A A A C
email
Dicas, prática pedagógica, troca de experiências.
Retornando 11 resultados para o mês de 'Julho de 2016'

Sexta-feira, 29/07/2016

Chamada de Artigos - Formação de Professores

Tags: artigos, formação, professores.

 

 

 

A Revista Carioca de Educação Pública – RECEP – é um periódico eletrônico, quadrimestral, do Centro de Referência da Educação Pública da Cidade do Rio de Janeiro – Anísio Teixeira, da Escola de Formação do Professor Carioca Paulo Freire.

O objetivo da RECEP é fomentar o exercício reflexivo acerca dos processos de ensino-aprendizagem e dos contextos nos quais esses ocorrem, oportunizando indagações, a busca de respostas sobre a prática e a tomada de consciência sobre o próprio processo de transformação docente. Nessa perspectiva, a RECEP constitui espaço e veículo para publicação de artigos dos Professores da Rede Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro. Estimula-se, dessa forma, a escrita autoral sobre os saberes docentes e sua divulgação por meio de artigos de inspiração acadêmica. O periódico em destaque, ainda, representa um valioso subsídio à formação continuada dos professores nos diferentes espaços/tempos formativos.

 

Para o segundo número, a RECEP traz o tema “Formação de Professores” e propõe uma abordagem em diversas dimensões de formação, dentre outros:

  • o professor iniciante;
     
  • a formação interdisciplinar;
     
  • a formação de professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental;
     
  • a formação de professores da Educação Infantil,
     
  • a formação de professores do EJA;
     
  • a importância da escola como lócus de formação do professor da Rede;
     
  • a influência da formação na prática dos professores.

 

Os professores autores, interessados em participar desse segundo número, deverão submeter seus artigos de acordo com as orientações disponibilizadas, no primeiro número da Revista, na última página, e enviá-los até o dia 31/08/16 para o email recep.crepat@rioeduca.net

 

Este espaço é seu, professor(a)!

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 28/07/2016

Informativo Multirio - 28 de julho

Tags: multirio, informativo.

 

 

Multirio | News Ascom

MultiRio Siga-nos no Twitter
Clique

Diversão e aprendizado com minigames da MultiRio

A Empresa disponibiliza on-line dois novos minijogos: Tem a Ver com o Quê? e Racha-Cuca. Além de entreter e divertir, os lançamentos estimulam o raciocínio lógico a partir de desafios em quatro níveis de dificuldade. O primeiro, inspirado em um tradicional jogo de tabuleiro,apresenta figuras diversas para serem correlacionadas pelo participante. O game conta com um personagem que reage às respostas, indicando se a escolha está correta ou não, e possui aspectos semelhantes aos dos testes de QI, que usam códigos em suas perguntas. Já em Racha-Cuca, similar a um quebra-cabeça, o jogador deve mover as peças para montar uma imagem, exercitando as noções de organização e espaço. Os minigames da MultiRio abrangem diferentes faixas etárias, a partir da educação infantil (3 a 5 anos, 6 a 8 anos, 9 a 11 anos e maiores de 12 anos), e estão disponíveis na área de Jogos Educativos do Portal e na versão para smartphone (Android), com download gratuito na loja do Google Play.

Trabalho, serviços e lazer convivem em Botafogo

Casarões do século XIX e XX coexistem em harmonia com as construções recentes no bairro, que é um dos principais polos comerciais da cidade. Leia no Portal MultiRio.

Siga-nos no TwitterA MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra no Portal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: twitter.com/multirio
MultiRio

Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.

Tel: 1746/Fora RJ: (21) 3460-1746 • ouvidoria.multirio@rio.rj.gov.br

 

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 26/07/2016

Avaliação Nacional da Alfabetização - ANA

Tags: avaliação, nacional, alfabetização.

 

 

 

REPRESENTAÇÃO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO EM BRASÍLIA
DOU Nº 141, Seção 1 de 25 de julho de 2016
Ministério da Educação

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

PORTARIA Nº 410, DE 22 DE JULHO DE 2016



O PRESIDENTE DO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP, no exercício de suas atribuições, conforme estabelece os incisos I e VI, do art. 16, do Decreto nº 6.317, de 20 de dezembro de 2007, tendo em vista o disposto na Portaria MEC nº 369, de 5 de maio de 2016, na Portaria INEP nº 482, de 7 de junho de 2013, e na Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, resolve:

Art. 1º Fica estabelecida, na forma desta Portaria, a estratégia para a realização da Avaliação Nacional da Alfabetização - ANA, no ano de 2016.

Parágrafo único - O Inep realizará a ANA 2016 em regime de colaboração com as Secretarias Estaduais, Municipais e Distrital de Educação.

Art. 2º Constituem objetivos específicos da ANA:

I - estimular a melhoria dos padrões de qualidade e equidade da educação brasileira;
II - subsidiar a elaboração de políticas educacionais para o ciclo de alfabetização;
III - aferir o nível de alfabetização e letramento em Língua Portuguesa e alfabetização em Matemática dos estudantes ao final do 3º ano do ensino fundamental, por meio de testes de leitura, escrita e matemática;
IV - produzir indicadores sobre o contexto em que se realiza o trabalho escolar.

Art. 3º Participarão da ANA 2016 todas as escolas públicas urbanas e rurais que possuam pelo menos 10 (dez) estudantes matriculados em turmas regulares do 3º ano do ensino fundamental organizado no regime de nove anos.

a) A população a ser avaliada será definida com base nas informações coletadas em caráter preliminar pelo Censo da Educação Básica 2016 até o dia 31 de agosto de 2016.
b) Não serão avaliadas as turmas Multisseriadas e as turmas de Correção de Fluxo.

Art. 4º A ANA 2016 será realizada no período de 14 a 25 de novembro de 2016 em todas as escolas do território nacional que cumpram o disposto no Art. 3º.

I - Em cada uma das turmas das escolas participantes, a aplicação da ANA 2016 terá duração de dois dias.
II - No primeiro dia, serão aplicados os testes de Leitura, com uma hora de duração, e de Escrita, com 30 minutos de duração.
III - No segundo dia, serão aplicados os testes de Matemática, com uma hora de duração.

Art. 5º A partir do dia 1º de outubro de 2016, as escolas participantes serão contatadas para agendamento da aplicação da ANA 2016.

Art. 6º Os estudantes com deficiência, transtornos globais ou específicos do desenvolvimento, síndromes ou outras necessidades especiais poderão participar da ANA 2016, desde que estejam devidamente registrados no Censo Escolar 2016 conforme estabelece o Art. 3º desta Portaria.

I - Todos os estudantes que se enquadrem no escopo do Art. 6º terão direito a tempo adicional de 20 minutos para cada um dos três testes a serem realizados.
II - Cada estudante com cegueira será atendido em sala exclusiva e a ele serão oferecidos:
a) Testes de Leitura, Escrita e Matemática adaptados em Braille;
b) Profissional ledor e transcritor;
c) CD com áudio para apoio aos testes.
III - Cada estudante com surdez será atendido em sala exclusiva e a ele serão oferecidos:
a) Testes de Leitura e de Escrita adaptados;
b) Teste de Matemática em Videolibras em DVD;
c) Profissional intérprete de Libras.
IV - Cada estudante com surdocegueira será atendido em sala exclusiva e a ele serão oferecidos:
a) Testes de Leitura, Escrita e Matemática adaptados em Braille;
b) Teste de Matemática em Videolibras em DVD;
c) CD com áudio para apoio aos testes;
d) Profissional Guia-intérprete.
V - Os estudantes com baixa visão receberão testes em formato ampliado e, sempre que possível, realizarão os testes na mesma sala de sua turma regular.
VI - Os estudantes que possuírem outras deficiências serão atendidos com recursos e profissionais oferecidos exclusivamente pela escola participante da avaliação.
VII - Sempre que a escola considerar necessário e desde que ela informe no agendamento da aplicação, os profissionais que rotineiramente acompanham os estudantes com deficiência poderão estar presentes durante a realização dos testes.

Art. 7º Devido às particularidades de seus projetos políticos pedagógicos, as escolas indígenas assim informadas no Censo da Educação Básica poderão optar por não participar da ANA 2016, desde que informem sua opção na ocasião de agendamento da aplicação.

Art. 8º Os resultados preliminares da ANA 2016 poderão ser acessados pelos diretores escolares em maio de 2017, por meio de sistema específico on-line, disponível no Portal do Inep.

Art. 9º O diretor escolar terá 15 dias consecutivos após a divulgação dos resultados preliminares para realizar a interposição de recursos junto ao Inep, em sistema específico on-line, disponível no Portal do Inep, apresentando as justificativas que fundamentam a solicitação.

a) Somente serão aceitos recursos encaminhados no prazo e na forma estabelecidos por esta Portaria.
b) O Inep analisará e emitirá resposta aos recursos no prazo de até 30 (trinta) dias após o término do prazo de interposição de recursos.

Art. 10º Em conformidade com o Art. 11, inciso I do § 1o da Lei n º 13.005, de 25 de junho de 2014, serão divulgados os resultados das escolas que cumprirem, cumulativamente, os seguintes critérios:

a) Registrar, no mínimo, 10 (dez) estudantes presentes no momento da avaliação.
b) Alcançar taxa de participação de, pelo menos, 80% (oitenta por cento) dos estudantes matriculados no 3º ano, conforme dados do Censo Escolar 2016.

Art. 11 Serão divulgados os resultados dos municípios que cumprirem, cumulativamente, os seguintes critérios:

a) Registrar, no mínimo, 10 (dez) estudantes presentes no momento da avaliação.
b) Alcançar taxa de participação de, pelo menos, 50% (cinquenta por cento) dos estudantes matriculados no 3º ano, conforme dados do Censo Escolar 2016.

Art. 12 Serão divulgados os resultados das Unidades da Federação que alcançarem taxa de participação de, pelo menos, 50% (cinquenta por cento) dos estudantes matriculados no 3º ano, conforme dados do Censo Escolar 2016.

Art. 13 Os resultados finais da ANA 2016 apresentarão a distribuição percentual dos estudantes em cada um dos níveis da escala de proficiência, por área do conhecimento, para escolas, municípios e estados, além de indicadores sobre as condições em que ocorre o trabalho pedagógico escolar.

Art. 14 Até agosto de 2017, todas as escolas que cumprirem o disposto no Art. 9º desta Portaria terão acesso a seus resultados finais por meio do Boletim da Escola, disponível no Portal do Inep.

Art. 15 Até agosto de 2017, todos os municípios que cumprirem o disposto no Art. 10 terão acesso aos seus resultados finais por meio do Painel Educacional do Município, disponível no Portal do Inep.

Art. 16 Até agosto de 2017, todos os Estados que cumprirem o disposto no Art. 11 terão acesso aos seus resultados finais por meio do Painel Educacional do Estado, disponível no Portal do Inep.

Art. 17 Após a publicação dos resultados finais, o Inep realizará reuniões de divulgação, na modalidade presencial ou à distância, com as equipes do Ministério da Educação, do Conselho Nacional de Educação e das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação.

Art. 18 Até Novembro de 2017, o Inep realizará pelo menos uma Mesa Pública de Análise dos resultados finais da edição 2016.

Art. 19 Até dezembro de 2017, estarão disponíveis o Relatório e os Microdados da Avaliação.

Art. 20 Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.


MARIA INÊS FINI

 

PORTARIA INEP Nº 410 ANA
 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 21/07/2016

Atualização de Cadastro e Novos Procedimentos para Acerto da Vida Escolar

Tags: circular, sga, alunos, cadastro.

 



 



 


Rio de Janeiro, 07 de julho de 2016.


Assunto: NOVOS PROCEDIMENTOS PARA ACERTO DE VIDA ESCOLAR DOS ALUNOS


Comunicamos que, visando à agilização do atendimento aos acertos de vida escolar dos alunos, implantamos melhoria no SGA – Sistema de Gestão Acadêmica, criando nova funcionalidade, para que, a partir de agora, o Gerente da GED possa efetuar a abertura de COC do ano corrente, liberando os acertos de avaliações e frequências relativos ao ano letivo em curso.

Acesse o texto completo clicando no link: Circular E/SUBE nº 47

 

 

Assunto: ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO DOS ALUNOS NO SGA

 

Considerando a importância de ter os dados referentes aos alunos atualizados, o que facilita o contato da escola com os responsáveis, e atendendo a solicitação do Ministério Público, para suas ações de proteção à criança e ao adolescente, solicitamos a realização de atualização dos dados cadastrais dos alunos na quinzena de 11 a 22 de julho do corrente ano, em todas as Unidades Escolares.

Acesse o texto completo clicando no link: Circular E/SUBE nº 48

 

 


 



                            



 


   
           



Yammer Share