A A A C
email
Dicas, prática pedagógica, troca de experiências.
Retornando 13 resultados para o mês de 'Dezembro de 2015'

Segunda-feira, 28/12/2015

Concurso Cultural Rioeduca: Produção Textual no Ensino Fundamental

Tags: concurso, resultado, andrea ramal, produção textual.

 

 

 

 

ENEM e novo livro de Andrea Ramal, Redação excelente para ENEM e Vestibulares, foram referências para um concurso cultural promovido pelo Portal Rioeduca, que visou fomentar a reflexão da importância do ensino de produção textual na Educação Fundamental.

 

 

 

Fizemos uma pergunta em nossas redes sociais: “Qual a importância do ensino de produção textual no Ensino Fundamental?”, onde as melhores respostas seriam premiadas com exemplares gentilmente cedidos pela autora Andrea Ramal.

A seguir uma entrevista exclusiva com a autora sobre o livro, dicas, internet como aliada e uma reflexão sobre o tema da redação do ENEM neste ano. Confira!

 

Andrea Ramal

 

RIOEDUCA: O livro tem como foco a redação excelente e busca apresentar modelos. Contudo sabemos que uma base consistente da prática textual é fundamental para o sucesso da dissertação. Pensando nisso, como avalia hoje o ensino da produção textual no Ensino Básico?

ANDREA RAMAL: O ensino de produção textual precisa estar mais ligado a leitura e interpretação de textos, pois o repertório cultural conta muito na hora escrever. No Enem e nos vestibulares, a dissertação segue uma fórmula que os alunos podem exercitar bastante, para se preparar, mas não basta que ele entregue uma "introdução - desenvolvimento - conclusão" com uma mensagem vazia. Escrever bem envolve relacionar ideias, confrontar posicionamentos, expor argumentos, usar mecanismos linguísticos para dar coesão e coerência na ligação das frases... Isso se aprende lendo, conhecendo textos bem escritos, "frequentando" a boa literatura.

 


RIOEDUCA: O livro apresenta alguns "segredos" para evitar erros que tiram pontos. Quais seriam hoje os desvios mais comuns entre os alunos?

ANDREA RAMAL: O primeiro erro é a lógica do texto: muitos estudantes escrevem as ideias sem uma sequência bem estruturada, sem conectivos adequados para ligar os argumentos. A outra se liga ao uso da norma culta de língua portuguesa. Regência verbal e nominal, concordância, crase e até ortografia são vilões que podem tirar muitos pontos. Por fim, outra dificuldade comum é o repertório cultural restrito. Um bom texto pode conter, por exemplo, dados históricos, relação entre conhecimentos de várias áreas, relatos de como outros países enfrentam o problema discutido, citações de autores que sejam referência no assunto... Para escrever bem, há que estar antenado e ler muito.

 


RIOEDUCA: O tema do ENEM em 2015 foi a persistência da violência contra a mulher no Brasil. O que achou do tema escolhido e como um aluno pode se preparar para que apresente bons argumentos e um repertório sócio-cultural diversificado em sua redação?

ANDREA RAMAL: Gostei muito, um tema pertinente e atual, que além de permitir ao aluno refletir sobre o problema, suas raízes históricas e as possíveis soluções, fez com que essa questão chegasse a milhões de lares brasileiros, através dos candidatos que fizeram a prova. Para se preparar para temas como este e outros, o aluno precisa ler jornais e revistas de atualidades, textos de comentaristas que fazem análises críticas sobre os principais desafios do mundo de hoje e, além disso, estar afiado nos conhecimentos de história, pois em geral, os problemas de hoje não começaram agora e podem ser mais bem compreendidos à luz de certos fatos, costumes e valores do passado.


RIOEDUCA: Na sociedade atual os jovens estão cada vez mais conectados e atuantes nas redes sociais. Como utilizar esse cenário como estratégia para trabalhar Redação?

ANDREA RAMAL: A internet pode ser bem útil nesse caso, pois é possível encontrar diversas visões para um mesmo problema, o que amplia a capacidade de análise global dos fatos. Porém, há que ter cuidado para não misturar as linguagens. Por exemplo, nas redes sociais usamos símbolos, abreviaturas, emoticons, que não são permitidos num texto formal. Há também que ir além dos conteúdos vazios e de muitas análises rasas que encontramos nas redes, buscando material e fontes de qualidade.

 

_________________________________________________________________________________________________

 

Abaixo as 12 Respostas vencedoras postadas nas redes sociais com a hashtag #RedacaoRioeduca.

 

“Qual a importância do ensino de produção textual no Ensino Fundamental?”

 


Vera Nácia Duarte Franco no Facebook


Oportunizar os alunos a exercitar a comunicação escrita é um ato de cidadania que gera uma prática, numa concepção dialógica e interativa, não é um ato solitário, embora se aperfeiçoe no esforço individual.


Edson Ferreira Soares no Yammer


Acredito que o ensino de produção textual contribui para o empoderamento do aluno ao permitir que ele articule opiniões, saberes e desejos, reforçando o papel da escola na formação do cidadão crítico e capacitado para atender às demandas do mundo atual. Gratidão!


Iza Maria Vieira dos Santos no Yammer


Textualizar o pensar é uma tarefa complexa até para muitos adultos, por isso, desde os primeiros anos do ensino fundamental devemos promover esse hábito entre os alunos da rede pública com objetivo de tornar a tarefa mais simples a medida que o ato de pensar se torna cada vez mais abrangente e complexo. Escrever sobre o que se pensa, sobre o que se faz, sobre o que se vê, sobre o que se quer é de extrema importância.


Vania Black no Twitter


A escrita é a emancipação do pensamento, quem escreve produz um pensamento.


Leandro Valle Pimentel no Yammer


O ensino de produção textual no ensino fundamental norteia a relação entre escrita e leitura, abrindo desta forma um universo de caminhos e visões que culminam em cidadãos críticos, criativos e transformadores.


Maria Portugal Velasco no Yammer


Produção de Texto no Ensino Fundamental: escrita e compreensão da Língua Portuguesa. Exercício de Cidadania!


Ana Cristina Possidonio de Souza Figueiredo no Yammer


O ensino de Produção Textual auxilia nossos alunos a organizar no texto todas as informações, vivências e conhecimentos que possuem. Na maioria das vezes o problema não é o assunto a ser abordado, mas como produzir esse texto, como organizar essa fala de forma a ser entendido pelo outro.


Tatiana Barros no Twitter


Para eliminarmos um grande mal pela raiz: analfabetismo funcional.

 

Maria Stélla Delgado Soares Pacheco no Facebook

É através da produção escrita que observo as dificuldades de meus alunos e trabalho coletivamente e individualmente com eles.


Cecilia Amancio no Yammer


Ensinar a produzir textos é importante para que o aluno perceba que a fala e a escrita são as melhores formas de expressão e de manifestação de nossos sonhos!


EM Albert Einstein no Twitter


A produção textual proporciona uma postura ativa, reflexiva e crítica dos alunos a respeito dos temas e dos gêneros abordados.


Sheila Cruz no Twitter


Produzir textos é mais que escrever, é colocar no papel as experiências vividas e acumuladas.

 

 

Os autores das frases poderão retirar seus livros na Rua Afonso Cavalcanti, nº 455, sala 443, Cidade Nova – RJ, de segunda a sexta, entre 9h e 18h, a partir do dia 29/12/2015.

Para mais informações o telefone é o 2976-2351 ou pelo e-mail comunicacao.educopedia@rioeduca.net.

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 15/12/2015

Programa Anual de Bolsas de Estudos de Mestrado e Doutorado

Tags: bolsa, mestrado, doutorado.

 

 

 

 

 

Estão abertas, entre os dias 25 de novembro e 23 de dezembro de 2015, as inscrições para o Programa Anual de Bolsas de Estudos de Mestrado e Doutorado para Professores da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro.

Para mais informações acessem as páginas 54 a 56 do Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro do dia 25/11/2015 ou entrem em contato através do endereço eletrônico: crepatsme@rioeduca.net ou pelo telefone 2253-1050.



Programa Anual de Bolsas de Estudos de Mestrado e Doutorado para Professores da Secretaria Municipal de Educação do Rio De Janeiro.

 


Valorizando os professores da nossa rede!


Divulgue. Participe.

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 10/12/2015

Informativo MultiRio - 10 de dezembro

Tags: informativomultirio.

 

 

Multirio | News Ascom

MultiRio Siga-nos no Twitter
Clique

A literatura jovem em destaque em Como Assim?

A popularização do acesso à internet e o advento das redes sociais modificou o comportamento das pessoas nas mais diferentes áreas, inclusive na relação entre leitor e escritor. Nesta semana, Como Assim? mostra como a nova geração se relaciona com o universo dos livros. O programa destaca as diferenças existentes entre os jovens leitores de hoje e os de gerações anteriores, mostra de que forma a tecnologia influencia no processo de escrita e da crítica literária. A importância da escola na formação de novos leitores e o comportamento atual do mercado editorial brasileiro também são temas tratados no programa. Como Assim? vai ao ar, ao vivo, nesta sexta-feira (11), às 14h, no canal MultiRio (26 da NET) e na BandRio. Participe!

Atitude Consciente traz dicas para “detox digital”

Você sabe o que é nomofobia? Esse distúrbio, cada vez mais comum entre adultos e crianças do mundo inteiro, implica no uso abusivo das novas tecnologias. Para falar sobre o assunto e dar dicas sobre os sinais e o tratamento, a apresentadora Lúcia Leme entrevista a psicóloga Anna Lucia Spear King. A especialista é fundadora do grupo Delete (UFRJ), primeiro no Brasil voltado para o tratamento da nomofobia. As consequências do uso abusivo de smartphones e tablets, principalmente entre os jovens; que limites devem ser impostos pelos pais e qual o momento de procurar ajuda médica são alguns dos pontos tratados no programa. Atitude Consciente é transmitido neste sábado (12), às 9h35, 15h35 e 21h35, via Web Rádio.

Bem-vindo ao mundo dos jogos eletrônicos

Depois de conquistar pelo menos duas gerações de aficionados, videogames despontam como mercado de trabalho dos mais atrativos.
Leia

Siga-nos no TwitterA MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra no Portal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: twitter.com/multirio
MultiRio

RIO PREFEITURA | EDUCAÇÂO |
MULTIRIO

Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.

Tel: 1746/Fora RJ: (21) 3460-1746 • ouvidoria.multirio@rio.rj.gov.br

 

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 09/12/2015

Recadastramento Anual dos Segurados Inativos e Pensionistas do FUNPREVI

Tags: previ-rio.

 

 

 

PORTARIA PREVI-RIO N.º 943 DE 07 DE DEZEMBRO DE 2015 (publicada no DO de 08/12/2015)


Dispõe sobre o recadastramento anual dos segurados inativos e pensionistas do FUNPREVI.

O Presidente do Instituto de Previdência e Assistência do Município do Rio de Janeiro – PREVI-RIO, no uso de suas atribuições legais, e;


Considerando o recenseamento previdenciário previsto na Lei Federal nº 10.887, de 18 de junho de 2004, e;


Considerando a necessidade de o PREVI-RIO manter atualizado o seu cadastro de segurados inativos e pensionistas para fins de continuidade do pagamento das aposentadorias e pensões;

 

Para saber mais e ter acesso ao documento na íntegra clique AQUI

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share