A A A C
email
Retornando 53 resultados para a tag 'do'

Segunda-feira, 10/12/2018

Homenagem à professora Fátima Bispo

Tags: homenagem, gpec, herois do tabuleiro.

 

Homenagem à professora Fátima Bispo

 

 

No dia 06 de dezembro de 2018, a professora Fátima Bispo recebeu uma merecida homenagem na Câmara Municipal do Rio de Janeiro pelo seu belíssimo trabalho à frente do projeto Herois do Tabuleiro. O Projeto existe há 8 anos, atende hoje a 96 escolas e a cerca de 25 mil alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino.

Neste ano, ocorreu o VIII Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Herois do Tabuleiro, reunindo na Arena I do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, cerca de 2000 alunos.

Fazemos nossas, as palavras da professora Luzinete que a homenageou:

 

“Um sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas um sonho que se sonha junto, se torna realidade...”

“Alguém que acredita no poder da Educação e que tem compromisso com a Educação Pública de Qualidade.”

 

Obrigada, professora Fátima Bispo, pela sua dedicação e contribuição em prol de um futuro melhor aos nossos alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro.

 

Clique aqui e confira o VIII Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Heróis do Tabuleiro/SME, ocorrido em 22 de novembro de 2018.

 

Texto enviado por Janne Viterbo - E/SUBE/GPEC


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 29/11/2018

VIII Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Heróis do Tabuleiro/SME

Tags: xadrez, heróis do tabuleiro.

 

Xadrez: Pura magia... Puro encantamento...

 

O VIII Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Heróis do Tabuleiro/SME realizado no dia 22 de novembro de 2018 na Arena Carioca I do Parque Olímpico da Barra da Tijuca impactou alunos, professores, responsáveis presentes e o público em geral não só pela grandiosidade - em números: 2000 alunos, 220 professores, 2000 cadeiras, 1000 mesas, 50 ônibus, 4000 lanches, 2 ½ toneladas de lixo reciclável recolhidos em uma Arena de 3200m2 - mas também, pela concentração de emoções.

 

 

O Encontro marcou, celebrou e jogou luz sobre o trabalho invisível do cotidiano das salas de aula de xadrez em cada uma das 96 escolas participantes e sobre a intervenção/mediação pedagógica diária junto a mais de 25000 alunos abrangidos.

 

Alí juntos estavam alunos autistas, do PEJA, com dificuldades de aprendizagem, alunos regulares, pequenos, grandes ... ali estavam os alunos da Rede Municipal de Ensino da cidade do Rio de Janeiro.

 

Depoimentos de professores expressam outra dimensão grandiosa do evento:

 

“Essa aluna, (...), viu no xadrez um meio de mudar, de ter perspectiva de vida. A escola toda fala que era horrível, sem modos, batia pra caramba, e agora mudou muito. A aluna até pede para ficar comigo quando eu vou dar aula pro 1º ano. (...) A mãe não via mais luz. A mãe foi ontem no torneio ver a filha e os sobrinhos. A mãe tá vendo luz agora. (...) Um mundo está se abrindo. Uma vida com vida agora.”

 

Para os alunos muitas novidades: o acesso a Arena, palco dos Jogos Olímpicos, a participação em um evento de xadrez, que para a grande maioria o primeiro, compor um evento escolar dessa magnitude.

 

O Encontro está tão introjetado na cultura do Projeto Heróis do Tabuleiro que os professores protagonizam várias iniciativas, como é o exemplo da Profa. Simone Domingues que fez, de forma artesanal, os banneres que serviram de fundo para a premiação.

 

 

Ao final tivemos a parceria do Projeto Planetário “O astrônomo vai a escola” com a exibição do filme “Planetário vai a escola” além da preciosa interação entre o astrônomo Alexandre Shermann e os alunos presentes.

 

A GPEC/SME não teria condições de realizar um evento dessa monta sozinha. Contamos com parcerias fundamentais para garantir o sucesso do Encontro. A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) gentilmente nos cedeu o espaço e a estrutura de ponta da Arena I. A ASSIM SAÙDE nos proveu o posto médico, sem o qual o evento não seria autorizado pelo Corpo de Bombeiros. Tivemos também a colaboração do DJ Macarrão que gentilmente operou o som e uniu forças com a Multirio para a sonorização do evento. E por fim, mas não menos importante, a COMLURB que nos ajudou na gestão do lixo gerado, assim como a destinação dos recicláveis para um local adequado, manutenção e limpeza do local. 

 

A todos o nosso muito obrigado!

 

A projeção para 2019 é reunir 10.000 alunos e entrar para o Guinness Book como maior evento de xadrez escolar do mundo.

 

Parabéns a todas as escolas participantes:

 

 

 

Enviado por:

Fátima Bispo - Projeto Heróis do Tabuleiro


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 22/11/2018

Xadrez reúne nesta quinta (22/11) 2 mil alunos da rede Pública de Ensino do Rio na Arena 1

Tags: xadrez, heróis do tabuleiro.

O xeque-mate da garotada!

Evento de Xadrez reúne nesta quinta(22/11) 2 mil alunos da Rede Pública de Ensino do Rio na Arena 1 do Parque Olímpico.

 

É xeque-mate na certa! Nessa quinta-feira, dia 22 de novembro, dois mil estudantes da Rede Municipal de Ensino participam, na Arena 1 do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, do maior evento de xadrez escolar do Brasil: o 8º Encontro Anual de Alunos de Xadrez do Programa Heróis do Tabuleiro, da Secretaria Municipal de Educação.

 

Com idades entre 6 e 14 anos e frequentando classes do 1º ao 9º ano de 96 escolas municipais de todas as 11 Coordenadorias Regionais de Educação, os estudantes vão mostrar suas habilidades das 8h30 às 15h. A maratona enxadrística colocará a garotada frente a frente em mil mesas.

 

Divididos em categorias de conhecimento do jogo, os alunos vão movimentar reis, rainhas, peões, torres e cavalos durante todo o encontro. Após cada partida, os jogadores formarão novas duplas.

 

As disputas serão realizadas em quatro categorias: A1 - Batalha dos Peões simples; A2- Batalha de peões com promoção – aqui entram bispos, torres e damas; Xadrez Inconsistente, para os que já sabem movimentar todas as peças, mas ainda precisam de mais prática para corrigir eventuais erros; e Xadrez Consistente, voltada para os que têm domínio pleno do jogo. O evento conta com o apoio de 200 professores nas funções de monitor e árbitro.

 

A garotada que não estiver grudada nos mil tabuleiros, estará de olhos abertos e com câmeras e celulares nas mãos. É a turma dos youtubers, das lives, dos microblogs, pronta para fazer registros e textos para páginas e blogs das escolas com a hashtag #heroisdotabuleiro2018.

 

“Estamos trabalhando o evento de todas as formas, inclusive a pedagógica, e também com ações voltadas para o meio ambiente. Com a cobertura deles teremos a produção de textos, de imagens, isso sem falar no desenvolvimento do raciocínio”, enumera Fátima Bispo, coordenadora do Heróis do Tabuleiro. Durante o evento, os alunos e professores participantes também serão orientados a separar o lixo orgânico e reciclável.

 

Criado em 2011, o Heróis do Tabuleiro tem como objetivo incorporar aulas de xadrez na grade curricular de escolas com baixo rendimento. A disciplina é ministrada por professores de Educação Física capacitados na metodologia do projeto. Atualmente mais de 20.500 alunos do 1º e 2º segmento de 96 escolas municipais são beneficiados com um tempo por semana com aulas de xadrez.

 

O jogo ajuda na aquisição e no desenvolvimento da leitura, da escrita e dos cálculos, através da potencialização das funções executivas e cognitivas como atenção e concentração, por exemplo. O xadrez também auxilia no desenvolvimento da capacidade de argumentação, da administração de conflitos e no desenvolvimento da empatia.

 

Fonte: ASCOM SME


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 06/11/2018

SME abre inscrições para Programa Anual de Bolsas de Estudos de Mestrado e Doutorado

Tags: bolsas de estudo, mestrado, doutorado, epf.

 

 

COMUNICADO

 

 

A Secretaria Municipal de Educação, através da Escola de Formação Paulo Freire, abre nesta quinta-feira (01/11) as inscrições para o Programa Anual de Bolsas de Estudos de Mestrado e Doutorado destinado aos professores da Rede Municipal. Os interessados têm até o dia 30 de novembro para se candidatar a uma das 100 bolsas de estudos no valor de R$ 1.300,00 que serão concedidas pelo período de 12 meses. O Programa é um incentivo ao desenvolvimento de projetos de pesquisa que visem à melhoria das práticas educacionais nas unidades escolares da SME.

Os professores candidatos às bolsas de estudos precisam ter, no mínimo, cinco anos de efetivo exercício na Secretaria, com homologação do Estágio Probatório. Não podem estar em regime de função gratificada, cargo em comissão ou ocupando cargo ou emprego público na administração pública de outros entes federativos.

É necessário que o candidato apresente seu Projeto de pesquisa e um Memorial que aponte a articulação entre o estudo desenvolvido, sua prática pedagógica e a proposta educacional da SME, tendo relação com temas como Ensino/Aprendizagem - Métodos e Técnicas; Gestão Educacional; e Avaliação de Programas e de Experiências.

Os projetos inscritos serão analisados e selecionados por uma banca formada por profissionais convidados pela Escola de Formação Paulo Freire. Entre os critérios de classificação estão: compatibilidade da pesquisa com a prática pedagógica e com interesses de conhecimento no âmbito da SME; Projetos de Pesquisa - consistência e qualidade; e Currículo Lattes.


As inscrições devem ser feitas no Centro de Referência da Educação Pública da Cidade do Rio de Janeiro - Anísio Teixeira, na Escola de Formação Paulo Freire.


O resultado com a lista de contemplados será publicado em janeiro de 2019 no Diário Oficial. O edital com as regras para as inscrições foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (31/10), página 65 e página 66.


 


Mais informações no site da Escola de Formação Paulo Freire

(http://epf.rioeduca.net/).


Acesse a publicação completa no Diário Oficial em:

http://doweb.rio.rj.gov.br/apifront/portal/edicoes/imagem_diario/3961/59/zoom
 


   
           



Yammer Share