A A A C
email

Quarta-feira, 04/10/2017

Simulado 2017 - Questões para os Professores

Tags: simulado, avaliação, revisão, questões, prova brasil.

 

Apresentamos 4 arquivos com questões retiradas de avaliações de larga escala, com seus respectivos descritores e gabaritos, que os professores podem utilizar tanto para revisão de matéria, quanto para exercícios com os alunos. Essas questões estão ligadas aos descritores com baixo desempenho no SIMULADO 2017 do 5º e do 9º Anos.

 

Clique nas imagens abaixo para acessar os arquivos com as questões das provas:

 

 

 

 

 

 

 

 

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

Secretaria Municipal de Educação

E/SUBE/Gerência de Avaliação
 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/10/2017

Ciências na E.M. Finlândia

Tags: 7ªcre, projetos.

 

        A Escola Municipal Finlândia tem um canal ativo de divulgação do seu trabalho nas redes sociais.A unidade escolar  compartilha  projetos e atividades realizadas na unidade escolar que completou 33 anos de existência no dia 11 de setembro. Na área de Ciências os vídeos das aulas práticas do professor Edso Dionisio mostram experiências bem sucedidas realizadas com os alunos.

 

O professor Edson Dionisio de Ciências enviou o relato de uma de suas atividades desenvolvidas com alunos do 7º ano,  que foi gravada e está disponivel no canal de divulgação do Youtube da Escola Municipal Finlândia.

 

          Alunos do 7º ano realizando atividades práticas em Ciências.

 

Segundo o professor Edson, "em todos os bimestres são aplicadas duas provas de ciências aos alunos do 7° ano. Entretanto, no 4° bimestre do ano letivo de 2016, além da avaliação escrita convencional, tomei a decisão de realizar também uma avaliação prática de ciências sobre o Reino Animal com todas as turmas do 7° ano. Diante disso, para realizar a atividade eu levei para a sala de aula, algumas espécies de animais que se encontravam conservadas no álcool." 

 

 

Objetivos da atividade

- Analisar a anatomia externa de algumas espécies de animais;
- Comparar a anatomia externa de animais pertencentes a espécies diferentes;
- Identificar o grupo ao qual cada espécie pertencia;
- Fazer os alunos terem contato com algumas espécies de animais que não fazem parte do seu cotidiano.


Desenvolvimento da atividade

As espécies utilizadas durante a aula foram colocadas dentro de um prato de plástico para os alunos poderem manusear. Para manusear os animais os alunos utilizaram luvas. Dessa forma, após os alunos realizem suas análises, questões contidas na avaliação iam sendo respondidas.
 

Período de realização da atividade

2 tempos de aula.

Segundo o professor Edson "praticamente todos os alunos ficaram imensamente curiosos ao ver algumas espécies que para eles eram desconhecidas, fizeram incontáveis perguntas acerca destas espécies e fizeram questão de tirar fotos com algumas destas espécies em mãos. Alguns alunos não gostaram da atividade, pois alegaram sentir nojo de alguns dos animais utilizados. Entretanto, a maioria gostou da atividade. Um ponto interessante a ser mencionado é o fato de que houve um número grande de alunos de outras séries que pediram para ver e manusear os animais utilizados."

Veja os vídeos de outras atividades práticas:

Aula prática de ciências realizada pelo Professor Edson Dionisio com a turma 1705. Nessa aula os alunos realizaram a extração de DNA das células da banana e também das células do fígado bovino. Dessa forma, os alunos puderam comparar o DNA de uma planta e o DNA de um animal.

 

 

Alunos da turma 1802 realizando um experimento simples de fritura do ovo sem o uso de óleo e uma fonte de calor. O experimento foi realizado durante uma aula experimental realizada com o Prof. Edson Dionisio. O experimento teve uma participação mais do que especial da aluna Thaynara da turma 1805.

 

 

 

Experiência com suco de repolho roxo, a aula prática, ministrada pelo Prof. Edson Dionisio, foi realizada no dia 16/05/2017 na Escola Municipal Finlândia em Jacarepaguá. A aula foi aplicada na turma 1801.

 

 

Durante o ano de 2017, as atividades práticas estão sendo gravadas e podem ser visualizadas pelos próprios alunos e também por quem visitar o canal do Youtube. Lá também é possivel conhecer diversos outros projetos desenvolvidos pela Escola Municipal Finlândia, que também divulga seu trabalho pelo Facebook,Twitter e Instagram.


Quer conhecer mais sobre esse trabalho e outros da E.M. Finlândia?

Acompanhe a escola:

Youtube

Escola Municipal Finlândia

Facebook

Escola Municipal Finlândia


Twitter 

Escola Municipal Finlândia



 Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!




Contato para publicações:
robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da E.M. Finlândia:

emfinlandia@rioeduca.net

Contato do professor Edson Dionisio:

dionisiobqm@gmail.com

 



 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/10/2017

Edital de Seleção para Formador Local 2017 | Educação Infantil - Alfabetização

 

 

EDITAL CONJUNTO E/SUBE/EPF – E/SUBE/CED/GEI – E/SUBE/CED/GEF-EQUIPE DE ALFABETIZAÇÃO, DE 02/10/2017


Regulamenta o Processo Seletivo para Formador Local de Educação Infantil e Formador Local de Alfabetização do Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa – PNAIC/2017, de acordo com a Portaria N.º 826, de 07/07/2017, do Ministério da Educação.
 

A Secretaria Municipal de Educação, através da Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (E/SUBE/EPF), da Gerência de Educação Infantil da Coordenadoria de Educação (E/SUBE/CED/GEI) e da Equipe de Alfabetização da Gerência de Ensino Fundamental da Coordenadoria de Educação (E/SUBE/CED/GEF), de acordo com o disposto na Portaria N.º 826, de 07/07/2017, do Ministério da Educação, torna público que fará realizar Processo Seletivo para Formador Local de Educação Infantil e Formador Local de Alfabetização do Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa – PNAIC/2017.

 

1- DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O Processo Seletivo destina-se à seleção de candidatos a Formador Local de Educação Infantil e a Formador Local de Alfabetização (Anos Iniciais) do Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa – PNAIC/2017.


1.2 No ato da inscrição, o candidato deverá optar pelo segmento Educação Infantil ou Alfabetização, bem como pela Coordenadoria Regional de Educação (E/CRE) em que deseja atuar.


1.3 O Formador de Educação Infantil ministrará Formação aos seguintes profissionais:

- Professores Articuladores e Coordenadores Pedagógicos que atuam nas Unidades de Educação Infantil.

1.4 O Formador Local de Alfabetização ministrará Formação aos seguintes profissionais:

- Professores Mediadores e Articuladores do Programa Novo Mais Educação – PNME.
- Professores Alfabetizadores de 2.º e 3.º Anos e Coordenadores Pedagógicos que atuam em Unidades Escolares que atendem turmas de 1.º, 2.º e 3.º Anos.
Obs.: Os Professores Alfabetizadores de 1.º Ano já estão sendo atendidos por ações de formação desenvolvidas pelo Nível Central da Secretaria Municipal de Educação.

 

2- DAS VAGAS

Conforme estabelecido pela Portaria N.º 826, de 07/07/2017, do Ministério da Educação, a Secretaria Municipal de Educação disponibilizará vagas para Formador Local de Educação Infantil e Formador Local de Alfabetização de acordo com o quantitativo liberado pelo Sistema de Monitoramento do Ministério da Educação – SIMEC.

 

3- DAS ATRIBUIÇÕES

3.1 São atribuições do Formador Local de Educação Infantil e do Formador Local de Alfabetização:

  • Planejar e avaliar a atuação em serviço e os Encontros de Formação.
  • Ter acesso a materiais didáticos, literatura e tecnologias educacionais; livros didáticos do Ensino Fundamental e respectivos manuais do Professor distribuídos pelo Programa Nacional do Livro Didático – PNLD; a obras pedagógicas complementares aos livros didáticos distribuídos pelo PNLD; a obras de referência, de literatura e de pesquisa e a obras de apoio pedagógico aos Professores distribuídas pelo Programa Nacional Biblioteca na Escola – PNBE.
  •  Avaliar a participação dos cursistas nas atividades de Formação, registrando as informações referentes à Formação e a frequência dos encontros presenciais no SisPacto.
  •  Apresentar à Instituição Formadora relatório pedagógico e gerencial das atividades referentes à Formação.
     

4- DOS REQUISITOS

4.1 São requisitos necessários para atuar como Formador Local de Educação Infantil e como Formador Local de Alfabetização:
   

  • Ser Professor da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro.
  • Ter formação em Pedagogia.
  •  Não receber bolsas de outros programas de Formação.
  •  Possuir experiência mínima de 3 (três) anos de atuação na Educação Infantil ou nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental.
  •  Assumir o compromisso de realizar as ações de Formação na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME).
  •  Não se encontrar em gozo de Férias, bem como de qualquer licença que o afaste do trabalho, o que acarretará o não pagamento da Bolsa.


4.2 O Formador Local da Educação Infantil deverá ter disponibilidade para frequentar integralmente o curso, que poderá ocorrer em dias úteis ou não; participar de Seminário oferecido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e atuar em parceria com as Coordenadorias Regionais de Educação (E/CRE).


 Obs.: O cronograma para a Formação da Educação Infantil encontra-se em fase de finalização pela UFRJ, com previsão de início para o mês de outubro/2017.


4.3 O Formador Local de Alfabetização deverá ter disponibilidade para frequentar integralmente o curso, que poderá ocorrer em dias úteis ou não; participar de Seminário oferecido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e atuar em parceria com as Coordenadorias Regionais de Educação (E/CRE), de acordo com os seguintes cronogramas:


5- DAS INSCRIÇÕES

5.1 As inscrições terão início no dia 3 de outubro de 2017 e se encerrarão às 19 horas do dia 4 de outubro de 2017, através do Portal Rio Educa com o preenchimento de formulário específico:

Anos Iniciais
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=9uE1lQaXt0yPI5WqOAmKu9ur9R9dGmNFs7MubK_GRwVUQjA5NEQyWThVT0VVWDFWSTVWRjYyOFpIMS4u


Educação Infantil
https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=9uE1lQaXt0yPI5WqOAmKu9ur9R9dGmNFs7MubK_GRwVUMkk5T1NMU0lSMExUTFdQVERITldFU1REWC4u
 


5.2 Feita a inscrição, o candidato deverá enviar seu currículo para pnaic@rioeduca.net.

 

5.3 O resultado do Processo Seletivo será divulgado, através do Portal Rio Educa (http://www.rioeduca.net/), no dia 5 de outubro de 2017.

 

5.4 Os Professores selecionados para atuar como Formador Local deverão entregar os documentos comprobatórios (vide item 7 deste Edital), em versão original e cópia, no dia 6 de outubro de 2017, na Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (E/SUBE/EPF), situada na Avenida Presidente Vargas, 1314, Centro, no horário de 9h a 19h, bem como deverão assinar Termo de Compromisso que será entregue pela Escola de Formação Paulo Freire.


5.5 A Instituição Formadora dos selecionados será a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

 

5.6 A Formação dos selecionados, nas formas presencial e semipresencial, totalizará 160 (cento e sessenta) horas.

 

6. DA SELEÇÃO

6.1. A seleção dos candidatos será realizada por Comitê composto por profissionais da Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (E/SUBE/EPF), da Gerência de Educação Infantil da Coordenadoria de Educação (E/SUBE/CED/GEI) e da Equipe de Alfabetização da Gerência de Ensino Fundamental (E/SUBE/CED/GEF-Alfabetização) da Secretaria Municipal de Educação.


7. DOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO


7.1 A seleção dos candidatos à vaga de Formador Local de Educação infantil e Formador Local de Alfabetização se dará de acordo com critérios que terão, como base, a experiência do candidato, conforme o quadro a seguir:

 

7.2 Os documentos comprobatórios referentes aos critérios acima estipulados deverão ser apresentados, pelo candidato, na Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (vide item 5.4 deste Edital).


7. DOS RECURSOS

7.1 Não caberá qualquer recurso de revisão.

 

7.2 Os casos omissos serão avaliados pela Coordenação Local-RJ e pelo Comitê composto por profissionais da Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (E/SUBE/EPF), da Gerência de Educação Infantil da Coordenadoria de Educação (E/SUBE/CED/GEI) e da Equipe de Alfabetização da Gerência de Ensino Fundamental da Coordenadoria de Educação (E/SUBE/CED/GEF).

 

8. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS


8.1. Todo o Processo de Seleção dos Formadores Locais será organizado e validado pela Comissão Organizadora e Avaliadora instituída pela Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.


8.2. Será cancelada a inscrição que não cumprir as exigências deste Edital, ao qual o candidato adere integralmente.


8.3. O Formador Local/Bolsista poderá ser substituído, a qualquer momento, caso não cumpra suas atribuições, em conformidade com o Artigo 41 da Portaria N.º 826, de 07/07/2017, do Ministério da Educação.

8.4. O Formador Local de Educação Infantil e o Formador Local de Alfabetização, de acordo com a Portaria N.º 851, de 13/07/2017 do Ministério da Educação, receberão Bolsa no valor de R$765,00 (setecentos e sessenta e cinco reais). As bolsas concedidas aos participantes da Formação, no âmbito do PNAIC, serão pagas diretamente aos Bolsistas, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 


Rio de Janeiro, 2 de outubro de 2017.

 

Gerência de Educação Infantil (E/SUBE/CED/GEI)

Equipe de Alfabetização da E/SUBE/CED/GEF

Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire (E/SUBE/EPF)
 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/10/2017

Naves do Conhecimento: Curso Gratuito de Programação para Crianças do Rio

Tags: curso, gratuito, programação, naves.

 

As Naves do Conhecimento dão início a mais uma iniciativa inédita: estão abertas as inscrições para o curso “Aprenda a programar!”, oferecido em parceria com o Code Club Brasil, uma rede mundial de clubes gratuitos de programação para crianças, presente em 125 países.

 

 

No curso introdutório, crianças e adolescentes entre 9 e 14 anos vão criar seus próprios jogos, animações e sites com o auxílio da ferramenta Scratch. Por meio de um método divertido e inovador, com desafios práticos e criativos, o curso oferece os primeiros passos da lógica de programação. O programa Scratch e a metodologia do Code Club vem sendo amplamente reconhecidos como excelentes ferramentas para as crianças terem seu primeiro contato com o universo da programação.

Mas para quê aprender a programar? A sociedade atual utiliza computação e internet em absolutamente todas as áreas, por isso não basta saber usar computadores, smartphones e outros recursos digitais: é preciso entender, desde cedo, como eles funcionam. E aprender a programar é útil não apenas para ser um programador no futuro. Programar desenvolve o raciocínio e a habilidade de resolver problemas, e contribui em outras matérias, como ciências e matemática.

O curso “Aprenda a programar” é totalmente gratuito e tem duração de 30 horas, com duas aulas semanais. Para saber mais sobre o curso e fazer inscrição, basta cprocurar pessoalmente a Nave do Conhecimento mais próxima ou clicar aqui.


   
           



Yammer Share