Rio Educa
A A A C
email
Dicas, prática pedagógica, troca de experiências.
Retornando 11 resultados para o mês de 'Janeiro de 2014'

Terça-feira, 28/01/2014

O Carinho de uma Sala de Aula

Tags: protagonismoinfantil, saladeaula.

 

Uma sala de aula, principalmente nos anos iniciais, deve conter o que existe de mais precioso e inato no desenvolvimento do ser humano: a expressão da ludicidade. Nada melhor, portanto, que integrar a ludicidade, o desenvolvimento da leitura e os subsídios necessários ao letramento.

 

As dificuldades verificadas no processo de alfabetização de muitos alunos nas turmas podem ser minimizadas, e até mesmo superadas, mediante a convivência com um ambiente adequado.

 

Espantando a monotonia, esse ambiente deve oferecer, nos aspectos físicos da sala de aula, espaços a serem preenchidos por recursos como o alfabeto, o contato com seu próprio nome, já por extenso - afinal, o seu nome e sobrenome é algo próprio do aluno, sua própria e permanente identidade - e com a imagem da assinatura.

 

Além das letras, sílabas, palavras e diferentes tipos de textos, de estruturas que propiciem intimidade com os cálculos e a linguagem matemática, com a integração social e das ciências, concomitante e interdisciplinarmente.

 

E.M Láis Netto dos Reis, turma de 1º ano. Foto da professora Maria Delfina Rodrigues.

 

O objetivo, além de acolher o aluno, é oferecer possibilidades que invistam nas propriedades da leitura, na estrutura da palavra e dos textos, na diversidade textual e no estímulo aos desafios matemáticos cotidianos a partir de experiências dentro de sala. E, também, através de mecanismos simples e práticos, tais como, por exemplo, um mercadinho, onde, manuseando os “produtos”, já se começa concretamente a adquirir, de forma natural, a percepção do sistema monetário brasileiro, dentre outras habilidades necessárias ao cotidiano.

 

As sucatas que se transformam em jogos e em brinquedos, tudo o que se constrói na sala é através do mínimo de materiais disponíveis, enfatizando-se o desenvolvimento autossustentável, a expressão artística, além do senso estético e prático do alunado em questão.

 

Materiais simples e sucatas podem compor instrumentos para auxílio didático. Na foto, sala de 2º ano. Sucata para a janelinha do tempo e mercadinho, entre outros.

 

Deve se elaborar um acervo textual que englobe poesias, histórias sequenciadas e músicas com o objetivo de ressaltar exercícios de mnemônica, em prol do exercício da memória e da natureza de brincar e oportunizar a organização do espaço, a responsabilidade e estimular o senso estético.

 

É primoridial o cuidado com esse ambiente construído e cada dia mais enriquecido com novas informações e muito movimento entre os alunos na realização de diversas atividades. A rotina é importante, mas salpicada de ação e novas propostas. Assim, observa-se que uma metodologia de ensino pode estar relacionada à simples consonância do professor com sua sala de aula que, na realidade, junto aos seus pupilos, torna-se uma casa, um castelo, um mundo...

 

É uma grande recompensa vermos nossos pequenos vasculhando a sala em busca de um trabalho seu ou dos colegas, de uma nova fonte que o professor elaborou ou construiu com ele, ou apenas, como suporte para tirar alguma dúvida.

 

Enfim, a sala de aula pode e deve tornar-se a extensão de sua metodologia, professor. A sala de aula deve ser a expressão do carinho, no qual se firma o desenvolvimento, a autoconfiança e a aprendizagem. Com dedicação e compromisso, um recurso, por mais simples que seja, pode resultar em diferenças muito positivas.

 

 

Vilma Barbareto

Professora da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro

Colaboradora do Rioeduca.net

E-mail: vilmabarbareto@rioeduca.net

Twitter: @VilmaBarbareto

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 28/01/2014

Informativo MultiRio - 28 de janeiro

Tags: informativomultirio.

 

Multirio Web Rádio
Multirio

No Compasso da História volta à programação da TV

Encontros musicais que abordam a História do Brasil e levam a refletir sobre esses acontecimentos são a dinâmica de No Compasso da História. A série volta à programação da TV aos sábados, convidando o telespectador a saber mais sobre períodos históricos a partir da produção musical da época. Com apresentação da cantora Joyce Moreno, acompanhada da violonista Antonia Adnet, compositores, intérpretes e instrumentistas são convidados a cada episódio. A série complementa o aprendizado formal da disciplina e possibilita diferentes atividades com alunos, unindo também entretenimento e formação ao público em geral. O programa deste sábado (1º)fala sobre as raízes africanas e seu legado cultural no Brasil. No Compasso da História vai ao ar às 19h, no canal 26 da NET.

Tela Aberta mostra produção de alunos da Rede Municipal

O curta-metragem O Baralho Mágico, produzido, dirigido e estrelado por estudantes, é o filme em discussão em Tela Aberta neste domingo (2). O apresentador Marcelo Janot conversa com o professor Cláudio Garcia sobre o filme dos alunos da EM Narcisa Amália (Ilha de Guaratiba) e o incentivo à produção audiovisual nas escolas. O docente é coordenador do Laboratório de Talentos e do Núcleo de Vídeo de Guaratiba, extensão para a produção dos alunos da já citada escola e da EM Monteiro Lobato. Nesta reapresentação do programa, Cláudio Garcia também fala sobre o impacto da experiência na formação profissional futura dos estudantes. Tela Aberta vai ao ar no domingo, às 19h30, no canal 26 da NET.

 

 

Siga-nos no Twitter

A MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra no Portal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: twitter.com/multirio.

RIO PREFEITURA | EDUCAÇÂO | MULTIRIO Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.
Tel: 1746/Fora RJ:(21) 3460-1746 • ouvidoria multirio@rio.rj.gov.br

 

Siga-nos no Twitter Portal Multirio

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/01/2014

Vivenciando Literatura na Educação Infantil

Tags: professor, educação infantil.

A apresentação e oferecimento de livros para as crianças na Educação Infantil promoverá o interesse, suscitará a criatividade e aguçará a imaginação dos pequenos pelas mais variadas obras promovendo futuros grandes leitores.

 

As crianças encontram-se imersas num ambiente letrado independente de possuírem ou não domínio pela leitura, porém o mundo de informações que nos cerca não substitui o livro, a literatura.

 

A criança que ouve histórias cotidianamente desperta em si a curiosidade e a imaginação criadora e ao mesmo tempo tem a chance de dialogar com a cultura que a cerca, portanto, de exercer a sua cidadania.” (BEDRAN, Bia, 2012, A arte de cantar e contar histórias: narrativas orais e processos criativos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012).

 

 

Cantinho da Leitura de uma Sala de Aula de Educação Infantil: fácil acesso para os pequeninos.

 

A narrativa faz parte da vida de todos nós e o contato com o “contar histórias” está presente na maioria das vezes desde muito pequenos.

 

Ouvir histórias, principalmente boas e bem contadas histórias, fascinam a todas as idades... É através da oralidade que as crianças têm o primeiro contato com o texto.. Mas isso não significa que conhecer e manusear um livro tenha que ser algo que necessite de uma grande preparação e amadurecimento.

 

 

Fontes: www.facebook.com/estantemagica e www.editoraprojeto.com.br

 


Como a criança vai se interessar por algo que sequer pode segurar?

 

Numa turma de Educação Infantil, os livros precisam estar ao alcance das crianças que necessitam tocar, folhear, cheirar, sentir e imaginar.

 

Incidentes vão acontecer, é claro, e algumas obras podem ser rasgadas ou coloridas, pois será nesse momento também que serão desenvolvidos hábitos e atitudes e aprenderão a zelar pelo material. Nessa faixa etária o que mais chama atenção são as cores, formas, tamanhos e sons. São livros de imagens, de pano, de banho...

 

 

Bebês precisam do estímulo visual e tátil que os livros de pano proporcionam.

 


Em sua turminha, faça da leitura um hábito, um deleite.

 

Leia sempre! Diariamente! Oportunize conhecer e viajar num mundo sensacional com histórias de obras diversificadas como: contos de fadas, fábulas, poesias...

 

Proporcione prazer, compartilhe leitura!
 

 

Taís Ferraz Duarte é Professora da Rede Municipal
e colaboradora do Portal Rioeduca
E-mail: taisduarte@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/01/2014

Informativo MultiRio - 22 de janeiro

Tags: informativomultirio.

 

Multirio Web Rádio
Multirio

História da Eletricidade mostra pioneiros e evolução da ciência

Com estreia nesta sexta-feira (24) na programação da MultiRio, a série inglesa narra os desdobramentos da busca do homem por dominar a eletricidade, dos primórdios aos dias de hoje. A História da Eletricidade é uma produção da BBC e da Open University e, em três episódios, mostra o pioneirismo dos primeiros a lidar com essa força, as invenções, os experimentos e o desenvolvimento da energia elétrica a serviço de vários aspectos da vida humana. Thomas Edison, Benjamin Franklin, Michael Faraday e Heinrich Hertz são algumas das personagens dessa história da evolução da ciência. A apresentação é do físico Jim Al-Khalili, professor da Universidade de Surrey (Inglaterra). A História da Eletricidade estreia na sexta-feira, às 13h, no canal 26 da NET.

Web TV disponibiliza produções da MultiRio a qualquer hora e lugar

Com programação 24h no ar na Web, séries como Cidade de Leitores, Conceito & Ação, Educação em Rede, Tela Aberta, Aventuras Cariocas e Tons e Sons, entre outras, estão disponíveis também na MultiRio Web TV. A internet permite levar as produções televisivas da Empresa a todos os lugares do Brasil e do mundo, com conteúdo educativo-cultural a apenas um clique. A seção Videoteca ainda oferece um acervo que pode ser assistido on demand: basta escolher os episódios de suas séries favoritas para ter uma experiência individualizada com a programação da MultiRio. Produção exclusiva da Web TV, a série Tempo de Estudar revisa conteúdos de Matemática para o 9º ano por meio de videoaulas exibidas diariamente, de livre acesso ao público. Para ver a programação completa, acesse a MultiRio Web TV (www.multirio.rj.gov.br/webtv).

 

 

Siga-nos no Twitter

A MultiRio não tem um perfil oficial no Facebook. Informações sobre a Empresa você encontra no Portal MultiRio e na nossa página no Twitter. Se você já faz parte desta rede social, seja um seguidor: twitter.com/multirio.

RIO PREFEITURA | EDUCAÇÂO |
MULTIRIO Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.
Tel:1746/Fora RJ:(21) 3460-1746 • ouvidoria multirio@rio.rj.gov.br

 

Siga-nos no
Twitter Portal
Multirio

 

                               


   
           



Yammer Share