A A A C
email
Retornando 299 resultados para a tag '3ªcre'

Quarta-feira, 21/06/2017

10º Encontro com Educadores da Rede Pública - SME/ISMART

Tags: 3ªcre, talentos, ismart.

 

   Realizado para celebrar o trabalho desenvolvido com alunos e escolas da Rede Municipal, o evento “O incrível pode acontecer quando o talento encontra a oportunidade” procurou apresentar práticas inspiradoras que acontecem na rede pública e que ajudam a potencializar o desenvolvimento dos alunos.


 

     

 

Realizado no dia 3 de junho de 2017, no Centro de Convenções Bolsa do Rio, o evento “O incrível pode acontecer quando o talento encontra a oportunidade” procurou apresentar práticas inspiradoras, desenvolvidas pelo ISMART, que ajudam a potencializar o desenvolvimento dos alunos da Rede Municipal de Ensino.

 

 

"O ISMART foi criado em 1999. O Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (ISMART) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que identifica jovens talentos de baixa renda, de 12 a 15 anos de idade e lhes concede bolsas em escolas particulares de excelência e o acesso a programas de desenvolvimento e orientação profissional, do ensino fundamental á universidade.

 

 

A parceria entre o Ismart e a SME/RJ consiste na efetiva divulgação e implementação de projetos que visam o desenvolvimento acadêmico de jovens estudantes da rede pública municipal, por meio da concessão de bolsas de estudos em instituições de ensino de excelência e/ou participação em projeto online."

 

 

No 10º Encontro com Educadores da Rede Pública ISMART, realizado no dia 05/06/2017 o ISMART fez uma homenagem às escolas da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, pelo apoio e incentivo aos alunos que em 2017 ingressaram no Ensino Superior:

  • Rebeca Gaudêncio Lima – Economia - PUC-Rio – Escola de origem EM Alcide de Gasperi
     
  • Eliza da Conceição Motta - Arquitetura e Urbanismo - PUC-Rio – Escola de origem EM Brig. Faria Lima
     
  • Isabelle Silva Nazareth - Engª Ambiental - PUC-Rio - Escola de origem EM Ceará
     
  • Mariana da Silva de Oliveira - Ciências Contábeis – Uerj - Escola de origem EM Delfim Moreira
     
  • Miriã Barbosa Tebas – Psicologia - PUC-Rio - Escola de origem EM Pastor Miranda Pinto
     
  • Vinicius Lourenço Seabra - Engª de Produção – UFRJ - Escola de origem EM Pastor Miranda Pinto
     
  • Thainá Bastos Martins da Silva – Estatística – Ence - Escola de origem EM República do Peru

 

 

São principios do trabalho desenvolvido pelo ISMART:

  • as diferentes formas de talento se distribuem por todas as classes sociais;
     
  • o talento só se concretiza por meio do esforço pessoal;
     
  • os bons exemplos têm efeito multiplicador;
     
  • a excelência é a base para os resultados desejados;
     
  • as boas oportunidades catalisam a promoção social;
     
  • a definição de sucesso é o resultado de uma atividade produtiva, da responsabilidade social e da realização pessoal.

 

 

O ISMART acredita no talento individual e no poder transformador da educação.

 

 

Para demonstrar o resultado desse importante trabalho, um caso de sucesso:

“A aprovação do Gustavo deu um gás para continuarmos indicando alunos para o Ismart, porque você parte de um exemplo, de um caso concreto”, lembra Marta Solange Gomes Lacerda Carapajó, coordenadora pedagógica do Alcide de Gasperi e responsável por iniciar, naquele ano de 2009, a participação da escola no processo seletivo do Ismart. 

 

 

Sete anos depois, além de Gustavo, atualmente estudando Engenharia Química na PUC-Rio, Marta aponta outros estudantes que também entraram e continuam no projeto: Raphael de Almeida Silva (que faz Economia na PUC-Rio) e as colegas Bianca Fernandez de Oliveira Pinho e Juliana Santos de Jesus (Projeto Alicerce no Colégio pH e alunas do 8º ano do ensino fundamental). Recém-aprovada, Ayviah Ramos de Oliveira ingressará no Ismart em 2016, pelo Projeto Bolsa Talento, no Colégio Pensi.

"O incrível pode acontecer quando o talento encontra a oportunidade".

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 07/06/2017

"Olavo" na memória, construindo a nossa história! - Jubileu de ouro

Tags: 3ªcre, jubileu, ouro.

 

  No dia 06 de março de 2017, a Escola Municipal Olavo Josino de Salles completou 50 anos de busca pelo ensino de excelência. O aniversário foi lembrado no próprio dia e contou com a participação de alunos, ex-alunos, professores, direção e funcionários, que prepararam com muito carinho essa importante comemoração.

 

 

 

 

 

Direção de qualidade foi a marca determinante de sucesso da Escola Municipal Olavo Josino de Salles. Ao citar os nomes, uma singela homenagem a cada uma delas que, com seu trabalho, marcaram e marcam época na educação dessa comunidade: 

  • PROFª NEUZA PINTO DE CERQUEIRA (1967 À 1977);
     
  • PROFª Mª DA CONCEIÇÃO TEIXEIRA TARSITANO (1977 À 1990);
     
  • PROFª MARISE PACHECO DE MELLO (1991 À 1992);
     
  • PROFª Mª FRANCISCA TEREZA GOMES DO CARMO (1993 À 1994);
     
  • PROFª ARYNA DE ARAÚJO PAES DO NASCIMENTO (1995 À 2002);
     
  • PROFª MÁRCIA BARBOSA CORRÊA (2003 em diante).

 

 

Muitas homenagens foram prestadas à Escola e muitos ex-alunos deixaram suas mensagens de afeto e apreço a essa tão querida unidade.

Trechos do depoimento do, hoje funcionário da prefeitura, Sr Júlio César Bonini:

"Quero aqui registrar todo o meu agradecimento à Diretora Geral, Marcia Corrêa, e à Adjunta, Regina, que me convidaram para abrilhantar o Centro de Estudos da Escola Municipal 03.12.019 Olavo Josino de Salles. Alí pude recordar toda a minha trajetória ao longo desses 50 anos de história em que comemoramos o Jubileu de Ouro da Escola. Essa unidadade faz parte da minha vida desde 1987, quando alí iniciei meus estudos. Estudei até a 8ª série do primeiro grau (nomenclatura da época). No evento, pude perceber que muitos que estudaram até em épocas bem anteriores ou após a minha, se emocionaram com cada lembrança documentada por mim e pela direção, resgatadas em pesquisas fiéis.

Tivemos a presença especial da então Professora Salete Oliveira (História e Geografia), que iniciou suas funções na Escola em 1973 e saiu após longos anos de dedicação exclusiva aos alunos. Estes até hoje perguntam: e a Dona Salete?

Essa escola iniciou a sua trajetória em 06/03/1967, quando foi entregue ao povo pelo então Governador do Estado da Guanabara, Negrão de Lima. 

Muitas emoções nessa tarde e muitas lágrimas de lembranças de grandes profissionais que passaram pela então conceituada Escola Olavo. Quero aqui agradecer a cada ex-aluno que compareceu nessa tarde tão gostosa: Daniel Daltro Bosisio, Débora, Carlos Alberto Rocha, Leontina Célia Soares, Silvia Peçanha, Pedro Henrique e Katia Marins. O meu muito obrigado de coração!"

 

 

Um pouco sobre o Patrono Olavo Josino de Salles...

Olavo Josino de Salles nasceu na cidade de Campanha do Sul, Minas Gerais. Filho de Américo Josino de Salles e de Thereza Bressani Salles, aos 20 anos foi para Napomuceno, onde se estabeleceu como professor. Em 1883, casou-se com a professora Ambrosina Brandão. O casal passou a exercer o magistério em Napumoceno, onde construíram o grupo escolar Joaquim Ribeiro. Foi também fundador do grupo escolar das cidades de Areado e Paredes do Sapucaí e das Vilas de Carrancas e Contenda. Era profundo conhecedor do latim, francês e inglês. Católico fervoroso, muito humano, um mestre na acepção ampla e absoluta da palavra. A data de seu nascimento é desconhecida, mas faleceu em janeiro de 1938. 

A escola recebeu o seu nome por escolha do excelentíssimo Governador Francisco Negrão de Lima, em homenagem ao seu grande mestre. Nos anos de 1991 e 1992, o prédio municipal, onde funciona a escola, sofreu uma reforma geral e foi acrescido de mais 5 (cinco) salas de aula em um prédio anexo. 

 

 

Muitas recordações de diferentes épocas da Escola marcaram também os diferentes momentos da Educação Pública da cidade do Rio de Janeiro.

 

 

Parabéns à Escola Municipal 03.12.019 Olavo Josino de Salles pela trajetória de sucesso e compromisso com a qualidade da Educação pública da cidade do Rio de Janeiro. Que venham mais 50 anos!

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 24/05/2017

Entrega dos Certificados de Cambridge

Tags: 3ªcre, bilingue, cambridge.

 

   Certamente, o dia 03 de maio de 2017 ficará marcado na história de vida de todos os alunos da Escola Municipal Affonso Várzea, por ter sido a Cerimônia Oficial para entrega dos Certificados do exame de Cambridge 2016.

 

 

No dia 03 de maio de 2017, foi realizada a Cerimônia Oficial para entrega dos Certificados do exame de Cambridge para os 10 melhores alunos do ano de 2016. A prova de Cambridge foi realizada no ano de 2016 e os alunos que se destacaram nesse exame receberam seus Certificados numa cerimônia preparada com muito carinho por toda a equipe da Escola Municipal Professor Affonso Várzea, que fica localizada no Complexo do Alemão e foi uma das primeiras unidades da Rede Municipal a se tornar bilíngue.

 

 

Todos os alunos e uma significativa parte dos professores da unidade escolar tiveram o privilégio de acompanhar de perto a cerimônia de premiação e toda emoção demonstrada nas palavras de uma das grandes entusiastas e incentivadoras do trabalho, a  diretora Ana Patrícia Capuano Leal. 

Aliás, envolvimento com o Projeto é o que não falta em toda a Escola Municipal Affonso Várzea. Desde a entrada, onde está um grande cartaz que dá as boas vindas recepcionando a todos nos dois idiomas: “Seja bem-vindo” e “Welcome”, até nos trabalhos expostos em todos os coloridos murais da escola encontramos referências sobre o trabalho de excelência realizado nessa unidade.

  

 

Implantadas em 2013, as escolas bilíngues têm o objetivo de introduzir metodologia e práticas de ensino em duas línguas da Educação Infantil ao 6º Ano. Das dez unidades, nove oferecem o ensino em Inglês e uma em Espanhol. Nelas, os alunos da Educação Infantil têm 15 tempos de aula em Inglês ao longo da semana, enquanto os estudantes do Ensino Fundamental contam com 10 tempos. Em uma escola regular são oferecidos dois tempos dessa disciplina por semana.

O mais interessante nesse Projeto é que a língua estrangeira perpassa todas as outras disciplinas, inclusive na Matemática. A seriedade do trabalho desenvolvido pelos profissionais que atuam na ecsola fez com que  a unidade se tornasse "uma referência de ensino de  qualidade para toda a comunidade do Complexo do Alemão”, explica a diretora da unidade Ana Patrícia Capuano.

Vale ressaltar que todos os funcionários, inclusive os professores de todas as disciplinas, recebem uma bolsa de estudos de Língua Inglesa para que possam atuar também como interlocutores de Inglês em suas atividades e nas aulas de suas disciplinas.

Os professores que atuam no ensino de Língua Inglesa são escolhidos através de um processo de seleção interna entre os profissionais do quadro de docentes da rede. 

 

 

Há três anos, os alunos do 5º ano são avaliados pela Universidade de Cambridge, da Inglaterra, por meio de uma prova oral e escrita, com o objetivo de identificar seus níveis na Língua Inglesa. Após a avaliação, os estudantes recebem certificados de proficiência da universidade.

A participação dos estudantes da Rede Municipal nessa  tradicional avaliação é uma das ações do programa "Rio, Criança Global", criado há seis anos, que tem por objetivo de universalizar e intensificar o ensino de Inglês nas unidades escolares do município. 

 

RIO CRIANÇA GLOBAL

O programa "Rio, Criança Global", criado em 2009 pela Secretaria Municipal de Educação, tem por objetivo disseminar a prática e utilização da Lingua inglesa nas unidades da Rede Municipal de Ensino da cidade do Rio de Janeiro. Nele, os  alunos do 1º ao 3º ano têm uma aula semanal do idioma, enquanto os estudantes do 4º ao 9º ano têm dois tempos semanais de inglês, com ênfase na conversação. Até o momento, o programa já beneficia mais de 500 mil alunos.

 

 

A  Coordenadora de Inglês da unidade, a professora Glaucia Morais, de 29 anos, nasceu e foi criada até os sete anos no Complexo do Alemão. Quando soube que o projeto seria implantando numa escola de sua antiga comunidade, fez questão de integrar a equipe que daria forma ao projeto. Segundo seu depoimento: “Quis voltar a minha raiz e fazer diferença na vida dessas crianças através da Educação, assim como aconteceu comigo. Sempre estudei em escola pública e sei que aqui eles também podem ter oportunidades”, explica.

 

 

Congratulations!

Parabéns para a equipe da Escola Municipal Affonso Várzea pelo marcante trabalho que faz diferença na cidade do Rio de Janeiro.

E, para quem quiser entrar em contato com a escola e conhecer um pouco mais desse importante trabalho, basta enviar um email para a unidade: empvarzea@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 10/05/2017

PEJA NEREU em Desvendando Mistérios

Tags: 3ªcre, educopedia, jogos.

 

   Utilizando o Minigame da Educopédia, Desvendando Mistérios, o PEJA da Escola Municipal Nereu Sampaio desenvolve um trabalho de investigação literária que promove, de forma lúdica, a formação e desenvolvimento de novos leitores. 

 

 

Um computador na mão e uma ideia na cabeça, assim começou mais um  Projeto de Sala de Leitura com o PEJA da Escola Nereu Sampaio. Segundo o relato de professor Marco "Batata": A professora Rosane de português, PEJA II sinalizou que gostaria de trabalhar com os alunos tipos de produção textual (crônicas, poesia, dissertação, narração) e gostaria de saber se teria algum material disponível para realizarmos uma atividade com as turmas.

Pesquisei e encontrei nos computadores da sala de informática um ícone instalado na área de trabalho chamado Educopédia Minigames; onde entre outros jogos, na área de Português, existe um chamado Desvendando Mistérios. 

Planejamos a aula sobre estilos literários utilizando o jogo. Os alunos da 161 tiveram que identificar os criminosos que deixavam como pistas alguns textos. Cada suspeito tinha um estilo de texto. Depois eles tiraram fotos de cada tela.

 

 

Os alunos foram levados ao laboratório de Informática da escola e lá puderam exercitar também o aprendizado participativo, na medida que os que tinham mais desenvoltura com programsa e computadores auxiliaram os que ainda não possuem tal familiaridade. 

O professor Marco "Batata" apresemtou junto com a professora Rosane, o Minigame Desvendando Mistérios. 

Neste jogo, existe um detetive que precisa da ajuda dos alunos para desvendar alguns crimes que ocorrem na cidade; os suspeitos deixam sempre uma carta no local.

O detetive apresenta as características literárias de cada “criminoso”; Clodoaldo utiliza textos dissertativos. Herminia, prefere os textos dissertativos-argumentativos e Lobato utiliza textos literários.

Ao apresentar os suspeitos e seus tipos de textos preferidos, o detetive explica minuciosamente as características destes estilos literários.

A partir daí, o aluno é encaminhado para os locais onde ocorreram os crimes e têm acesso as cartas ali deixadas. Após ler a carta, o aluno deve identificar qual tipo de texto se trata e depois de identificado, fazer a acusação do “criminoso”.

Entao, o laboratório se transformou. Em cada aluno, um detetive... e muitos mistérios para desvendar...

                            

 

Depois de realizada a atividade, os alunos tiraram fotos, em seus celulares, das páginas acessadas e foram para a sala de aula, onde realizaram produções textuais sobre a atividade realizada na sala de informática. Hora de consolidar e sistematizar o que foi aprendido com o jogo.

Hora também dos professores concientizarem seus alunos  para o uso do celular como instrumento de aprendizagem.

 

 

Para conhecer melhor os Minigames da Educopédia:

Os Minigames da Educopédia foram idealizados por profissionais com vasta experiência na área de educação para apresentar de forma lúdica, os conteúdos das disciplinas do Ensino Fundamental previstos nas Orientações Curriculares da Prefeitura da Cidade do rio de Janeiro e da Multieducação e estão disponíveis na Plataforma Colaborativa educacional Educopédia e podem ser acessados no endereço: http://www.educopedia.com.br/Ferramentas/ConteudoOffline

Existem 30 Minigames que contemplam o planejamento das disciplinas de Artes, Ciências, História, Geografia, Língua portuguesa e Matemática. Conheça, utilize e avalie.

A principal vantagem é que podem ser utilizados pelo professor mesmo quando não houver conexão com a internet. Podem ser baixados e gravados em CD ou DVD.

 

 

O minigame Desvendando mistérios é um game de Português que apresenta as principais caracerísticas dos principais estilo literários da Língua portuguesa através dos seus personagens. O aluno é colocado como um detetive que precisa se apropriar desses estilos para desvendar o mistério. 

 

 

Para aguçar o espírito investigativo de quem ainda não conhece o jogo seguem algumas telas de apresentação dos personagens do minigame Desvendando Mistérios...

 

 

Um pouco das características de Lobato, personagem do game.

Despertou sua vontade de conhecer esse e outros jogos?

Acesse a plataforma Educopedia conheça, utilize e avalie. Produzido por professores da Rede para professores da Rede.

 

 

Já é comprovada a importância da diversificação de estímulos educacionais para a melhoria da qualidade do ensino, no entanto é preciso que sejam acompanhados de objetivos claros e precisos para que atinjam o objetivo de uma educação de qualidade. 

Parabéns à Escola Nereu Sampaio que vem estimulando seus alunos utilizando diferentes ferramentas educacionais, oferecendo a todos a oportunidade de aprender conceitos, conteúdos e valores de forma crítica e lúdica.

 

 


   
           



Yammer Share