A A A C
email
Retornando 46 resultados para o mês de 'Setembro de 2017'

Sexta-feira, 29/09/2017

Apresentação FECEM 2017

Tags: fecem, 5ªcre, festival, canção, escolas.

 

A Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro realiza todos os anos o FECEM: Festival da Canção das Escolas Municipais. Em 2017, a Escola Municipal Malba Tahan teve uma participação de destaque com seus alunos talentosos! Veja a seguir.

 

 

A Escola Municipal Malba Tahan, um Ginásio Carioca localizado no bairro de Irajá, sempre participou e incentivou a produção dos seus estudantes no FECEM. Um projeto de incentivo musical para os alunos da rede municipal do Rio de Janeiro. Todas as composições são obras dos próprios alunos, que também interpretam as canções.

A escola conquistou destaques em outros anos em várias categorias, mas, em 2017, além do destaque de melhor intérprete para a também compositora Maysa Fernandes Gomes, também foi destaque em primeiro lugar com a melhor canção em nossa 5ª CRE: “A vida é muito curta”. Toda a comunidade escolar está super feliz por esta conquista. Nossos estudantes participaram do Festival com duas canções: “SERÁ QUE JÁ NÃO BASTA”, VOZES: Mateus Ribeiro Marques / Giovanna Martins de Souza, BACK VOCAL: Ana Clara Fidelis Brandão / Maysa Fernandes Gomes / Kamilla Sena de Abreu de Sousa e “A VIDA É MUITO CURTA”, VOZES: Maysa Fernandes Gomes / Kamilla Sena de Abreu de Sousa / Ana Clara Fidelis Brandão, VIOLÃO: Victor Augusto Wilke Delgado Stein.

 


Um relato importante registrado pela Coordenadora Pedagógica Viviane Passos, dá conta da fala deles ao assistirem a qualidade de outras apresentações, com muitos instrumentos e integrantes: “Coordenadora Viviane Passos, não vamos conseguir, estamos só com voz e violão! Não vamos mais apresentar! Não estamos prontos para esta conquista. Eles são muito bons! Eles têm professor de música, isso conta muito, professora.” Enfatizei o principal: Nossa participação e o amor que eles colocaram em suas produções! Não seria digno deixar de apresentar-nos! Isso não é coisa de aluno MALBA! Vocês vão e farão o seu MELHOR!” Minhas palavras tomaram forma e nosso resultado emocionou cada um deles!!!

A diretora Valéria Valentim, na parceria com professores de português (Natália Nascimento e Camila Maia), de inglês (Aniger Capano), de ciências (Whitaker Jean) e de teatro (Maria Fernanda), se envolveram na orientação e apresentação das produções este ano, resultando no sucesso de nosso Ginásio.

 


Segue o relato da aluna Maysa Fernandes Gomes sobre a composição da canção vencedora: “A escola divulgou nas salas o FECEM (Festival da Canção das Escolas Municipais), e fui para casa pensando no festival. Resolvi pegar meu violão, ligar o gravador do meu celular, comecei a brincar com as notas. A melodia surgiu primeiro e uma frase martelou: "Essa é minha música vou falar pra você", desde então a canção fluiu sem eu pensar muito na mensagem que queria passar. É como se a mensagem estivesse dentro de mim que se transformou na letra da canção naturalmente.
A música já estava quase pronta, mas faltavam alguns ajustes. Victor Stein, me ajudou a finalizar a melodia, acrescentando alguns acordes; Kamilla Sena ajudou a finalizar o último verso; as professoras de português Natália Nascimento e Camila Maia fizeram a revisão da letra. Depois disso, Victor Stein assumiu o violão e eu (Maysa Fernandes), Kamilla Sena e Ana Clara demos nossas vozes e nossos corações à canção.”

 


“Nosso Ginásio se empenha com toda a Equipe de professores, coordenação e direção a envolver-se nestas propostas e a vontade de realizar o nosso MELHOR e despertar em nossos alunos o brilho nos olhos é o que nos move! Malba, uma família de ouro!” é assim que conclui nossa diretora Valéria Valentim.

Viviane Passos
Coordenadora Pedagógica

 

 

Parabéns pelo trabalho realizado pela escola, investindo no desenvolvimento dos seus alunos, inclusive das suas variadas aptidões artísticas e criativas!

 

Sobre a escola:

E/CRE(05.14.029) - Escola Municipal Malba Tahan

Diretora: Valeria Menezes Valentim

Endereço: Av. Brasil 17.221 - Bairro: Irajá

Telefone: 3373-2365 / 3373-2003

E-mail: emtahan@rioeduca.net
 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 28/09/2017

Projeto Sustentabilidade em Ação: A mudança começa pela gente!

Tags: 4ªcre, repensar, reduzir, reutilizar, reciclar.

 

Projeto Sustentabilidade em Ação: A mudança começa pela gente!
 

“A mudança começa pela gente!"

As professoras Jaqueline Gonçalves Ramos Vieira e Angélica Alves da Silva, das turmas 1401 e 1402, estão trabalhando esse projeto com o objetivo de desenvolver atitudes e práticas sustentáveis em sala de aula a partir dos eixos: repensar, reduzir, reutilizar, reciclar.

Muito se fala em sustentabilidade e desenvolvimento sustentável nos dias atuais. É fundamental, portanto, que este conceito não seja apenas discutido em grandes eventos ou organismos internacionais, mas que seja vivenciado e praticado desde a infância, para que haja uma formação capaz de dialogar de fato com o bem estar planetário. Veja a seguir o texto enviado com a descrição do projeto.

 

 


De acordo com Mikhailova¹:

O desenvolvimento sustentável procura a melhoria da qualidade de vida de todos os habitantes do mundo sem aumentar o uso de recursos naturais além da capacidade da Terra. Ao se pensar o conceito de sustentabilidade aplicado à sala de aula, surge a necessidade de despertar nos alunos um olhar mais aprofundado sobre o que acontece ao nosso redor. Questões como o consumo desenfreado, o desperdício, o descarte incorreto de materiais entre outras ações nocivas ao meio ambiente ocorrem muitas vezes por falta de conhecimento e conscientização.

 

 

É importante compreender que, a partir da construção do conhecimento acerca das questões globais, podemos e devemos ter atitudes capazes de influenciar positivamente as pessoas, os espaços e os locais que frequentamos. Nesse sentido, foi desenvolvido o projeto Sustentabilidade em ação, que tem como objetivo desenvolver atitudes e práticas sustentáveis em sala de aula a partir dos eixos:

  • Repensar
     
  • Reduzir
     
  • Reutilizar
     
  • Reciclar

Vale ressaltar que o projeto visa, de acordo com as Orientações Curriculares para o ensino de Ciências: enfatizar as aplicações e as intervenções que a ciência e a tecnologia têm produzido na história da humanidade, nos campos da saúde, agricultura, indústria etc; considerando que os aspectos éticos, estéticos, políticos, sociais e econômicos estão presentes e são necessários na busca pela sustentabilidade. Busca ainda atuar de acordo com o conceito de antropo-ética que, de acordo com Morin:

(...)compreende, assim, a esperança na completude da humanidade, como consciência e cidadania planetária. O projeto está organizado em etapas e atividades contínuas a serem desenvolvidas ao longo de todo o ano letivo.

 

 

Objetivos gerais e específicos:

  • Percepção sobre os tipos de solo, suas características e aplicabilidade;
     
  • Aprendizagem prática sobre as relações ecológicas entre os seres vivos e montagem de composteira;
     
  • Reconhecimento de características básicas das plantas, em especial o processo de fotossíntese;
     
  • Desenvolvimento de técnicas de plantio e geração de mudas;
     
  • Aprendizagem de técnicas de reaproveitamento de alimentos com alto teor nutritivo.
     
  • Seleção de objetos ou materiais que podem ser reutilizados ou reciclados;
     
  • Valorização do pensamento científico e desenvolvimento do olhar crítico sobre sua ação individual e coletiva quanto às transformações socioambientais;
     
  • Planejamento e execução de tarefas em grupo valorizando o convívio e as relações de cooperação.

Atividades:

  • Coleta diferentes tipos de solos e investigar suas propriedades básicas;
     
  • Realização de experimentos que demonstrem a diferença de permeabilidade entre os diferentes tipos de solo (humífero, arenoso e argiloso).
     
  • Montagem de jardim com sementes de flores (transversalidade – projeto politico pedagógico);
     
  • Visita técnica à horta mantida pelo projeto Hortas Cariocas e aprendizagem prática sobre o processo de compostagem;
     
  • Coleta de materiais recicláveis e reutilizáveis para usos diversos;
     
  • Montagem de sistema de compostagem caseiro, utilizando garrafas PET e as cascas dos legumes e frutas servidos na merenda escolar;
     
  • Produção de receitas a partir do reaproveitamento de alimentos com alto teor nutritivo que normalmente seriam descartados (cascas de frutas, legumes e talos);
     
  • Plantio e geração de mudas de temperos e hortaliças em geral;
     
  • Noções de empreendedorismo sustentável a partir da aprendizagem sobre custo, formação de preço justo, lucro, etc.

 

 

Avaliação

O processo de avaliação será contínuo, observando o interesse, a participação, o envolvimento e a mudança real de hábitos em prol da conscientização ambiental e da sustentabilidade no decorrer do projeto.

 

Referências bibliográficas

MIKHAILOVA, Irina. Sustentabilidade: evolução dos conceitos teóricos e os problemas da mensuração prática. Revista Economia e Desenvolvimento, n° 16, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/eed/article/viewFile/3442/1970 acessado em: 21/03/17

Morin, Edgar, 1921- Os sete saberes necessários à educação do futuro / tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya ; revisão técnica de Edgard de Assis Carvalho. – 2. ed. –
São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

Sustentabilidade: Da teoria à prática. Disponível em: http://www.wwf.org.br/participe/porque_participarsustentabilidade/ acessado em: 21/03/17

Orientações curriculares para o ensino de Ciências. Disponível em: https://drive.google.com /drive/folders/0B5SqlDGNLGKkN3VlZzk3WDROMTg

 

 

Parabéns à Equipe da escola pelo excelente trabalho realizado!

 

Sobre a escola: CIEP (04.30.502) Elis Regina
Endereço: Rua Principal, S/Nº Bonsucesso
CEP: 21044-170
Tel: 3977 5726 e 3977 5931
Email: ciepelis@rioeduca.net
Diretora:Suely Lima
Adjuntas: Andréa Fonseca e Valéria Azevedo
CP: Lindomar Carvalho



 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 27/09/2017

Encontro de alunos do PEJA na 3ªCRE

Tags: 3ªcre, peja, encontro.

 

   A noite de 29 de agosto de 2017 foi muito especial para as unidades  da 3ªCRE. Nela aconteceu mais um Encontro Regional dos alunos do PEJA. Trocas de experiências, mostra de trabalhos e apresentações inesquecíveis rechearam de emoção o evento que, como sempre, foi um sucesso

 

 

Segue o release das apresentações:

E.M. Engenheiro Roberto Magno de Carvalho

Os alunos do PEJA apresentarão um jogral e a leitura de um acróstico- “A Escola que temos e a escola que queremos”, com a tradução simultânea em libras através do aluno que é deficiente auditivo e um vídeo sobre a paz.

E.M. Jose Verissimo

Os alunos das turmas de PEJA I e PEJA II da Escola Municipal José Verissimo apresentarão uma poesia em forma de jogral chamada “O sistema” do escritor Eduardo Galeano.

E.M. Eurico Salles

A escola diz que para não se calar frente as injustiças vão cantar. O coral apresentará a canção “ Dias melhores “ de Jota Quest”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E.M. Thomas Mann

A Escola Municipal Thomas Mann traz a apresentação de um coral, com a música “Apesar de você” de Chico Buarque.

E.M. Alcide de Gasperi

A escola traz o rap da felicidade, com poesia: “Amor, Igualdade, Justiça e Liberdade”.

E.M. Edgard Sussekind de Mendonça

A escola traz para nosso encontro um momento voz e violão com a música “A Paz”.

 

 

E.M.Nereu Sampaio

O PEJA da Escola Municipal Nereu Sampaio traz para o encontro de alunos, uma mensagem com interferência de trechos musicais trabalhados no projeto da escola ao longo deste ano. Para a elaboração foram utilizados trechos do texto produzido pela unidade escolar para o encontro, bem como trechos de músicas da MPB utilizadas para ampliar nossa discussão.

E.M. Sarmiento

Os alunos da Escola Municipal Sarmiento tiveram como objeto de estudo a letra da música “Que país é esse” do grupo Legião Urbana e hoje estão aqui para apresentarem o tema em forma de uma dramatização.

E.M.Alagoas

Os alunos apresentarão uma dramatização representando os trabalhadores das regiões do Brasil, finalizando com a música “Trabalhadores do Brasil”.

 

 

E.M. Rubens Berardo

Cada autor trabalhado será representado por um aluno fazendo um paralelo desse autor com o tema "É preciso que as pessoas se respeitem. Não podemos nos calar diante das injustiças."

A escola finalizará com a declamação, de parte de um desses poemas.

E.M. Isabel Mendes

A Escola fará uma apresentação teatral baseada no manifesto “Elas por elas”, onde serão relatados atos verídicos vividos por mulheres.

E.M. George Sumner

A Escola Municipal George Sumner apresentará o “Rap da EJA – É urgente esse grito”, em consonância com o tema discutido nas aulas, durante a construção do texto coletivo.

 

 

CIEP Patrice Lumumba

O CIEP apresentará um trabalho sobre diversidade cultural na alfabetização, com apoio do forró.

 

E.M. Republica El Salvador

Os alunos trazem para nosso encontro um vídeo onde retrata a peça teatral “Na fila- um pouco da história do Brasil”, baseado na crônica de Luís Fernando Veríssimo.

Alguns depoimentos de participantes revelam o quanto esse momento de aprendizagem diferenciada foi importante para toda a comunidade escolar:

Foi emocionante e gratificante acompanhar todo o processo de construção desse momento! Profª Ana Luisa F.Martins Oliveira
 

"Ontem, nos emocionamos, nos admiramos, nos encantamos e vivemos momentos muito felizes, por conta do "XII Encontro Regional de Alunos do PEJA". Porém, para que todo esse sucesso pudesse acontecer, contei com muitas pessoas, desde a fase de planejamento até a realização efetiva do evento.
Os agradecimentos são muitos. Agradeço imensamente a todos:
- À minha equipe do PEJA- Ana Luisa- incansável e sempre disponível;
- Às "meninas da GED", Ângela, Christina, Ana Paranhos e Karina. Um especial agradecimento a Tânia, que fez desde lavar e carregar maçãs do lanche comigo até apresentar os releases do evento;
- À Sandra Martorelli pela ajuda com a arte do banner;
- À Ana Carolina da GIN, parceira com os lanches dos alunos;
- À AIT, com o auxílio do André com as mídias;
- À Direção da EM Sarmiento por ter recebido e armazenado os lanches;
- Ao Sergio e a Ana Maria (Almoxarifado) amigos prestativos e disponíveis;
- Ao Rodrigo por ajudar a carregar os lanches e as águas;
- Aos Professores Orientadores pelo empenho e dedicação para que o evento acontecesse de forma brilhante;
- Aos professores regentes do PEJA, que se empenharam nos ensaios e nas apresentações;
- Aos Diretores que viabilizaram materiais e tudo o mais que fosse preciso para a exposição de trabalhos e as apresentações. Um especial agradecimento as Diretoras Elizabeth, da EM José Veríssimo e Kátia , da EM Alcide de Gásperi, por estarem presentes, prestigiando o evento;
- A todos os alunos do PEJA, que deram um exemplo de cidadania, educação, respeito e participação coletiva e ainda, pelas belas e emocionantes apresentações.Peço que levem a todos os alunos meus agradecimentos e meus parabéns!
Um abraço carinhoso a todos!" - Inácia Alvarenga

 

"Deixo aqui também registrado meus PARABÉNS!

Tive a oportunidade de me emocionar, me encantar e alimentar ainda mais os meus sonhos para a Educação. PEJA é um programa que faz acontecer, é VIDA! E como disse nosso amado Paulo Freire: 'Em um país como o Brasil, manter a esperança viva é em si um ato revolucionário.'

Mais uma vez PARABÉNS! Continuemos compartilhando sonhos!" Hérica Marinate - GEJA

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 27/09/2017

Simulado 2017 | Revisão das Habilidades de Menor Desempenho

Tags: simulado, avaliação, revisão, desempenho.

 

Analisando os primeiros dados do Simulado 2017, apresentamos os descritores que obtiveram percentual de acerto inferior a 50%. As habilidades neles descritas precisam de revisão imediata nas turmas de 5º e de 9º Ano.


Antes da revisão, deve haver a devolutiva das provas do Simulado, verificando o professor, junto a seus alunos, que lógica utilizaram para marcar as opções de resposta erradas, de forma a poderem demonstrar onde houve a falha e quais as possibilidades que permitiriam ao aluno chegar à resposta desejada. Este exercício constitui estratégia eficiente de recuperação da aprendizagem.


Em Língua Portuguesa, é importante que o professor: utilize grande variedade de tipologia textual, realize leitura comentada de textos em sala de aula e volte a trabalhar as habilidades com baixo desempenho, algumas das quais já deveriam estar consolidadas no 9º Ano.


Em Matemática, é essencial que o professor: trabalhe a interpretação de problemas, desenvolva o raciocínio lógico-matemático, verifique as operações matemáticas feitas pelo aluno para chegar ao resultado e exercite com os alunos a escrita de como chegaram ao resultado encontrado.


Nos resultados a seguir, estão assinalados em amarelo os descritores que apresentaram resultado fraco nos dois anos de escolaridade. Apresentamos, também, algumas orientações sobre o trabalho com as habilidades previstas nesses descritores.

 

 

Clique no link abaixo e acesse a ANÁLISE DOS DESCRITORES:

http://bit.ly/2wTdlPe

 

 

Antonio Augusto Alves Mateus Filho
Assessor II da E/SUBE

 

Danielle de Almeida González Grifo de Sousa
Gerente de Avaliação

 

Selma Regina Alves Kronemberger
Eliane Cristina Arnosti Santos Pellegrino
Assistentes

 

Aline Lima Vieira
Ana Lucia Seabra
Cátia Valéria Fernandes da Silva
Letícia Maria de Souza Côrtes
Priscila Matos Resinentti
Rachel Vilas Boas de Souza de Siqueira
Equipe

 

Rio de Janeiro
Setembro/2017

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
SUBSECRETARIA DE ENSINO
COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO
GERÊNCIA DE AVALIAÇÃO


 


   
           



Yammer Share