A A A C
email
Retornando 295 resultados para a tag '7ªcre'

Terça-feira, 17/04/2018

Acolhimento na Creche Otávio Henrique de Oliveira

Tags: 7ªcre, projetos, acolhimento.

 

O acolhimento da turma EI -21 da Creche Municipal Otávio Henrique de Oliveira , durante o primeiro bimestre, promoveu espaços de diálogo, interação e dinâmicas envolvendo responsáveis , crianças , a professora e demais educadoras do grupamento.

 

Pensar e planejar a chegada das crianças e suas famílias na creche foi o início para a tessitura dos vínculos afetivos na turma EI 21, maternal I, da Creche Municipal Otávio Henrique de Oliveira.

 

 


De mãos dadas com a sensibilidade, a escuta e a disponibilidade ao outro, a professora Bábara de Mello e as demais educadoras do grupamento EI 21, promoveram espaços de diálogo e dinâmicas desde a primeira reunião com os responsáveis, organizando tempos, espaços e objetos que pudessem subsidiar as interações e brincadeiras entre e com as crianças, de aproximadamente 2 anos de idade.

 

 

Roda de Conversa e brincadeiras com a participação dos responsáveis

 

O acolhimento é o momento de um olhar mais atento às crianças pequenas que estão pela primeira vez na creche e precisam do olhar individualizado do adulto, atento a seus saberes e dizeres, seus gestos, sentimentos e vozes, sobretudo, respeitando o tempo de cada uma e do seu familiar. Além de ser o momento de promoção de uma atmosfera em que se sintam seguros e tranquilos nesse novo ambiente de aprendizagem.

 

         Incentivo à leitura desde o maternal.
 

 

Através do cuidar e educar, desde o primeiro dia letivo, as famílias e crianças foram convidadas a vivenciarem qualitativas experiências e conhecerem a rotina e espaços em momentos coletivos, em grupos menores e em momentos individuais. Assim, a presença de um familiar, sendo ele um adulto de referência da criança, tornou-se o elo de comunicação e mediação dela, durante os dias de encontro com os novos lugares e pessoas antes desconhecidos.

 

 

        Conhecendo a rotina de alimentação na Creche

 

 

O Projeto Anual da Creche é Pela Arte de Todo o Mundo Descubro Um Mundo Que me Encanta que tem como objetivo geral "ampliar no educando o apreço pelo fazer e a observação das diversas manifestações artísticas, expandindo seu conhecimento de mundo, associado às aptidões, capacidades e a criatividade que a criança pode aprimorar na Educação Infantil.

 

 

A brincadeira criando vínculos entre crianças e educadoras

 


Tais práticas permitem conhecer diferentes expressões artísticas, proporcionando sensibilidade, construindo sujeitos críticos e argumentativos. Dessa forma, desenvolvendo um auto-conhecimento que é exteriorizado nas diversas frentes criativas.

 

Todas as turmas realizaram o acolhimento, porém, cada equipe teve o seu planejamento de atividades, respeitando as especificidades de faixa etária e grupamento.

Na turma em questão, EI 21, os familiares foram convidados a participar junto às crianças e educadoras da rotina cotidiana da creche, como os momentos de alimentação, de trocas, de higiene e, também, das rodas de encontros e cantigas, onde eles puderam compartilhar e cantar músicas e saberes relacionados a seus filhos, e, também, descobrir, trocar e conhecer novos saberes. 

 

 Momentos diversos da rotina escolar durante o acolhimento

 

 

Segundo a professora Bárbara de Mello : "Entendemos que através do seu familiar, daquele que a criança tem como referência, ela conhece o mundo, se sente amada e segura. A presença dos responsáveis conosco foi de primeira importância para a construção dos vinculo afetivos entre crianças e suas educadoras da sala. O fazer pedagógico para esse momento inicial esteve presente no colo que acolhe, no olhar que confirma a presença, no corpo que abraça, nos ouvidos atentos, na voz que acalenta, no estar disponível ao outro que chega, no encorajar das ações, no respeito ao tempo de cada um.”

A professora Bárbara de Mello completa ainda que : “Nesse caminhar de encontros continuaremos juntos, creche e família, na construção da autonomia das crianças e no fazer cotidiano, priorizando o constante diálogo e parceria.”

                                                                                                      Informações enviadas pela professora Bárbara de Mello

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da C.M. Otávio Henrique de Oliveira:

cmoholiveira@rioeduca.net

Contato da professora Bárbara de Mello:

barbara_mello84@yahoo.com.br

 

                                                                                                                      

 

 

 


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 03/04/2018

Compartilhando Sonhos, Construindo Dramaturgias

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O projeto de Artes Cênicas Compartilhando Sonhos, Construindo Dramaturgias, realizado na Escola Municipal Átila Nunes Neto com alunos do 4º ano.

 

O projeto Compartilhando Sonhos, Construindo Dramaturgias, de Artes Cênicas,  envolveu os alunos da Escola Municipal Átila Nunes Neto. A atividade teve como  fio conduto a história infantil de Alice no País da Maravilhas e tinha como objetivo desenvolver um trabalho que atendesse anseios temáticos voltados à existência e ao cotidiano e anseios estéticos voltados à cena contemporânea.

O projeto foi realizado com todas as 4 turmas do 4° ano da Escola Municipal Átila Nunes. A professora idealizadora e responsável pelo projeto foi Débora Restum com o auxílio da estagiaria de Artes Cênicas, Taísa. Além disso, a direção e a escola, como um todo, colaboraram, uma vez que, entendem as artes cênicas como fundamentais no processo de desenvolvimento e formação do aluno.

 

 

 

Após conhecerem a história da Alice, por meio do filme do diretor Tim Burton, os estudantes participaram de um debate sobre sonhos, e a partir do exercício Sinestesia, abordado na Estética do Oprimido de Augusto Boal, os alunos expuseram seus sonhos em sala de aula. Esses foram lidos na turma e cada um deveria escolher o sonho que mais chamasse sua atenção. A partir da escolha do sonho do amigo, foi elaborada uma exposição. 

 

Escolha dos Sonhos
Processo Criativo

Sonho do aluno Alexandre de Oliveira da turma1403: "conhecer as galáxias."

 


 

Alunos lendo os sonhos dos colegas expostos em sala de aula.

 

Construção/Exposição em sala de aula

 

Alunos construindo sonhos dos colegas. Exercício baseado em Estética do Oprimido de Augusto Boal.

 

                 Exposição de obras e sonhos originais.

 

Após a exposição, foi realizado um novo debate em sala de aula sobre sonhos, com intervenções do professor mediador. Em seguida, as turmas escolheram dois sonhos que representassem melhor o grupo, estes seriam os sonhos do Chapeleiro e da Alice na dramaturgia coletiva e reinventada. Os sonhos escolhidos foram os do aluno Lucas Pagung, que desejava ajudar a sua família e do aluno Alexandre de Oliveira, que sonhava em conhecer as galáxias.

A estrutura de roteiro foi criada por cenas ilustradas que, juntamente, com o enredo seriam construídos em grupos. Dessa forma, foram divididos em:  A infância da Alice, Alice sem perspectiva de realizar seu sonho, Alice retornando ao mundo mágico e conhecendo o Chapeleiro (resgatando fé), Alice e Chapeleiro juntos buscando a permissão da Rainha de Copas (ela representa os impedimentos dos sonhos de ambos), e por fim, Alice retornando ao mundo real.

As cenas foram realizadas como roteiros de cinema, storyboards e em desenhos, onde cada grupo criou um enredo da temática e cada aluno construiu uma cena ilustrada para que fossem posteriormente unida em um roteiro coletivo da turma, nascendo, assim, o embrião da peça.

 

Cenas

 

Esquerda :Storyboard construído coletivamente e à direita: Cena Rainha Cabeçuda não permite que Chapeleiro conheça novas galáxias.

 

Após a construção do roteiro, partiu-se para as improvisações, que também foram realizadas pelo grupo. 

 

Improvisação com base no roteiro criado pela turma.

 

A construção da cena contemporânea foi criada com a junção híbrida da ação dramática, da criação de um “anima” ,de entrevistas realizadas pelos alunos em ambiente escolar, com pergunta”QUAL O SEU SONHO?” e de uma performance relacional durante a peça. 

 

Construção do Cenário

 

Turma 1403 construindo cenário e à direita, construção do foguete do chapeleiro.

 

           Construção do Anima

 

Construção do anima-Alice comendo bolo e crescendo.

 

Entrevistas

 

        Entrevistas realizadas pelos alunos do 4°ano na escola, durante as aulas de Artes Cênicas.

 

Estética Relacional


 


Teatro Performático utilizando a Estética Relacional com a pergunta QUEM É VOCÊ?

 

 

Apresentação da peça Pelos Caminhos de Alice, Sonhamos

 

Primeira Cena: Alice no palco.

 

 

Alice sendo abordada pelo Chapeleiro e os Loucos.

 

 

Rainha Cabeçuda ordenando: - Cortem as cabeças!

 

 

Alice caindo no buraco-Cena construido em animação e projetada durante espetáculo.

 

 

Final da peça Alunos-atores sendo aplaudidos pela platéia.

 

 

O projeto Compartilhando Sonhos, Construindo Dramaturgias foi realizado durante o segundo semestre de 2017 e a culminância  aconteceu no dia 27 de novembro na E.M.Atila Nunes Neto. A plateia foi composta por responsaveis, além da direção e professores responsáveis

O projeto atingiu o seu objetivo através das praticas teatrais, artísticas e pedagógicas que promoveram a emancipação e o encontro de todos os envolvidos.

 

Informações enviadas pela professora Débora Restum

 

 

Parabéns  a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da E.M. Átila Nunes Neto:

emaneto@rioeduca.net

Contato da profª. Débora Restum:

deborarestum@gmail.com

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 09/01/2018

Projeto Ebook - Minhas Memórias em um Click

Tags: 7ªcre, projetos.

 

Os alunos da turma 1401, da Escola Municipal Renato Leite, desenvolveram o projeto "Ebook minhas memórias em um Click" no período de agosto à novembro de 2017. As atividades aconteceram com a professora Angela Vianna Miranda durante a disciplina de Lingua Inglesa.

 

 

          Professora Angela Vianna e alunos reunidos para o lançamento do Ebook.

 

 

O Projeto Ebook - minhas memórias em um Click , realizado pelos alunos da turma 1401 da Escola Renato Leite, teve como objetivo criar estratégias de envolvimento mais dinâmico com o idioma de modo que o aluno pudesse ser o principal agente nesse processo. Dessa forma, tirando o aluno de sua 'zona de conforto', convidando-o a compartilhar suas histórias do cotidiano transformando-as em memórias registradas em Inglês.

 

Capa do livro.

Uma das páginas internas do livro.


 

Segundo a professora Angela Vianna : ”Por ser uma turma muito falante e participativa, e em sua maioria, os alunos sempre gostavam de contar fatos marcantes (alegres e não tão alegres), de sua semana, decidi aproveitar essa oportunidade, de forma que o Inglês fosse explorado com frases simples, e vocabulário bem acessível no registro dessas 'memórias' sob o formato de um Ebook e também um livrinho de papel.”

A professora ainda conta que :”Primeiro organizamos um concurso de desenhos para que pudéssemos escolher a ilustração da capa e outras que apareceriam ao longo do livro.A cada semana escolhíamos, por votação, 5 fatos marcantes relatados pelos próprios alunos. As frases, versadas para o Inglês, eram trabalhadas em aula, e todo o vocabulário foi registrado no quadro/caderno dos alunos. Trabalhamos a oralidade e a escrita.”

 

       Concurso para a escolha do desenho da capa e a direita, o desenho da ganhadora.
 

 

A elaboração e edição do Ebook ficou sob a responsabilidade da professora assim como o envio do material para a gráfica e impressão de 1 livrinho de papel para os próprios.

 

Convite para o evento : save the date.

 

    Apresentação do Ebook para os convidados.

 


A professora Angela finaliza:”Planejamos juntos como seria o lançamento do Ebook, que ocorreu com todos os detalhes: Visita convite, de um grupo representante, em todas as turmas. Cartazes espalhados pelos corredores. Mesa enfeitada. Sala enfeitada. Datashow e telão e convidados especiais (Direção, Coordenação alunos e alguns professores). Os alunos apresentaram seus discursos improvisados na hora e o evento foi muito significativo para eles e para mim também!”

 

                                                                                                        Informações enviadas pela professora Angela Vianna.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da professora Angela Vianna:

angela.paterra@gmail.com

Contato da E.M. Renato Leite:

emrleite@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 26/12/2017

Feira das Nações

Tags: 7ªcre, projetos.

 

Alunos da Escola Municipal Barão da Taquara realizaram a Feira das Nações, no final do quarto bimestre, apresentando  aspectos da  história e cultura  de diversos países.

 

A Feira das Nações da Escola Municipal Barão da Taquara foi desenvolvida durante o segundo semestre, e a exposição dos trabalhos aconteceu no dia 25 de novembro. A feira contou com a participação de todas as turmas, do 6º ao 9º ano, ficando cada turma responsável por um país.

 

 

Pátio interno da Escola.

 

O evento contou também com a participação de todos os professores e funcionários da escola, ficando uma dupla de docentes responsável por acompanhar e avaliar o trabalho de cada uma das turmas. No dia da apresentação dos trabalhos, convidados externos avaliaram o trabalho dos alunos.

 

 Exposição sobre o Brasil.

 

Exposição sobre o México.

 

          Exposição sobre o México.

 

Com a avaliação dos professores durante o processo e a avaliação externa no dia da apresentação foi definida a nota pelo trabalho de cada turma, sendo esta nota usada para a média bimestral dos alunos.

 

 Exposição sobre a Grécia.

 

    Exposição sobre os EUA.

 

   Exposição sobre a China.

 

Exposição sobre Ilhas Salomão.

 

Exposição sobre Emirados Árabes.

 

Cartaz sobre Mandela na exposição da África do Sul.

 

Os países escolhidos para a Feira das Nações foram :Brasil,  México, Grécia, França, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá, Cuba, Japão, China, Egito,África do Sul, Emirados Árabes, Quênia, Austrália, Nigéria, Etiópia,  Índia, Peru,  Itália, Portugal , Papua Nova Guiné, Ilhas Fiji, Ilhas Salomão e Coreia do Sul. Na abertura da Feira das Nações,  os alunos participantes da Maratona Castro Alves com melhores produções e os monitores da Sala de Leitura foram premiados.

 

    Mural sobre a Maratona Castro Alves.

 

Apresentação de trabalhos de pop art feito pelos alunos.

 

    Visitação da comunidade escolar.

 

Os trabalhos apresentados foram separados pelas turmas e os alunos apresentaram cartazes com informações diversas sobre os países, maquetes, danças e também aconteceu degustação de algumas comidas ou alimentos típicos dos países.A Feira das Nações foi aberta à visitação para a comunidade escolar .

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da Escola Barão da Taquara:

emtaquara@rioeduca.net

 

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 


   
           



Yammer Share