A A A C
email

Sexta-feira, 29/06/2018

Resultado: Prêmio COMDEDINE de Pesquisa Escolar 25.ª Edição

Tags: prêmio comdedine, concurso.

 

Veja os ganhadores do Prêmio COMDEDINE

 

A Secretaria Municipal de Educação, por meio da Gerência de Projetos de Extensão Curricular, vem divulgar os trabalhos selecionados no Prêmio COMDEDINE de Pesquisa Escolar 25.ª Edição. O Prêmio COMDEDINE de Pesquisa Escolar, uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro, tem por objetivo fomentar, no âmbito da Rede Pública Municipal de Ensino, a discussão crítica sobre temas afro-brasileiros.

 

 

Os trabalhos selecionados ficarão expostos no Museu do Negro, no segundo andar da Imperial Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito dos Homens Pretos, na Rua Uruguaiana, 77, Centro. A exposição poderá ser vista até o dia 2 de setembro, das 10h às 17h.

Essa iniciativa corrobora os preceitos da Lei n.º 10639, de 09/01/2003, e as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnicos-Raciais e para o ensino da História e Cultura Afro-Brasileira e Africana.

O Prêmio COMDEDINE recebeu 166 trabalhos, envolvendo alunos e professores do Sistema Municipal de Ensino. A Cerimônia de Homenagem será realizada no próximo dia 4 de julho de 2018, das 9 às 13 horas, no Consulado Geral de Angola (Av. Rio Branco, 311 – Centro – Edifico Brasília - Centro, Rio de Janeiro).

 

Resultado Final da Modalidade Imagem /Categoria A

Espaço de Desenvolvimento Infantil 04.30.808 Azoilda Trindade

Aluna: Alice Alves Siqueira de Santana

 

Resultado Final da Modalidade Imagem /Categoria B

Escola Municipal 04.11.014 João de Deus

Aluna: Ana Beatriz Barros Alves

 

Resultado Final da Modalidade Imagem/Categoria C

CIEP 01.01.501 Henfil

Aluno: Átila Melo de Araújo

 

• Resultado Final da Modalidade Texto/Categoria D

Escola Municipal 11.20.017 Capitão Fragata Didier Barbosa Vianna

Aluna: Júlio Cezar Santos de Souza

 

• Resultado Final da Modalidade Digital/Categoria E

Escola Municipal 02.08.012 Orsina da Fonseca

Aluno: Rhamyle Fabres de Oliveira

 

• Resultado Final da Modalidade Aula Digital (Professor)

Escola Municipal 01.03.001 Estados Unidos

Professor: Ricardo Luiz da Silva Fernandes

 

 

Enviado por:

Waleria de Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 29/06/2018

Seminário Movimentos em Rede no dia 03 de Julho

Tags: seminário, movimentos em rede.

 

Professores da SME participam do Seminário Movimentos em Rede

 

Depois de uma série de encontros de dança em diálogo com outras linguagens, os professores da SME que participaram da Formação/ Residência Artística para a Mostra Municipal de Dança 2018 realizam, no dia 3 de julho, das 9h às 17h, o Seminário Movimentos em Rede, com oficinas, performances e roda de conversa, no Centro no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca.

 

 

 

As inscrições para as três oficinas que ocorrerão simultaneamente, das 9h30 ao meio-dia, serão realizadas no local (30 minutos antes do seu início).

 

 

São elas: História da Dança e Danças Brasileiras, com Ana Paula Santiago e Mônica Ferreira Luquett, Dança do Ventre com objetos, ministrada por Andréia Vieira da Costa e Claudia Suellen Teixeira e Dança Afro Contemporâneo, com Marcia Victor.

 

A Residência Artística, sob a coordenação da professora Cláudia Petrina, da Gerência de Projetos de Extensão Curricular (GPEC), aconteceu de março a junho no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, com a orientação de professores-bailarinos convidados, entre eles: Pedro Bárbara, Juliana Manhães, Giselda Fernandes, Maria Elvira Machado, Diego López, Veríssimo Junior e Cosme Galindo.

 

Enviado por:

Waleria de Carvalho

E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 29/06/2018

Chamada de professores

Saiu hoje, dia 29 de junho, a convocação de 200 professores, que a Codesp havia autorizado no final de maio. Ela corresponde à reposição parcial dos professores que se aposentaram em janeiro e fevereiro (total de 304).

 

Entre a autorização e a publicação no Diário Oficial esperamos cerca de trinta dias, mantendo contato diário com a Casa Civil sobre o assunto. É ela que faz a publicação.

 

Os processos relativos às aposentadorias de março, abril e maio permanecem sem conclusão. Iniciaremos nos próximos dias o processo para a reposição das aposentadorias de junho.

 

O ritmo de reposição tem sido muito inferior às perdas, o que agrava o problema de falta de professores na rede.

 

Abaixo, a mensagem que publiquei em 30 de maio, anunciando a autorização e especificando os grupos de professores que seriam chamados.

 

Parte dos professores do concurso de 1992 foram contemplados com a migração a que faziam jus, tal como estabeleceu o fórum específico sobre esse tema, que a SME instituiu no ano passado. A migração desse grupo prosseguirá junto com as próximas chamadas de novos professores.

 

 

* * *

 

Mensagem publicada em 30 de maio

 

No dia 14 de março começamos a tramitação do processo que solicitava a reposição das 304 vacâncias de professores ocorridas em janeiro e fevereiro. Hoje, finalmente, recebemos autorização para realizar um novo conjunto de contratações, relativo a esse processo (há mais dois tramitando e mais um que começará a tramitar na próxima semana). A Codesp só autorizou uma reposição parcial de aposentadorias e óbitos.

 

Na próxima semana convocaremos 200 professores, que distribuímos da seguinte forma, tendo em vista as necessidades mais prementes da rede:

 

* 39 PEIs
* 46 PEFs anos iniciais
* 40 PEFs de educação física
* 27 PEFs de matemática
* 22 PEFs de geografia
* 11 PEFs de artes plásticas
* 4 PEFs de artes cênicas
* 11 PEFs de educação musical.

 

Eles estão distribuídos por todas as CREs, com maior concentração na 8ª, 9ª e 10ª.

 

Junto com essa convocação, começaremos a corrigir uma injustiça histórica com os professores do concurso de 1992, garantindo a migração de parte deles para 40 horas, tal como previa o edital do concurso. Isso foi objeto de um dos seis Fóruns de Debates que instituímos em 2017. Essa correção será feita gradativamente, ao longo das chamadas de professores nos próximos meses.

 

Continuaremos a batalhar pela reposição imediata das perdas de março, que somaram 243 professores, e de abril, que somaram 121. Fecharemos na próxima semana os números de maio e iniciaremos um novo processo.

 

Atenciosamente,

 

Cesar Benjamin

 

Secretário


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 28/06/2018

“De mãos dadas com a Comlurb” mudando a história da E.M. Chile

Tags: 4ªcre, projeto, lixo, parceria, escola..

 

“De mãos dadas com a Comlurb” mudando a história da E.M. Chile

 

A Escola Municipal Chile e seu entorno sempre apresentaram muitos problemas com o descarte de lixo e entulho, principalmente, na calçada da escola. Para diminuir os prejuízos, já foram desenvolvidos vários projetos de conscientização com os alunos e vizinhos da escola, mas sem resultados efetivos e duradouros. Entretanto, em 2018, surge uma luz no fim do túnel a partir de uma parceria entre escola e Comlurb. Nela havia interesses comuns e muita vontade de alcançar os objetivos e resultados almejados.  

 

 

Dessa Forma, a Comlurb abraçou a ideia do projeto “De mãos dadas com a Comlurb”. Esse foi elaborado pela Unidade Escolar visando enfrentar a grande dificuldade de conscientização da comunidade sobre os riscos à saúde, salubridade e  a segurança devido ao descarte inadequado do lixo. Como ação a Comlurb, então, construiu canteiros na calçada, enquanto os alunos contribuíram com o plantio de mudas nesses canteiros.

 

 

Além disso, a parceira Comlurb fez um grafite no muro da escola com a frase “Respeite o dia e horário da coleta”. Uma vez que, outra grande dificuldade era o respeito aos dias e horários da coleta. Com o grafite  a comunidade passa a atender ao chamado por meio da mensagem exposta no muro de modo artístico.

 

 

O Projeto foi mais uma ação para evitar a sujeira e o acúmulo de lixo, tornando a Escola Municipal Chile um espaço cercado por calçadas com canteiros limpos e cultivados. Os resultados positivos atingidos por meio da parceria e envolvimento de todos demonstra que as Unidade Escolares devem buscar parceiros para que potencializem o desenvolvimento do trabalho pedagógico nas escolas, creches e EDIs , buscando, assim, uma educação de qualidade e que traga impactos no meio social. 


 

Parabéns pelo excelente trabalho realizado!

 


Sobre a escola:
Unidade Escolar: E/CRE(04.10.016) - Escola Municipal Chile - 11278
Diretor: Sandra Rodrigues 
Endereço: Pça. Belmonte 15
Bairro: Olaria
Cep: 21073-010
Telefone: 3885-2181
3885-2352
E-mail: emchile@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share