A A A C
email
Fique por dentro das novidades e possibilidades da plataforma online de aulas colaborativas Educopédia.Todos os posts escritos por Vinícius Farias
Retornando 6 resultados para o autor 'Vinícius Farias'

Quinta-feira, 02/06/2016

Jogos digitais off-line na Educopédia

Tags: jogos, games, educopédia, off-line, digital.

 

A gameficação na educação e a utilização de jogos digitais off-line da Educopédia.

 

A gameficação é um conceito utilizado pela primeira vez em 2010, contudo já praticado há um tempo maior, segundo o livro Gamificação na educação (2014), organizado por Luciane Maria Fadel, Vania Ribas Ulbricht, Claudia Regina Batista e Tarcísio Vanzin. O conceito é abrangente e não se trata apenas de jogos digitais, contudo esse é o mote deste breve artigo que pretende tratar dos games disponíveis de forma aberta (disponível para todos os usuários) na Plataforma Educopédia.

Considerando fatores diversos das escolas do país, todos os 30 (trinta) jogos podem ser baixados para utilização off-line, ou seja, ainda que a sala de aula ou sala de informática, ou mesmo sala de leitura, não possuam internet, os alunos são desafiados e levados à problematização e à resolução de desafios. Os pais e alunos também podem fazer o download em casa.

Em se tratando de século XXI, de um contexto onde os próprios alunos criam canais no Youtube, produzem e assistem vídeos tutorias de jogos, onde as pessoas estão cada vez mais conectadas em rede e ávidas pela vivência e teorias aplicadas, os games disponíveis na Educopédia podem ser fortes aliados do processo de ensino e aprendizagem.

 

Jogo: Caçando Raízes

 

Jogo: Caçando Raízes

 

Jogo: Por mares nunca antes navegados

 

A seguir o caminho com os 5 cliques necessários para baixar os jogos.

 

 

Veja a lista completa dos jogos digitais disponíveis para baixar e utilizar off-line.

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 04/01/2016

Educopédia com força total em 2016

Tags: educopédia.

 

 

 

Em 2016 a Educopédia completará 6 anos! São 6 anos de uma Plataforma de aulas digitais de sucesso, utilizada em todo país e até fora dele. Um conteúdo feito por professores para professores.

 

Neste ano nossa meta é aumentar ainda mais o número de usuários e continuar aprimorando os conteúdos. Para isso contamos com nossos multiplicadores: os professores. Isso mesmo, aqueles professores engajados, que utilizam novas tecnologias e colhem os resultados de uma educação inserida no contexto do aluno, no contexto do mundo contemporâneo.


Você sabia?

Todas as aulas da Educopédia, da Educação Infantil ao 9º ano, incluindo Educação de Jovens e Adultos, são produzidas por professores da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro.


Você sabia?

Todas as aulas digitais e seus respectivos planos de aula podem ser baixados em Power Point e customizados. Cada professor pode se tornar autor do seu próprio material didático em um trabalho colaborativo.


Você sabia?

Além das aulas, a Educopédia conta com um acervo de jogos digitais, que podem ser baixados e utilizados off-line com a turma.


Você sabia?

Na pasta do 9º ano tem um laboratório virtual 3D de Ciências. Professores podem trabalhar desde os estados físicos da matéria até as moléculas, apresentando para os alunos em diversos ângulos, com possibilidade de zoom e uma série de outras ferramentas.


Você sabia?

Nesses 6 anos a Educopédia alcançou a marca de mais de 800 mil usuários e mais de 28 milhões de visualizações.


Você sabia?

A Educopédia é um REA (Recurso Educacional Aberto), o que permite que o conteúdo seja utilizado e adaptado por terceiros. http://www.rea.net.br/


Você sabia?

Nas pastas do 1º e 2º anos temos disponível o Pé de Vento, conteúdo interativo baseado em aventuras digitais para Alfabetização. Também é possível baixar para utilizar off-line.

 


Você sabia?

Além das disciplinas básicas, como Matemática e Língua Portuguesa, a Educopédia conta com disciplinas eletivas e transdisciplinares, como Produção Textual, Grandes Obras, Minha Primeira Biblioteca, Asas de Papel, Sonhos com Degraus e Sustentabilidade.


Você sabia?

A Educopédia também conta com cursos para os professores: Educação Inclusiva, Surdez, Transformação 2.0 (aulas de Word, Power Point, Excel e E-mail) e Transformação 3.0 (teorias e práticas de utilização de novas tecnologias na educação).


Você sabia?

As aulas da Educopédia são baseadas nas 4 competências apresentadas no Relatório para Unesco da Comissão Internacional sobre educação para o século XXI, coordenado por Jacques Delors (1998): Aprender a conhecer, a fazer, a viver junto e a ser.

 


Você sabia?

Todas as aulas da Educopédia seguem uma metodologia de 5 momentos:


1. Revisão da aula anterior, apresentação, justificativa e diagnóstico;
2. Construção de conhecimento superficial e checagem;
3. Construção de conhecimento aprofundado e checagem;
4. Desafio para o aluno, com proposta de atividade complexa;
5. Resumo e ligação com a próxima aula.

 


Você sabia?

As aulas da Educopédia são sistematizadas em anos (Educação Infantil ao 9º ano), disciplinas e bimestres com 8 aulas cada, que correspondem às 32 semanas letivas.


Você sabia?

O LATEC (Laboratório de Pesquisa em Tecnologias da Informação e da Comunicação) da UFRJ indica a Educopédia como referência nacional em sua lista de repositórios de objetos de aprendizagem.


Você sabia?

A Educopédia foi citada em estudo feito por Columbia University sobre aprendizagem móvel no Brasil como experiência pioneira e tendência para o futuro da educação: http://www.aprendizagem-movel.net.br/arquivos/Columbia_PORT.pdf.

 


Você sabia?

Você pode solicitar uma formação em sua escola para utilização dos recursos da Educopédia. Basta entrar em contato conosco no e-mail formação.educopedia@rioeduca.net.


Você sabia?

O login para professores e alunos da SME-RJ é o respectivo e-mail @rioeduca.net. Contudo, o mesmo conteúdo pode ser acessado clicando em “Visitante”.

 

Você sabia?

A Educopédia possui hoje mais de 16 mil seguidores no Twitter e mais de 9 mil seguidores no Facebook. Além disso, também estamos no Yammer, a rede social corporativa da SME-RJ. 

 

 


Seja um multiplicador, ajude-nos a divulgar essas e outras informações da Educopédia. Inclua as aulas digitais em seu planejamento.

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sábado, 24/10/2015

Rede Social Corporativa, existe? Conheça o Yammer!

Tags: yammer, redesocial.

 

 


 

Yammer é a rede social disponível para os usuários do e-mail @rioeduca.net, isso inclui professores, alunos e funcionários da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Nele é possível criar grupos entre usuários do e-mail institucional e trocar informações, divulgar trabalhos e boas práticas, além de fomentar o trabalho colaborativo. Sua forma de utilização é bem intuitiva e lembra outras redes sociais, como Twitter e Facebook.


É possível acessar pelo e-mail ou baixando o aplicativo em dispositivos móveis.


 

 

Todos os professores, alunos e funcionários da Rede Municipal de Educação do RJ têm uma conta de e-mail @rioeduca.net. O endereço para acesso é o https://outlook.office365.com ou direto na página principal do Portal Rioeduca (http://www.rioeduca.net/), conforme a figura abaixo.

 



 

Ainda não sabe sua conta de e-mail? Para descobrir, basta preencher os dados solicitados no link: http://www.rioeduca.net/programasAcoes.php?id=34.

No primeiro acesso, a senha a ser utilizada é o CPF. Depois é importante que altere. Caso encontre alguma dificuldade, entre em contato com o Help Desk: 08000-316341 | 4501-4018.


Com essa mesma conta de e-mail é possível fazer login na Plataforma Educopédia, por exemplo, e publicar livros digitais na Máquina de Publicar.


Conclua seu perfil e vamos socializar informações!
 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 05/06/2015

Professor e Aluno como Agentes Transformadores na Máquina de Publicar da Educopédia

Tags: educopédia, máquinadepublicar, autores, livro, livrodigital.

 

 

 

Há muito tempo, ouve-se o professor reclamar pelo direito de deixar de ser apenas consumidor e passar a ser produtor de conteúdo. O mesmo se ouve do aluno em novas teorias de aprendizagem, ou seja, que este deve assumir um papel ativo em sua formação. Vejamos como isso funciona com a Máquina de Publicar da Educopédia.

 

A Plataforma Educopédia é resultado da construção colaborativa entre professores conteudistas, revisores e usuários de suas aulas digitais. Contudo, há uma outra ferramenta bastante poderosa nesse sentido: a Máquina de Publicar.

 

Seu livro pode ter texto, desenho, quadrinhos, imagem, áudio ou vídeo.


A Máquina de Publicar está situada dentro da Educoteca, a biblioteca virtual da Educopédia, e consiste em uma ferramenta que permite ao professor ou aluno da Rede Municipal de Educação do Rio de Janeiro, por meio de login e senha*, a produção de livros digitais. Os livros podem contar com trilha sonora, imagens, vídeos, dentre outras possibilidades, e ficam armazenados em nuvem no acervo da Educoteca. Uma vez disponíveis, qualquer usuário do mundo inteiro (inclusive visitante) pode ter acesso à publicação, compartilhar em suas redes sociais e, até mesmo, fazer comentários e sugerir alterações.

 

Recentemente, houve um concurso com categorias de professores e alunos para a produção de trabalhos com a temática “Rio 450 anos”. Essas produções foram publicadas na plataforma. Vale conferir!


A interface da ferramenta é bem intuitiva e também há um FAQ. Aproprie-se, utilize e não deixe de nos mandar um feedback com sugestões: educopedia@rioeduca.net.

 

 

*O login é o e-mail Rioeduca e a primeira senha de acesso é o CPF para o professor e a matrícula para o aluno.

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share