno Cineasta

 

A sua escola está localizada próxima ao Instituto Cervantes de Botafogo ou ao Museu do Jardim Botânico, então que tal levar seus alunos para assistir a uma das mostras do Festival Internacional Pequeno Cineasta?


O agendamento das escolas deve ser realizado com Thais Antunes pelo 

email: naescola@pequenocineasta.com.br

 

A escola pode agendar mais de uma sessão!!!

 

Veja, abaixo, a programação desses dois espaços:

 

Dia 19 de outubro - quinta-feira - Museu do meio Ambiente do Jardim Botânico

Rua Jardim Botânico 1008

10:00 Mostra Sustente Sua História

11:00 Mostra Oficina Pequeno Cineasta

informações sobre os filmes das mostras:

http://pequenocineasta.com.br/festival/programacao/mostras-nao-competitivas/

---------------------------------------------------------------------------------

Dia 26 de outubro - quinta-feira - Instituto Cervantes

Rua Visconde de Ouro Preto 62 - Botafogo

15:00 às 16:00 Mostra Especial de filmes Taller Telekids

informações sobre os filmes das mostras:

http://pequenocineasta.com.br/festival/programacao/mostras-nao-competitivas/taller-telekids/

---------------------------------------------------------------------------------

Dia 27 de outubro - sexta-feira - Instituto Cervantes

Rua Visconde de Ouro Preto 62 - Botafogo

10:00 às 11:00 Mostra Especial de filmes Taller Telekids

11:00 às 11:50 Mostra Competitiva Internacional Criança

13:00 às 13:50 Mostra Competitiva Nacional Criança

14:00 às 14:50 Mostra Competitiva Internacional Jovem

15:00 às 16:00 Mostra Competitiva Nacional Jovem

informações sobre os filmes das mostras:

http://pequenocineasta.com.br/festival/programacao/mostras-competitivas/

 

 

Luciana Bessa

Da Equipe da Gerência de Mídia-Educação

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 09/10/2017

Relatório do SIMULADO 2017

Tags: relatório, simulado, prova brasil.

Para ter acesso ao relatório, clique na imagem acima

 

O SIMULADO E SUA ORGANIZAÇÃO


Todos sabem da importância de melhorarmos o desempenho acadêmico de nossos alunos, pois queremos a qualidade do ensino na Rede Municipal, o que vimos aprimorando a cada ano, conforme podemos constatar pelos resultados das avaliações de rede. Consideramos, portanto, essencial que os alunos do 5º e do 9º anos participassem da realização do Simulado da Prova Brasil para o alcance de dois objetivos básicos:

a) possibilitar aos alunos vivenciarem os procedimentos desse tipo de avaliação, tais como: prova com questões de conteúdos que abrangem inclusive assuntos de anos anteriores, controle rigoroso de tempo, marcação de cartão-resposta e questões de múltipla-escolha;

b) permitir aos professores um diagnóstico das competências e habilidades dos alunos, a fim de direcionar uma revisão dos conteúdos básicos ainda não apreendidos pelos alunos, nesse quarto bimestre.

 

 

Antonio Augusto Alves Mateus Filho

Assessor II da E/SUBE


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 09/10/2017

Avaliações pedagógicas em curso

 

O trabalho da nova assessoria de informática do gabinete tem permitido, entre outras coisas, um domínio muito mais amplo dos sistemas que a Prefeitura e a SME operam. Graças a isso, passamos a acompanhar os resultados dos COCs em tempo real, pela primeira vez.

 

No último COC, realizado na semana passada, 6.697 alunos do terceiro ano continuavam com conceito I (insuficiente), um número ainda alto (equivalente a 16,5% do total), mas bastante inferior aos 13.260 apurados no COC anterior. Esse é o resultado preliminar de um esforço conjunto que envolveu a nova Subsecretaria de Ensino, diretores, coordenadores pedagógicos, professores das salas de leitura e professores regentes. Todos estão de parabéns.

 

O esforço continua. Agora, estamos solicitando que o trabalho de acompanhamento seja avaliado pelas escolas, para que seja aperfeiçoado.

 

O nível central da SME não intervém, nem deseja intervir, nem pode intervir nos COCs, que são um espaço autônomo das escolas. Mas estabelecemos um diálogo com o pessoal de campo, tendo em vista, entre outras coisas, estender a todas as nossas crianças aquilo que os filhos de classe média já têm: acompanhamento individual para corrigir atrasos.

 

Recebemos agora resultados de avaliações que fizemos em todos os nossos alunos do quinto e do nono anos, nas disciplinas de matemática e de língua portuguesa.

 

No quinto ano, encontramos os seguintes resultados:
Níveis em língua portuguesa:
Muito crítico: 568 alunos (1,2% do total)
Crítico: 7.217 alunos (15,2%)
Intermediário: 15.174 alunos (32%)
Bom: 19.554 alunos (41,2%)
Muito bom: 4.892 alunos (10,3%).



Níveis em matemática:
Muito crítico: 1.184 alunos (2,5% do total)
Crítico: 13.782 alunos (29,1%)
Intermediário: 18.874 alunos (38,6%)
Bom: 11.874 alunos (25,1%)
Muito bom: 2.272 alunos (4,8%)

 

No nono ano, encontramos os seguintes resultados:
Níveis em língua portuguesa:
Muito crítico: 1.011 alunos (2,7% do total)
Crítico: 6.570 alunos (17,6%)
Intermediário: 14.682 alunos (39,3%)
Bom: 11.393 alunos (30,5%)
Muito bom: 3.783 alunos (10,0%).



Níveis em matemática:
Muito crítico: 683 alunos (1,7% do total)
Crítico: 5.373 alunos (14,4%)
Intermediário: 21.987 alunos (58,8%)
Bom: 8.206 alunos (21,9%)
Muito bom: 1.210 alunos (3,2%).

 

Os resultados completos, muito mais detalhados, estão sendo analisados no nível central. Conhecemos a posição de cada aluno, com nome e escola, e sabemos quais são os descritores em que cada um deles está mais despreparado. Conversaremos com os professores.

 

Nossa recomendação é a seguinte:
Níveis muito crítico e crítico: rever todos os conteúdos essenciais e intensificar as atividades de recuperação paralela e de reforço.
Nível intermediário: oferecer atividades de recuperação, destacando os conteúdos em que cada aluno apresenta maior dificuldade.
Nível bom: estar atento a eventuais necessidades desses alunos.
Nível muito bom: ampliar a aprendizagem, por exemplo, incluindo esses alunos em grupos de monitores nas atividades de recuperação dos demais.

 

Temos muito trabalho pela frente. Mas não estamos parados. A ênfase da SME está concentrada na atividade pedagógica, sua atividade-fim por excelência. Contamos com o esforço e a dedicação de todos, pelo bem dos nossos alunos.

 

Atenciosamente,
Cesar Benjamin
Secretário

 


   
           



Yammer Share