A A A C
email
Retornando 31 resultados para a tag 'peja'

Quinta-feira, 11/05/2017

E.M. Brasil PEJA no Combate ao Aedes aegypti

Tags: 4ªcre, arbovirose, peja.

 


As escolas municipais do Rio de Janeiro continuam mobilizadas contra a Dengue. Transmitida pelo mosquito Aedes aegypt, a Dengue é um problema que precisa ser tratado com seriedade e informação.

 


 

Projeto sobre Arbovirose desenvolvido pelo Peja da E. M. Brasil. Inicialmente o tema foi apresentado através de filmes explicativos e planfetos informativos.

 

 

Desenvolvemos rodas de debates e discussões com as turmas.

 

 

Trabalhamos com recortes de jornais pesquisando sobre o assunto em grupo.

 


Produzimos textos coletivos e individuais sobre as medidas preventivas, sobre os sintomas e problemas causados pela picada do mosquito transmissor e sobre o tratamento que está disponível nos hospitais da rede pública.

 


 


Destacamos o excelente trabalho da turma 191, que desenvolveu seu projeto de forma integrada com a turma 1403 do horário diurno que está sobre a regência da professora Roseli, que atende as duas turmas.

 

 

Analisamos áreas geográficas onde ocorrem mais incidências e desenvolvemos atividades em grupo. Foram produzidos textos a partir das pesquisas realizadas.

 

 

Destacamos mais um trabalho muito bom, o realizado pela turma 192, os alunos construíram armadilhas de caça ao mosquito e espalharam pela escola.

 

 

A turma 191 trabalhou o tema e produziu um vídeo explicando como combater o mosquito e interromper o processo de reprodução com ações dentro da própria casa e conscientizando os vizinhos. Este video foi passado para as turmas dos alunos do horário diurno e para os demais alunos do Peja que funciona no horário noturno. Em retribuição os alunos da 1403 compuseram uma música e foram filmados cantando. Estes vídeos foram passados para todas as turmas da escola.

 

 

Todo o trabalho desenvolvido foi apresentado para todas as turmas e no término do Projeto, a turma 152 criou um mural no corredor da escola para informar todos os cuidados que devemos ter para a eliminação dos problemas causados pela infestação do mosquito Aedes aegypit, através de ações individuais e coletivas de prevenção e cuidados simples que podem salvar vidas.

 

 


Parabéns à Equipe da escola pelo excelente trabalho realizado!


Sobre a escola:
Escola Municipal Brasil
Gestoras:Gisélia Gracio e Sanny Magalhães
Professor Orientador: Profª Rosângela Rodrigues
Endereço:Rua André Azevedo s/nº Olaria, Rio de Janeiro - RJ, CEP:21021-480
Telefone: (21) 3885 3660 e (21)3885 3830
Email: embrasil@rioeduca.net
Texto: Enviado por Rosângela Rodrigues – P.O. do PEJA.

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 28/03/2017

PEJA de mãos unidas no combate ao Mosquito

Tags: 11ªcre, aedes, mosquito, peja.

Neste início de ano letivo a E. M. Rodrigo Otávio, da 11ª CRE, se organizou para combater o tão temido Mosquito transmissor de doenças como: Dengue, Zika e Chikungunya. E os alunos do PEJA não podiam ficar de fora. De mãos unidas trabalharam juntos. CONFIRA!

 

No dia seguinte das professoras terem realizado uma aula inaugural sobre o projeto "Aqui Mosquito não se Cria" os alunos e professores do PEJA elaboraram um mural utilizando as mãos, com o seguinte título: "PEJA de mãos unidas no combate ao mosquito".

 

Alunos do PEJA confeccionando mural com as professoras

 

Já no auditório em dois momentos, iniciando com um funk, houve uma explanação da equipe de Ciências sobre as causas, consequências e formas de combate das arboviroses, utilizando mídias. Houve um debate sobre o assunto e posteriormente em sala de aula os professores deram continuidade com rodas de conversas.

 

Palestra sobre consequências e formas de combate das arboviroses

 

A turma 191 do PEJA I - Bloco II, da professora Maria Angélica, fez uma caminhada no entorno da escola procurando o foco do mosquito.

Um aluno da Professora Graça, do Peja I bloco I – Turma 171, recebeu uma visita do agente de combate ao mosquito. O mesmo relatou que foi encontrada uma lata com larvas de mosquitos em casa. A partir daí houve outros relatos falando da importância de acabar com os focos em casa e na vizinhança. Foi elaborada uma poesia coletiva a partir desse relato. Surgiram dúvidas e na aula seguinte solicitou a participação do professor da área de Ciências para esclarecimentos mais aprofundados.

 

Relato do aluno João, do PEJA I/Bloco II - Turma 191 (Alfabetização)

 

A professora de Ciências do Peja II Bloco II desenvolveu atividades em sala de aula com jogos para identificar em figuras os possíveis focos de mosquitos. Depois a turma se dirigiu ao laboratório com a professora e com material reciclado (Pets) construíram Mosquitecas, armadilhas de mosquitos. Desta forma os alunos acompanharão e interromperão o ciclo reprodutivo dos mosquitos. 

 

Parabéns a todos os envolvidos! Com aulas significativas assim, iremos vencer esta luta contra as Arboviroses. Aqui mosquito não se cria!

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E. M. Rodrigo Otávio

Email: emotavio@rioeduca.net

Telefone: (021) 3367-7528 ou 3383-8867

 

Contato para publicações:

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 22/09/2016

Mostra de Ciências no Programa de Educação de Jovens e Adultos

Tags: 8ªcre, peja.

 

 

 

 

Com o intuito de incentivar a criatividade e promover a aprendizagem prática, a professora Vanessa Mesquita organizou com sua equipe uma Feira de Ciências para os alunos do Programa de Educação de Jovens e Adultos. 

 

Professora Lúcia Maria falando sobre os benefícios da alimentação saudável

 

A Feira de Ciência é uma importante oportunidade para que os alunos coloquem em prática conhecimentos que foram construídos durante as aulas. Sua realização promove movimentação e interação entre alunos e professores.

Desde a escolha do tema até a preparação das atividades que serão desenvolvidas, o evento é repleto de oportunidades para refletir, compartilhar e aprender.
 

 

Aferição da pressão arterial para os alunos presentes na Feira de Ciências

 

No Ciep Professora Célia Martins Menna Barreto, as turmas do Programa de Educação de Jovens e Adultos, o PEJA, participaram de uma Feira de Ciências.

O evento aconteceu nos dias 28, 29 e 30 de junho.

A diretora adjunta do Ciep Célia Martins, professora Vanessa Mesquita e a professora Lúcia Maria trouxeram a proposta da Feira para a equipe da unidade escolar.

Mais do que experimentos científicos, um dos principais objetivos da Feira de Ciências foi aproximar os alunos da prática de atitudes que podem fazer a diferença em suas vidas.

 

 

Trabalho realizado pelos alunos com o tema: Tabagismo

 

Para desenvolver o tema “Saúde e Bem-Estar”, os alunos fizeram uma ampla pesquisa sobre o efeito do tabagismo no corpo humano. O saber vai muito além da campanha “Pare de Fumar ” e sim “Porque não devo fumar!”

Durante a Feira aconteceu também uma palestra sobre “Drogas e Seus Efeitos.”

A professora de Ciências, Lúcia Maria, aproveitou a pirâmide alimentar que foi produzida pelos alunos da turma 171 sob a supervisão da professora Ana Rosa, para discursar sobre a importância de consumir mais alimentos naturais e menos industrializados.

A Feira contou com a presença de uma profissional da Saúde, que foi convidada para aferir a pressão arterial dos alunos. Esse foi o momento propício para a reflexão sobre o uso moderado do sal e a prática de exercícios físicos.

 

Maria José, aluna do PEJA, realizando uma experiência sob o olhar atento dos seus colegas

 

"Essa feira de Ciências agitou a todos! Foi muito bom ver os alunos promovendo experiências, participando e envolvidos com cada proposta apresentada. Nosso objetivo era que os alunos aprendessem de uma forma diferente e acredito que alcançamos o que esperávamos. Agradeço aos professores:  Ana Rosa, José Onito, Lúcia Maria, Vania Teixeira e a professora orientadora, Luciana Lima. Nossa Feira foi um sucesso!"

                                                  Vanessa Mesquita - Diretora Adjunta do Ciep Célia Martins

 

 

Parabéns para todo o Ciep Professora Célia Martins Menna Barreto e em especial para as turmas do PEJA, pela participação e empenho na realização da Feira de Ciências.

Para conhecer mais a escola, visite a página no Facebook: Ciep Célia Martins.

Contato: ciepmbarreto@rioeduca.net

 

 

Alunos realizando a experiência do gerador de energia eólica

 

Para publicações das escolas da 8ª Cre, entre em contato com:

neildasilva@rioeduca.net

 

 

Não esqueça de deixar seu comentário aqui. Queremos saber a sua opinião!

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 01/09/2016

Café Literário no PEJA

Tags: 3ªcre, peja, literatura.

 

 

 

A Escola Municipal Rubens Berardo promove, todos os anos, o projeto da Sala de Leitura intitulado “Piquenique da Leitura”. O PEJA, envolvido nesse projeto, promove o Café Literário que, com uma roupagem mais adequada ao seu perfil, envolve todo o corpo docente, coordenação, direção, sala de leitura e os alunos de todas as suas turmas. Venha com o Rioeduca conhecer um pouco mais desse trabalho.

 

 

A Escola Municipal Rubens Berardo tradicionalmente promove, todos os anos, o Café Literário com as turmas de PEJA na escola como parte integrante do Projeto de Sala de leitura "Piquenique Literário". Como não poderia deixar de ser é um evento muito concorrido na escola pois é a oportunidade de troca entre alunos e professores não só das informações pesquisadas em sala de aula, mas como forma de demosntrar também como diferentes linguagens abordam o tema escolhido. Este ano o tema foi a vida e a obra de Lima Barreto.

 

 

A turma 171, da professora Cicília, trabalhou sobre as doenças da época do Lima Barreto e fez um comparativo com as atuais, assim explorando os vetores como os mosquitos transmissores de doenças da época e atuais. Os alunos confeccionaram os vetores e elaboraram um jogo informativo sobre os vetores e as doenças transmitidas.


A turma 172, da professora Ana Lucia, confeccionou fachadas de casarios antigos em contraponto as casas das primeiras favelas do Rio de Janeiro.


A turma 173, que era da professora Eugênia, fez uma maquete representando a demolição dos cortiços e o início da favela do Morro da Providência.


A turma 174, da professora Heloísa, fez a linha do tempo da vida de Lima Barreto e de suas próprias vidas.
 

 

A turma 191, da professora Edna, montou uma paródia com seus alunos sobre Lima Barreto, elaborou um jogo de perguntas e respostas (quiz) sobre o tema e suas alunas fizeram uma poesia homenageando o autor.

 

A turma 192, da professora Isabel, trabalhou um apanhado de frases e pequenos textos do autor que faziam críticas sociais ao Rio de Janeiro daquela época. E um aluno representou o escritor em uma de suas falas.

 

 

A turma 162, sob a responsabilidade do professor Jan de história, trabalhou a linha do tempo das transformações do Rio de Janeiro na época de Lima Barreto e apresentou uma peça sobre a vida do autor.

A turma 161, sob a responsabilidade da professora Elizabeth de matemática, apresentou o samba enredo da escola de samba Unidos da Tijuca de 1982, que homenageava Lima Barreto.

 

 

A turma 152, com a supervisão da professora Gisele de Língua Portuguesa, apresentou uma esquete sobre uma crônica do autor.

A turma 151, sob a responsabilidade da professora Margaret de ciências, fez trabalhos expositivos sobre a Revolta da Vacina.

A  noite encerrou com todas as turmas cantando o samba enredo da G.R.E.S. Unidos da Tijuca de 1982:

Vamos recordar Lima Barreto
Mulato pobre, jornalista e escritor
Figura destacada do romance social
Que hoje laureamos neste carnaval
O mestiço que nasceu nesta cidade
Traz tanta saudade em nossos corações

Seus pensamentos, seus livros
Suas idéias liberais
Impressionante brado de amor pelos humildes
Lutou contra a pobreza e a discriminação
Admirável criador, ô ô ô ô
De personagens imortais
Mesmo sendo excelente escritor
Inocente, Barreto não sabia

Que o talento banhado pela cor
Não pisava o chão da Academia
Vencido pela dor de uma tragédia
Que cobria de tristeza a sua vida
Entregou-se à bebida
Aumentando o seu sofrer

Sem amor, sem carinho
Esquecido morreu na solidão (bis)

Lima Barreto
Este seu povo quer falar só de você (bis)
A sua vida, sua obra é o nosso enredo
E agora canta em louvor e gratidão

 

 

Ao fim das apresentações os alunos confraternizam com um lanche coletivo .

Parabéns à Direção, alunos e professores da Escola Rubens Berardo pelo excelente trabalho desenvlvido no PEJA. 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share