A A A C
email
Retornando 403 resultados para a tag 'blogsdeescolas'

Terça-feira, 27/11/2012

III FLIRÃ, Festival Literário da Escola Municipal Irã

Tags: 5ªcre, blogsdeescolas, literatura.

 

Sustentabilidade foi tema do III Festival Literário que aconteceu na Escola Municipal Irã, um evento que mexeu com todos os alunos, incentivando e despertando o prazer da leitura.

 

 

No diia 30 de outubro aconteceu a III FLIRÃ, Festival Literário da Escola Municipal Irã. Estive presente representando o Portal Rioeduca na 5ª Coordenadoria Regional de Educação.


Cheguei cedo, fazia naquela manhã muito calor no Rio de Janeiro, e fui recebida pela diretora adjunta, professora Lúcia Maria Gomes. Logo em seguida, conheci a responsável pela Sala de Leitura professora Margareth Knupffer que, no mês de outubro, compartilhou com o Portal Rioeduca um trabalho desenvolvido com as turmas chamado O Cabelo de Lelê, e o Desfile de Penteados Afro. Baseado em histórias da cultura afro-brasileira, fazia os alunos refletirem sobre o negro em nossa sociedade, principalmente no tocante ao preconceito, além de valorizar o que há de belo em cada um. 
 

Muito solícitas, Lúcia e Margareth me deixaram à vontade para conhecer todo trabalho desenvolvido pelos professores e alunos.

 

Passei a conhecer e observar alguns detalhes que me chamaram atenção, como os Bancos da Leitura, onde alunos sentavam para ler livros que, curiosamente e interessantemente, estavam presos a elásticos. Trabalhos de artes plásticas estavam sendo desenvolvidos no pátio externo da escola alternando as turmas. De hora em hora, alunos faziam o troca-troca de sala de aula para uma atividade sobre meio ambiente diferente. Alunos, na sala do relaxamento, deliciavam-se com música ambiente de sons da natureza. No pátio de trás da escola, alunos alternavam-se no circuito ecológico com a professora de Educação Física. No corredor, alunos deixavam seus recadinhos para uma escola mais sustentável, além de curiosidades sobre os animais. Enfim, era uma escola trabalhando e respirando meio ambiente, através da sustentabilidade.

 

 

 Aunos no circuito ecológico com a professora Mirian, de Educação Física. Alunos nos painéis do corredor cultural.
 

 

 Corredor Cultural Literário

 

A escola estava muito movimentada e seus professores esfuziantes realizavam o que de melhor eles sabem fazer: educar para a vida.

 

 Professora Margareth (Sala de Leitura). Alunos visitando a exposição. Alunos na Oficina de pintura. Obra desenvolvida por Vick Muniz feita a partir de materiais reciclados expostas no corredor literário.

 

 Corredor cultural literário, sala do relaxamento e Oficina de pintura

 

 

Organização do III Festival Literário

 

 

Segundo a professora Margareth, o III Festival Literário foi organizado a partir do projeto desenvolvido durante o ano, em que todos puderam mostrar um pouco do que foi trabalhado.

Seu objetivo foi incentivar e despertar nos alunos o prazer pela leitura.

As atividades foram desenvolvidas em dois dias para que todos pudessem aproveitar ao máximo todos os momentos. No primeiro dia, aconteceu a abertura e várias oficinas: pintura, relaxamento, corredor literário, visita à exposição, quizz e circuito ecológico. As turmas circularam em todos os espaços junto com seus professores. Foi um dia muito especial. No segundo dia, as turmas fizeram suas apresentações além de contarem com a presença das professoras da Sala de Leitura, Angélica da E. M. Luxemburgo e Celeste da E. M. Alfredo de Paula Freitas. Os alunos do GEC Mário Paulo de Brito, acompanhados das professoras Inês, da Sala de Leitura, e Auziléia, de Educação Física, fizeram uma apresentação de dança que abrilhantou ainda mais este dia.

 

Apresentação dos alunos da Escola Municipal Irã

 

 

 Apresentação das professoras Angélica, EM Luxemburgo. Celeste, EM Alfredo de Paula Freitas. GEC Mário Paulo de Brito com o grupo de dança (foto do meio). Visitação de alunos e responsáveis à exposição.

 

 

Construindo uma Irã Sustentável: Reduzindo, Reutilizando, Reciclando e Preservando

 

Os professores das turmas de E.I. ao 6º ano, juntamente com os da Sala de Leitura, Educação Física, Educação Artística, Coordenação Pedagógica e toda a equipe administrativa, devido aos enormes problemas vividos atualmente no mundo, escolheram trabalhar este ano sustentabilidade, aproveitando o evento que ocorreu no Rio de Janeiro, o Rio + 20.


“Tivemos como objetivo desenvolver em nossos alunos uma consciência sustentável para que, quando adulto, suas atitudes responsáveis em relação ao meio ambiente se transformem em hábitos praticados naturalmente. Iniciamos o projeto exibindo, na Sala de Leitura, o filme “Os Sem Floresta” e, após reflexão, cada professor deu início às atividades em sala de aula. As atividades desenvolvidas ao longo do projeto foram realizadas a partir de rodas de leitura com vários livros relacionados ao tema, incluindo: passeios, produções de texto, poesias, vídeos, reportagens, músicas, aulas expositivas no Data Show, construção de instrumentos musicais, brinquedos, gambiarras e outros, utilizando materiais reciclados, além de palestras na Light e CEDAE”, relata a professora Margareth Knupffer.

“No primeiro bimestre, a escola teve como principal objetivo o primeiro R que é Reduzir. No segundo bimestre Reutilizar, aproveitando as técnicas artísticas com materiais reutilizados. No terceiro bimestre Reciclar e no quarto bimestre Repensar”, finaliza a professora da Sala de Leitura, Margareth Knupffer.

É preciso realmente repensar nossos hábitos de consumo que, por muitas vezes, são exagerados.

 

Painés e exposições na FLIRÃ

 

 

Parabéns à equipe Escola Municipal Irã pelo lindo trabalho desenvolvido com os alunos!

 

Visitem e comentem nos Blogs:

Escola Municipal Irã http://escolaira.blogspot.com.br/

Sala de Leitura da Escola Municipal Irã http://www.saladeleituraira.blogspot.com.br/

 

 

 Escolas e professores participem das publicações do portal Rioeduca enviando para o representante da sua CRE projetos desenvolvidos e/ou atividades que impactaram a aprendizagem de seus alunos.

Clique aqui para saber o e-mail do seu representante.

 

Acompanhem e comentem nos blogs das Escolas da Rede Municipal de Educação da Cidade do Rio de Janeiro.

 

Representante do Rioeduca na 5ªCRE _ Professora  Regina Bizarro

Twitter: @rebiza / Facebook: rebiza

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

 

                                


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 26/11/2012

Brincadeiras de Animação

Tags: 2ªcre, blogsdeescolas, artesvisuais.

Os alunos da Escola Municipal Bombeiro Geraldo Dias, localizada no bairro da Tijuca, participaram do Festival do Rio 2012.

 

 

O Festival do Rio 2012 aconteceu nos meses de setembro e outubro.  Durante esse período, o Rio de Janeiro foi conhecido como capital mundial do cinema. Além da participação de produtores profissionais, o espaço também foi aberto às escolas de nossa rede.

 

O cinema é uma forma de arte que contribui com nosso conhecimento; nos leva a uma percepção crítica e poética diante dos fatos que nos cercam diariamente.  A Mostra Geração é um espaço, dentro deste grande evento que propicia a participação de crianças e jovens iniciantes apresentando suas obras. Eles têm a oportunidade de estar em contato com obras de grandes mestres do cinema e também de conhecer o trabalho dos inciantes na área. “É o cinema de diferentes formas, todas elas mágicas, envolventes e muito prazerosas.” ( Informações consultadas no portal Festival do Rio 2012)

 

A Escola Municipal Bombeiro Geraldo Dias, além de outras duas unidades escolares da Tijuca, participou da Mostra Geração, realizada no dia 04 de outubro de 2012, na Estação SESC Rio, com o filme "Brincadeiras de Animação", criado pelos alunos do 1º ao 3º anos do Ensino Fundamental, sob a supervisão da professora Gisele Felix.

 

 

 

 

A professora Renata Carvalho, representante do portal Rioeduca, na 2ªCRE, após visitar o blog da escola entrou em contato com a unidade escolar. A professora Gisele Félix, responsável pela produção do trabalho, enviou um relato contando como foi participar da Mostra Geração no Festival do Rio 2012.

 

O objetivo do trabalho foi a compreensão do processo de realização da "animação", já que os alunos assistiam a diversas animações e não conheciam seu modo de produção. Esta seria, assim, mais uma possibilidade de comunicação e de expressão conquistada por eles.

 

Partimos, então, da realização de desenhos livres com a proposta de dar-lhes movimento. Também demos "vida" a bonecos de massinha, objetos e brinquedos, além de realizar movimentos "impossíveis" com nossos corpos, como deslizar ou voar (pixilation).

 

O trabalho foi realizado nas aulas de Artes nas turmas do 1º, 2º e 3º anos, com alguns pequenos exercícios no EI-10, e foram reunidos em um vídeo.


Gostamos do resultado final e resolvemos inscrevê-lo para seleção no Programa Vídeo Fórum - Festival do Rio.


"Foi muito gratificante para as crianças a experiência de ver seus trabalhos valorizados e expostos em uma enorme tela de cinema, com tantos espectadores.  Foi muito enriquecedor que elas vissem as produções de outras crianças e trocassem suas experiências. Esse incentivo fez com que eles ficassem mais envolvidos ainda com a realização de outros trabalhos." - Professora Gisele Félix

 


 

 

Alunos durante o desenvolvimento da atividade

 

 

Clique e assista ao vídeo criado pelos alunos da Escola Municipal Bombeiro Geraldo Dias, que foi exibido na Mostra Geração do Festival do Rio, dia 04 de outubro, no cine Estação SESC Rio.

 

 

 

Quer conhecer mais sobre o trabalho desta escola? Visite seu blog!

http://embombeirogdias.blogspot.com.br/

 

Professor, o portal Rioeduca é um espaço feito por e para professores. Participe também! Entre em contato com o representante de sua CRE para divulgar o blog ou projetos desenvolvidos por sua escola.

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

Contato:
Professora Renata Carvalho – Professora da rede e representante do Rioeduca, na 2ªCRE
Email: renata.carvalho@rioeduca.net
Twitter: @tatarcrj

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 21/11/2012

Escola e Comunidade

Tags: 3ªcre, protagonismojuvenil, blogsdeescolas, blogsderioeducadores.

 

 

A escola está sempre inserida em uma comunidade e com ela interage para o crescimento de todos. Conhecer as necessidades e potencialidades do bairro faz parte do processo educativo dos alunos. A professora Joice Pinter e toda a comunidade escolar da E. M. Levy Neves da 3ª CRE comemoraram os 30 anos da escola estreitando estes laços.

 

A professora Joice Pinter, de Língua Portuguesa, já vinha desenvolvendo um trabalho voltado para a ação dos alunos sobre os temas estudados, como vimos na postagem Protagonismo Tirando a Droga de Cena. Com a proximidade da comemoração dos 30 anos da escola, ela propôs que os alunos escrevessem reportagens que mostrassem os bairros atendidos pela escola: Tomás Coelho e Engenho da Rainha. A partir das atividades previstas pelo caderno pedagógico dos alunos e das pesquisas realizadas por eles, as reportagens retratariam os problemas do bairro, mas também a busca de soluções. A apropriação do bairro pelos alunos conscientiza e mobiliza uma aprendizagem aplicada diretamente para a vida. Confiram as melhores reportagens publicadas no blog Escrevinhar pra Valer.

 

 

 

 

 

 


Esta e outras atividades foram destaque da celebração dos 30 anos da E.M. Levy Neves e marcam também a estreia do blog da escola. A exposição dos trabalhos realizados durante todo o ano letivo apresentou a história da escola e de seu entorno, suas modificações ao longo do tempo e o reconhecimento do ambiente, através de maquetes, artesanato e outras representações. Em toda a amostra, está presente o resgate da relação afetiva entre aluno e escola e a valorização de um histórico de serviços prestados neste período.

 

 

 

 

 

 

Além disso, a partir das perguntas dos alunos da turma 1602 e com as imagens registradas por eles na escola, a professora Jo Joice elaborou o Game do Patrono. É um jogo de perguntas e respostas sobre a história de Levy Neves, cirurgião-dentista que empresta o nome à escola. O objetivo é que o jogo possa ser utilizado por outras turmas para que todos conheçam mais sobre seu patrono. No blog da escola, você pode encontrar a maioria das respostas e jogar  também.

 

 

 

 

 

 

Em vídeo publicado no blog da escola, podemos conferir as imagens e os trabalhos expostos na festa. Leiam também as poesias da turma 8801 da professora Solange sobre a marca que a escola deixa na vida de seus alunos. Comunidade e escola “Plantando Sonhos e Colhendo Realidades”, como pretende o projeto político pedagógico desta unidade escolar, só podem render bons frutos.

 

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 16/11/2012

Sem Medo de Brincar e Aprender

Tags: 3ªcre, riodeleitores, blogsdeescolas.

 

 

O medo nos protege e nos move. Protege dos perigos e nos move para longe deles. Não podemos deixar que ele nos paralise. Na Escola Municipal Brício Filho da 3ª CRE, as professoras Juliana Oliveira, de Inglês, Mônica Fonseca, da Sala de Leitura e Karen Moreira, da Educação Infantil, espantaram o medo dos alunos com um projeto divertido e cheio de simbolismos. Conheça!

 

 

Fugir de um animal feroz ou peçonhento, sair de situações que nos oferecem perigo e colocar nossas vidas a salvo são algumas das funções do medo. Todas elas ajudaram a humanidade a sobreviver desde o início de sua História. Nossa vida civilizada de hoje nos afastou de tantos desses medos, porém nos trouxeram outros. As crianças ainda conservam alguns deles. A maioria em relação ao universo da fantasia. Caveiras, bruxas, fantasmas e monstros se juntam às aranhas, cachorros e ratos para amedrontar os pequeninos.
Mas, na E.M. Brício Filho, esses medos não assustam mais. A Prof.ª Juliana Oliveira desenvolveu um projeto relacionado ao Halloween. Bruxas, caveiras, morcegos povoaram o esse universo, desmitificando-os através de canções, brincadeiras e danças. Passar de assustado a assustador amplia o ponto de vista do aluno. Manipular os objetos que assustam, se divertindo com eles, faz com que o medo perca seu poder paralisante. E como eles adoraram assistir e dançar como as caveirinhas e se fantasiar de bruxas e monstros!

 

 

 

 

 

 

Já o enfoque da professora Mônica Fonseca, da Sala de Leitura, foi para os livros que contam histórias para nos assombrar. Através da leitura mais detalhada do texto e das imagens desses livros, o universo do medo fica mais próximo e ganha beleza. Eles aprenderam que causar medo e representar o feio ou o assustador também é possível e ajuda a aliviar o receio diante de uma situação difícil. Em mais uma sessão de fantasia e música, ficar com medo estava cada vez mais divertido. As meninas ganharam unhas negras adesivas e se sentiram as verdadeiras bruxas. Só que sem nenhuma maldade.

 

 

 

 

 

 

 

 

Com a professora Karen Moreira, da Educação Infantil, o assunto ficou mais sério. Nessa faixa etária, o simbólico fala muito alto na imaginação das crianças. Então, ela montou todo o cenário para que os alunos pudessem dar fim aos próprios medos. Os alunos registraram com desenhos tudo aquilo que apavorava cada um. O caldeirão da bruxa apareceu na sala de aula e todos puderam compartilhar seus medos e “cozinhá-los” até eles desaparecerem. Confira nos vídeos como foi importante essa participação!

 

 

 

 

 

 

 

No blog da escola, ficaram registradas todas as atividades do projeto Medo o quê? Eu vou Brincar Muito! Passe por lá e brinque com seu medo também.
 

 

 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share