A A A C
email
Retornando 636 resultados para a tag 'projeto'

Sexta-feira, 18/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Da Senzala para o Mundo, o Negro mostra o seu Valor

Tags: consciência negra, projeto, 5ªcre.

No mês de novembro de 2018, as professoras Sandra Pinheiro dos Santos (regente da turma 1301) e Marcella Cristina de Oliveira Fraga (professora de Inglês) da E.M. Barão de Itararé, desenvolveram o projeto Da Senzala para o Mundo, o Negro Mostra o seu Valor. Confira!

 

 

 

O projeto Da Senzala para o Mundo, o Negro Mostra o seu Valor foi elaborado entre os dia 5 a 9 de novembro e sua realização aconteceu no dia 13 de novembro de 2018. Os idealizadores do projeto foram as professoras Sandra Pinheiro dos Santos e Marcella Cristina de Oliveira Fraga e as turmas participantes foram: 1101, 1102, 1201 e 1301.

 

 

Professora Marcella, contando a história “O amigo do rei”, para em seguida apresentar o vocabulário em Inglês.

 

 

Com a proximidade do dia da Consciência Negra, houve um questionamento aos alunos sobre o significado da data. Os alunos mostraram muito interesse no assunto e fizeram várias perguntas, entre elas: o que os negros faziam antes de serem escravos? Como era ser escravo? Como deixaram de ser escravos? Em que trabalharam depois que foram libertos e onde foram morar?

 

 

 


O objetivo maior ao falar sobre fundamentos históricos, não era apenas apresentar uma data que consta do calendário, mas sim conscientizar e mostrar aos alunos que o negro faz parte da sociedade, que é um cidadão como qualquer pessoa e que a cor da pele não os torna melhores ou piores. A ideia era desconstruir a ideia de que os negros não têm passado, presente e futuro e que a história desse povo não começou com a escravidão.


No dia a dia da Unidade Escolar, as crianças sempre são ouvidas quanto as suas ideias, opiniões e expectativas, estimulando o protagonismo infantil. E assim, partiu da turma a proposta para o desenvolvimento do projeto, a fim de mostrar aos outros alunos da escola que os negros podem ser o que desejarem e que o preconceito racial é algo infundado. Dessa forma, a palavra principal do projeto foi “igualdade”.

 

 

 


O projeto iniciou com a contação da história “O amigo do rei”, realizada pela professora Marcella. O objetivo de contar a história foi mostrar que não somos descendentes de escravizados, e sim, de grandes homens, que um dia foram submetidos à uma grande exploração.


O livro relata a história de Matias, um menino escravo, que era amigo de Ioiô, seu patrãozinho , os dois tinham a mesma idade. Matias era filho de um rei africano que se tornou escravo, mas sempre falava para Ioiô que um dia também seria rei. Ioiô, por sua vez,  não entendia. Depois de fazerem algo que não deviam, foram castigados, fugiram da fazenda e andaram por muitos dias na mata. Até que encontraram negros guerreiros em um quilombo, que homenagearam Matias e o chamaram de rei. Matias continuou no quilombo, porém Ioiô retornou a fazenda, com saudades de sua família. Os dois se reencontram anos depois e lutaram juntos pelo fim da escravidão.

 


 

 

Outra atividade do projeto foi a dramatização de uma história. Para dar início à atividade, a professora Sandra apresentou os atores, o mapa do continente africano e a bandeira do Brasil, às crianças da platéia.

 

A dramatização foi narrada por duas alunas e teve início com um rei e uma rainha na África, fazendo seu passeio matinal. De repente, eles são capturados para viajarem para o Brasil, sem direito de escolha e aqui chegando, viveram como escravos, trabalhando nas fazendas.  Em seguida, Dom Pedro II solicitou a sua filha Princesa Isabel, que libertasse os escravos. Ela assinou a lei e os libertou.

 

 

 


Os escravos comemoraram a liberdade, porém ficaram preocupados com a sobrevivência daquele momento em diante. Sem trabalho remunerado e sem moradia, como iriam viver? Será que superariam tamanha dificuldade? Então, para a chegada dos dias atuais, foi simulada a passagem do tempo, com imagens representando os dias e as noites. Para que os alunos das turmas participantes entendessem a mensagem do teatro, foram exibidas fotos de negros famosos em diversas áreas, como médico, delegado, bombeiro militar, modelo, professor, atleta e etc, a fim de conscientizá-los da capacidade dos negros. 

Ao final da peça, todos juntos deram a seguinte mensagem:

 

- Xô preconceito!
 

- Diga não ao racismo!
 

- Somos todos iguais!

 

O texto da dramatização foi criado pelos alunos. Todos colaboraram pesquisando e produzindo as roupas para caracterização. 

A professora Marcella confeccionou um cartaz reunindo trabalhos realizados pelos alunos, com as principais palavras da história em Inglês, trabalhando assim o vocabulário da língua que leciona. 

 

Figuras relacionadas à escravidão; desenhos sobre a história “O amigo do rei” e vocabulário em inglês.

 

 

A atividade trabalhou o protagonismo infantil, a igualdade racial e o valor do negro como sujeito na sociedade.

Parabéns pelo trabalho de excelência!

 

Que saber mais sobre?

Escola Municipal Barão de Itararé

Rua Marapendi, s/nº - Marechal Hermes

Diretora: Késia Queiroz 

Diretora Adjunta: Heloisa Martiliano

Coordenadora Pedagógica: Glaucia Nassif

Telefone: 3018-2192 | 3018-2153

E-mail: emitarare@rioeduca.net 

 


 


 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 17/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Projeto Manifestações Artísticas no EDI Pierre Janet

Tags: 4ªcre, projeto, arte, poesia, música fogo.

 


Espaço de Desenvolvimento Infantil Pierre Janet - Projeto: ‘’Manifestações Artísticas”



Por meio de manifestações artísticas o EDI Pierre Janet tem o objetivo de buscar o desenvolvimento do conhecimento intelectual e cultural das nossas crianças, oportunizando a vivência com a linguagem do desenho, da pintura, da dança, da modelagem, da construção, expandindo o gosto, cuidado e respeito pelo processo de produção e criação.

 

 

 

O Projeto Manifestações Artísticas foi dividido em oito etapas, uma exibição diferente em cada mês, durante todo o período letivo, sendo separadas da seguinte maneira: março - PINTURA, abril - ARTES MANUAIS, maio - POESIA, junho/julho - MÚSICA E CINEMA, agosto - DANÇA, setembro - ARTES MANUAIS COM MATERIAL RECICLÁVEL, outubro - CIRCO, e novembro - FOTOGRAFIA.

 

 

 

 

Durante as aulas, integradas ao nosso conteúdo, as atividades de pintura foram realizada pelas crianças com bastante liberdade e diversão. Aproveitando a nossa riqueza cultural, exploramos de forma intensa os pintores brasileiros como: Cândido Portinari, Tarsila do Amaral, Ivan Cruz, Romero Brito, Di Cavalcanti, Oscar Araripe, e Alfredo Volpi, abordando técnicas variadas de pintura com atividades coletivas e individuais . Em alguns momentos, as crianças produziram livremente, em outros foram direcionadas a realizar releituras dos quadros apresentados. 

 

 

 

Em artes manuais a inspiração para nossas obras foi Antônio Francisco Lisboa “Aleijadinho”. Deixamos a criatividade das crianças expandir. Elas criaram, de maneira livre, as esculturas com argila, massinha, papel machê e jornal.

 

 


A primeira exposição abordou os temas pintura e artes manuais onde as turmas demonstraram seus trabalhos em uma galeria de arte feita no pátio do nosso EDI. Nesse momento, os trabalhos retrataram quadros autorais, releituras, obras coletivas, autorretratos e criações individuais.

 

 

 


Durante a exposição, os pais e as crianças puderam realizar uma pintura, apresentar a quem estava presente e tirar fotos dentro de um dos quadros de Cândido Portinari “O menino e o pião” onde fizeram uma linda releitura. Está previsto ainda, a realização de mais três culminâncias do projeto para apresentação de outras manifestações.

 

 

 


Alguns depoimentos sobre o projeto:

 

Adjunta - Rosaria Salete: - "Sem palavras! Achei fantástico o poder de criação das crianças! Os alunos ficaram ávidos. Todos os professores agiram a todo o momento e complementaram uns aos outros. O que mais me tocou foi ver uma única turma, a turma Pierre Janet! Todos com compromisso e amor. O envolvimento dos pais foi bem integrado com a pintura e com as crianças durante a exposição."


Secretária - Sueli: -  "Eu estive no turno da manhã. Realmente estava lindíssimo, a ideia foi formidável. Desenvolver na criança a arte, para essas crianças que não tem contato, é maravilhoso. Eu achei que a ideia é para ser lembrada, divulgada, porque foi muito bonita. A equipe está de parabéns!"


PEI - Gabriela: - "Foi lindo ver o envolvimento dos pais, professores e alunos. Foi muito proveitoso."


PEI - Léa: - "Gostei! As crianças aceitaram bem algo novo, ficaram maravilhadas pelos pintores. Era algo desconhecido para elas e agora identificam as referências no dia a dia." 

Aluna - Milena EI - 54: - "Eu achei muito legal e divertido, adorei!"

Aluna - Allana EI - 54: - "Eu achei incrível! Achei as esculturas que os colegas fizeram bonitas."

Aluna - Ana Beatriz EI - 54: - "Eu gostei de desenhar os quadros."

Texto enviado pelas idealizadoras do projeto:
Daniela Jorge da Silva, professora articuladora e Gabriela Guidani da Silva Pacífico, professora de Educação Infantil.


Parabéns a Equipe do EDI Pierre Janet pelo excelente trabalho realizado!

 

Sobre o Espaço de Desenvolvimento Infantil Pierre Janet
Gestores: Terezinha de Jesus Boaventura e Rosari Salete Azevedo Russo
Professora Articuladora: Daniela Jorge da Silva
Professora de Educação Infantil: Caroline Vasconcellos Fontes do Sul
Designação: E/CRE( 04.10.806) EDI Pierre Janet
Endereço: Rua Nossa Senhora das Graças nº 699 Frente
E-mail: emjanet@rioeduca.net
Tel: 3885-2347

 

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 15/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Coma Bem, Viva Melhor!

Tags: 7ªcre, projetos.

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira participa da Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 promovida pelo PNAE ( Programa Nacional de Alimentação Escolar). A Jornada tem como tema norteador a promoção da alimentação saudável e a prevenção da obesidade infantil no ambiente escolar. 

 

O EDI Professora Norma Andrade Nogueira desenvolveu diversas atividades envolvendo os temas  propostos pela Jornada de Educação Alimentar e Nutricional 2018 (EAN). Confira agora o relato enviado ao Rioeduca sobre as atividades, considerando os temas: Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil e envolvimento da família na alimentação escolar: Vamos aprender juntos!

 

 

 

Tema : Propaganda e publicidade de alimentos para o público infantil

Título : Coma bem, viva melhor!

 

Especialistas apontam a publicidade infantil como grande vilã do aumento do consumo dos alimentos altamente calóricos, processados e com baixo valor nutricional. Sendo assim, ela está diretamente ligada a obesidade infantil, uma vez que as crianças são consideradas sensíveis e vulneráveis a propaganda.


Não é incomum encontrar crianças fazendo escolha pelo suco de caixinha do super-herói favorito, o biscoito que ela viu no anúncio do intervalo do desenho e por aí vai.


As propagandas são abusivas e provocam malefícios a saúde, pois essa exposição corrobora com a promoção de hábitos alimentares não saudáveis, que ficam enraizados na nossa cultura.


Sendo assim, pensamos em trazer para essa etapa da Jornada de EAN a discussão de novas formas de promover os alimentos saudáveis, através do relato e da escuta das crianças, garantindo que elas possam se expressar e serem representadas nesse processo.


O trabalho com as crianças se iniciou com a apresentação de alguns alimentos, onde eles puderam experimentar, sentir das mais diferenciadas formas. As turmas da pré-escola foram convidadas a montar um piquenique com alimentos saudáveis e durante esse processo as crianças foram instigadas a gravar pequenos vídeos falando sobre os alimentos ali inseridos, as frutas.

 

Crianças experimentando frutas diversas.

 

 

Piquenique realizado na unidade escolar.

 

 

Crianças reunidas, após o piquenique.

 

Num segundo momento, eles puderam assistir vídeos e se reconheceram enquanto autores do processo de divulgação e promoção de uma alimentação de qualidade.

 

Ainda dentro do tema, as turminhas do maternal 1 prepararam um outdoor a partir de atividades realizadas com os responsáveis e as crianças, com o intuito de conscientizar a importância de consumir produtos naturais, in natura.

 

Por fim, Eles fizeram um suco de abacaxi com hortelã, retirado na nossa horta e após a degustação e aceitação pela grande parte das crianças, elas seguiram na confecção do outdoor, no hortifrúti do maternal 1 o abacaxi é rei! Os responsáveis se surpreenderam com aceitação por parte das crianças.

 

 

 

 

Tema: Envolvimento da família na alimentação escolar

Título: De bem com seu prato - família e creche servindo saúde e alimentando a vida!

 

Envolver as famílias não é uma tarefa fácil, no entanto, essa parceria é fundamental para o desenvolvimento das crianças. Sendo assim, o EDI Norma tem a preocupação de estabelecer e reafirmar esse vínculo constantemente, pois acreditamos que essa é uma condição indispensável para uma educação de qualidade.


No primeiro momento, convidamos a mãe do pequeno Arthur, que é estudante de nutrição para uma entrevista com as turminhas da pré-escola. As crianças elaboraram vários questionamentos a respeito dos alimentos, de sua importância e da profissão da mãe convidada, Joelma.

 

 

Roda de conversa com a Joelma, mãe do Arthur e estudante de nutrição,

 


Após a entrevista e de uma conversa sobre a importância da merenda escolar, sua formulação, e seus benefícios os pequenos foram para a cozinha preparar o suco do Hulk e um das Princesas, para acompanhar o almoço.


Suco do Hulk


Ingredientes:

2 folhas de couve (da horta)
Suco de algumas laranjas

Procedimento: 

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo.


Suco das Princesas


Ingredientes:


2 Beterrabas
Suco de algumas laranjas

Procedimento:

Coloque tudo no liquidificador, depois é só passar na peneira e pronto!
Sirva com gelo

 

 

 Aprendendo a receita de sucos com ingredientes saudáveis.

 

A atividade foi dirigida pelas lactarista da unidade com o auxílio das crianças. Os responsáveis acompanharam a atividade e acabaram degustando a receita junto aos seus pequenos, que demostraram familiaridade com a receita preparada. Os pais se mostraram bem surpresos com a aceitação das crianças e isso só comprova que uma alimentação saudável começa aqui sim e desde muito cedo!

 

Lavando a couve para o suco do Hulk.

 

 

 

         Preparando a receita Ratatouille.
 

 

O berçário também participou desta etapa da jornada de EAN. Eles prepararam biscoitinhos para receber os responsáveis em um chá da tarde, feito com ervas da nossa horta.


As professoras trouxeram a já conhecida da turma, a Dona Maricota com sua cesta saudável para preparar o chá com os responsáveis. A atividade foi muito divertida e abriu possibilidades para muitas trocas com as famílias.

 

Hora da história : a cesta de Dona Maricota.

 

 

                 Hora do chá : atividade de integração com a família.
 

 

Parte da equipe do EDI e crianças do maternal 2.

 

 

 

 

O EDI Norma acredita e apoia a ideia da interação com as famílias, pois esse movimento enriquece as nossas atividades e contribui com para o pleno desenvolvimento dos nossos pequenos.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato do EDI Professora Norma Andrade  Nogueira:

edinogueira@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

 


 


   
           



Yammer Share

Sábado, 29/12/2018

Projeto Cidadania e Alegria na Escola Átila Nunes Neto

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O Projeto Cidadania & Alegria da Escola Municipal Átila Nunes Neto foi semestral, ocorreu no período de agosto a dezembro, contou com o envolvimento de todos os professores e todas as turmas da escola.

 

O projeto Cidadania & Alegria da Escola Átila Nunes Neto teve como objetivo geral proporcionar ao aluno que ele se conscientize da necessidade do respeito mútuo, através do reconhecimento da aplicação de direitos e deveres de cada um, formando valores éticos para o exercício da cidadania e cumprindo assim com o papel da escola: favorecer uma aprendizagem significativa na formação de cidadãos críticos, conscientes e criativos.

 

 

 

Os temas desenvolvidos, de acordo com o projeto, perpassaram por identidade, eleições, reciclagem, preservação do meio ambiente e valores.

 

 

      Máscaras Cerimoniais - Atividade de artes plásticas com papelão, desenvolvida pela professora Márcia Giovana.

 

 

As atividades da Educação Infantil perpassaram por temas como reciclagem e meio ambiente. As turmas do 1º ano trabalharam a reciclagem e a preservação do ambiente aquático. As turmas do 2º ano trabalharam a cidadania através da consciência ambiental e no trânsito. Já as do 3º ano a construção de brinquedos com sucata, com o artista Ivan Cruz.

 

 

Mural feito com trabalhos da Educação Infantil.

 

 

Alunos do 1º ano e o trabalho feito sobre preservação aquática.

 

 

2ºano e a preservação da água.

 

 

2º ano - apresentação dos trabalhos sobre a cidadania através da consciência ambiental e no trânsito.

 

 

3º ano - construção de brinquedos com sucata, com o artista Ivan Cruz. As memórias e os valores como o amor, através da história “Colcha de Retalhos.

 

As memórias e os valores como o amor, através da história “Colcha de Retalhos”, com as relações construídas na família e na escola. As turmas do 4º ano trabalharam a cidadania, através das eleições com três autores, para a escolha do nome da sala de leitura. As turmas do 5º ano trabalharam a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania, com as Professoras Roberta Nunes e Márcia Magalhães. As turmas do 5º ano trabalharam a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania, com as Professoras Roberta Nunes e Márcia Magalhães.

 

4º ano - trabalhando a cidadania, através das eleições com três autores, para a escolha do nome da sala de leitura.

 

 

5º ano - apresntação de  trabalhos com a proposta da consciência negra, uma questão de cidadania.

 

 

6º ano - Mural : Não deixe que a cor da pele impeça de enxergar quem somos.

 

 

A culminância aconteceu no dia 05 de dezembro com exposição aberta a comunidade escolar. Nos intervalos da exposição teve apresentações de dança (com o grupo de alunos que participou da Mostra de Dança), música (violão e violino, com alunos da escola) e da orquestra de garrafas (alunos da turma 1303) que participou da Orquestra Sinfônica Jovens Cariocas.

 

Apresentação de dança e música.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

Contato da E.M. Átila Nunes Neto:

emaneto@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share