A A A C
email
Fique por dentro das novidades e possibilidades da plataforma online de aulas colaborativas Educopédia.

Sexta-feira, 18/03/2016

Sonhos com Degraus - Um jogo de tabuleiro para projeto de vida

Tags: sonhos com degraus, jogo, educopédia.

 

 

 

Sonhos com Degraus é uma disciplina eletiva da Educopédia em formato de jogo de tabuleiro virtual.

A disciplina "Sonhos com Degraus" trata de um projeto de vida. Durante as 32 aulas, que correspondem às 32 semanas letivas, os alunos são levados a percorrer um caminho que vai desde o entendimento de seu passado até a consolidação de seu projeto futuro, incluindo ai os degraus que precisa subir até seu objetivo.

 

 

Do 6º ao 9º ano, no endereço www.educopedia.com.br, o professor encontra essa disciplina disponível, que pode ser trabalhada transdiciplinarmente. 

No acesso, você escolhe um apelido e faz o login por um e-mail. Não necessariamente precisa ser pelo seu e-mail @rioeduca.net, pois a Plataforma é aberta. Visitantes também podem acessar o mesmo conteúdo.

 

 

A primeira tela de acesso do jogo é um tabuleiro dividido em 32 casas, cada uma com um cenário característico da cidade.

 

                      

 

Cada casa corresponde a uma aula, conforme abaixo.

 

Para cada aula são disponibilizadas ferramentas que, não só apoiam, mas integram o conteúdo das aulas, como vídeos e a indicação de atividades (atividades como trabalhos em grupos, colagens, pintura, leitura, entre outras). 

 

 

 

Além das aulas e suas respectivas atividades, o aluno tem a possibilidade de manter um diário digital por todo o curso, onde pode incluir anotações e também "favoritar" indicações da Midiateca de livros, filmes, músicas e charadas.

 

 

Veja os temas das aulas:

 

1. Quem sou eu?
2. Retratos: biografia e seus formatos.
3. De onde venho? Minha árvore genealógica.
4. Com quem estou?
5. O que sinto?
6. Quanto valem seus valores?
7. Apostando na autoestima.
8. A prática da Honestidade.
9. Seja lá quem for: eu respeito!
10. Todos juntos, somos fortes!
11. A justiça é cega?
12. Eu vou até o fim: responsabilidade.
13. Eu sinto com você: Compaixão.
14. Solidariedade, amigos, não se agradece. Comemora-se.
15. Antagonismo x harmonia: a busca de uma solução.
16. Declarações Universais
17. Código da turma
18. Preparação para férias
19. Juntos e misturados
20. Ponto de vista
21. Quem não se comunica?
22. Eu quero! Eu posso!
23. Projetando meu futuro
24. Organizando minhas metas
25. Eu sei o que fazer. Eu sei como faço!
26. Escolhendo minhas ferramentas
27. Compartilhando minhas experiências
28. Buscando aliados
29. Reescrevendo minha história
30. Grandes poderes trazem grandes possibilidades
31. A minha casa é o mundo todo!
32. Celebração da vida
 

Experimente, sugira, debata! A ideia aqui é auxiliar a criação de projetos de vida de maneira atrativa e interativa. Todo o conteúdo é aberto, ou seja, alunos, pais e professores de outras redes podem utilizar da mesma forma. Também adoramos receber relatos de experiências com as ferramentas da Educopédia.

 

E-mail para sugestões: educopedia@rioeduca.net

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 19/02/2016

O Uso da Educopédia em Sala de Aula

Tags: educopédia, professor, aula.

 

 

 

 

 

 

“A tecnologia não transformará um professor ruim em um professor bom. Mas tornará um bom professor em um professor ainda melhor. E pode ajudar a fazer com que esses grandes mestres sejam lembrados por seus alunos para o resto de suas vidas.” 

                                                                                                                          Doug Johnson

 


Desde 2010 tenho participado intensamente do projeto Educopédia, da rede municipal do Rio de Janeiro, como produtora e coordenadora de Inglês, por ter a certeza de que o conteúdo digital permite que o aluno participe mais ativamente do processo de construção do seu próprio saber. Certamente, os livros em papel não serão nunca abandonados, e continuo usando-os normalmente em minha prática diária. No entanto, a apresentação inicial do conteúdo por meio dos recursos visuais e auditivos da Educopédia facilita a compreensão mais imediata da matéria a ser transmitida. Além disso, por ser um ambiente de aprendizagem mais dinâmico, o aluno tem mais autonomia para interagir com os colegas da turma, tendo as atividades e jogos dessa rica ferramenta digital como aliados para a execução de um trabalho mais colaborativo e inter/multidisciplinar.


Os jogos e as atividades presentes na Educopédia tornam as aulas mais atraentes ao incitar a curiosidade do aluno. Com sua curiosidade estimulada, os alunos não percebam que estão ‘estudando’. A ideia fundamental é deixar a turma brincar e se divertir ao mesmo tempo em que aprende.

 


 

Os jogos e atividades sinestésicas são importantes em toda aula de inglês ministrada para crianças e adolescentes. Ambos criam situações nas quais os alunos podem utilizar o novo idioma na forma de brincadeiras, sejam elas por meio de joguinhos, músicas ou vídeos.


O computador, e, por conseguinte, a Educopedia, veio proporcionar novas abordagens aos conteúdos curriculares de inglês como língua estrangeira no ensino fundamental das escolas municipais, e, consequentemente, o professor de inglês começou a repensar a sua prática, com a finalidade de integrar essa plataforma como uma ferramenta pedagógica fundamental para uma aprendizagem significativa. O aluno do ensino fundamental tornou-se mais ativo e mais motivado, e, portanto, mais autônomo, para desenvolver as habilidades necessárias para o aprendizado de um idioma estrangeiro.


Com a utilização inicial da Educopédia na aula, os alunos ficam mais preparados para o conteúdo novo que é apresentado mesclando-se a tecnologia digital, o livro didático e outros meios lúdicos e midiáticos, tais como vídeos, pôsteres, flashcards e músicas. Vários vídeos e músicas estão presentes nas atividades de cada unidade da Educopédia, e são ‘divertidos’ e ‘muito legais’, segundo as palavras dos próprios alunos.


Os jogos e as atividades da Educopédia apresentam oportunidades de uso da língua inglesa repetidamente, desenvolvendo no aluno um hábito natural a partir das estruturas linguísticas fornecidas. As aulas de inglês começam com uma atividade chamada de “warm-up” (aquecimento) para auxiliar o aluno a relembrar estruturas ensinadas em aulas anteriores, assim como para deixá-los mais preparados para o aprendizado de novas estruturas. Essa atividade inicial pode ser um jogo presente na plataforma Educopédia, que dinamizará a aula tornando-a atraente ao incitar a curiosidade do aluno. Dessa forma, com sua curiosidade estimulada através das atividades dinâmicas, os pequenos alunos revisam o conteúdo lexical e gramatical apresentados em aulas anteriores, sem que percebam que estão ‘estudando’. A ideia fundamental é deixar a turma brincar, rir e se divertir logo no começo da aula.
 

Para registrar esses e outros momentos, mantenho uma página no facebook, através da qual os alunos e seus responsáveis acompanham o trabalho desenvolvido na escola. Nela, várias das atividades realizadas com a utilização da educopédia estão registradas. Visite-nos e curta-nos em http://www.facebook.com/inglesnaprudente

 


 

Dayse Alves Barbosa é graduada em Inglês e Respectivas Literaturas pela UERJ, pós-graduada em Psicopedagogia e pós graduanda em EAD. Atuou como professora e coordenadora pedagógica de Inglês no Centro de Cultura Anglo Americana, como professora do IBEU e como professora e mentora da Cultura Inglesa no Rio de Janeiro. Atualmente é professora de inglês da SME-RJ e do Curso de Inglês Red Balloon. Tem experiência na área de Educação, Tecnologia Educacional e Mídias na Educação. Atualmente coordena a equipe de inglês dos Projetos Educopédia. Também ministra aulas para adultos que atuam nos setores financeiros e bancário, engenharia, petróleo e gás, segurança do trabalho, turismo, negócios, medicina e TI em empresas. É também tradutora de Inglês

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 04/01/2016

Educopédia com força total em 2016

Tags: educopédia.

 

 

 

Em 2016 a Educopédia completará 6 anos! São 6 anos de uma Plataforma de aulas digitais de sucesso, utilizada em todo país e até fora dele. Um conteúdo feito por professores para professores.

 

Neste ano nossa meta é aumentar ainda mais o número de usuários e continuar aprimorando os conteúdos. Para isso contamos com nossos multiplicadores: os professores. Isso mesmo, aqueles professores engajados, que utilizam novas tecnologias e colhem os resultados de uma educação inserida no contexto do aluno, no contexto do mundo contemporâneo.


Você sabia?

Todas as aulas da Educopédia, da Educação Infantil ao 9º ano, incluindo Educação de Jovens e Adultos, são produzidas por professores da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro.


Você sabia?

Todas as aulas digitais e seus respectivos planos de aula podem ser baixados em Power Point e customizados. Cada professor pode se tornar autor do seu próprio material didático em um trabalho colaborativo.


Você sabia?

Além das aulas, a Educopédia conta com um acervo de jogos digitais, que podem ser baixados e utilizados off-line com a turma.


Você sabia?

Na pasta do 9º ano tem um laboratório virtual 3D de Ciências. Professores podem trabalhar desde os estados físicos da matéria até as moléculas, apresentando para os alunos em diversos ângulos, com possibilidade de zoom e uma série de outras ferramentas.


Você sabia?

Nesses 6 anos a Educopédia alcançou a marca de mais de 800 mil usuários e mais de 28 milhões de visualizações.


Você sabia?

A Educopédia é um REA (Recurso Educacional Aberto), o que permite que o conteúdo seja utilizado e adaptado por terceiros. http://www.rea.net.br/


Você sabia?

Nas pastas do 1º e 2º anos temos disponível o Pé de Vento, conteúdo interativo baseado em aventuras digitais para Alfabetização. Também é possível baixar para utilizar off-line.

 


Você sabia?

Além das disciplinas básicas, como Matemática e Língua Portuguesa, a Educopédia conta com disciplinas eletivas e transdisciplinares, como Produção Textual, Grandes Obras, Minha Primeira Biblioteca, Asas de Papel, Sonhos com Degraus e Sustentabilidade.


Você sabia?

A Educopédia também conta com cursos para os professores: Educação Inclusiva, Surdez, Transformação 2.0 (aulas de Word, Power Point, Excel e E-mail) e Transformação 3.0 (teorias e práticas de utilização de novas tecnologias na educação).


Você sabia?

As aulas da Educopédia são baseadas nas 4 competências apresentadas no Relatório para Unesco da Comissão Internacional sobre educação para o século XXI, coordenado por Jacques Delors (1998): Aprender a conhecer, a fazer, a viver junto e a ser.

 


Você sabia?

Todas as aulas da Educopédia seguem uma metodologia de 5 momentos:


1. Revisão da aula anterior, apresentação, justificativa e diagnóstico;
2. Construção de conhecimento superficial e checagem;
3. Construção de conhecimento aprofundado e checagem;
4. Desafio para o aluno, com proposta de atividade complexa;
5. Resumo e ligação com a próxima aula.

 


Você sabia?

As aulas da Educopédia são sistematizadas em anos (Educação Infantil ao 9º ano), disciplinas e bimestres com 8 aulas cada, que correspondem às 32 semanas letivas.


Você sabia?

O LATEC (Laboratório de Pesquisa em Tecnologias da Informação e da Comunicação) da UFRJ indica a Educopédia como referência nacional em sua lista de repositórios de objetos de aprendizagem.


Você sabia?

A Educopédia foi citada em estudo feito por Columbia University sobre aprendizagem móvel no Brasil como experiência pioneira e tendência para o futuro da educação: http://www.aprendizagem-movel.net.br/arquivos/Columbia_PORT.pdf.

 


Você sabia?

Você pode solicitar uma formação em sua escola para utilização dos recursos da Educopédia. Basta entrar em contato conosco no e-mail formação.educopedia@rioeduca.net.


Você sabia?

O login para professores e alunos da SME-RJ é o respectivo e-mail @rioeduca.net. Contudo, o mesmo conteúdo pode ser acessado clicando em “Visitante”.

 

Você sabia?

A Educopédia possui hoje mais de 16 mil seguidores no Twitter e mais de 9 mil seguidores no Facebook. Além disso, também estamos no Yammer, a rede social corporativa da SME-RJ. 

 

 


Seja um multiplicador, ajude-nos a divulgar essas e outras informações da Educopédia. Inclua as aulas digitais em seu planejamento.

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sábado, 24/10/2015

Rede Social Corporativa, existe? Conheça o Yammer!

Tags: yammer, redesocial.

 

 


 

Yammer é a rede social disponível para os usuários do e-mail @rioeduca.net, isso inclui professores, alunos e funcionários da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Nele é possível criar grupos entre usuários do e-mail institucional e trocar informações, divulgar trabalhos e boas práticas, além de fomentar o trabalho colaborativo. Sua forma de utilização é bem intuitiva e lembra outras redes sociais, como Twitter e Facebook.


É possível acessar pelo e-mail ou baixando o aplicativo em dispositivos móveis.


 

 

Todos os professores, alunos e funcionários da Rede Municipal de Educação do RJ têm uma conta de e-mail @rioeduca.net. O endereço para acesso é o https://outlook.office365.com ou direto na página principal do Portal Rioeduca (http://www.rioeduca.net/), conforme a figura abaixo.

 



 

Ainda não sabe sua conta de e-mail? Para descobrir, basta preencher os dados solicitados no link: http://www.rioeduca.net/programasAcoes.php?id=34.

No primeiro acesso, a senha a ser utilizada é o CPF. Depois é importante que altere. Caso encontre alguma dificuldade, entre em contato com o Help Desk: 08000-316341 | 4501-4018.


Com essa mesma conta de e-mail é possível fazer login na Plataforma Educopédia, por exemplo, e publicar livros digitais na Máquina de Publicar.


Conclua seu perfil e vamos socializar informações!
 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share