A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 6 resultados para o mês de 'Setembro de 2010'

Quinta-feira, 30/09/2010

Viva o Folclore na Bárbara Ottoni!!!

Tags: educação.



A Escola Municipal Bárbara Ottoni passou por momentos difíceis no início deste ano por conta dos estragos causados pelas chuvas de abril, mas com a colaboração e a solidariedade dos amigos, dos responsáveis, dos professores, dos agentes auxiliares de creche, dos funcionários de apoio, da CRE e da SME e também com muitas doações recebidas, dentre as quais as de brinquedos, materiais didáticos, e de livros, conseguiu dar a volta por cima!

Por isso, a diretora Taíssa Nappo é só alegria ao relatar as experiências vividas desde o dia 02 de agosto, quando se iniciou na Unidade Escolar o projeto “Viva o Folclore Brasileiro”, que contou com a coordenação pedagógica da professora Eliete Nascimento, uma equipe de educadores engajada e uma comunidade escolar absolutamente motivada.

Buscando desenvolver atitudes de cidadania relacionadas à cultura brasileira, a escola situada no bairro do Maracanã, levou os pequeninos a aprender sobre tradições do povo brasileiro e conhecer as diversidades da nossa cultura, bem como festas, danças, mitologia, lendas, tradição oral, arte popular e outras manifestações culturais tipicamente brasileiras. Os alunos aprenderam a identificar as tradições orais presentes no cotidiano, assim como simpatias, superstições, parlendas e trava-línguas. Conheceram o trabalho de rendeiras e ceramistas, vivenciaram brincadeiras de origem popular e também aprenderam a fazer vários brinquedos tradicionais do Brasil, dos quais ainda nem conheciam.

Os responsáveis não ficaram de fora e se engana quem acha que participaram somente assistindo às apresentações de suas crianças! Eles também desenvolveram oficinas, participaram de peças teatrais e de várias outras atividades cumprindo a verdadeira missão do Folclore que é a de transmitir a cultura adquirida com seus antepassados às novas gerações.

Apesar da culminância do projeto ter ocorrido no dia 17 de setembro, a Unidade Escolar continuará utilizando a riqueza dos elementos folclóricos promovendo uma articulação destes com os conteúdos das unidades temáticas dos meses de outubro e novembro.

Para conhecer mais a EM Bárbara Ottoni e os desdobramentos deste projeto, clique aqui e visite o BLOG!


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 22/09/2010

Orientações Rioeduca e Educopédia

Tags: orientações, rioeduca.



  • Não sabe como acessar sua conta no Rioeduca.net?
  • Precisa de mais orientações para utilizar a Educopédia?
  • Assista ao vídeo explicativo e tire de letra!!!

   
           



Yammer Share

Terça-feira, 21/09/2010

Malas Viajantes... O que há dentro delas???

Tags: creche, riodeleitores.

A equipe da Creche Municipal Santa Terezinha percebia que algumas crianças sempre solicitavam livros emprestados, queriam levar pra casa, mas isso acabava ficando restrito a poucas crianças, dependendo do interesse do responsável.
Foi então, que em Centro de Estudos Integrado com a Creche Municipal Ayrton Senna, tomaram conhecimento do projeto que era realizado lá e resolveram adaptá-lo para a sua realidade, pois vinha ao encontro do desejo de dar acesso aos livros existentes na Unidade Escolar – o Projeto Mala Viajante.


O objetivo do projeto é dar acesso a crianças e responsáveis ao acervo de livros existentes na unidade escolar de forma responsável e controlada, orientando e mostrando a importância de se valorizar a leitura desde cedo e da necessidade de preservação dos livros. Além disso, promover um momento único entre responsável e criança em casa.


Cada turma confeccionou uma “ Malinha” bem colorida, bem lúdica e que chamasse atenção. As educadoras de cada turma escolheram um livro que a turma gostasse muito, mostraram para a turma e explicaram sobre a mala, falando que eles levariam a mala pra casa, e teriam que ser atentos e cuidadosos com o livro.


No dia em que a primeira criança de cada turma levou a mala para casa, foi enviado também um informativo sobre a mala para todos os responsáveis, explicando sobre o funcionamento do projeto. O mesmo informativo foi colado na contracapa de cada mala.
Dentro de cada mala, junto com o livro, foram enviados também uma caixa de lápis de cor e uma ficha para o responsável preencher com um espaço para a criança desenhar, caso desejasse. O objetivo é que essa ficha fique colada no “Livro da Vida” da criança e assim, no final do ano, ela terá anotado todos os livros que levou pra casa durante o ano.
Quando todas as crianças da turma levarem o livro pra casa, o livro será trocado e assim sucessivamente até o final do ano.


A diretora da Creche Municipal Santa Terezinha, Lucélia Rohr de Souza, informa que o projeto ainda está em desenvolvimento, mas já é possível notar que as crianças e também muitos pais estão gostando muito. “Sabemos que é um passo pequeno para a democratização da leitura, mas de passo em passo vamos caminhando para criar um Rio de Leitores. Agradecemos especialmente à creche Municipal Ayrton Senna por compartilhar ideias” - diz ela.


Nós, da equipe do Rioeduca.net, sabemos o quanto é importante o compartilhamento de experiências e parabenizamos o trabalho das creches Santa Terezinha e Ayrton Senna por excelentes trabalhos como esse!
 

                                           

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 20/09/2010

Arte não é só no papel

Tags: artes, oficina.

A Oficina de Desenho e Criatividade do Núcleo de Arte Grande Otelo vai além do  objetivo de estimular a observação e a produção de desenhos, através do conhecimento das técnicas em desenho à mão livre. Os desenhos são realizados a partir de ilustrações de revistas, modelos, objetos e elementos da natureza e além da produção de desenhos à mão livre, é utilizado o software Paint para a criação de desenhos abstratos. Essa preocupação vai ao encontro da preocupação do projeto de também promover a inclusão digital através das ferramentas gráficas disponíveis e também estimular a interação e o trabalho colaborativo.

A professora  Luciana Lima, que começou o projeto em 2009, conta que os alunos que participam desde o ano passado, neste ano já são seus monitores. Eles ensinam os procedimentos básicos aos alunos iniciantes. “Minha oficina funciona do jeito mesmo da foto. Enquanto uns realizam as atividades de desenho no papel, outros utilizam o computador. Há um revezamento.” - conta a professora.

  A professora relata o caso de uma aluna que sofria de bullying na escola, não só por não saber ler, mas também por não saber segurar o mouse. Hoje, alfabetizada, faz desenhos lindos no computador e sua autoestima está nas alturas! Tudo isso com apenas um único computador! Hoje o Núcleo de Artes recebeu doações de mais dois computadores da E. M. Mario Piragibe e o trabalho evolui a cada dia.

 

 

                                           


   
           



Yammer Share