A A A C
email
Retornando 6 resultados para a tag 'poesia'

Sexta-feira, 21/12/2018

Poesia na Escola 2018

Tags: gla, poesia na escola, coletânea.

Poesia na Escola 2018

 

 

No dia 30 de novembro, a Gerência de Leitura e Audiovisual promoveu a cerimônia de premiação dos autores dos textos das coletâneas do projeto Poesia na Escola 2018, no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian.


O projeto Poesia na Escola tem como objetivo difundir a leitura literária e a formação de leitores a partir do estímulo à produção de textos poéticos pelos membros das comunidades escolares da Rede, entre estudantes, seus responsáveis e profissionais da educação de diferentes funções.

 

.

Após as etapas locais, realizadas nas unidades escolares, e regionais, no âmbito das CREs, a equipe da GLA reuniu os poemas mais bem avaliados para comporem uma coletânea, a ser distribuída no formato digital aos autores e um exemplar impresso para cada autor, Gerências de Educação das Regionais e Bibliotecas Municipais Escolares.


Foi um momento lindo de celebração poética, com a leitura de poemas por alunos e professores, entrega de certificados e livros de presente aos premiados. Além disso, a arte-educadora Beth Araújo apresentou um número literomusical com algumas professoras da Rede que fazem parte do grupo Mulheres do Cordel, e a professora Fátima França nos levou belas palavras sobre a presença da poesia em nossas vidas.
 

 


 


A cerimônia contou também com a presença de representantes das Gerências de Educação das CREs e do chefe de gabinete da SME, professor Cláudio Maia, representando a professora Talma Suane, secretária municipal de educação. Vários participantes da ação elogiaram o projeto e falaram da importância de valorização da escrita poética dos estudantes, profissionais e responsáveis.

 

 "A coletânea Poesia na Escola 2018 exemplifica como esse encontro com a poesia no espaço escolar vale a pena. O contato com a poesia não deve se encerrar apenas com essa descoberta, é preciso dar continuidade à experiência da leitura, em outros contextos", diz a Gerente de Leitura e Audiovisual Heveny Mattos.

 

Apresentamos as coletâneas do projeto Poesia na Escola 2018, que reúnem os textos premiados de autoria de alunos e profissionais da Rede, além de responsáveis. Há duas coletâneas: a categoria I reúne os trabalhos de estudantes; já a II, os poemas dos profissionais e responsáveis.


Poesia na Escola Coletânea Alunos

 

Poesia na Escola Coletânea Profissionais e Responsáveis

 

Mais uma vez, as diferentes vozes de nossas unidades escolares, incluindo os profissionais do Nível Central e Coordenadorias, puderam exercer sua representatividade. Parabéns, poetas da Rede! 

 

Gerência de Leitura e Audiovisual

E/SUBE/GLA


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 06/11/2018

Resultado do concurso Poesia na Escola 2018

Tags: gla, poesia na escola, manoel de barros.

Resultado Poesia na Escola 2018

 

 

É com imensa alegria que a Gerência de Leitura e Audiovisual, na semana de encerramento da 1ª FLIRME – Festa Literária da Rede Municipal de Ensino, torna público o resultado do projeto Poesia na Escola 2018.

Desde abril, nossa imensa Rede, que envolve estudantes, responsáveis, professores, funcionários de apoio, bibliotecários e demais membros das comunidades escolares, bem como funcionários lotados nas Coordenadorias Regionais de Educação e Nível Central, foram sensibilizados pela arte da palavra, em diferentes atividades que tematizaram o fazer poético, como rodas de poesia, oficinas de leitura e saraus.

Da leitura, partiu o convite para a escrita, que no dizer de Manoel de Barros, homenageado da FLIRME, é um exercício constante de “carregar água na peneira”, em que podemos ser “noviça, monge ou mendigo ao mesmo tempo”, fazendo “peraltagens” e valorizando “despropósitos”. Assim, o trabalho envolveu preparação prévia, escrita, revisão, seleção nas escolas, envio de material à coordenadoria para posterior seleção pelas Gerências de Educação das CREs e, por fim, pela Gerência de Leitura e Audiovisual.

Acreditamos na importância de trabalhar desde a mais tenra idade o universo da poesia, sensibilizando nossas crianças, jovens e adultos para a riqueza que a leitura e produção literária podem proporcionar, envolvendo também toda comunidade escolar nesse processo.

As coletâneas dos poemas selecionados serão publicadas em formato digital no Portal Rioeduca e distribuídas em CD aos autores, bem como às Salas de Leitura Polo, Bibliotecas e GED.

 

Seguem os resultados:

 

Categoria 1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Categoria 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gerência de Leitura e Audiovisual

E/SUBE/GLA


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 07/11/2017

Poesia na Escola

Tags: mídia, poesia, escola.

 

 

Prezado(a) Leitor(a),

A Coletânea de Poemas dos Profissionais da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro chega, em 2017, a mais uma versão.

Assim como o poeta Manoel de Barros, acreditamos que há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira. Ler, escrever e falar sobre poesia é dar uma pausa na rotina, é pensar sobre o nosso lugar no mundo. E nada melhor do que refletir em meio à liberdade que as palavras poéticas proporcionam.

Desejamos que a leitura das palavras das próximas páginas, desarrumadas da linguagem do cotidiano, expressem a sensibilidade necessária ao nosso olhar. Que nossas escolas estejam repletas de educadores que estimulem os alunos, assim como o poeta sugeriu, a “transver o mundo” por meio da Literatura.
E viva a poesia!

Parabéns a todos os profissionais que compõem essa obra!
 

 

 

Prezado(a) Leitor(a),

A Coletânea de Poemas dos Alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro chega, em 2017, a mais uma versão.

Este material representa uma parte da Rede e expressa a riqueza dos nossos jovens, que têm muito a dizer. Ter voz na poesia causa estranho fascínio porque se diz sem dizer, torna-se um “apanhador de desperdícios”, como disse o poeta Manoel de Barros. Para ele há muitas maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira:

Uso a palavra para compor meus silêncios.
Não gosto das palavras
fatigadas de informar.
Dou mais respeito
às que vivem de barriga no chão
tipo água pedra sapo.

Desejamos que a leitura das palavras das próximas páginas incitem novos leitores e poetas a perceber como a poesia revigora, dá força e faz refletir sobre o mundo. E nada melhor do que refletir em meio à liberdade que as palavras poéticas, linguagem do cotidiano desarrumada, proporcionam.
Que nossas escolas estejam repletas de alunos conhecedores da importância da sua palavra escrita, sensíveis ao encantamento da Literatura!

E viva a poesia!
Parabéns aos nossos alunos poetas!
Que o bicho inquietante da poesia se torne de estimação!
 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 02/05/2017

Poesia enCena

Tags: mídia, educação, curso, poesia, cena.

 

 Atenção, professores e bibliotecários!

 

A Gerência de Mídia-Educação está abrindo inscrições para a formação Poesia enCena, coordenada e dinamizada pela atriz e arte-educadora Beth Araújo.

A formação objetiva apresentar os diferentes profissionais às diversas modalidades de poesia, por meio da leitura de poemas e oficinas de práticas interpretativas, sensibilizando os participantes no entendimento dos variados processos poéticos.

Haverá três turmas, cujas aulas acontecerão no auditório da Livraria Florescer/ Editora Rovelle (Rua Sacadura Cabral nº 144 – Centro).


Links para inscrição:

Turma A: https://goo.gl/UZJX2j

Maio: 08/05, 15/05, 22/05 e 29/05
Junho: 05/06
Horário: das 08h às 12h

 

Turma B: https://goo.gl/WY3RWK

Maio: 08/05; 15/05, 22/05, 29/05
Junho: 05/06
Horário: 13h às 17h

 

Turma C: https://goo.gl/GrVz2Y

Junho: 12/06, 19/06, 26/06
Julho: 03/07, 10/07
Horário: 8h às 12h 

 

 

E/SUBE/CED/Mídia-Educação


   
           



Yammer Share