A A A C
email
Retornando 622 resultados para a tag 'projeto'

Sexta-feira, 16/11/2018

Projeto sobre Africanidade na E.M. Aspirante Carlos Alfred

Tags: projeto, africanidade, 5ªcre.

 

No mês de novembro de 2018, mês da Consciência Negra, a Escola Municipal Aspirante Carlos Alfredo desenvolveu o projeto sobre Africanidade com professora Vivian Pandolpho da turma 1303  e o resultado foi muito bacana! Confira.

 

O dia escolhido para celebrar a consciência negra homenageia um personagem histórico na luta do negro contra a escravidão. Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, morreu em combate pela defesa de seu povo, em 1695. Expressão da resistência ao sistema escravocrata e de preservação da cultura africana no Brasil, os Quilombos e Zumbi são parte importante e emblemática da história brasileira.

A data foi estabelecida pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011.

Fonte: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/40561-dia-da-consciencia-negra

Após conversa com a turma sobre África, foi proposto que os alunos fizessem Abayomis (bonecas de pano que as crianças escravas brincavam).Cada aluno recebeu pedaços de tecidos e, através de nós, foram "nascendo" as bonecas.

"Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros – navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos entre África e Brasil – as mães africanas rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como abayomi, termo que significa ‘Encontro precioso’, em Ioruba, uma das maiores etnias do continente africano, cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim (Vieira, 2016, p. 2).

Quem presenteia uma Abayomi está desejando coisas boas a quem foi ofertado. 

 

 

 

 

Foram feitas também as africanas com fuxicos doados pela avó de uma aluna. "TIRA SEU PRECONCEITO DO CAMINHO QUE EU QUERO PASSAR COM A MINHA COR" - esse foi o tema desenvolvido. Os alunos colaram os fuxicos, fazendo o formato do cabelo da africana e escreveram palavras para termos boa convivência.

Todos ficaram muito felizes com o resultado! Foi um trabalho de grande êxito para o fortalecimento da nossa identidade cultural, através do conhecimento e reconhecimento da mesma.

 

 

Parabéns a Escola Municipal Aspirante Carlos Alfredo pelo trabalho excelente!!!

 

 

Sobre a escola:

Unidade Escolar: Escola Municipal Aspirante Carlos Alfredo 
Diretor: TEREZA DE JESUS COSTA SANTOS ROCHA
Endereço: Rua Ibia 105, Turiaçu
Telefone: 3018-2591 | 3018-2629
E-mail: emalfredo@rioeduca.net 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 15/11/2018

Feira das Nações Promove o Protagonismo Juvenil

Tags: 9ª cre, eventos, projetos, protagonismo juvenil, multidisciplinar.

 

Feira das Nações na E.M. Miguel de Oliveira, um movimento feito por alunos e professores que estimula o enriquecimento cultural e o protagonismo juvenil dos jovens cariocas.

 

A Escola Municipal Miguel de Oliveira, situada em Cosmos, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, possui uma equipe de professores com um projeto multidisciplinar que visa à ampliação do conhecimento de mundo do aluno e da sua formação crítica. A unidade atua com alunos do 7º ao 9º ano.  

 

No ano de 2018, a escola promoveu sua II Feira das Nações, na qual participou toda a comunidade escolar. Dentre os principais motivos dessa Feira, estão: estimular a capacidade de liderança e criatividade dos discentes; desenvolver a percepção da interdisciplinaridade dos conteúdos e possibilitar a ampliação do conhecimento de mundo.

 

 

O projeto contou com a exposição das características de vários países

 


Essa atividade teve um caráter bastante abrangente, envolvendo aspectos sócio-culturais de diversos países, que foram estudados através de áreas como música, dança, culinária, geografia, história,etc. Cada turma foi dividida em grupos e os alunos tiveram que pesquisar sobre o país sorteado. O desenvolvimento do trabalho contou com o auxílio de um professor monitor, que atuou como orientador nas pesquisas e na confecção dos cartazes e/ou maquetes. Os grupos realizaram seus trabalhos da maneira autônoma e crítica.

 

 

Alunos e professores envolvidos na Feira

 



No dia da Feira, cada turma ficou responsável por um estande, onde todos os temas desenvolvidos foram expostos de maneira criativa e lúdica, o que chamou a atenção dos demais espectadores. Alunos, professores das demais turmas, pais e equipe gestora participaram ativamente do evento, colaborando para seu sucesso.

 

 

Alunos vivenciando a cultura de diferentes países

 

 

A primeira feira foi realizada na escola no ano de 2016, aproveitando o clima festivo das Olimpíadas que ocorreram em nossa cidade. Neste ano de 2018,  a influência da Copa do Mundo motivou ainda mais a segunda edição do evento. Os trabalhos tiveram desdobramentos únicos para o seio escolar, colaborando significativamente para o desenvolvimento intelectual, crítico e pedagógico do grupo discente. A feira estimulou o protagonismo juvenil dentro da escola, uma das principais propostas do Ginásio Carioca de Turno Único.  

 

 

                          Alunos esbanjando conhecimento, criatividade e alegria

 


A aluna Larissa da Silva Soeira, do 9º ano, relata: "Esta feira é muito importante, porque ficamos sabendo de aspectos que não conhecíamos sobre outros países e socializamos com outras turmas e professores. Acho que é um trabalho muito bom e necessário para a nossa escola".

 

 

Aluna e professora expondo as características da Austrália

 


Outro relato é da professora Janaína Ferreira Lopes dos Santos: "O evento Feira das Nações, na Miguel de Oliveira, foi muito importante para os meus alunos da turma 1701, pois os mesmos adoraram participar e fazer a pesquisa sobre a cultura dos outros países. Todo esse movimento cultural é muito importante para os alunos adquirirem ainda mais conhecimento".

 

 

Alunos e professora expondo as características do México

 


A diretora Nilber Lázaro de Abreu Pequeno afirma: "Atualmente, temos jovens que estão conectados com o mundo, mas que desconhecem o mundo em que vivem. O projeto da Feira das Nações vem para despertar esta curiosidade pelas diferentes culturas e para trazer o uso da tecnologia como ferramenta de conhecimento. A escola, em seu papel social, vai abrindo as mentes dos alunos para o mundo ao seu redor. Sendo a adolescência um período confuso e de muitas descobertas, o jovem pode se perceber em outras culturas através do conhecimento. O contato com a história, costumes e tradições de outros países vai enriquecer a experiência dos alunos e abrir novos debates, de modo a despertar a curiosidade em se aventurar por novas culturas".

 


Para saber mais sobre a Escola Municipal Miguel de Oliveira:
Direção Geral: Nilber Lázaro de Abreu Pequeno
Direção Adjunta: Maisa Manhães da Silva
Coordenação Pedagógica: Carla Verônica do Nascimento
Telefone :22632382
Email: emmigueloliveira@rioeduca.net

 

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!

 

Contato para publicações

 

 
 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 14/11/2018

Folclore, Artes e Vida!

Tags: 8ªcre, projetos.

 

O Rioeduca apresenta a Escola Municipal Antônio Austragésilo que desenvolve um projeto de valorização da cultura popular, da criatividade e dos valores para uma sociedade cada vez melhor para todos. Confira!

 

 

Apresentação do Bumba meu Boi na Mostra de Folclore

 

 

A Escola Municipal Antônio Austragésilo realizou no mês de agosto a Semana do FolcloreAproveitando a rica cultura brasileira, que proporciona para os alunos a descoberta de lendas, cantigas, jogos e até de elementos de nossa culinária, a equipe pedagógica da escola desenvolveu uma mostra de trabalhos para compartilharem o que foi trabalhado sobre o Folclore. 

As brincadeiras folclóricas representam uma maneira de manter viva nossa cultura e tradições populares, algo tão importante para o fortalecimento da nossa identidade. Dessa forma, as atividades proporcionaram aos alunos experiências com leitura, escrita e dramatização sobre o tema.

 

 

 

Professor Jakson, Diretor Geral da E.M. Antônio Austragésilo, recepcionando a personagem Cuca

 

 

A professora Elizabete Ribas se caracterizou de Cuca e se apresentou para os alunos como uma personagem vinda diretamente dos livros de Monteiro Lobato.

A Educação Infantil apresentou cantigas de roda, entre elas " A Linda Rosa Juvenil". Os alunos participaram de apresentações de Capoeira, Maculelê e cantigas folclóricas do Bumba Meu Boi.

A Semana do Folclore originou uma Mostra de Trabalhos criativa e envolvente que valorizou a participação dos alunos e o pensamento sobre a diversidade da cultura brasileira. 

 

 

Alunos da Educação Infantil encenando  "A Linda Rosa Juvenil"

 

 

"As atividades do projeto Folclore foram desenvolvidas dentro do nosso projeto anual Transformação! No projeto buscamos trabalhar valores e o pensamento de que juntos podemos, sim, mudar o mundo! (...) " Professora Roberta Madeira - Coordenadora Pedagógica da E.M. Antônio Austragésilo

 

 

Alunos em apresentação de Maculelê na Mostra Pedagógica

 

 

O projeto Transformação vem sendo desenvolvido durante o ano na unidade escolar. Valores como Respeito, União e Solidariedade são alguns dos temas que fazem parte das atividades dos alunos.As propostas são planejadas visando a reflexão dos estudantes sobre a responsabilidade de cada um na construção de uma sociedade mais justa e livre de preconceitos.

Nas aulas de Artes Visuais, os alunos recebem estímulos para se expressarem e colocarem a criatividade em diferentes trabalhos de cores e formas. A professora Joelma Ventura, regente de Artes Visuais, faz a transformação de materiais reciclados e adaptados em verdadeiros trabalhos artísticos, demonstrando o quanto os alunos são talentosos.

 

 

 Alunos produzindo Mandalas na aula de Artes Visuais

 

 

Uma escola púbica de qualidade deve ter entre outros fatores, a garantia de que todos serão acolhidos e terão direitos iguais nesse espaço, por isso, no projeto Transformação a inclusão, o respeito à diversidade e o combate ao bullying são temas de constante discussão.

Nesse contexto, a Escola Municipal Antônio Austragésilo orgulha-se de ser uma unidade que pensa no futuro, pois se dedica à formação integral dos alunos, para uma comunidade melhor... para um mundo melhor!

 

 

Alunos fazendo manifestação contra o Bullying

 

 

O Rioeduca parabeniza a E.M. Antônio Austragésilo pela realização do projeto Transformação e pelas atividades e reflexões tão significativas na vida dos alunos!

 

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar:  Escola Municipal Antônio Austragésilo

E-mail: emaustragesilo@rioeduca.net

Telefone: 3463-8438

 

 

 

Participe do Rioeduca! Entre em contato :


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 13/11/2018

Coma Bem, Viva Melhor!

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira participa da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 promovida pelo PNAE ( Programa Nacional de Alimentação Escolar). A Jornada tem como tema norteador a promoção da alimentação saudável e a prevenção da obesidade infantil no ambiente escolar. 

 

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira desenvolveu diversas atividades envolvendo os temas  propostos pela Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 (EAN). Confira agora o relato enviado ao Rioeduca sobre as atividades, considerando os temas: Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil e envolvimento da família na alimentação escolar: Vamos aprender juntos!

 

 

 

Tema : Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil

Título : Coma bem, viva melhor!

 

Especialistas apontam a publicidade infantil como grande vilã do aumento do consumo dos alimentos altamente calóricos, processados e com baixo valor nutricional. Sendo assim, ela está diretamente ligada a obesidade infantil, uma vez que as crianças são consideradas sensíveis e vulneráveis a propaganda.


Não é incomum encontrar crianças fazendo escolha pelo suco de caixinha do super-herói favorito, o biscoito que ela viu no anúncio do intervalo do desenho e por aí vai.


As propagandas são abusivas e provocam malefícios a saúde, pois essa exposição corrobora com a promoção de hábitos alimentares não saudáveis, que ficam enraizados na nossa cultura.


Sendo assim, pensamos em trazer para essa etapa da Jornada de EAN a discussão de novas formas de promover os alimentos saudáveis, através do relato e da escuta das crianças, garantindo que elas possam se expressar e serem representadas nesse processo.


O trabalho com as crianças se iniciou com a apresentação de alguns alimentos, onde eles puderam experimentar, sentir das mais diferenciadas formas. As turmas da pré-escola foram convidadas a montar um piquenique com alimentos saudáveis e durante esse processo as crianças foram instigadas a gravar pequenos vídeos falando sobre os alimentos ali inseridos, as frutas.

 

Crianças experimentando frutas diversas.

 

 

Piquenique realizado na unidade escolar.

 

 

Crianças reunidas, após o piquenique.

 

Num segundo momento, eles puderam assistir vídeos e se reconheceram enquanto autores do processo de divulgação e promoção de uma alimentação de qualidade.

 

Ainda dentro do tema, as turminhas do maternal 1 prepararam um outdoor a partir de atividades realizadas com os responsáveis e as crianças, com o intuito de conscientizar a importância de consumir produtos naturais, in natura.

 

Por fim, Eles fizeram um suco de abacaxi com hortelã, retirado na nossa horta e após a degustação e aceitação pela grande parte das crianças, elas seguiram na confecção do outdoor, no hortifrúti do maternal 1 o abacaxi é rei! Os responsáveis se surpreenderam com aceitação por parte das crianças.

 

 

 

 

Tema: Envolvimento da família na alimentação escolar

Título: De bem com seu prato - família e creche servindo saúde e alimentando a vida!

 

Envolver as famílias não é uma tarefa fácil, no entanto, essa parceria é fundamental para o desenvolvimento das crianças. Sendo assim, o EDI Norma tem a preocupação de estabelecer e reafirmar esse vínculo constantemente, pois acreditamos que essa é uma condição indispensável para uma educação de qualidade.


No primeiro momento, convidamos a mãe do pequeno Arthur, que é estudante de nutrição para uma entrevista com as turminhas da pré-escola. As crianças elaboraram vários questionamentos a respeito dos alimentos, de sua importância e da profissão da mãe convidada, Joelma.

 

 

Roda de conversa com a Joelma, mãe do Arthur e estudante de nutrição,

 


Após a entrevista e de uma conversa sobre a importância da merenda escolar, sua formulação, e seus benefícios os pequenos foram para a cozinha preparar o suco do Hulk e um das Princesas, para acompanhar o almoço.


Suco do Hulk


Ingredientes:

2 folhas de couve (da horta)
Suco de algumas laranjas

Procedimento: 

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo.


Suco das Princesas


Ingredientes:


2 Beterrabas
Suco de algumas laranjas

Procedimento:

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo

 

 

 Aprendendo a receita de sucos com ingredientes saudáveis.

 

A atividade foi dirigida pelas lactarista da unidade com o auxílio das crianças. Os responsáveis acompanharam a atividade e acabaram degustando a receita junto aos seus pequenos, que demostraram familiaridade com a receita preparada. Os pais se mostraram bem surpresos com a aceitação das crianças e isso só comprova que uma alimentação saudável começa aqui sim e desde muito cedo!

 

Lavando a couve para o suco do Hulk.

 

 

 

         Preparando a receita Ratatouille.
 

 

O berçário também participou desta etapa da jornada de EAN. Eles prepararam biscoitinhos para receber os responsáveis em um chá da tarde, feito com ervas da nossa horta.


As professoras trouxeram a já conhecida da turma, a Dona Maricota com sua cesta saudável para preparar o chá com os responsáveis. A atividade foi muito divertida e abriu possibilidades para muitas trocas com as famílias.

 

Hora da história : a cesta de Dona Maricota.

 

 

                 Hora do chá : atividade de integração com a família.
 

 

Parte da equipe do EDI e crianças do maternal 2.

 

 

 

 

O EDI Norma acredita e apoia a ideia da interação com as famílias, pois esse movimento enriquece as nossas atividades e contribui com para o pleno desenvolvimento dos nossos pequenos.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato do EDI Professora Norma Andrade  Nogueira:

edinogueira@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

 


 


   
           



Yammer Share