A A A C
email

Terça-feira, 10/10/2017

Horta escolar e alimentação Saudável: Diminuindo a Evasão

Tags: 11ªcre, horta, sustentável.

 

Desde a inauguração no ano passado, a Horta da E.M. Rodrigo Otávio tem gerado frutos positivos para a comunidade escolar. Diminuição da evasão e alimentação saudável com alimentos orgânicos são alguns deles. CONFIRA!

 

A E.M. Rodrigo Otávio faz parte do projeto "Escolas Sustentáveis", desenvolvido pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e de Educação. Nela se cultiva horta e compostagem, além de coleta seletiva de óleo vegetal e de resíduos eletrônicos, como pilhas e baterias, além de filtros de energia e poste eólico.

 

Destaque na foto para o tamanho de uma alface orgânica, na mão do Hortelão

 

O responsável pela horta é o hortelão Davi, esse conta com a ajuda dos alunos da turma do Acelera oito, juntamente com a professora regente Aline Amorim. Todos os produtos colhidos da Horta são orgânicos e conseguem complementar a salada servida aos alunos durante dois dias durante a semana, além de ser entregue parte aos alunos envolvidos e suas famílias, assim como a comunidade escolar em geral.

 

Após colheita, higienização na cozinha da escola

 

A professora Aline Amorim incentiva seus alunos a cooperarem na manutenção, levando-os no mínimo 2 vezes por semana para cuidarem da horta. Aline acredita que, para a turma de Acelera, fazer parte do projeto Horta na Escola faz com que eles se sintam responsáveis por tudo o que a horta pode produzir, motivando-os a comparecerem à escola todos os dias, para que o projeto dê certo - diminuindo a evasão.

 

Manutenção da horta com a turma de Acelera 8 da professora Aline Amorim

 

Relata também que é importante para os alunos porque os insere em um mundo de preocupação com o meio ambiente e também sobre a alimentação saudável, práticas alimentares saudáveis não só na escola como também em casa. Eles se tornam multiplicadores dessas práticas saudáveis!

 

Alimentação Saudável: Foco nos orgânicos

 

A frequência escolar dos alunos envolvidos na manutenção e cuidado da horta tem aumentado consideravelmente após o envolvimento no projeto Horta Escolar. 

 

Destaque para a Professora Aline Amorim tirando Selfie com a turma

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Rodrigo Otávio

Telefone: (021) 3367-7528 e 3383-8867

 

 

 

Contato para publicações:

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 10/10/2017

Projeto Agentes de Inclusão

Tags: iha, projeto, sala de leitura.

 

A Sala de leitura do Instituto Municipal Helena Antipoff: Professora Sônia Maria Maltez Fernandez, tem o prazer de apresentar:

 

Projeto Agentes de Inclusão

 

O Projeto é uma iniciativa do Instituto Municipal Helena Antipoff, que consiste em uma ação anual desenvolvida junto aos alunos da Rede Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro contribuindo para o processo de Inclusão dos alunos Público-alvo da Educação Especial: alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação.

Desde sua primeira edição em 2009, o projeto contribuiu para o processo de inclusão dos alunos da Educação Especial tornando-se uma ferramenta importante para minimizar as barreiras atitudinais. Esta ação é uma iniciativa da Sala de Leitura Professora Sônia Maria Maltez Fernandez, como formação à frente da comunidade escolar.

 

 O Instituto Municipal Helena Antipoff desenvolverá o Projeto Agentes de Inclusão:

  • Relato sobre o tema da diversidade no contexto escolar com casos bem sucedidos de inclusão, para alunos matriculados nas unidades escolares da SME;
  • Ação Era Uma Vez , contemplando os alunos da Educação Infantil.


As escolas interessadas em participar do evento deverão enviar um e-mail para: saladeleituraiha@rioeduca.net manifestando o desejo. Entraremos em contato com as Unidades Escolares e com as respectivas Coordenadorias confirmando a inscrição.


Período de Inscrição: 10/10/2017 até 20/10/2017. Após o período de inscrição divulgaremos as escolas contempladas, para a realização da atividade nos meses de outubro e novembro de 2017.

 

Atenciosamente,

Tatiane Cunha

Sala de Leitura IHA 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 09/10/2017

Vamos ao Mercado?

Tags: 1ªcre, eventos, projetos, cadernos pedagógicos, letramento.

 

Professora proporciona experiência em matemática financeira aos alunos do 3º ano, a partir de sugestão retirada dos Cadernos Pedagógicos da SME.

 

Localizada no Imperial Bairro de São Cristóvão, zona norte da cidade, a Escola Municipal Floriano Peixoto sempre nos surpreende com seus projetos e atividades.

 

 


Desta vez, o destaque foi a atividade proposta pela professora Lucia Helena Tavares, regente da turma 1.302.


A proposta surgiu a partir do texto “O casamento da Cuca”, do Caderno Pedagógico do 3º bimestre. Após leitura do texto, a atividade foi organizar a festa de casamento do Curupira com a Iara. E aí começou a brincadeira! Para organizar a festa, precisaram comprar os ingredientes para preparar os docinhos e organizar o evento. E como comprar os produtos necessários? Foi aí que a professora sugeriu que os alunos montassem um Minimercado na sala de aula. As crianças e a professora trouxeram as embalagens de produtos usados em suas casas e assim surgiu o “laboratório” para as atividades de matemática financeira.

Os alunos organizaram a lista de compras. Precisavam de dinheiro. Foram ao “banco” sacar o que necessitavam para as compras, utilizando o “cartão de débito”.

 

Usando o dinheiro / sacando com cartão de débito


Enquanto isso, os responsáveis pelo trabalho no mercado organizaram as prateleiras, colocaram preços das mercadorias e atendiam aos clientes.

Os “clientes” , no mercado, enchiam seus carrinhos com as compras, dirigiam-se ao caixa, onde a compra era calculada . Pagavam e recebiam o troco.

 

As mercadorias nas pratelerias do Minimercado

 

E assim, a professora pode trabalhar vários conteúdos e conceitos matemáticos importantes para o dia a dia das crianças. E além dos conteúdos, valores importantes para a vida foram discutidos: o que eu faço quando recebo um troco maior que o devido? Na fila, eu dou a vez ao mais idoso?

 

CLIQUE NA FOTO PARA VER UM VIDEO DA ATIVIDADE

 

Depois de sacar, os clientes vão às compras

 


E a professora Solange Comerlato, coordenadora da Escola Floriano Peixoto, nos fala : “ Tenho muito orgulho dos professores que trabalham em parceria, que usam o concreto e aproveitam os fatos do cotidiano na sala de aula. Nossos professores valorizam os Cadernos Pedagógicos, importante instrumento vindo de nossa Secretaria e que tanto contribuem para o nosso fazer pedagógico, propriciando um trabalho integrando os diversos saberes, fazendo relações com diversas áreas do conhecimento. Tenho muito orgulho de ter a professora Lúcia na Equipe Floriano Peixoto. Atividades como essa são comuns em sua sala, fazendo parte do cotidiano da professora e dos alunos, que aprendem felizes com as propostas trazidas pela professora”

 

Aprender Brincando é muito mais prazeroso. Parabéns professora Lúcia!

Através da professora Lúcia, queremos parabenizar a todos os professores pelo Dia do Mestre. São professores como a Lúcia Helena que fazem a diferença na Educação Carioca e na Vida de nossas crianças! A Educação Carioca Agradece!

 

CLIQUE NA FOTO

Professora Lúcia Helena Tavares


 

Para Saber Mais:

Escola Municipal Floriano Peixoto

Direção: Otilia Muller e Maria de Fátima Cardoso

Coordenação Pedagógica: Solange Comerlato

Telefone: 3985-8634

E-mail: emfpeixoto@rioeduca.net


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 09/10/2017

Workshop Como Guiar o Aluno para Realizar um Curta


 

A partir do dia 9 de outubro estão abertas as inscrições do workshop para professores “COMO GUIAR O ALUNO PARA REALIZAR UM CURTA?” promovido pelo Festival Internacional Pequeno Cineasta. Para participar, basta enviar um e-mail informando:

- nome completo

- escola

- contatos

- dia que deseja realizar o workshop:

( ) 25 de outubro ou ( ) 26 de outubro


O Workshop

Como guiar o aluno para realizar um curta? Este workshop irá abordar o amplo universo de técnicas e conteúdos que englobam o mundo da imagem e do som. Serão apresentados conteúdos teóricos e práticos fundamentais que oferecem ferramentas aos professores em face da alfabetização audiovisual.

 

Local: Instituto Cervantes de Botafogo

Público Alvo: educadores e interessados

Número de vagas: 10 alunos por turma por ordem de confirmação de inscrição

Abertura de Inscrições: 09/10

Datas e horários: 25 ou 26 de outubro, quarta ou quinta, das 17h às 20h.

Inscrições: naescola@pequenocineasta.com.br

 

Ministrantes: 

 

Jacqueline Sánchez Carrero – Diretora do Taller Telekids com 20 anos de experiência. Doutora em comunicação e produtora audiovisual com experiência de 10 anos em trabalho de televisão.

 

Enrique A. Martínez – Codiretor do Taller Telekids. Diretor do Serviço Audiovisual da Universidade Internacional de Andaluzia e da UNIATV. Realizador e produtor de documentários.


   
           



Yammer Share