A A A C
email
Retornando 62 resultados para o mês de 'Abril de 2013'

Sexta-feira, 12/04/2013

Princípios para uma Gestão Escolar Democrática

Tags: 10ªcre, conselhos, evento.

 

Encontro de representantes dos Conselhos de Diretores, Alunos, Funcionários, Professores e Responsáveis das unidades escolares da 10ª Coordenadoria Regional de Educação. 

Com a presença de representantes de alunos, diretores, funcionários, professores e responsáveis foi realizada no dia 22 de março de 2013, a primeira reunião de Conselhos da 10ª Coordenadoria Regional de Educação.

 

Os Conselhos são instâncias democráticas criadas no âmbito de Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura do Rio de Janeiro para facilitar a comunicação das unidades escolares e dos seus representantes legais sempre que se torna preciso alguma comunicação, demanda, debate ou reivindicação partindo de cada representante ou do coletivo.

 

Na 10ª Coordenadoria Regional de Educação, assim como em todas as unidades escolares da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, os conselhos vêm ampliando e fortalecendo as experiências democráticas das instituições de ensino.

 

Foto acima: Professora Gracinha Muller, coordenadora da 10ª CRE, fazendo a abertura do encontro.

Foto: Sinvaldo do N. Souza.

 

Fazendo a abertura da primeira reunião, prevista no calendário de conselhos da 10ª CRE para este ano de 2013, a coordenadora Gracinha Muller, após agradecer a presença de todos, fez questão de chamar a atenção para a composição dos conselhos e sua responsabilidade em zelar pela manutenção da escola e de participar da gestão administrativa, pedagógica e financeira, contribuindo com as ações dos diretores, sempre visando assegurar a qualidade de ensino.

 

A professora Gracinha Muller mostrou a sacola confeccionada em tecido orgânico retornável, fruto da preocupação com a sustentabilidade, destacando o seu conteúdo, incluindo resumos das palestras apresentadas, legislação de interesse dos conselheiros, calendários e outros documentos pertinentes, além da ficha de avaliação do encontro.

 

Professora Gracinha Muller, coordenadora da 10ª CRE (de costas) falando na abertura do Encontro de Conselhos.

Fotos acima: Presença dos representantes dos Conselhos da 10ª CRE.

 

Após o café da manhã, dinâmica de integração e palavras de abertura da coordenadora da 10ª CRE foram apresentadas palestras sobre:

1) Portal do Rioeduca, com o professor Sinvaldo, representante do Rioeduca na 10ª CRE;

2) Panorama da organização pedagógica das Unidades Escolares com a professora Rosa. Gerente da GED da 10ª CRE;

3) Projetos e Programas Federais nas Escolas com a professora Rosana, representante do Comitê Regional da 10ª CRE;

4) A Ouvidoria e a Comunidade Escolar com a professora Rosângela, ouvidora adjunta da 10ª CRE.


De acordo com a avaliação dos conselheiros presentes ao encontro do dia 23 de março de 2013, no auditório da 10ª CRE, tais momentos contribuem para proporcionar discussões que vão ajudar na democratização da gestão escolar em todos os níveis, sempre em benefício do ensino de qualidade.

 


Sinvaldo do Nascimento Souza
Professor representante do Rioeduca na 10ªCRE
Twitter: @SinvaldoNSouza
Facebook.com/SinvaldoSouza
E-mail: sinvaldosouza@rioeduca.net

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 12/04/2013

Terminam no Dia 22 de Abril as Inscrições para Produção Autônoma do Anima Escola

 

 

Estão abertas até o dia 22 de abril as inscrições para participar da Produção Autônoma do Anima Escola. Essa etapa é voltada para professores que já fizeram os cursos do Anima Escola em outros anos.

 

 

 

 

O objetivo é apoiar a realização de filmes de animação feitos por professores e alunos da rede pública municipal do Rio de Janeiro. Para participar, basta preencher a ficha de inscrição disponível no site do Anima Escola informando qual a sua proposta.

 

 


 

Serão selecionadas 25 propostas que contarão com apoio técnico e pedagógico da equipe do Anima Escola para sua realização. Essa é uma iniciativa do Projeto Cineclube nas Escolas em parceria com o Anima Escola.
 

 

Luciana Bessa é professora da Rede Municipal e colaboradora do Blog dos professores
lucianabessa@rioeduca.net
Blog do Professor

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 12/04/2013

Informativo Multirio - 12 de abril

Tags: multirio.

 

Multirio Web Rádio


 

Multirio

Você já conhece as produções da nossa Web Rádio?

A Web Rádio está no ar 24 horas por dia, disponibilizando conteúdos educativo-culturais, em uma programação que inclui diferentes gêneros musicais, entrevistas, informação e interprogramas. Entre as produções que você pode conferir:Compositores da MPB, uma homenagem aos autores da música popular brasileira;Fora do Eixo, o programa divulga as produções musicais de diferentes estados brasileiros; Ritmos Cariocas traz os gêneros musicais que fazem parte da história do Rio de Janeiro; e Venas Abiertas, que divulga a enorme riqueza da música latina. Neste sábado (13),às 16h e 22h, acompanhe a trajetória musical da cantora argentina Mercedes Sosa, uma das vozes mais famosas da música contemporânea e defensora apaixonada dos direitos humanos. Consulte a programação completa emwww.multirio.rj.gov.br/webradio.


Conceito& Ação debate os novos rumos do ensino

Fácil de falar, mas difícil de fazer: quebrar paradigmas na Educação.Conceito& Ação discute os novos rumos de umaárea na qual as mudanças costumam ser lentas e cujos resultados precisam ser avaliados ao longo do tempo. Houve avanços nas teorias e nos métodos de ensino. Mas serão suficientes? Como lidar, noâmbito escolar, com a rapidez das inovações tecnológicas, o acesso irrestritoà informação e as novas estruturas familiares? Para esse debate, a apresentadora Cristina Amaral recebe a pedagoga Patrícia Lins e Silva.Conceito & Açãovai ao ar na segunda-feira (15), às 13h20, nocanal 14 da NET e na BandRio.

 

Siga-nos no TwitterA MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra noPortal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: www.twitter.com/multirio.

RIO PREFEITURA | EDUCAÇÂO |
MULTIRIO Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail paramultiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.
Tel: 1746/Fora do RJ: (21) 3460-1746•ouvidoria multirio@rio.rj.gov.br

Siga-nos no
Twitter Portal
Multirio

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 11/04/2013

Reconhecendo Transtornos de Aprendizagem

Tags: família, saúde.

Em toda sala de aula há estudantes que aprendem com mais facilidade e outros que têm certa dificuldade para acompanhar as lições. Ninguém está a salvo de tirar notas baixas vez ou outra. Mas o que fazer quando os problemas são persistentes?

 

É possível perceber desde cedo se o seu filho tem dificuldades escolares ou algum transtorno mais sério. Se a criança está indo mal na escola, o primeiro passo é conversar com os professores para saber se os problemas de aprendizado são pontuais ou já persistem há algum tempo.

 

 

 

É necessário checar se a visão e audição da criança estão bem. Quem não enxerga o que está na lousa e nos cadernos ou não ouve o que o professor diz não aprende. Eliminando a chance de algum problema sensorial, é hora de buscar indícios de distúrbios de aprendizado.

 

Confira algumas dicas:

 

  • O primeiro e mais claro sinal de dificuldades escolares ou transtornos é o baixo desempenho na escola. Procure saber se o seu filho está sempre com dificuldades em realizar e concluir as tarefas, se tem notas muito baixas ou não consegue aprender conteúdos básicos;

 

  • Fique de olho se há quedas inesperadas no desempenho. Alunos com leves problemas no processamento de informações, por exemplo, podem aprender a ler, mas têm dificuldades quando as exigências em torno da compreensão de leitura aumentam;

  • Dependendo do temperamento da criança, as dificuldades de aprendizagem podem ter reflexos no comportamento e em seu humor. Problemas como medo, raiva ou ansiedade excessivos devem ser investigados, assim como atitudes antissociais e escapistas;

  • Perda de confiança e de autoestima são os “efeitos colaterais” mais comuns de dificuldades de aprendizagem. Estudantes com baixo desempenho, a longo prazo, tendem a se ver como incapazes de aprender;

As dificuldades podem advir de fatores orgânicos ou mesmo emocionais e é importante que sejam descobertas a fim de auxiliar o desenvolvimento do processo educativo, percebendo se estão associadas à preguiça, cansaço, sono, tristeza, agitação, desordem, dentre outros, considerados fatores que também desmotivam o aprendizado.

 

A dificuldade mais conhecida e que vem tendo grande repercussão na atualidade é a dislexia. Porém, é necessário estarmos atentos a outros sérios problemas: disgrafia, discalculia, dislalia, disortografia e o TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade):

 

 

  • Dislexia: é a dificuldade que aparece na leitura, impedindo o aluno de ser fluente, pois faz trocas ou omissões de letras, inverte sílabas, apresenta leitura lenta, dá pulos de linhas ao ler um texto etc. Estudiosos afirmam que sua causa vem de fatores genéticos, mas nada foi comprovado pela ciência.

 

  • Disgrafia: normalmente vem associada à dislexia, porque se o aluno faz trocas e inversões de letras, consequentemente encontra dificuldade na escrita. Além disso, está associada a letras mal traçadas e ilegíveis, letras muito próximas e desorganização ao produzir um texto.

 

  • Discalculia: é uma má formação neurológica que provoca transtornos na aprendizagem de tudo o que se relaciona a números, como fazer operações matemáticas, fazer classificações, dificuldade em entender os conceitos matemáticos, a aplicação da matemática no cotidiano e na sequenciação numérica. Esse problema ainda é pouco conhecido.

 

  • Dislalia: é o transtorno de linguagem mais comum em crianças e o mais fácil de se identificar. Sendo um distúrbio da fala que se caracteriza pela dificuldade de articulação de palavras: o portador da dislalia pronuncia determinadas palavras de maneira errada, omitindo, trocando, transpondo, distorcendo ou acrescentando fonemas ou sílabas a elas. Manifesta-se mais em pessoas com problemas no palato (céu da boca), flacidez na língua ou lábio leporino.

 

  • Disortografia: é a dificuldade na linguagem escrita e também pode aparecer como consequência da dislexia. Suas principais características são: troca de grafemas, desmotivação para escrever, aglutinação ou separação indevida das palavras, falta de percepção e compreensão dos sinais de pontuação e acentuação.

 

  • TDAH: O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade é um problema de ordem neurológica, que traz consigo sinais evidentes de inquietude, desatenção, falta de concentração e impulsividade. Hoje em dia é muito comum vermos crianças e adolescentes sendo rotulados como DDA (Distúrbio de Déficit de Atenção), porque apresentam alguma agitação, nervosismo e inquietação, fatores que podem advir de causas emocionais.

 

O vídeo, abaixo, “Como Estrelas na Terra” mostra a história de um aluno que apresenta Dislexia e custa a ser compreendido.

 

 


Os pais e os professores podem ser os mais importantes agentes no processo de identificação e descoberta desses problemas, porém não possuem formação específica para fazer tais diagnósticos, que devem ser feitos por médicos, psicólogos e psicopedagogos.

 

O papel do professor se restringe em observar o aluno e auxiliar o seu processo de aprendizagem, tornando as aulas mais motivadas e dinâmicas, não rotulando, mas dando-lhe a oportunidade de descobrir suas potencialidades. E dos pais, procurar auxílio médico de modo a ajudar o aluno que apresenta problemas e realizar seu tratamento.

 

Fontes Consultadas:

http://www.personare.com.br/seu-filho-tem-dificuldade-para-aprender-m2124

http://noticias.terra.com.br/educacao/interna/0,,OI3146542-EI8266,00.html

http://educacao.uol.com.br/noticias/2012/10/11/crianca-com-muita-dificuldade-de-aprender-a-ler-pode-ter-dislexia-conheca-o-transtorno.htm

http://espacoeducar-liza.blogspot.com.br/search/label/Dislalia

http://revistadaesab.com/?p=326

 

Maria Delfina é Professora da Rede Municipal

E responsável pelo Blog Família do Portal Rioeduca.

E-mail: mariadrodrigues@rioeduca.net

Twitter: @mariadelfina11


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share