A A A C
email
Retornando 107 resultados para o mês de 'Agosto de 2012'

Quarta-feira, 22/08/2012

Jornal Mural na E. M. Goiás

Tags: 3ªcre, riodeleitores, protagonismojuvenil, blogsdeescolas.

 

 

Leitura e escrita sempre andaram de mãos dadas. Para escrever bem, a leitura precisa estar em dia. A E. M. Goiás, da  3ª CRE, estreia no universo dos blogs mostrando os bons frutos que rendem esta parceria.

 

 

A equipe de Língua Portuguesa da E. M. Goiás está afinada na busca por alunos leitores, mas também produtores de texto. A prof.ª Sandra Fará e o prof. da Sala de Leitura Carlos Maurício realizaram a Oficina de Poesia: Da Leitura à Escritura. O objetivo era aproximar os alunos deste gênero literário e mostrar que o olhar poético pode pousar até em atividades cotidianas. Já a professora Rosana Sales colocou a turma 1802 para produzir um jornal mural, aproveitando a relação estreita dos alunos com o jornal impresso.

 

 

 

 

 

O objetivo era estimular a produção, a impressão e a circulação de textos entre os alunos da turma 1802. A turma foi dividida em grupos, os quais trabalharam com materiais diversos e ampliaram o alcance inicial de cada parte do jornal, abordando também assuntos da atualidade. As notícias buscaram espelhar a diversidade de interesses da turma e a personalização do jornal ao grupo.

 

 

 

 

 

O trabalho foi dividido em cinco etapas. Na primeira, foi escolhido um nome para a turma e para o jornal, seguido da escolha do desenho do logo do jornal. Na terceira fase, um texto contava sobre a turma e informava o agenda de aniversários de toda a turma. Finalizando a personalização, foi incluída uma lista com as atividades preferidas da 1802. Os grupos trabalharam duro, mas também tiveram direito à pausa, como em toda redação que se preze.

 

 

 

 

 

Assim, a produção de textos se aproxima do adolescente. Ele escreve sobre o que interessa e pesquisa para atender a linguagem própria do jornal. Assim como, com a poesia sobre o cotidiano, sua capacidade de produção é estimulada a expressar sua visão do mundo. Além disso, a produção jornalística entra em sua lista de atividades profissionais a exercer no futuro.

Confiram no blog recém-criado outras atividades da E. M. Goiás. Visitem!

 

 

 

 

Contate-nos

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/08/2012

Estagiária Capacita Professores da E. M. Rose Klabin no uso da Educopédia

Tags: 6ªcre, capacitação, educopédia.

 

No final do 1º semestre, a estagiária Juliana de Almeida, da  E. M. Rose klabin, capacitou os professores da Unidade Escolar no uso da Plataforma Digital Educopédia. Esta ação foi realizada para dar a oportunidade de os professores conhecerem e aplicarem  os conteúdos da Educopédia e seus planejamentos.

 

A Educopédia é uma plataforma online colaborativa de aulas digitais, onde alunos e professores podem acessar atividades autoexplicativas de forma lúdica e prática, de qualquer lugar e a qualquer hora.

 

David Albury, Diretor de Design e Desenvolvimento Global Education Leader's Program (GELP) e Abel Caine, Especialista da Unesco para recursos educacionais reconhecem publicamente  a importância da Educopédia  para a educação Carioca.

 

 

Especialistas falam sobre a importância da Educopédia para a educação

 

 

Para que esta evolução realmente aconteça, é necessário que alunos, estagiários e professores estejam de pleno domínio desta plataforma para que possam utilizá-la e incentivar o seu uso.

 

Em parceria com a MSTech, a Educopédia realizou, no período de 28 de maio a 1º de junho, capacitação para os estagiários que atuam nas escolas da Rede Municipal  de Ensino, com o objetivo de habilitá-los a apresentar em suas escolas os recursos digitais que a SME desenvolve atualmente.

 

Para dar  continuidade ao trabalho iniciado com a formação, a equipe da Educopédia sugeriu que cada equipe pedagógica organizasse, no mês de julho, um momento para que os estagiários pudessem fazer o repasse para os professores da U. E. em que atuam, pois é preciso garantir que todos os envolvidos no processo educacional tenham a oportunidade de conhecer e aplicar os conteúdos da Educopédia e seus planejamentos.

 

A E. M. Rose Klabin não perdeu esta oportunidade e organizou um momento no dia 11 de julho para a estagiária Juliana de Almeida fazer o repasse da capacitação que participou para os professores da escola. Foi um momento muito rico, de aprendizagem e de grandes ensinamentos.

 

 

Juliana de Almeida, estagiária da E. M. Rose Klabin capacita professores no uso da Educopédia

 

Vamos ver alguns momentos da capacitação realizada pela estagiária Juliana de Almeida no laboratório de Inforrmática da E. M. Rose Klabin.

 

 

Professores assistem atentos às explicações dadas pela estagiária Juliana Almeida

 

 

 

Professores colocam em prática o que estão aprendendo na plataforma digital

 

 

 

Professores conhecem a Educoteca, a Biblioteca Virtual da Educopédia

 

 

 

Professores conhecem os livros da Educoteca

 

 

Muitas vezes a união da educação com a tecnologia  ainda é encarada de forma delicada. Um dos problemas que posso citar é a dificuldade dos professores em utilizar a tecnologia em benefício de suas aulas, pois requer desses profissionais novas competências e habilidades.

 

Este problema não é enfrentado pela E. M. Rose Klabin, que conta com uma equipe gestora, Aline Menduiña e Andréa Casadonte que incentiva de forma total a introdução das novas tecnologias no ambiente escolar, assim como a capacitação de seus professores.

 

Parabéns às Diretoras Aline Menduiña e Andréa Casadonte, por proporcionarem aos seus professores momentos de formação e discussão de novas práticas pedagógicas em prol  da melhoria do ensino e da aprendizagem.

 

Parabéns à estagiária Juliana de Almeida por oportunizar uma formação voltada para o uso das novas  tecnologias que a SME oferece, objetivando a integração do educador no processo de aprendizagem, desempenhando o papel de facilitador entre aluno e a construção do conhecimento.

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/08/2012

CIEP Glauber Rocha - Ideb 2011: 1º Lugar na Rede e 3º Lugar no Brasil

Tags: 6ªcre, entrevistas.

 

O CIEP Glauber Rocha ficou em 3º lugar no país com o Ideb 2011 e em primeiro lugar na rede. Todo este sucesso é resultado de muita dedicação e amor à educação. A prof. Iolíris Paes, diretora do CIEP, é uma líder nata e conhecida por sua competência  e empenho.

 

O Rio tem duas escolas entre as cinco melhores do Brasil nos anos iniciais do ensino fundamental. Uma delas é da 6ª CRE, o Ciep Glauber Rocha, que ficou em terceiro lugar no país com o IDEB de 8,5 e em primeiro lugar na rede. A escola atende a crianças das comunidades Quitanda, Pedreira e Lagartixa.

 

 

 

Logomarca do Ideb

 

 

O Ciep Glauber Rocha é dirigido pela prof.ª Iolíris Paes há 17 anos. A média alcançada pela escola é maior que o padrão europeu. Este sucesso todo pode ser observado no hino do Ciep, que é cantado e colocado em ação por todos na escola.

 

 

Hino do Ciep Glauber Rocha

 

 

A equipe do CIEP Glauber Rocha é formada pela Diretora Iolíris Paes, pelas Diretoras Adjuntas Regina Carla e Inês de Brito, pela Coordenadora Pedagógica Márcia Giannini e por professores extremamente dedicados. Vamos conhecer as pessoas que fazem parte desta equipe!

 

 

 

Professores do CIEP Glauber Rocha: dedicação e amor

 

 

 

 

Professores do CIEP Glauber Rocha: excelência no trabalho

 

 

 

 

Equipe do CIEP Glauber Rocha: união acima de tudo

 

 

 

 

Equipe do CIEP Glauber Rocha: orgulho da 6ª CRE

 

 

 

 

Equipe do CIEP Glauber Rocha: harmonia no conjunto

 

 

 

Se hoje o colégio apresenta índices de excelências, nem sempre foi assim. Quando a diretora Iolíris Paes começou seu trabalho, o CIEP era alvo de arrombamentos constantes. A alternativa encontrada para sanar os problemas encontrados foi trazer os pais para a escola, incentivar a leitura e fazer reforço escolar. A prof.ª Iolíris Paes destaca que não houve ações revolucionárias, mas pequenas ações que fizeram toda a diferença para o sucesso da escola.

 

 

A equipe do CIEP dá atenção a todos os alunos. A dificuldade de cada criança é investigada. A base de pensamento e de ação da escola é que todos devem ter um olhar não só para o que desponta, mas para aquele que precisa de atenção também.

 

 

De origem pobre, filha de costureira e motorista, Iolíris tinha o sonho de ser professora desde os 5 anos. Sua mãe, apesar de não ter terminado a escola, sempre colocou o estudo como prioridade.

 

 

Após muitas noites sem dormir, dividindo o tempo entre as aulas que ministrava em uma escola municipal e a faculdade de Pedagogia, à noite, ela recebeu o convite para ser diretora do CIEP Glauber Rocha, em 1995. Ali começava seu maior desafio!

 

 

 

Diretora Iolíris Paes, orgulhosa, com os alunos do Ciep Glauber Rocha

 

 

 

Aluna do Ciep, Karen, sente orgulho em estudar no Glauber Rocha

 

 

Quem pensa que Iolíris chegou ao topo, está enganado! Os sonhos continuam! A professora quer abrir no ano que vem uma turma do 6º ano na escola e mais para frente alfabetizar todos os alunos com 6 anos, assim como na escola particular. Para a vida pessoal, outro sonho: Escrever um livro que conte a sua história no CIEP e mostre que com força de vontade tudo é possível. Uma verdadeira heroína!

 

 

Para ser bem sucedido no trabalho, a primeira coisa a fazer é apaixonar-se por ele. Parabéns à toda equipe do CIEP Glauber Rocha por demonstrar todo o seu amor pela educação carioca e por transformar o seu trabalho em fonte de riqueza e cultura.

 

 

Fonte: http://ciepglauberocha.blogspot.com.br

           http://extra.globo.com/

           http://odia.ig.com.br/

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter: @PatríciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/08/2012

Música: A Linguagem que Revela Talentos! FECEM 2012

Tags: 8ªcre, fecem.

 

 

 O Festival da Canção das Escolas Municipais (FECEM) é um tradicional evento da Rede Municipal que revela talentos musicais entre os alunos.

 

A Escola Municipal Nações Unidas tem o orgulho de representar a 8ª CRE na etapa final do Festival, que é a gravação de um vídeo clip com a banda vencedora.


 

 

Alunos interpretando a canção "Pensando em Você" no FECEM - 8ª CRE, que aconteceu na Lona Cultural Hermeto Pascoal, em Bangu.

 


O FECEM, Festival da Canção das Escolas Municipais, caracteriza-se como amostra e divulgação da produção musical dos alunos da Rede Municipal.

 

O objetivo principal é desenvolver nas escolas atividades que estimulem a produção musical individual ou coletiva dos alunos.

 

Os festivais são regionais onde é escolhido por um júri a canção que representará cada uma das 10 Coordenadorias de Educação (CRE) na etapa final que acontecerá no dia 24 de setembro.

 

 

 À esquerda, o aluno Lucas Silva e seu professor Nilton Barbosa

 

O professor Nilton Barbosa Filho foi o responsável pelo  desenvolvimento do projeto musical na Escola Municipal Nações Unidas.

 

Seu trabalho e dedicação junto aos alunos trouxe como recompensa a premiação da canção do aluno Lucas da Silva de Souza, da turma 1801.

 

Vejam o relato do professor ao Rioeduca:

 

 

"Ao desenvolver o projeto de produção musical na escola, percebo que os jovens se identificam com gêneros musicais variados, mas é a balada romântica que mais faz parte do seu gosto pessoal e não há tema melhor do que o amor como expressão máxima da linguagem musical!
Destaco até uma citação que ilustra bem o que eu afirmo:

 


“O amor é a melhor música na partitura da vida e sem ele, você é um eterno desafinado.”

 


A vivência musical se faz presente no dia a dia do ser humano e é muito importante para o desenvolvimento da aprendizagem, visto que a música abre portas para outras áreas de conhecimento.
A música desperta a sensibilidade, a percepção e aguça a habilidade criadora dos alunos, aumenta a capacidade de concentração, desenvolve o raciocínio lógico e a memória, além de ser um expressivo desencadeador de emoções.

 


Cada aluno que descobre o talento em sua voz, adquire uma nova visão do que é música, desenvolve novas habilidades, melhora a comunicação, a disciplina e desenvolve uma criatividade extraordinária.

 


Trabalhar com produção musical na Educação não é somente um fazer artístico, mas é, sobretudo, promover um ambiente onde o aluno sinta que a escola é um espaço prazeroso de aprendizagem, de expressão das emoções e de socialização.
 


Neste ano, fomos muito felizes no processo de seleção das canções participantes do XXIV FECEM regional e com a balada romântica "Pensando em Você", a E. M. Nações Unidas fez uma apresentação emocionante e digna de representar a 8a CRE na grande final no Teatro Carlos Gomes.
 


A Escola Municipal Nações Unidas está muito orgulhosa desses alunos que, com certeza, já são protagonistas nas páginas que vão formando, ao longo dos anos, a linda história desta unidade escolar que, com toda sua equipe, vem trabalhando sempre em prol de um ensino de qualidade que não fica limitado às quatro paredes da sala de aula."
 

                                                               Prof. Nilton B. Filho
 

 

 Alunos da E. M. Nações Unidas na gravação do áudio da canção no Teatro Odisséia, na Lapa

 

 

Os alunos gravaram o vídeo ontem, dia 21 de agosto. As imagens para o vídeo clip foram feitas no Jardim Botânico e no Teatro Tom Jobim.

 

Anteriormente, os alunos gravaram o áudio da canção no Teatro Odisséia, na Lapa.

 

Todos os envolvidos comemoram as oportunidades e o aprendizado que esta experiência está proporcionando em cada etapa.

 

 Demonstração da alegria dos alunos em direção à gravação no Teatro Odisséia

 

 

 

O Rioeduca parabeniza o vocalista, o aluno Lucas Silva e sua banda pela bela interpretação da canção "Pensando em Você"!

 

 

Agradeço ao professor Nilton Barbosa pela colaboração na realização desta postagem e parabenizo à equipe da direção e toda comunidade da E. M. Nações Unidas!

 

 

Se você quer saber mais detalhes sobre este evento e outras ações da E. M. Nações Unidas, clique na imagem abaixo e conheça o Blog da escola.

 

 

 

O Rio de Janeiro quer compartilhar histórias de sucesso!

Entre em contato comigo e divulgue as ações da sua escola.

Para professores e funcionários da 8ª CRE:

neildasilva@rioeduca.net

 

 

Para toda a Rede Municipal do Rio de Janeiro:

clique aqui!

 

 

 

                                       

 

 

 

 

 


   
           



Yammer Share