A A A C
email
Retornando 107 resultados para o mês de 'Agosto de 2012'

Segunda-feira, 20/08/2012

Ações de uma Escola em Ação

Tags: 10ªcre, patrono.

         A Escola Municipal General Gomes Carneiro fica no início da Avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, e a primeira impressão que se tem, avistando apenas o prédio principal, é que se trata de uma unidade pequena.

 

 

 

Cumprindo a programação de visitas às unidades escolares da 10ª CRE para o Rioeduca, sou recebido carinhosamente pelos alunos, professores e funcionários da E. M. General Gomes Carneiro, no dia 2 de agosto de 2012 e ciceroneado pela coordenadora pedagógica Cristina.

 

 


A Escola Municipal General Gomes Carneiro é uma das mais antigas do bairro de Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

 

O Patrono da escola é um general brasileiro que participou da Guerra do Paraguai e comandou tropas no “Cerco da Lapa”, um dos mais conhecidos episódios da Revolução Federalista.

 

 

 

Há informações nos acervos do Núcleo de Orientação e Pesquisa Histórica, o NOPH de Santa Cruz, que a escola já existia em 1922. Teria, portanto, mais de noventa anos de funcionamento.

 


O NOPH é o núcleo de memória local, mantém a sua sede no Centro Cultural Municipal Dr. Antonio Nicolau Jorge, e guarda boa parte da documentação das escolas públicas e particulares da região, incluindo fotos e documentos doados por ex-alunos e ex-professores da Escola Municipal General Gomes Carneiro, conforme informações da coordenadora pedagógica Cristina de Souza Gomes.

 


Após conversar por telefone com o diretor José Roberto, chego à Escola Municipal General Gomes Carneiro para conhecer um pouco mais sobre o Projeto Político Pedagógico, que se resume na frase: Ações de uma escola em ação!”

 


De fato, a disposição para agir é perceptível na movimentação que pude observar, tanto dos alunos, no pátio externo ou em sala de aula, quanto dos professores, preocupados em trabalhar, com o máximo de atributos para a obtenção de resultados satisfatórios de suas turmas.

 

 

 

 

 

 

A impressão inicial, de que se trata de uma escola muito pequena e acanhada, considerando apenas o prédio principal, que deve ter sido construído há quase um século, é logo desfeita ao visualizarmos os anexos edificados e inaugurados na década de 1990.

 


Afinal, a Escola Municipal General Gomes Carneiro tem 31 turmas e cerca de 890 alunos matriculados, desde a Educação Infantil até o 5º ano, além de uma turma de Aceleração I-A, segundo informações da professora Cristina Gomes, coordenadora pedagógica.

 


Cristina, que além de coordenadora pedagógica faz dupla regência como professora regente, é uma apaixonada pela escola onde trabalha, e mesmo tendo a chance de pedir remoção, disse que jamais pensou nisso, pois aquele ambiente já é parte da sua vida.

 

 

 

 


Outra professora que também se emociona ao descrever o seu dia a dia na Escola Municipal General Gomes Carneiro é Daniele, que no primeiro turno trabalha com alunos da Educação Infantil e no segundo turno dá aulas para uma turma do 1º ano.

 


Daniele, que já trabalha como professora da rede municipal há mais de dez anos, vem todos os dias do bairro da Pavuna, Zona Norte do Rio de Janeiro, mas continua acreditando na Educação e na possibilidade de fazer com que os seus alunos deem o melhor de si, nos estudos, no convívio social, e no relacionamento escolar.

 

 


“As ações de uma escola em ação” incluem inúmeras parcerias, e o diretor José Roberto, que é também professor antigo na E. M General Gomes Carneiro, tem procurado proporcionar diversas oportunidades de capacitação, cursos e palestras, tanto para os professores, como também para os alunos.

 

 

Segundo informações da coordenadora pedagógica, o relacionamento da Escola com os pais e responsáveis tem sido muito produtivo e salutar, registrando-se uma boa frequência e participação nas reuniões bimestrais previstas no calendário da Secretaria Municipal de Educação e eventos promovidos pela direção e professores, como homenagens às mães e pais.
 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 20/08/2012

Senninha - Por um Mundo Sustentável

Tags: 1ªcre, projetos.

 

 

 A Creche Municipal Senninha está localizada no Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro, e atende crianças das turmas de Berçario, Maternal I e Maternal II. Durante os meses de junho e julho, a creche desenvolveu o projeto Senninha - Por um mundo sustentável.

 

 

Justificativa


         

Tendo em vista que a Educação Ambiental estava sendo proposta como uma ferramenta para a formação de sociedades ambientalmente responsáveis, torna-se notória a necessidade da unidade abordar as questões que tangem a educação ambiental. A equipe de professores e educadores acreditam que não podem fechar os olhos para uma natureza que diariamente revela-se cada vez mais prejudicada pelas ações inconsequentes dos seres humanos.

 

Desta forma, por perceber a necessidade de um trabalho que aborde discussões de preservação ao meio ambiente, o projeto “Senninha - Por um Mundo Sustentável” busca desenvolver nas crianças uma cultura de sustentabilidade.

 

Objetivo:


Desenvolver ações, no seio de toda a comunidade escolar, que viabilizem a construção de uma consciência de preservação ambiental, bem como a mudança de atitude frente ao meio ambiente, e que esteja voltada para a construção de valores de preservação, racionalidade e sustentabilidade.

 

 

Diretora Elnira  plantando com os pequenos da creche

 

Os educadores realizaram atividades com as crianças, dialogaram com as famílias, plantaram sementinhas com os pequenos, afinal os educadores sabem que devem contribuir para formação de uma geração consciente em relação ao seu papel como cidadão voltado para uma valoração ética, social, econômica e ambiental. 

 

Fonte: Blog da Creche Senninha

 

Envie para o Rioeduca.net os trabalhos de sucesso
que sua escola realiza e publicaremos aqui.


Contatos:
Rute Albanita
Representante Rioeduca.net da 1ª CRE
ruteferreira@rioeduca.net
Twitter: @Rute_Albanita 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 20/08/2012

O Pacto Carioca de Alfabetização na 4ª CRE

Tags: 4ªcre, projetos, capacitação, riodeleitores.

 

O MEC instituiu o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa e as ações do Pacto e definiu suas diretrizes gerais. Assim, fica instituído o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, pelo qual o MEC e as secretarias estaduais, distrital e municipais de educação reafirmam e ampliam o compromisso previsto em Decreto, de alfabetizar as crianças até, no máximo, oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental, aferindo os resultados por exame periódico específico.

 

 

 

 

Diante desse desafio, a E/SUBE/4ª CRE implementa um conjunto de ações que visa garantir aos profissionais de suas  Unidades Escolares as condições necessárias para melhorar, contribuir e construir com eficácia o desenvolvimento das atividades propostas pelo Pacto.

 

Saibam como foi a Semana de Alfabetização 2012

 

 

 

 

"A cada dia um novo encontro, uma nova ação para refletir sobre a arte de alfabetizar.

Nossa semana começa trilhando caminhos com os professores do primeiro ano, o Projeto Trilhas encantou os profesores com a possibilidades do uso da Literatura para enriquecer sua prática.

 

 

 

 

No dia seguinte, conversamos sobre Alfabetização com a brilhante participação da palestrante Zuleica de Abreu da FUNDAR.

O terceiro encontro foi a realização de um rico debate colocando o "Alfa em Contexto", não só com os Professores do terceiro ano, mas também com os Coordenadores Pedagógicos. Estudos de caso, discussão sobre alfabetização e letramento, consciência fonológica e fonêmica foram alguns dos tópicos desse dia.

 

 

 

 

Na qiunta-feira, foi a vez e a hora de trocarmos experiências com os Professores da Educação Infantil. São as Creches, os Espaços de Desenvolvimento Infantil e a Pré-Escola apresentando possibilidades de letramento desde muito cedo.

 

 

 

 

 

Na sexta-feira, encerramos a semana com chave de ouro, pois o nosso Expo-Alfa envolveu todos os Diretores da Casa de Alfabetização para a assinar o Pacto pela Alfabetização e a apreciação da exposição dos trabalhos.

É com grande alegria que declaramos a nossa certeza, de que as reflexões levantadas durante esses dias que estivemos reunidos se transformarão em ações produtivas ao longo do ano letivo nas nossas escolas." Texto: Equipe GED da E/SUBE/4ªCRE

 

 

"Uma maneira de pensar na prática reflexiva é encará-la como a vinda à superfície das teorias práticas do professor para análise crítica e discussão. Expondo e examinando as suas teorias práticas, para si próprio e para os seus colegas, o professor tem mais hipótese de se aperceber das suas falhas” (ZEICHNER, 19___, p.21).

 

 

Parabéns à Gerência de Educação da E/SUBE/4ªCRE por organizar e proporcionar espaços de formação continuada para os Professores Alfabetizadores!

 

 

 

Contatos:
Ana Accioly
Representante Rioeduca.net da 4ª CRE
anaaccioly@rioeduca.net
                                                       Twitter: @Ana_Acioly                                                                                            Facebook: http://www.facebook.com/anapaula.silvaaccioly

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 20/08/2012

O Blog do GEC André Urani Apresenta: Criação de Horta Suspensa

Tags: 2ªcre, blogsdeescolas, meioambiente, protagonismojuvenil, gec.

 

No mês junho, nossa cidade foi sede de um grande evento sobre meio ambiente e sustentabilidade, a Rio+20. Para tratar deste assunto tão importante, o GEC André Urani está desenvolvendo, com os alunos do 7º ano, o projeto “Comunidade Sustentável”, cuja primeira fase está divulgada no blog da unidade escolar.

 

 

 

 

A criação de uma Horta Suspensa no Ginásio Experimental Carioca André Urani faz parte do projeto “Comunidade Sustentável”, que está sendo articulado pelas disciplinas de Matemática e Ciências, buscando o desenvolvimento do Protagonismo Juvenil dos educandos.


O principal objetivo do projeto é incentivar a prática da alimentação saudável e da sustentabilidade na comunidade local.  A escola acredita na possibilidade da utilização de pequenos espaços e materiais recicláveis, tornando viável a prática de ações sustentáveis.


Durante o projeto desenvolvido com as turmas do 7ºano, os alunos participarão de ações como: construção do kit da horta suspensa e a elaboração da sementeira.


 

 

A criação da Horta Suspensa integra as disciplinas de Matemática e Ciências, pois os alunos utilizarão os conhecimentos adquiridos em ambas as disciplinas. Na criação da sementeira, serão utilizados conceitos matemáticos como cálculo de perímetro e de área a serem preenchidos na sementeira. E também conceitos de Ciências como o cuidado, a importância e a utilização do meio ambiente de forma sustentável.

 

 

Assista ao vídeo que conta um pouco sobre o projeto “Comunidade Sustentável”.

 

 

Parabéns ao GEC André Urani pelo desenvolvimento deste projeto de valorização do

Meio Ambiente!

 

Conheça outra publicação sobre esta unidade escolar - Inauguração do Ginásio Experimental Carioca André Urani

 

 

Conheça mais sobre o trabalho do GEC André Urani visitando seu blog

http://gec-andreurani.blogspot.com.br/

 

O portal Rioeduca é um espaço feito por e para professores. Participe divulgando o blog ou projetos desenvolvidos por sua escola, basta entrar em contato com o representante de sua CRE.

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Professora Renata Carvalho - Representante do Rioeduca, na 2ª CRE

Email: renata.carvalho@rioeduca.net

Twitter: @tatarcrj

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share