A A A C
email
Retornando 337 resultados para a tag 'educação'

Quinta-feira, 25/04/2019

EDI Medalhista Éder Carbonera - 4ªCRE

Tags: 4ªcre, edi, linguagem artística, educação infantil.

Sou criança e faço arte, na Maré e em toda parte!

 

Na última semana de março, a equipe do Espaço de Desenvolvimento Infantil Medalhista Éder Carbonera inaugurou a “Galeria da Galerinha”, um desdobramento do projeto pedagógico anual: ‘Sou criança e faço arte, na Maré e em toda parte!’, que visa explorar, na perspectiva da Educação Infantil, a linguagem artística em suas diversas possibilidades.

 

 

Educação Infantil: a linguagem artística em suas diversas possibilidades.

 


Este espaço irá abrigar e expor, durante todo o ano, as produções de nossas crianças.  Neste primeiro momento, o projeto voltou-se para “A ARTE DE SER E PERTENCER”, envolvendo as crianças e toda comunidade escolar em experiências de valorização da cultura local.

 

Inauguração da “Galeria da Galerinha: A arte de ser e pertencer

 

 

A atividade contou com a participação do artista plástico Afonso Augusto, o "Carlinhos", morador da Comunidade Vila do João. O artista enriqueceu o evento com suas lindas obras que retratam paisagens da Maré, além de conversar com os responsáveis e crianças sobre técnicas de pintura, incentivando-os a expressar-se através da arte. Ao final, "Carlinhos" presenteou o EDI com uma de suas obras.

 

 

Artista plástico Afonso Augusto, o "Carlinhos", morador da Comunidade Vila do João

 


 

 

 

Parabéns a toda Equipe!

 

 

Quer conhecer um pouco mais do EDI Med. Éder Carbonera?
Endereço: Rua J do PAL 44.811 Acesso pela travessa I (Rua 222) Comunidade Salsa e Merengue 0 Bloco 2
Tel.: (21) 2086-2852
Email: edimcarbonera@rioeduca.net
Facebook: https://www.facebook.com/edimcarbonera/

 

 

Contato para publicação:


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 23/04/2019

Creche Municipal Stella Maris - 11ª CRE

Tags: 11ªcre, projetos, educação infantil, identidade, lúdico, arte, bncc.

 "Luz, câmera...todos em ação!"

 

A partir do Projeto, "Luz, câmera...todos em ação!" a Creche Municipal Stella Maris (11.20.601)  vem trazendo a ludicidade dos filmes infantis para desenvolver as potencialidades dos alunos.  Através da proposta da Creche, as orientações curriculares são desenvolvidas e articuladas com o lúdico, permitindo a participação dos alunos nas escolhas, desenvolvendo as habilidades de forma agradável, colorida, estruturada, trazendo sentido e significado à sequência didática.

 

 

Um dos objetivos da proposta é despertar sentimentos e construir valores, a partir das histórias contadas nos filmes. De modo, que as crianças possam perceber a si mesmo e ao outro, encontrando  igualdades e diferenças. 


A Professora Articuladora Michelle Moreira, conta que toda as turmas da unidade estão envolvidas neste projeto, no qual, por meio da linguagem da arte, possibilita a descoberta da sensibilidade para compreender o mundo e suas culturas. "Os pequenos exploraram a capacidade de atenção, coordenação motora, concentração, percepção, dentre outras habilidades, favorecendo a construção e formação da identidade, a partir de um processo de familiarização da imagem do próprio corpo, por meio da criatividade e da expressão artística."

 

 

Os alunos da EI 31 sendo personagens do cinema. 

 

 

O projeto foi iniciado com o primeiro filme escolhido: Toy Story. A partir da escolha, os personagens começaram a ser conhecidos pelas crianças e identificadas suas características físicas, culturais e emocionais.

O projeto desenvolvido permeia as rotinas diárias da creche, atendendo aos  5 Campos de experiência fundamentais para o desenvolvimento das crianças segundo a BNCC: Eu, o outro e o nósCorpo, gestos e movimentosTraços, sons, cores e formasEscuta, fala, pensamento e imaginação; e Espaço, tempo, quantidades, relações e transformações.

 

Conheça os  campos de experiência estabelecidos pela BNCC para Educação Infantil:

 

1) O EU, O OUTRO E O NÓS:

Destaca experiências relacionadas à construção da identidade e da subjetividade, as aprendizagens e conquistas de desenvolvimento relacionadas à ampliação das experiências de conhecimento de si mesmo e à construção de relações, que devem ser, na medida do possível, permeadas por interações positivas, apoiadas em vínculos profundos e estáveis com os professores e os colegas. O Campo também ressalta o desenvolvimento do sentimento de pertencimento a um determinado grupo, o respeito e o valor atribuído às diferentes tradições culturais.

 

Trabalhando as características físicas do corpo e identidade

 

 

2) CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS:

Coloca ênfase nas experiências das crianças em situações de brincadeiras, nas quais exploram o espaço com o corpo e as diferentes formas de movimentos. A partir daí, elas constroem referenciais que as orientam em relação a aproximar-se ou distanciar-se de determinados pontos, por exemplo. O Campo também valoriza as brincadeiras de faz de conta, nas quais as crianças podem representar o cotidiano ou o mundo da fantasia interagindo com as narrativas literárias ou teatrais (...)

 

 

Representando o mundo de Toy Story

 

3) TRAÇOS, SONS, CORES E FORMAS:

Ressalta as experiências das crianças com as diferentes manifestações artísticas, culturais e científicas, incluindo o contato com a linguagem musical e as linguagens visuais, com foco estético e crítico. (...). Ao mesmo tempo, foca as experiências que promovam a sensibilidade investigativa no campo visual, valorizando a atividade produtiva das crianças, nas diferentes situações de que participam, envolvendo desenho, pintura, escultura, modelagem, colagem, gravura, fotografia etc. 

 

O Universo congelante de Frozen serviu como base para explorar o esquema corporal, texturas, temperaturas e animais que vivem no frio.

 

4) ESCUTA, FALA, PENSAMENTO E IMAGINAÇÃO:

Realça as experiências com a linguagem oral que ampliam as diversas formas sociais de comunicação presentes na cultura humana (...) Dá destaque, também, às experiências com a leitura de histórias que favoreçam aprendizagens relacionadas à leitura, ao comportamento leitor, à imaginação e à representação e, ainda, à linguagem escrita, convidando a criança a conhecer os detalhes do texto e das imagens e a ter contato com os personagens, a perceber no seu corpo as emoções geradas pela história, a imaginar cenários, construir novos desfechos etc. O Campo compreende as experiências com as práticas cotidianas de uso da escrita, sempre em contextos significativos e plenos de significados, promovendo imitação de atos escritos em situações de faz de conta, bem como situações em que as crianças se arriscam a ler e a escrever de forma espontânea, apoiadas pelo professor, que as engaja em reflexões que organizam suas ideias sobre o sistema de escrita.

 

 

 

 

 

 

5) ESPAÇO, TEMPO, QUANTIDADES, RELAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES:

(...). Envolve também experiências em relação à medida, favorecendo a ideia de que, por meio de situações problemas em contextos lúdicos, as crianças possam ampliar, aprofundar e construir novos conhecimentos sobre medidas de objetos, de pessoas e de espaços, compreender procedimentos de contagem, aprender a adicionar ou subtrair quantidades aproximando-se das noções de números e conhecendo a sequência numérica verbal e escrita.(...) O Campo ressalta, ainda, as experiências de relações e transformações favorecendo a construção de conhecimentos e valores das crianças sobre os diferentes modos de viver de pessoas em tempos passados ou em outras culturas. Da mesma forma, é importante favorecer a construção de noções relacionadas à transformação de materiais, objetos, e situações que aproximem as crianças da ideia de causalidade.

 

 

A professora Fernada da turma EI-32 utilizou o personagem Senhor Cabeça de Batata para desenvolver suas atividades,

.

 

Partindo do pressuposto de que a criança aprende por meio das experiências vividas no contexto escolar, as professoras da Creche Municipal Stella Maris, Sirlene Juviniano (EI11) , Lecy Carvalho (EI12), Janaína Pessanha (EI21), Natalia Ferreira (EI22), Caroline Mello (EI31), Fernanda França (EI32), Soraia Vidal (EI33) juntamente com Professora Articuladora idealizaram este projeto, cada uma respeitando o momento e os interesses de seus alunos, trabalhando assim, de forma lúdica todos os campos de experiência enfatizando  os avanços  principais de desenvolvimento na primeira infância.

 

 

Quer saber mais?

BNCC e Educação Infantil

https://novaescola.org.br/bncc/conteudo/58/o-que-sao-os-campos-de-experiencia-da-educacao-infantil

 

Creche Municipal Stella Maris 

Estrada de Maracajá 973, Galeão 21941-395

cmsmaris@rioeduca.net

2465-4786

Diretora: Maria Helena da Silva Fontoura

Professora Ariculadora: Michelle Moreira

 

Contato para publicações:

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 27/02/2019

Acolhimento no EDI Professor Reinaldo José Aragão Barbosa - 8ª CRE

Tags: 8ªcre, edi, acolhimento, educação infantil.

 


Passar a frequentar uma escola é o marco de grande importância no desenvolvimento de uma criança. Para tornar esse momento uma experiência positiva para alunos e responsáveis, a Secretaria Municipal de Educação prevê em seu calendário o período de Acolhimento.

 

 

Ao iniciar o ano letivo, todas as escolas da Secretaria Municipal do Rio de Janeiro realizam o período de Acolhimento. Acolher é muito mais do que adaptação, é respeitar o tempo de cada criança e proporcionar a cada uma delas experiências positivas nos espaços escolares.

 

 

 

 

O período de Acolhimento foi realizado entre os dias 11 e 15 de fevereiro. O Acolhimento é tão importante tanto para as crianças que estão vivendo sua primeira experiência escolar, como também para aquelas que estão retomando sua rotina nas escolas.


Nesse contexto, trazemos a experiência do Espaço de Desenvolvimento Infantil Professor Reinaldo José Aragão Barbosa. A Unidade Escolar foi inaugurada em 04 de novembro de 2009. O EDI está localizado no Bairro de Bangu e possui 14 salas de aula, uma Sala de Recursos Multifuncional, uma Sala de Leitura e uma Sala para Atividades Diversificadas.

Toda a estrutura do EDI foi planejada para um bom atendimento aos alunos, com banheiros apropriados, refeitório, pátio interno, externo e um bom espaço para atividades ao ar livre.


 

 

 

O EDI Professor Reinaldo José de Aragão Barbosa realizou o período de acolhimento, dando os primeiros passos no seu projeto pedagógico anual que tem como tema: Construindo Saberes e Ampliando Sonhos!

 

Sabendo-se que a construção do saber acontece diariamente e de maneira coletiva, as famílias também participaram do período de Acolhimento e foram orientadas sobre o seu papel no desenvolvimento dos alunos.

 

“Neste período de acolhimento, nossa proposta foi a conversa aberta com as famílias, a escuta da fala das crianças e de seus familiares, para que possamos recebê-los de forma prazerosa, estabelecer parcerias e estreitarmos laços. O Acolhimento também foi uma oportunidade para explicar a rotina de nossa unidade e criar junto com os alunos os combinados e regras de convivência, e principalmente, estimular o gosto pela leitura. (...)”

                                                   Professora Cristina Carvalho –  Diretora do EDI Prof. Reinaldo José A. Barbosa


 

 

 

O planejamento anual do EDI Prof. Reinaldo José prevê um trabalho com a Literatura Brasileira para seus pequenos alunos, de forma que se consiga estimular o prazer pela leitura em cada um desses futuros leitores.

Para tal, o trabalho será voltado para os grandes nomes e obras da literatura infantil brasileira como: Ana Maria Machado, Ruth Rocha, Ziraldo, Maurício de Souza, Monteiro Lobato, entre outros.

Será proposto aos alunos o contato com diferentes gêneros de textos, entre eles as histórias em quadrinhos, as poesias e a literatura de cordel. O contato com esses vaiados textos é de grande valor para a iniciação da leitura.


 

 

 

Além da literatura, a proposta da equipe pedagógica do EDI Prof. Reinaldo José Aragão Barbosa irá abranger a temática Sustentabilidade Cidadã. Já estão sendo planejadas oficinas sustentáveis para os responsáveis, assim como um movimento de conscientização da preservação do meio ambiente.

Dessa maneira, caminhando juntos, escola e família estarão cada vez mais construindo e ampliando seus sonhos!

 

O Rioeduca deseja muito sucesso para todas as propostas!

 

Quer conhecer melhor o EDI Prof. Reinaldo José?

Endereço: Rua Roque Barbosa, s/nº - Bangu - Cep.: 21863-420

Tel.: (21) 3465- 4926

Email: edipbarbosa@rioeduca.net

Facebook: https://bit.ly/2GECmqK

 

 

 

Contato para publicações:


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 15/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Representante de Turma - Desenvolvendo a Cidadania

Tags: 2ªcre, educaçãoinfantil.

 

Os alunos do EDI Igor Moraes da Silva participaram de um projeto que incentivou a cidadania e o pensamento democrático.

 

A partir do momento de eleições que vivemos no segundo semestre de 2018, a professora Tamires Coutinho, regente do Maternal, no EDI Igor Moraes da Silva, aproveitou para desenvolver um projeto cujo os objetivos foram a participação cidadã dos alunos e o incentivo ao pensamento democrático, que contou ainda com a colaboração das auxiliares Viviane Belo e Maria do Carmo.

 

 


O projeto destacou a importância de introduzir a responsabilidade social desde a Educação Infantil. Com a eleição do representante de turma, as crianças do maternal II puderam desenvolver aos poucos as primeiras noções de cidadania, participação política, entendimento do sistema eleitoral (voto individual e secreto, urna, cabine, primeiro turno e segundo turno - quando acontece empate), possibilitando assim a formação inicial de uma consciência política.

 

 

 

 


“Quem você acha que será um bom representante?” – Pergunta feita pela professora Tamires, antes dos alunos escolherem o voto.


A ideia promoveu nos alunos atitudes de cooperação, participação, responsabilidade, tolerância, sensibilidade e espírito de liderança. “Quem ganha a votação se compromete a ajudar a todos no que for preciso e a ser um bom exemplo para seus amigos.” Explica a professora.

 

 

 


As crianças adoraram e ficaram entusiasmadas com o projeto. As famílias e a comunidade escolar apoiaram a ideia.


Em um primeiro momento, foi perguntado aos alunos quem gostaria de se eleger representante. Apenas as fotos das crianças interessadas foram disponibilizadas dentro da cabine para votação. Como ainda são muito pequenos, o sistema de organizar por fotos é importante para que eles possam escolher visualizando. Cada um escolheu um amigo para votação e escreveu o nome do candidato eleito em um papel legível e grande (trabalhando o letramento e o reconhecimento das letras). 


Após todos votarem, os alunos sentaram na roda junto com a professora e contaram juntos os votos. Se houvesse empate, haveria segundo turno.


A criança com mais votos seria o representante durante toda semana, colocaria um crachá de representante e se comprometeria a ajudar todos os amigos e a dar bons exemplos.


“Acho muito bom eles poderem exercer a cidadania. Gostei muito do projeto”. Relatou a mãe de uma aluna da turma. Ela disse, ainda, que a filha chegou em casa contando que votou e que o amigo tinha sido eleito.


Agradecemos a professora Tamires Coutinho por compartilhar conosco esta atividade que incentivou a cidadania e o pensamento democrático na Educação Infantil.

 

Quer saber mais?

O contato do EDI Igor Moraes da Silva é: edisete@rioeduca.net

Telefone: 2484-7809

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

 

 



 


   
           



Yammer Share