A A A C
email
Retornando 94 resultados para o mês de 'Março de 2013'

Sexta-feira, 29/03/2013

Reinauguração da E. M. Aspirante Carlos Alfredo

Tags: 5ªcre.

 

 Para a Escola Municipal 05.15.061 Aspirante Carlos Alfredo, o início do ano letivo foi arrebatador, reinauguração com novo prédio e premiação de aluno e responsável (mãe) presenteando a comunidade escolar com momentos de alegria e emoção. 

 

A Secretaria Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro abriu o ano letivo de 2013 na Escola Municipal 05.15.061 Aspirante Carlos Alfredo, em Turiaçu, Zona Norte do Rio, no dia 18 de fevereiro. A escola, que foi reinaugurada neste dia, contou com a presença da Secretária Municipal de Educação Claudia Costin, vários diretores de escolas, convidados, alunos e responsáveis.


A Escola Municipal Aspirante Carlos Alfredo atende a Classe Especial, a Educação Infantil e o Ensino Fundamental do 1° ao 6° ano, e foi construída atendendo aos moldes atuais de acessibilidade, contando com elevador, além de rampa de acesso ao segundo andar.


Gerindo este novo espaço, está a professora Tereza de Jesus Costa Santos Rocha, em parceria com sua grande equipe. 

 

É ela que nos apresenta seu entusiasmo pelo trabalho na educação, através de um belo relato.

 

"Certamente que um dia haveríamos de migrar para outro local, pois seria impossível permanecermos aqui durante as obras. Finalmente chega o dia da mudança e junto com ele um misto de alegria, esperança e saudade daquele local onde se reunia a "Família Aspirante" e agora, compensada com o carinho do Povo Presbiteriano. Por um ano e meio, estivemos alocados na Igreja Presbiteriana de Turiaçu, com salas separadas por divisórias, sem janelas, iluminação e som não tão adequados, desafiados pelo dia a dia a vencermos nossas próprias limitações, impulsionados pelas dificuldades surgidas. Nos acalentamos com o porvir que a cada dia estaria mais próximo."

 

 

E continua, "Acompanhamos juntamente com a comunidade, passo a passo, vendo a "menina" crescer e com ela a possibilidade de um sonho realizar-se. Não nos rendemos às contradições e aflições surgidas, quedas constantes de energia, calor intenso... Mas, os Projetos não cessaram. Dentre tantos, marcaram nossa memória: a "Semana de Alfabetização”, num intenso envolvimento dos professores de Sala de Leitura, Educação Física, Inglês, Artes, juntamente com os Professores Regentes, suas criatividades e compromisso com a Educação. Assim, abrilhantaram o pequeno espaço com uma belíssima exposição de trabalhos confeccionados pelos alunos, atividades físicas interdisciplinadas com alfabetização e culminando com a assinatura do Pacto de Alfabetização. A escola foi inaugurada tendo a honrosa presença da Senhora Secretária de Educação Claudia Costin e outras autoridades, realizando, naquela oportunidade, a abertura do ano letivo de 2013.

 

Hoje, estamos usufruindo das novas instalações com 16 turmas, da E.I. ao 6º ano Experimental, mais duas Classes Especiais. Pode-se dizer que nossa vida já voltou ao normal após esses 15 dias de aula (dia 05/03). Os projetos e investimento no nosso PPP – “Qualidade de Vida”, não podem parar e, no dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, promoveremos uma Palestra que traz como tema: Coisas de Mulher, através da Enfermeira Elenir do Posto de Saúde em Rocha Miranda. Ainda em março, retornaremos com o Xadrez na Escola, uma jogada inteligente, um trabalho voluntário feito pela Agente Administrativo tia Ruth. As novas instalações nos proporcionaram mesas para o jogo de xadrez no pátio da U.E. Temos ainda o compromisso de comemorar os 50 anos de existência da U.E. ocorrido em 6 de outubro passado, pois a obra não estava concluída, porém o presente já veio!!

 

Muitas novidades e oportunidades ótimas para os alunos desta maravilhosa escola, Projeto Ciência Hoje, Poesia na Escola, Escrevendo o Futuro. Além do que consideramos mais precioso: Projeto da Sala de Leitura, “Operação leitura, Eu apoio!”. Temos como desafio maior, alfabetizar e consolidar a alfabetização de alunos do 3° e 4° anos que estão no NCM.
Fica a você, o convite para visitar-nos!!

 

Estamos vivendo um tempo novo, pedimos forças a Deus para cumprirmos aquilo que sempre nos propusemos a fazer: Educação de Qualidade - "Educando crianças para não punir homens". Aprendemos na prática que adversidades bem administradas são oportunidades de crescimento!

Desejamos a todos um ano letivo cheio de vitórias com muita, mas muita leitura!!" 

 

Para a escola, foi um início de ano letivo espetacular!


 

 

 

 A EM Aspirante no Concurso Cultural “O Encanto dessa cidade é meu”

 

Além da alegria da reinauguração em fevereiro, aluno e mãe de aluna da escola sagraram-se vencedores no Concurso Cultural “O Encanto dessa cidade é meu”, promovido pelo Portal Rioeduca, com objetivos de homenagear a nossa cidade pelos seus 448 anos de existência e fomentar o gosto pela escrita de toda comunidade escolar. 

O aluno Tiago Souza Silva, turma 1501, com uma bela poesia (leia aqui) e Fabiana Andrade da Costa, mãe da aluna Fabrícia, turma 1502, com um texto de amor ao Rio (leia aqui).

 

Os dois vencedores, respectivamente, nas categorias: Aluno, de 10 a 13 anos, e Família, criaram textos, poético e narrativo, dando um toque de embelezamento a mais à nossa cidade.

 

Quando da entrevista, Tiago me relatou que adora esporte e pratica futsal três vezes na semana no Sport Club Madureira, além disso, adora ler e escrever, mas confessa que a escrita é seu forte. Tem na família seu suporte e fala com muito carinho da sua mãe, Sr.ª Jane.

 

 

Aluno Tiago Souza Silva, da turma 1501, junto da diretora da escola, profª Tereza. Abaixo, as profªs Regina, Representante do Rioeduca/5ªCRE, e Isis Jatobá, Regente da Sala de Leitura.

 


Quanto a Fabiana, mãe da aluna Fabrícia, disse em sua entrevista que optou por deixar de trabalhar fora em prol da educação das duas filhas, uma de quatro e a outra de quatro anos. Relatou, também, que o Concurso Cultural “O Encanto desta cidade é meu” reacendeu a vontade de voltar aos estudos, graduar-se em Administração.

 

 

Srª Fabiana junto da diretora da escola, prof.ª Tereza. Abaixo a Srª Fabiana junto a prof.ª das turmas 1501 e 1502, Ana Maria Magalhães, e da Sala de Leitura, Prof.ª Isis Jatobá.

 


Parabéns aos professores que incentivaram as turmas, envolvendo-os nesse processo, especialmente a diretora, prof.ª Tereza, a prof.ª das turmas 1501 e 1502, Ana Maria Magalhães, e da Sala de Leitura, professora Isis Jatobá.
 

Conheçam e acompanhem o blog da escola: http://emaspirantecarlosalfredo.blogspot.com.br/

 

Escolas e professores, participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos. Clique aqui para saber o e-mail do seu representante.

Mas, se você está com dificuldade de acessar seu e-mail do rioeduca.net, clique aqui e conheça o passo a passo de como abrir sua solicitação na Central de Gerenciamento.

 

Acompanhem e comentem nos blogs das Escolas da Rede Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro. 
 

Representante do Rioeduca na 5ªCRE _ Professora Regina Bizarro

Twitter: https://twitter.com/Rebiza

Facebook: Regina Biza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

                                


  

Sexta-feira, 29/03/2013

Reinauguração da Sala de Leitura da Escola Municipal IPEG

Tags: 10ªcre, evento, riocidadedeleitores..

 

Haydée Merola Junger, mãe das professoras Mara e Márcia, foi homenageada na Sala de Leitura que recebeu o seu nome.

 

 

A comunidade de Palmares esteve em festa! No dia 7 de março, foi comemorado o 81º aniversário da senhora Haydée Merola Junger, uma das primeiras moradoras do conjunto que fica localizado em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio de Janeiro. No dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, a Escola Municipal IPEG, da 10ª CRE, reinaugurou a Sala de Leitura que passou a denominar-se “Tia Haydée”.

 

Quem é a “Tia Haydée”? Que fatos justificam a escolha do seu nome para designar a Sala de Leitura da mais antiga escola municipal de Palmares?

 

Os alunos saíram em campo e foram pesquisar sobre a vida daquela senhora, mãe de cinco filhos, três homens e duas mulheres que estudaram na Escola Municipal IPEG.

 

Mara e Márcia Merola Junger são gêmeas, foram alunas e professoras da Escola Municipal IPEG, e “Tia Haydée”, desde sempre, foi e é “amiga da escola”, muito antes de qualquer campanha com este objetivo.

 

De acordo com informações obtidas a partir de reportagens publicadas no jornal “O Quilombo” e no “Boletim Palmares”, citadas no jornal “Quarteirão”, edição de março/abril de 2012, página 11, a família de Haydée Merola Junger veio morar em Santa Cruz no dia 30 de dezembro de 1967, no conjunto que havia sido criado no ano anterior pelo Instituto de Previdência do antigo Estado da Guanabara.

 

Na Escola Municipal IPEG, “Tia Haydée” é aquela pessoa lembrada sempre e cercada de carinhos e homenagens por todos que a conhecem há vários anos.

 

 


Na homenagem que foi prestada à “Tia Haydée”, na data comemorativa do “Dia Internacional da Mulher”, alunos da Escola Municipal IPEG declamaram poesias, fizeram a leitura de textos e relembraram fatos que marcaram aquela efeméride, inclusive contando episódios relacionados ao acontecimento do dia 8 de março de 1857, quando operárias de uma fábrica de tecidos que reivindicavam condições dignas no trabalho acabaram sendo sacrificadas. Cerca de 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato criminoso e desumano.

 

Atendendo ao pedido da sua filha Márcia Merola Junger, Haydée contou que também trabalhou, ainda criança e adolescente, em uma fábrica de tecidos, na época em que o Brasil estava participando da Segunda Guerra Mundial.

 

Haydée relembrou os fatos, mesmo sabendo da importância do seu trabalho como esforço de guerra, na sua persistência para continuar estudando no horário noturno, após sair da fábrica.

 

Para a reinauguração da Sala de Leitura, foi confeccionado um “banner” contendo fotos que marcaram alguns momentos da atuação da “Tia Haydée” na comunidade de Palmares e também na Escola Municipal IPEG.

 

 

 

 

 

 

 


Sinvaldo do Nascimento Souza
Representante do Rioeduca na 10ª CRE
E-mail: sinvaldosouza@rioeduca.net
Facebook.com/SinvaldoSouza
Twitter: @SinvaldoNSouza

 

 

 

 

 

                                      

 

 

 


  

Quinta-feira, 28/03/2013

Reaproveitamento Consciente dos Alimentos

Tags: família, saúde, meioambiente.

Na correria do dia a dia, não nos damos conta da importância das "sobras" de alguns alimentos que consideramos, muitas vezes, inaproveitáveis. Mas esses alimentos, como cascas, sementes, folhas e talos de frutas, podem ser utilizados, sim! Além de evitarem o desperdício, eles colaboram para uma melhor qualidade de vida, uma vez que são ricos em vitaminas e outros nutrientes.

 

A educação é um fator essencial até para o trato com os alimentos. Precisamos evitar o desperdício, promovendo o reaproveitamento integral de frutas e verduras. Com um pouco de criatividade, o que antes tinha como destino o lixo, passa a ser a refeição principal de muitas famílias. É possível criar várias receitas com cascas de frutas, talos, folhas, sementes e outros alimentos que não são considerados nobres.

 

 

Estudos mostram que a alimentação saudável e rica em nutrientes, imprescindível para o bom funcionamento do organismo, pode ser alcançada com partes de alimentos que normalmente são desprezadas pela população. Assim, o ideal é aproveitar tudo que o alimento pode oferecer como fonte de nutrientes.

 

Para evitar o desperdício, é importante atentar a todo o processo, que inclui a compra, a conservação e o preparo da comida. Na hora da compra, dê preferência a legumes, hortaliças e frutas da época. Para armazenar, escolha locais limpos e temperaturas adequadas a cada tipo de alimento. No preparo, não se esqueça de lavá-los bem, descascá-los com atenção e utilizar apenas a quantidade necessária para cada refeição.

 

O aproveitamento integral de legumes, verduras e frutas pode gerar até certa estranheza nas pessoas devido a pouca informação sobre os princípios nutricionais e sua forma de aproveitamento. Mas essa prática, como um todo, além de reduzir os gastos com alimentação, melhora a qualidade nutricional, especialmente em vitamina C, vitamina A, ferro, potássio entre outras vitaminas e minerais, já que em muitos alimentos, o teor nutritivo desses elementos é maior do que em relação à própria polpa.

 

 

 

Veja o que aproveitar:

 

  • Folhas de: cenoura, beterraba, batata-doce, nabo, couve-flor, abóbora, hortelã, mostarda, repolho, brócolis e rabanete.

  • Cascas de: batata inglesa, cenoura, chuchu, beterraba, abóbora, laranja, banana, abacaxi, mamão, maçã, pepino, berinjela, melão, maracujá, goiaba e manga.

  • Talos de: couve-flor, brócolis, beterraba, salsinha, couve e espinafre.

  • Entrecasca de: melancia e maracujá.

  • Sementes de: abóbora e melão.

 


Algumas dicas de como utilizá-los:

 

  • As cascas de frutas como goiaba e abacaxi podem ser batidas no liquidificador para virar sucos, que por sua vez podem ser aproveitados para substituir ingredientes líquidos no preparo de bolos.

  • A casca da laranja fresca é uma boa pedida para pratos doces à base de leite, como arroz-doce e cremes.

  • A parte branca da melancia pode virar um delicioso doce, preparado da mesma forma que o doce de mamão verde.

  • Cozinhe as verduras a vapor, assim elas conservam o seu valor nutritivo.

  • Evite consumir folhas com aparência amarelada.

  • Quando ralar a casca do limão, nunca chegue à parte branca, pois ela é amarga e pode prejudicar o sabor.

  • Talos de couve, agrião, beterraba, brócolis, salsa etc. contêm fibras e podem ser aproveitados em refogados como temperos no feijão, em ovos batidos e em sopas.

  •  Assim como a cenoura, suas folhas, também são ricas em vitamina A e podem ser utilizadas no preparo de tortinhas, sopas ou nas saladas.

  •  A água do cozimento das batatas acaba concentrando todas as vitaminas e pode ser aproveitada para fazer purê. Para isso, é só juntar leite em pó e manteiga.

  • As cascas da batata, depois de bem lavadas, podem ser fritas em óleo quente e servidas como aperitivo.

Vamos ver algumas receitas práticas e gostosas de fazer, reaproveitando o que antes se jogava fora :

 

 

Segue a dica de onde você poderá ver essas e outras receitas:

http://goo.gl/7tpgP

 

 

Portanto, as cascas, folhas e talos que iriam para o lixo podem ser bem aproveitados, ajudando na redução do desperdício, fazendo parte do seu plano alimentar e de sua família e servindo para suprir as carências nutricionais do organismo. E, ainda, tornará suas refeições mais diferentes e com maior valor nutritivo.

 

Maria Delfina é Professora da Rede Municipal

e responsável pelo Blog Família do Portal Rioeduca.

E-mail: mariadrodrigues@rioeduca.net

Twitter: @mariadelfina11

 

 

                               

 

 

 


  

Quinta-feira, 28/03/2013

O Encanto Desta Cidade é Meu. Muito Bom!

Tags: 4ªcre, concursos.

 

A cidade do Rio de Janeiro é agraciada por uma formação geográfica, onde terra e mar a fazem detentora de uma combinação visual ímpar. Assim, todo carioca  sente orgulho por ter certeza de viver em um dos lugares mais bonitos do planeta.

 

A proposta da redação para o Concurso “O encanto dessa cidade é meu” foi apresentada a partir da discussão de temas relacionados ao aniversário da cidade.


O trabalho nas turmas de 9º ano suscita uma discussão mais aprofundada, pois os alunos levantam questões positivas sobre a beleza da cidade, sua tradição, seus atributos naturais mas, também, os problemas inerentes a uma grande cidade.


Assim inspirei-me para escrever o texto, pensando nessa perspectiva...  Acredito que esse tipo de concurso promove o gosto pela escrita. E 2013 começou bem, com a produção textual das turmas de 9º ano, que receberam seus textos corrigidos para que pudessem aprimorar a prática textual. Parabéns ao Rioeduca pela iniciativa!

 

Fragmento do Relato enviado pela Professora Lília Paranhos Langhi – Língua Portuguesa – E.M. Odilon de Andrade

 

 

 

Conheçam O Poema “O Rio de Janeiro continua lindo!”, por Lília Paranhos Langhi

 

 

O ENCANTO DESTA CIDADE É MEU

Categoria I Professor

O encanto dessa cidade é meu

Lília F.G.T.Paranhos Langhi

Encantada...essa poderia ser uma palavra que bem substituísse o adjetivo que caracteriza nossa cidade MA-RA-VI-LHO-SA! O Rio de Janeiro tem essa particularidade, a de produzir encantamento, ainda que revele estranhamentos como qualquer outra grande metrópole.

Seus cantos revelam singularidades, entre morros e diferentes tons de verde, entre sons arrebatadores das comunidades, ecoando entre ruelas e grandes avenidas, cantos de força e de fé, de alegria e de celebração. Tão diferentes nos tons e semitons, tão iguais na essência, no jeito carioca de ser! Acolhedora a quem a visita, sedutora para quem procura conhecê-la, aos poucos a cidade encantada descortina sem pudores seus maiores atributos: a calçada sinuosa de Copacabana, a gente bacana que adora dar informações a um desconhecido, o povo trabalhador e feliz que circula pelos trens e BRT´s, cada degrau de fervorosa religiosidade expressa na escadaria da Penha, os foliões que ocupam os espaços urbanos atrás dos blocos ou desfilam seu orgulho sambista pela Avenida, todos parecem colaborar - a sua maneira - para dar vida à paisagem que, por si só, é uma obra-prima.

Feliz cidade essa, encantada, onde a informalidade impera, onde tive a felicidade de nascer. No subúrbio, Zona Oeste ou na Zona Sul, lugar de expressar o amor à vida, de celebrar o novo que agora se materializa entre tapumes e canteiros para se tornar internacional, de grandes eventos, com uma agenda de oportunidades para o carioca exercer seu melhor papel: o de anfitrião! Viva o Rio de Janeiro, a cidade encantada!

 

 

Ana Accioly é Professora da Rede Municipal

e Representante Rioeduca da 4ª Coordenadoria Regional de Educação

E-mail: anaaccioly@rioeduca.net

Twitter: @Ana_Accioly