A A A C
email
Retornando 334 resultados para a tag 'educação'

Terça-feira, 15/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Representante de Turma - Desenvolvendo a Cidadania

Tags: 2ªcre, educaçãoinfantil.

 

Os alunos do EDI Igor Moraes da Silva participaram de um projeto que incentivou a cidadania e o pensamento democrático.

 

A partir do momento de eleições que vivemos no segundo semestre de 2018, a professora Tamires Coutinho, regente do Maternal, no EDI Igor Moraes da Silva, aproveitou para desenvolver um projeto cujo os objetivos foram a participação cidadã dos alunos e o incentivo ao pensamento democrático, que contou ainda com a colaboração das auxiliares Viviane Belo e Maria do Carmo.

 

 


O projeto destacou a importância de introduzir a responsabilidade social desde a Educação Infantil. Com a eleição do representante de turma, as crianças do maternal II puderam desenvolver aos poucos as primeiras noções de cidadania, participação política, entendimento do sistema eleitoral (voto individual e secreto, urna, cabine, primeiro turno e segundo turno - quando acontece empate), possibilitando assim a formação inicial de uma consciência política.

 

 

 

 


“Quem você acha que será um bom representante?” – Pergunta feita pela professora Tamires, antes dos alunos escolherem o voto.


A ideia promoveu nos alunos atitudes de cooperação, participação, responsabilidade, tolerância, sensibilidade e espírito de liderança. “Quem ganha a votação se compromete a ajudar a todos no que for preciso e a ser um bom exemplo para seus amigos.” Explica a professora.

 

 

 


As crianças adoraram e ficaram entusiasmadas com o projeto. As famílias e a comunidade escolar apoiaram a ideia.


Em um primeiro momento, foi perguntado aos alunos quem gostaria de se eleger representante. Apenas as fotos das crianças interessadas foram disponibilizadas dentro da cabine para votação. Como ainda são muito pequenos, o sistema de organizar por fotos é importante para que eles possam escolher visualizando. Cada um escolheu um amigo para votação e escreveu o nome do candidato eleito em um papel legível e grande (trabalhando o letramento e o reconhecimento das letras). 


Após todos votarem, os alunos sentaram na roda junto com a professora e contaram juntos os votos. Se houvesse empate, haveria segundo turno.


A criança com mais votos seria o representante durante toda semana, colocaria um crachá de representante e se comprometeria a ajudar todos os amigos e a dar bons exemplos.


“Acho muito bom eles poderem exercer a cidadania. Gostei muito do projeto”. Relatou a mãe de uma aluna da turma. Ela disse, ainda, que a filha chegou em casa contando que votou e que o amigo tinha sido eleito.


Agradecemos a professora Tamires Coutinho por compartilhar conosco esta atividade que incentivou a cidadania e o pensamento democrático na Educação Infantil.

 

Quer saber mais?

O contato do EDI Igor Moraes da Silva é: edisete@rioeduca.net

Telefone: 2484-7809

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

 

 



 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/12/2018

Prática Pedagógica em Educação Patrimonial na E. M. Mendes Viana

Tags: educação patrimonial, 5ª cre.

 

 

Alunos da Escola Municipal Mendes Viana pedem a preservação de patrimônios culturais do bairro de Irajá através do Projeto Clube de História.

Confira!

 

 


Patrimônio Cultural é, em uma explicação bem simples, tudo aquilo que criamos, valorizamos e queremos preservar para as futuras gerações. São o conjunto das manifestações, realizações e representações de um povo. Em nosso país existem diversos patrimônios, tais como as obras de Aleijadinho em Minas, a arquitetura da cidade de Brasília, o acarajé baiano e tantos outros mais.


A cidade do Rio de Janeiro é rica em bens patrimoniais como o Cristo Redentor e prédios históricos do Centro da cidade e as paisagens da Zona Sul. Mas e os nossos subúrbios? O que gostaríamos de preservar neles? Com estas indagações, os alunos da turma 1802, 8º ano do ensino fundamental, da Escola Municipal Mendes Viana, foram às ruas fotografar aquilo que gostariam de ver preservado em seu bairro: Irajá. As fotos são um registro importante de como os alunos veem seu bairro nesse início de século XXI.

Essa proposta pedagógica surge do projeto do professor Fábio Carvalho, em parceria com o professor Vinck Vitório da sala de leitura da Mendes Viana, chamado Clube de História, em atividade desde o ano de 2016.

 

 

Exposição

 


Ao longo do segundo e do terceiro bimestre de 2018, os alunos e os professores discutiram aspectos da História do Rio de Janeiro e do bairro de Irajá. A partir daí construíram uma exposição de fotos e textos sobre o patrimônio local. A exposição foi dividida em temas:


SAGRADO: a parte da exposição em que retrataram aquilo que as pessoas do bairro veem como digno de veneração e respeito por ter ligação com o divino.


LAZER: o tempo de folga, passatempo, ócio. Representam espaços onde se pode descansar, brincar, encontrar pessoas ou, simplesmente, nada fazer. Apenas apreciar a vida.

 

 

 


MEU LUGAR: Espaço em que os jovens do grupo pensaram no que gostariam de preservar por acharem importante para o lugar onde vivem pois, de alguma maneira, ajudam a melhorar sua qualidade de vida.


CULTURA: Definir cultura é algo muito complexo. Uma definição possível é a do antropólogo Clifford Geertz de que esse conceito se refere a um "padrão de significados transmitidos historicamente, incorporado em símbolos, um sistema de concepções herdadas expressas em formas simbólicas por meio das quais os homens comunicam, perpetuam e desenvolvem seu conhecimento e suas atividades em relação a vida." A escola é um destes locais onde se transmite tais símbolos e concepções herdadas às gerações futuras. Os alunos decidiram, então, preservar em fotos as escolas que lhes eram queridas.

 

 


NATUREZA: Antigamente, pessoas vinham a esta enorme região, a Baixada de Irajá, e ficavam espantados com os rios limpos, a grande quantidade de árvores, frutos, flores. É o eixo que se refere aos elementos do mundo material (mares, montanhas, rios, árvores, animais). O bairro era bonito em determinada época por conta dos elementos naturais que tinha. Aqui, a preocupação é: onde foi parar essa natureza? Ela permanece? Ela se mantém de que maneira? Ou está destruída, acabada? Há um espaço de crítica. Em tempos onde a humanidade esgota recursos naturais e somos ameaçados pela falta de água, poluição do ar, por exemplo, este eixo da “natureza” foi utilizado para denunciar os efeitos nocivos que a falta do cuidado na preservação do elemento causou em nosso bairro.

 

 


REBOBINANDO: foram feitas releituras de fotos antigas da escola. Objetivo foi colocar em evidência o bem mais precioso da exposição, nossos alunos, e retratar as mudanças e permanências do tempo marcadas na Mendes Viana.


A exposição ficou em cartaz na Biblioteca Popular de Irajá – João do Rio, entre os dias 15 e 30 de setembro, em uma parceria entre a Mendes Viana e este é um aparelho cultural tão importante para o bairro e que serviu de referência para a pesquisa de parte dos alunos.

A exposição teve a visita da Escola Municipal Mato Grosso e seus alunos do 5° ano. A unidade estava trabalhando no período da exposição a História do Rio de Janeiro e resgatando aspectos da história do bairro de Irajá.

 

Parabéns pelo excelente trabalho!

 

Sobre a escola:

Escola Municipal Mendes Viana
Diretor: CARLOS EDUARDO HERMSDORFF
Endereço: Estrada do Colégio 940, Colégio
Telefone: 3373-3204
E-mail: emviana@rioeduca.net 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 20/12/2018

Um tesouro a ser descoberto

Tags: 1ªcre, educaçãoinfantil, edi, passagem.

 

Alunos de Creche da 1ª CRE tiveram o primeiro contato com o novo espaço educacional, que frequentarão no ano letivo de 2019.

 

Com o objetivo de tranquilizar as famílias e os pequenos alunos, em razão da transição para novo espaço educacional, a Creche Municipal Eduardo Moreira dos Santos, em parceria com o EDI Morro dos Telégrafos, realizaram nesse mês de dezembro uma atividade de acolhimento para os alunos e responsáveis, que a partir de 2019, estarão frequentando este novo ambiente.

 

 


A visita da creche ao EDI começou com uma contação de história, escrita e ilustrada especialmente para esse momento. O texto escrito valoriza o novo espaço como um tesouro a ser descoberto, um espaço onde os pequenos encontrarão novos amigos, pessoas, coisas e lugares que lhes trarão afeto, segurança e despertarão emoções. A história foi uma ação motivadora que despertou em todos o interesse em conhecer o novo espaço: o EDI Morro dos Telégrafos

 

 

 

 

Ao final da contação, foi proposto uma caça ao tesouro, que estava escondido na nova unidade escolar, seguindo as pistas apresentadas na história que eles ouviram.

 

 

 


Em seguida, crianças, familiares, direção e equipe foram recebidas pela gestora da nova unidade, participaram do desjejum e puderam conhecer e se integrar ao novo espaço. As crianças e responsáveis tiveram oportunidade de conhecer as salas, sendo acolhidos pelos professores.

 

 

 


 

Além disso, os alunos do EDI Morro dos Telégrafos apresentaram um brinquedo cantado para as crianças e familiares visitantes da Creche. 

 

 


A professora Marcela Lemos nos diz: “achei produtivo e gratificante, pois possibilitou conhecer e despertar nas crianças a curiosidade pelo novo espaço e perceber nas famílias a alegria em ver seus filhos animados com a futura escola”.

 

 


Ficou curioso para saber o que caçavam?


Para saber mais:

Creche Municipal Eduardo Moreira dos Santos

Telefone: 3895-2939

E-mail: cmesantos@rioeduca.net

 

Contato para publicações:


 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 12/12/2018

Inovando com os Jogos da Educação Infantil

Tags: 8ªcre, projetos, educação infantil, educação física, jogos.

 

Um marco na Educação Infantil em 2018 foi a realização da primeira edição dos Jogos da Educação Infantil. Além de proporcionar aprendizagem e interação entre os alunos, o evento ratifica a importância da atividade física e hábitos saudáveis desde da infância.

 

 

 

 

No dia 23 de outubro, na Vila Olímpica Mestre André, em Padre Miguel, foi realizada a abertura dos Jogos da Educação Infantil. A Gerência de Educação da 8ª CRE organizou esse evento pioneiro que reuniu Espaços de Educação Infantil e Creches para a realização de jogos individuais e coletivos.

 

 

 

Os professores de Educação Física tiveram um papel fundamental na organização das modalidades dos jogos.

Todos os presentes foram contagiados pela animação e empenho dos pequenos em cada proposta de competição.

 

 

 

 

Para a abertura dos jogos, as equipes participaram de um desfile, no qual os atletas foram apresentados. O momento solene, com apresentação de estandartes, bandeiras e execução do Hino Nacional Brasileiro, também foi um momento gracioso e inspirador, pois os pequenos atletas demonstravam muito orgulho em estar participando desse evento.

 

Após o desfile os alunos fizeram o juramento. De braço estendido eles prometeram participar dos jogos com empenho e espírito esportivo! A solenidade de abertura dos jogos foi um sucesso!

 

 

 

A primeira edição dos Jogos da educação Infantil contou com as seguintes modalidades:

 

ATLETISMO

Corrida Rasa 25 metrosPercorrer (caminhar ou correr) a distância de 25 metros, inserida entre a linha de partida (que se dará após o sinal sonoro) e a linha de chegada (demarcada por uma faixa no solo).

Corrida com Barreiras 20 metros - Percorrer (caminhar ou correr) a distância de 20 metros, inserida entre a linha de partida superando as 3 barreiras propostas na atividade, que são dispostas a 5,10 e 15 metros da linha de partida. As barreiras são posicionadas a 40 centímetros do solo.

Arremesso de Peso - O aluno posicionado dentro de uma área circular inicial, com raio de 1 metro, deverá arremessar o peso com o objetivo de projetá-lo para frente. O peso deve ter 300 gramas e deverá fazer contato com o solo dentro da área demarcada, posicionada à frente da área circular inicial. 

Salto em Distância -  O aluno deverá percorrer a distância de aproximação da tábua (5 metros) e fazer o salto com um dos pés, fazendo contato com o solo na área demarcada à frente da tábua. 

CORRIDA DE BICICLETA

Esta modalidade será realizada através de corridas de bicicletas com rodinhas, percorrendo uma distância de aproximadamente 15 metros.

 

LADOBOL

Este jogo será realizado em uma quadra de voleibol. Cada equipe ocupará um lado da quadra e as mesmas estarão separadas pela rede disposta em altura proporcional ao tamanho dos participantes. Para dar início ao jogo, cada criança terá uma bola nas mãos, ao sinal do professor elas deverão lançá-la (todos ao mesmo tempo) por cima da rede para o lado da quadra adversária. Sucessivamente todas as bolas lançadas para o seu lado da quadra deverão ser devolvidas à quadra adversária.

O objetivo deste jogo é ter o menor número de bolas em seu lado da quadra, sendo assim ganha a equipe que ao sinal do dinamizador tiver menos bola em seu campo.

 

CORRIDA DAS CORES

No centro de uma quadra serão dispostas bolinhas coloridas em igual número para cada cor. Nas extremidades desta quadra estarão bambolês correspondentes às cores das bolinhas e às equipes responsáveis por cada cor. Ao sinal do dinamizador, as equipes deverão se dirigir ao centro da quadra em velocidade, buscando 1 bolinha de cada vez e em seguida trazê-la até o bambolê. Ganha a equipe que recolher todas as bolinhas da sua cor primeiro.

Além dessas modalidades os alunos ainda participaram de competições de Corrida de Tampinha e Pular Corda.

 

 

 

 

Disponibilizar ao aluno o maior número de possibilidades, por meio de desafios corporais que envolvam ações cognitivas, afetivas e motoras de maneira conjunta é um dos objetivos da Educação Física na  Educação Infantil.

Os Jogos da Educação Infantil despertam nos alunos a competitividade, o trabalho coletivo, a determinação por objetivos e a prática de vida saudável, que compreende atividades ao ar livre, movimento e interação.

A iniciativa da Gerência de Educação da 8ª CRE em criar os jogos para esse público é certamente um investimento no futuro, pois podemos estar acompanhando os primeiros passos de grandes atletas!

 

 

 

O Rioeduca parabeniza a professora Diala Azevedo, toda a equipe da Gerência de Educação da 8ª CRE, os professores das Creches e EDI, a equipe de professores de Educação Física, que esteve presente na organização e realização desse projeto, e em especial parabenizamos os pequenos atletas, alunos da Educação Infantil!

 

 

 

 

Os Jogos da Educação Infantil têm previsão para estar no calendário do próximo ano letivo. Se a sua escola ou Creche não participou, fique ligado, porque ano que vem tem mais!

 

Quer saber mais sobre?

E/8a.CRE

Endereço: Rua Biarritz 31 - Bangu

Telefone: 3332-1948 - 3332-1917

 

Contato para publicação:


   
           



Yammer Share