A A A C
email
Retornando 85 resultados para o mês de 'Junho de 2012'

Segunda-feira, 18/06/2012

Formatura do PEJA da E. M. Tia Ciata

Tags: 1ªcre, projetos.

 

 

O PEJA é  a Educação de  Jovens e Adultos - uma modalidade de ensino voltada para aqueles que, por motivos diversos,  não puderam  completar seus estudos.  Com o objetivo de enfrentar este desafio, a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro vem construindo, em parceria com os diretores e  professores da rede, ações voltadas para a fortificação de uma política de educação de jovens pautada nos eixos de aumento de escolaridade, educação permanente e inclusão no mundo do trabalho, aspectos fundamentais para o exercício pleno da cidadania.

 

A equipe de professores da Escola Municipal Tia Ciata está orgulhosa, pois aconteceu a primeira formatura da Turma de Peja de sua unidade. A Professora  Alessandra Souza escreveu um relato  contando como foi a  formatura. O Rioeduca tem a honra de compartilhar com os leitores  as palvras emocionadas de Alessandra:

 

 

 

"A conquista do diploma de conclusão do Ensino Fundamental ganha maior relevância no âmbito da EJA, já que o alunado, em sua maior parte, é formado por pessoas que, de alguma forma, acabaram por excluídas do ensino regular. Daí o desafio em não reproduzir modelos discriminatórios e articular os saberes construídos em outros espaços.

 


Além disso, como ressaltou a aluna Bianca Viteli em seu discurso de formatura, estudar à noite, após um longo dia de trabalho, exige dose extra de esforço, já que a ideia de desistência e o fantasma do fracasso surgem a cada obstáculo.

 


E para manter os estudantes nessa luta  é imprescindível o papel do professor, apoiando, mediando, mostrando a aprendizagem formal como um caminho possível. Nesse particular, a equipe de docentes da E. M. Tia Ciata tem grande expertise, pois atua no ramo há muitos anos.

 


Sob este aspecto e com base no estudo citado, percebe-se a necessidade de um olhar especial sobre os PEJA e a importância de sua expansão, encarando-se a Educação como meio de diminuição da desigualdade social.

 


A turma 164-3/2012 foi a primeira a concluir o PEJA da E. M. Tia Ciata, inaugurado nesse ano. Por isso, a vitória desses alunos tem sabor ainda mais especial. De qualquer forma, como bem destacado pelo paraninfo da turma, Prof. José Fernando Napoleão, esta foi apenas uma etapa concluída: em cerca de 3 anos aguardamos notícias ainda melhores: a de conclusão do Ensino Médio e, porque não, de ingresso no Curso Superior."

 

 

 

O Rioeduca parabeniza os  formandos da turma 164-3/2012

por mais esta conquista:


 Alexandre Timoteo da Silva,

Bianca Viteli Moreira,

Catia Firmino dos Santos,

Kevyn da Silva Schimidt,

Lincoln Cesar Lins de Mesquita,

Luiz Claudio dos Santos,

Marcelo Moreno Ferreira,

Maria Rosivânia de Sousa Carvalho,

Maricélia Monteiro de Oliveira,

Marilene Lopes Rocha,

Pablo de Oliveira Sousa,

Thayná Frazão Cardoso 

Leandro Machado Pinheiro

 

 

 

A equipe Rioeduca deseja a todos os formandos

muito sucesso e novas conquistas!

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 15/06/2012

Xô Dengue

Tags: 5ªcre, projetos, dengue.

 

 A Professora Ana Márcia, lotada nas Escolas Municipais Pará e Olegário Mariano, é um exemplo de cidadania, pois disseminou entre seus alunos e responsáveis a responsabilidade de mantê-los afastados do mosquito Aedes Aegypti.

 

 

Ana Márcia, professora alfebetizadora, já foi destaque no Portal Rioeduca em janeiro de 2012, quando aceitou o convite concedendo-nos uma entrevista. Hoje, ela nos brinda com um trabalho, compartilhando o projeto que foi fundamental para brotar conscientização em seus alunos e responsáveis, na prevenção do mosquito da dengue.

 

A Dengue é uma doença que pode matar caso não sigamos as recomendações do Ministério e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde e a escola tem um papel fundamental nesse processo.

 

 

 

 

 

A professora trabalhou com seus alunos um Projeto que tem estado presente, nos últimos anos, no planejamento escolar. Ele inclui, principalmente, a conscientização dos alunos sobre a Dengue, através da prevenção do mosquito Aedes Aegypti.

 

 

Xô Dengue!

 

PERÍODO DE DURAÇÃO:

Aproximadamente 3 meses.


.
PÚBLICO:

Alunos do 1º ao 5º ano (desde que o professor (a) faça adaptações para atender cada faixa etária).


.
JUSTIFICATIVA:

A nossa cidade pode ser assolada por uma epidemia de Dengue, sendo este um assunto que está constantemente na televisão, nos jornais, nas rodas de conversa. Seria este, então, o assunto que poderia ajudar a estimular a escrita e a leitura? Será que há o que explorar neste assunto, já que a todo o momento eles ouvem falar sobre ele? Será que já estão saturados? Como estimular assim a curiosidade?


Relendo o livro “Pedagogia da Autonomia” de Paulo Freire, encontrei um trecho que poderá lhe ajudar a escolher que caminho seguir:

 

“Não haveria criatividade sem a curiosidade que nos move e que nos põe pacientemente impacientes, diante do mundo que não fizemos, acrescentando a ele algo que fizemos”.
 


OBJETIVOS:

Meu primeiro objetivo era estimular a leitura e a escrita, o segundo objetivo é ao mesmo tempo ajudar os alunos que ainda apresentavam dificuldade de leitura, terceiro objetivo descobrirem a importância da escrita para a comunicação e as diferentes formas de se transmitir uma mesma mensagem., e aprenderem a ser "voluntários da saúde" ajudando a prevenir a dengue, estimulando outros a tomarem os devidos cuidados na prevenção.


.
CONTEÚDOS CURRICULARES:

Principais conteúdos a serem trabalhados produção de texto(criação de cartazes, roteiro de entrevista, panfletos, charges, tirinhas de história em quadrinho, narrativa e linguagem teatral), através destas atividades são trabalhadas dificuldades ortográficas, gráficos, tabelas.


.
DESENVOLVIMENTO:

Contextualizar o projeto através de uma roda de conversa para tomar ciência do que eles sabem sobre a dengue estimulando a troca de informações.

 Pesquisando em casa, destacar a importância de tomar alguns cuidados em nossa própria casa, levando panfleto com perguntas de múltipla escolha sobre os cuidados que são tomados em relação a prevenção da dengue.

Pesquisando na escola para descobrir quantos alunos contraíram dengue neste período.

 O que o jornal fala sobre a dengue, pedir que tragam jornais com notícias sobre a dengue, durante alguns dias guardar estas reportagens, depois com a ajuda do calendário organizar estas notícias em ordem cronológica, e através destas observações destacarem o que há em comum e o que há de diferente nestas reportagens mostrando o avanço e/ou recuo da doença.

O que a TV está falando sobre a dengue, distribuir folhas em que levarão para casa e com a ajuda da família terão que copiar de um noticiário de TV o que eles estão falando sobre a dengue. Quando trouxerem as notícias dividir em grupos por emissoras para que separem as que mais gostaram, e serão selecionadas para criar um cartaz.

O que nossa escola está falando sobre a dengue, tendo a professora como escriba, criar um roteiro de entrevista e depois com um gravador selecionar voluntários para saírem pela escola entrevistando as pessoas, no retorno ouvirmos e registrarmos no quadro as respostas e conversarmos sobre elas.

Criar um jogo sobre a dengue com a ajuda de cartazes ou panfletos. Podem ser feitos jogo da memória ou quebra-cabeça, montarem os jogos em grupo.

Livro de história, levar a turma para o Cantinho da Leitura e ler um livro sobre a dengue para eles,. Temos como sugestão “O voluntário da saúde. Dengue nunca mais!”. Explicar que não podemos sair pelo bairro tentando encontrar voluntários da saúde, mas podemos conseguir na nossa escola vários “Voluntários da Saúde”. Podem criar frases de atitudes que podemos tomar para ajudar no combate a dengue listar estas frases e cada um pode escolher três destas frases, copiá-las, ilustrá-las e assim criarem um livrinho da turma com o título (sugestão) “Combate a dengue! O que podemos fazer para ajudar?”.

Os cartazes falam sobre a dengue, prender no quadro pelo menos três tipos de cartazes e conversar com eles sobre os tipos de linguagem priorizada em cada cartaz, seja muita imagem e pouca escrita, muita escrita e pouca imagem, mensagem passada apenas por imagens, etc.

Dividir a turma em grupos e dar folhas para os grupos, e cada grupo criará o seu cartaz.

A dengue nas charges de jornal, procurar no dicionário o significado da palavra charge e cartum, pedir que tragam charges que falem sobre a dengue recolher as charges durante vários dias. Deixar que as várias charges rodem pela sala para que eles possam, em grupo, lerem todas. e cada um pode tentar criar sua própria charge.

 

 

 

Trabalhar uma história em quadrinhos sobre a dengue. É mais fácil conseguir da Turma da Mônica. Lerem juntos as histórias em quadrinhos, fazerem uma atividade, tirar xerox de uma das páginas do gibi, apagar as palavras dos balões e tirar xerox para todos deixando que completem os balões da história.

 

 

 

É interessante fazer uma nova pesquisa na escola para saber se a dengue avançou ou regrediu, esta pesquisa deve ser feita pelos próprios alunos e aproveitando esta pesquisa pode ser trabalhado gráfico e tabela.


A turma pode produzir botons para serem presos nas blusas dizendo que são voluntários da saúde.

 

AVALIAÇÃO:

A avaliação será feita paralelamente, durante todo o projeto, o professor(a) estará avaliando ao utilizar cada estratégia de atividade apresentada.


.
CULMINÂNCIA:

Como sugestão pode ser criado um jornalzinho com todas as informações colhidas durante o projeto e assim divulgar para a escola o que foi produzido neste período. Outra sugestão é a apresentação de uma peça sobre a prevenção da dengue em que os alunos possam estimular todos os colegas da escola a serem voluntários da saúde ou criar uma enquete na escola para saber como cada um poderia ajudar a combater a dengue.


  

Este projeto está registrado no blog ALFABETIZAÇÃO CRIATIVA, da profª Ana Marcia.

O blog, criado em 2009, atingiu 10.000 acessos no mês de maio de 2012!

Parabéns professora Ana Márcia!

Visitem o blog e participe!

 

 Este Portal é nosso!
Aproprie-se dele!
Se todos trabalharmos juntos, faremos a diferença!
Afinal, somos a maior rede de Educação Municipal da América Latina.

Confira aqui o representante da sua CRE, através do Portal Rioeduca, e envie o trabalho desenvolvido pela escola.

 

Regina Bizarro_representante do Rioeduca na 5ªCRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

Facebook: #rebiza
 

                               


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 15/06/2012

C. M. Tia Andreza Cuidando do Mundo

Tags: 3ªcre, creches, jogos, educaçãofísica, blogsdeescolas.



 

 

A criança pequena adquire conhecimento a partir da ação. É através do movimento, principalmente o movimento lúdico, que ela assimila o mundo ao seu redor e interage com ele. Colocar os pequeninos  em ação nas brincadeiras leva-os a aprender com prazer. A C. M. Tia Andreza, 3ª CRE, colocou todo mundo pra brincar e aprender.

 

 

A Creche Municipal Tia Andreza, que atende a comunidade do Jacarezinho, elaborou seu Planejamento Pedagógico Anual pretendendo proporcionar aos pequeninos um bom inicio na aventura do conhecimento. O objeto de estudo só poderia ser a própria criança. Na primeira infância, conhecer o  seu próprio corpo, potencialidades, reações e limites é o ponto de partida para o mundo. O subprojeto Eu sou assim … é a primeira parte desta aventura. Avançando no projeto, eles perceberam a necessidade de cuidar do corpo e mantê-lo saudável através dos hábitos higiênicos e da atividade física. E, claro que neste cenário não tem espaço para as doenças. Afinal, quem está doente não tem energia para brincar.

 

 

 

 

Na creche, ninguém quer ficar doente e perder a brincadeira; então é preciso evitá-la mandando para bem longe a causa dela. Infelizmente, uma das doenças que andam tirando o sono dos pequeninos é a dengue. Mas o que esses mini aprendizes podem fazer contra o mosquito?

 

 

 

 

Bem, primeiro eles assistiram a um cineminha com informações sobre a dengue e seu causador. Depois, a equipe da creche  planejou atividades de acordo com as faixas etárias para lembrá-los do que devemos fazer para afastar essa ameaça. A gincana foi toda sobre o tema e quem prestou atenção nos vídeos sabia muito bem o que fazer. Teve corrida para tampar a caixa d' água, esvaziar e fechar as garrafas para impedir o nascimento do Aedes Aegypti. Os maiores tiraram a água acumulada nos pneus e os guardaram na casinha. As equipes trabalharam para mandar o mosquito para bem longe dali. A atividade preferida foi a caça ao mosquito. Na soma geral, a equipe vermelha foi a campeã, mas todos saíram ganhando.

 

 

 

 

 

Para os pequenos,  as brincadeiras transmitiram um importante lição. O mosquito da dengue é que não brinque perto deles! Confiram no vídeo as atividades realizadas. E passem no blog da Creche Municipal Tia Andreza e fiquem por dentro do que eles já realizaram por lá. O Planejamento Pedagógico Anual continua em andamento e ainda tem muita coisa boa pra acontecer.

 

 

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 15/06/2012

Na Educação Infantil, o Assunto é Sustentabilidade!

Tags: 8ªcre, blogdeescolas, educaçãoinfantil.

 

A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza são assuntos que serão tratados na Rio + 20.

Como a E. M. Taquaral está atenta aos principais assuntos de nossa Cidade, seus pequenos alunos já estão aprendendo sobre a importância de cada um fazer a sua parte para a preservação dos recursos naturais e tudo isso podemos ver no Blog da escola!

 

 

 

 

 

A Escola Municipal Taquaral atende a alunos da Educação Infantil.

Com atividades bem elaboradas, o planejamento dos professores da escola está repleto de lições que as crianças levarão para toda a vida!

Preservação do meio ambiente, reciclagem e respeito à natureza são assuntos comuns nas salinhas, porém agora com a chegada da Rio+20, não só os diferentes países estarão refletindo sobre soluções para o planeta, a E. M. Taquaral também!

 

 

 

 

 

"Há alguns anos praticamos a coleta seletiva; somos referência para nossa comunidade!"

 


O trecho acima foi retirado do Blog da E. M. Taquaral.

O Blog que foi criado em 2011, é colorido, alegre e o melhor: traz muitas informações sobre a escola e o trabalho que está sendo realizado com os alunos.

Acessando o Blog, os responsáveis podem se informar sobre o email da escola, conhecer a Educopédia e ainda acessar outros  links interessantes.

A E. M. Taquaral é uma escola exclusiva de Educação Infantil, localizada em Senador Camará.

Sua equipe de professores e funcionários são dedicados à tarefa de contribuir na formação destes carioquinhas!

 

"O professor é artista, é palhaço, é cantor, é atleta, é espelho, ensina condutas, transmite valores."

                                                                                          (Frase retirada do Blog da E.M. Taquaral)

 

 

 

Se você quiser saber mais sobre as ações da escola, clique na imagem abaixo e conheça o espaço virtual: "Educar com Amor".

 

 

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza a E. M. Taquaral e convida você a seguir o Blog!

 

 

 

Entre em contato com seu representante no Rioeduca e compartilhe experiências!

 

neildasilva@rioeduca.net

 

 


 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share