A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 16 resultados para o mês de 'Julho de 2018'

Terça-feira, 17/07/2018

2º Festival de Atletismo da 11ªCRE é um sucesso!

Tags: 11ªcre, geo, atletismo.

 

A 11ª CRE foi palco do 2° Festival de Atletismo Escolar

 

Organizado pela Escola Municipal GEO Nelson Prudêncio, que funciona dentro da Vila Olímpica Nilton Santos, no bairro de Pitangueiras. Participaram do evento, realizado no dia 12 de julho, dezenas de alunos/atletas de 16 instituições, entre escolas municipais do Rio de Janeiro, escolas particulares, além de equipes tradicionais do esporte como o Vasco da Gama.

 

GEO Nelson Prudêncio fatura o título de Campeã Geral do Atletismo em casa

 


Durante o evento, os alunos/atletas puderam sentir a sensação de disputar competições em alto nível, fato que, segundo o professor de educação física e coordenador do evento Junior Carneiro, estimula o desenvolvimento da criança dentro do esporte e também é um aprendizado para a vida.

Cada competidor participou de acordo com a faixa etária e gênero, nas categorias pré-mirim, mirim e infantil. Foram disputadas as modalidades de salto em distância e em altura, arremesso de peso e corridas de 50, 75, 100, 500, 800 e 1.000 metros.

 

Cerimônia de Abertura do Festival

 

 

O 2º Festival de Atletismo foi uma iniciativa dos professores Júnior Carneiro e Fabio Bernardo do GEO Nelson Prudêncio, que contou com o apoio logístico da 11ª CRE, da FARJ, da Vila Olímpica Nilton Santos, da CLIPO e do Instituto Trevo. Eles perceberam a necessidade de incrementar o calendário de esporte no primeiro semestre. Um dos organizadores do evento, o professor Fabio Bernardo, conta que a intenção da escola é incentivar a prática do atletismo ainda na fase de iniciação da criança e disseminar a modalidade nas demais escolas da Ilha do Governador.

 

 

Normalmente é através da educação física na escola que as crianças tem o primeiro contato com determinado esporte, como é o caso do atletismo. Então, através do festival, conseguimos reunir alunos para disputar um evento que valoriza o trabalho do professor e é importante para os alunos — disse o professor Júnior Carneiro.

 

 

Equipe de professores do GEO Ilha. Animação total

 

O GEO Nelson Prudêncio se consagrou campeão geral do Festival, deixando o GEO Dr. Sócrates em segundo lugar e o tradicional Vasco da Gama em terceiro. Para a diretora do GEO Nelson Prudêncio, Profa. Christiane Fournier, o evento foi uma grande oportunidade de congraçamento entre alunos e professores das escolas participantes e também uma comprovação do sucesso do modelo GEO de escolas.

 

Representantes das escolas e clubes participantes

 

Participaram do evento: E. M. Conjunto Praia da Bandeira, E. M. Cuba, E. M. Holanda, E. M. Capitão de Fragata Didier, E. M. Leonel Azevedo, E. M. Silveira Sampaio, Colégio Loide Marta, de Caxias; CIEP Maringá, de Macaé; Os Ginásios Experimentais Olímpicos Nelson Prudêncio, Doutor Sócrates, Juan Antonio Samaranch e as equipes de atletismo Fortes e Velozes, Vasco da Gama, Paixão Runners, Vila Olímpica Nilton Santos, e Instituto Ideal Brasil.

 

 

Quer saber mais sobre?

E.M. Nelson Prudêncio

E-mail: emprudencio@rioeduca.net 

Telefone: 3885-0096
 

 

Contato para divulgação:


 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 17/07/2018

Era Uma Vez ... No Ensino Especial do EDI Eu Sou

Tags: 7ªcre, edi, inclusão.

 

O EDI Eu Sou recebeu a equipe do Projeto Agentes da Inclusão estreando a Ação “Era uma vez” para alunos da Educação Infantil

 

 

O Instituto Municipal Helena Antipoff – Centro de Referência em Educação Especial, apresenta o Projeto Agentes da Inclusão que faz parte da Sala de Leitura Professora Sônia Maria Maltez Fernandez, sob a responsabilidade da Professora Tatiane Cunha.

 

Este projeto justifica-se por compreender que a riqueza existente na diversidade humana é reconhecer a escola como espaço propício para diálogo, a reflexão e o debate sobre a equidade de oportunidade, enfrentamento, à discriminação e o respeito à pessoa com deficiência.

 

A equipe estreou no dia 4 de julho no Espaço de Educação Infantil Eu Sou a Ação “Era Uma Vez”, para alunos da Educação Infantil. O grupo é formado por jovens com deficiência, que superaram a diversidade e com muita criatividade e protagonismo no Projeto Agente de Inclusão, nas ações:

 

  • O relato sobre o tema da Diversidade no Contexto Escolar com casos bem sucedidos de inclusão;
  • Oficina Pedagógica para a Diversidade;
  • A ação Era Uma Vez, para os alunos da Educação Infantil.

 

 

A história contada, cantada e encenada foi “O anel, o pescador e o rei”. Que deixaram adultos e crianças encantadas e hipnotizadas com a destreza desses jovens que são muito mais do que especiais no sentindo amplo da palavra. Raphael, Larissa e Priscilla são os jovens que atuam no projeto com grande destaque.

 

Nosso EDI teve o privilégio de ter sido o primeiro a presenciar o evento. Foi emocionante ver aqueles jovens atuando e interagindo com as nossas crianças. Nós professores da educação Infantil não temos a dimensão do futuro dos nossos alunos de um modo geral, que por serem tão pequenos ainda não nos dão muitas respostas.

No entanto, o que vivenciamos nos deu a perspectiva do sucesso da inclusão. Gostaríamos que todas as escolas e todas as famílias tivessem essa experiência. Momentos como esses são motivadores, nos dão a certeza de que estamos no caminho certo e que a inclusão no ambiente escolar é muito mais do que repasse de conteúdos formaisDestaca Vanessa, diretora do EDI EU SOU.

 

 

Sendo assim, muito emocionados e com o coração transbordando de alegria, encerramos nosso texto, registrando nossa gratidão ao Instituto e a Professora Tatiana por esse lindo Projeto.

Parabéns!

 

Quer saber mais sobre?

EDI Eu Sou (07.16.810)

Endereço: Rua Cândido Benício, 2399 - Praça seca

Diretora: Vanessa Simões

Adjunta: Estela Squiaque Vieira Humbelino

Tel.: 2435-4276

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/07/2018

Vivendo Direito e Deveres

Tags: cre10, 10ªcre.

 

A Escola Municipal Ana Neri trabalha os direitos e deveres com os alunos fazendo com que criem o hábito diário de seguir os combinados feitos. 

 

A E/CRE (10.26.013) Escola Municipal Ana Neri é centenária, está localizada na Estrada Roberto Burle Marx, 9953, Barra de Guaratiba, em frente à praia, possui 8 turmas em horário parcial, com atendimento de 199 alunos da Educação Infantil (4 anos) ao 5° ano. A Unidade Escolar tem como diretora, a professora Ana Paula Albuquerque de Souza, como diretora adjunta, a professora Vania Maria Machado de Araújo, como coordenadora pedagógica, a professora Gloria Maria Bastos e como professora de sala de leitura, a professora Cintia Farag Goulart de Araújo.

Frente da Unidade Escolar

 

O corpo docente da escola é formado pelos professores Jéssica Pereira Amorim Santos (turmas EI-41 e EI-51), Debora Carlota Nunes Barbosa (turmas 1201 e 1301), Andrea Santos de Lima (turmas 1402 e 1501), Aline Ribeiro Rangel (turmas 1101 e 1401), Sabrina Ribeiro Guimarães (Artes), Janaine Medeiros santos (Inglês) e Marco Antonio de Alvarenga Mendonça e Andreia Ferreira Maciel (Educação Física).

 

A temática pedagógica de 2018 é “Vivendo Direitos e Deveres”, essa nasceu da avaliação da proposta pedagógica de 2017, que era “Descobrindo Barra de Guaratiba” e o desenvolvimento do PPP/Construindo Valores e Saberes. O grupo acho que surgiu a necessidade de focar as vivências e instrumentos de inserção participativa, protagonismo e ação transformadora em cada lugar que vivem, no convívio com ações cotidianas de limites, cidadania e solidariedade na escola, família e na comunidade.

 

Alunos em atividade de contação de histórias no quintal da escola

 

Além disso, os professores e direção buscam gerar a consciência em cada um como sujeito ativo na dinâmica dos direitos e deveres, sendo resultado da atitude pessoal e do compromisso coletivo frente aos combinados, na Unidade Escolar, como um todo.

— Ampliar as atitudes de pensar/agir frente aos conflitos e entraves de relacionamento pessoal, percebendo o conhecimento e informação como ferramentas para as ações participativas, democráticas e de cidadania efetiva e diária, usando a reflexão e o diálogo como alicerce do compromisso dentro das situações coletivas, vem sendo o destaque. — afirma a diretora, Ana Paula.

 

 

Alunos na aula de Educação Física

 

 

— A execução dos projetos temáticos (escola, família e comunidade) são planejados e avaliados em conjunto pelos regentes, inclusive as professoras de sala de leitura, Artes, Inglês, Educação Física, Estudo Dirigido e Reforço Escolar. — explica a coordenadora pedagógica, Glória Botelho.

 

A Unidade Escolar tem alguns parceiros, que contribuem muito com as temáticas específicas: Posto de Saúde – Centro Municipal de Saúde Mourão Filho – CMS Barra Guaratiba, que contribui com prevenção de doenças, higiene, alimentação, controle e acompanhamento; Embrapa, que contribui com pesquisa alimentar e alimentação saudável; Guarda Municipal do Rio de Janeiro/Grupamento Ronda Escolar, que contribui com palestras de Convivência sem violência, prevenção à violência, cidadania, bullying, atividades socioeducativas e atividades lúdicas.

 

 

Alunos recebendo visita dos funcionários do posto de saúde 

 

 

Parabéns a todos da Escola Ana Neri por fomentar uma formação cidadã!

 

Quer saber mais sobre o nosso trabalho?

E/CRE (10.26.013) E. M. Ana Neri
E-mail: emananeri@rioeduca.net
Telefone: 3377-1387


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 13/07/2018

Projeto: A Matemática está em tudo

Tags: 5ªcre, matemática, projeto, .

 

Entre os meses de abril e maio de 2018, os professores da Escola Municipal Maestro Pixinguinha elaboraram o Projeto " A Matemática Está em Tudo", com o objetivo de inserir e mostrar a matemática no processo de ensino-aprendizagem em outras disciplinas. Confira!

 

 

Ensinar matemática é desenvolver o raciocínio lógico, estimular o pensamento independente, a criatividade e a capacidade de resolver problemas. Os educadores matemáticos devem procurar alternativas para aumentar a motivação para a aprendizagem, desenvolver a autoconfiança, a organização, concentração, atenção, raciocínio lógico dedutivo e o senso cooperativo, estimulando a socialização e aumentando as interações do indivíduo com outras pessoas.

E isso não é uma tarefa fácil para os professores de matemática, pois muitas vezes os alunos não percebem relação do que é aprendido na escola com o cotidiano. 

 

 

Com base nessas reflexões, os professores da Escola Maestro Pixinguinha desenvolveram o Projeto "A Matemática Está em Tudo", onde as professoras Zelia Domingos e Vânia Loraine foram as responsáveis pelo projeto e os professores Solange Quintella, Ana Pantoja, Jorge Carlos, Sergio Castanheira, Mara Mariano, Edson Araújo, Alessandra Neves, Alexsander e Marcelle participaram colaborando com o mesmo. Todas as disciplinas fizeram parte das áreas de concentração do projeto.

A ideia veio como consequência do biênio da matemática, que são dois anos de eventos e ações que colocarão a Matemática, Ciência e Tecnologia no foco da comunicação - contribuindo para o crescimento do país e o desenvolvimento humano. Nesse período, nosso país sediará pela primeira vez a Olimpíada Internacional da Matemática IMO 2017 e o Congresso Internacional de Matemáticos ICM 2018, o mais importante evento do mundo voltado à disciplina. Um movimento em prol da educação que se propõe a criar, produzir e trazer para o país múltiplas experiências que gerem novas descobertas e estimulem o aprendizado da Matemática de forma geral.

Por isso mesmo,  “ A Matemática está em tudo” mostra uma relevância extraordinária ao agregar valores, vivências e reflexões comuns a diversas disciplinas do currículo, possibilitando um espaço de discussão permanente dentro da escola.

 

OBJETIVOS DO PROJETO

1 OBJETIVO GERAL

      - Inserir matemática no processo de ensino-aprendizagem por meio de uma visão multidisciplinar aproximando o público estudantil aos conteúdos matemáticos.

2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

            - Apresentar a matemática aos estudantes de forma mais lúdica e simples de entender;
            - Desenvolver a partir do gosto por outras disciplinas, à vontade de conhecer mais a matemática;
            - Perceber que a matemática está presente em outros ambientes e disciplinas;
            - Possibilitar transdisciplinaridade em torno de temáticas de outras disciplinas;
            - Estimular os alunos da rede pública a criarem o hábito relacionar conteúdos; 

 

                                                                   

 

O Projeto foi desenvolvido no Ensino Fundamental II, sendo executado em 02 (duas) etapas:

1ª - Estudo, preparação e execução do material multidisciplinar criado pela turma e professor representante;

2ª - Apresentação desses materiais para toda a escola com a explicação feita pelos alunos; 

 

1ª FASE

A primeira fase foi feita com atuação direta dos professores, que ficaram responsáveis por escolher uma turma e o conteúdo interdisciplinar para trabalhar com a mesma. A escolha de subtemas teve a duração de uma semana.

• Matemática: (Solange): Sólidos geométricos e planificações, turmas: 1701 e 1601
• Matemática: (Zelia): Construção de sólidos geométricos com material concreto, turma: 1702 e criação da paródia para turma 1801
• Geografia (Jorge): Gráficos na Geografia, turma: 1701 e 1902
• Língua Portuguesa (Mara): Entrevista e a estatística, turma: 1901
• Ciências (Ana): IMC, turma: 1801
• Educação Física(Alessandra): Descobrindo a matemática da quadra esportiva, turma: 1703
• Música (Sérgio): Paródia dos ângulos, turma: 1801
• História (Alexander): Séculos na história e matemática, turma: 1601
• Coordenação (Vânia): Quiz de matemática, toda a escola
• Artes (Marcelle): Tangram e Tsuru, turmas: 6º e 7º ano
• Inglês (Edson): Números e Operações em inglês, turma: 1602 

 

 

2ª FASE

A segunda foi a fase de pesquisa e execução dos subprojetos pelos alunos, sendo auxiliados pelos professores representantes. Nesse momento,  os alunos tiveram a oportunidade de relacionar a matemática com outras disciplinas e perceber o quanto ela está presente e atuante em tudo; A fase de execução teve duas semanas de duração.

• Matemática: (Solange): Murais com desenhos feitos somente com figuras geométricas e construção de sólidos geométricos.
• Matemática: (Zelia): Construção de poliedros com canudos, nylon e massinha
• Geografia (Jorge): Construção de diferentes gráficos sobre distribuição populacional por regiões e pirâmide etária.
• Língua Portuguesa (Mara): Realização de entrevista sobre gravidez na adolescência e análise estatística com os dados coletados.
• Ciências (Ana): Cálculo de IMC com balança e fita métrica e interpretação dos dados.
• Educação Física: Retirada das medidas da quadra com trena e cálculo do perímetro, área e volume da quadra.
• Música (Sérgio): gravação e estréia do vídeo clipe da paródia sobre ângulos
• História (Alexander): Trabalho sobre datação dos séculos, a partir dos anos em os eventos históricos aconteceram por meio da matemática, utilizando algarismos romanos.
• Coordenação (Vânia): Quiz de matemática, os alunos foram divididos em turmas e tiveram o tempo de uma música de 3 minutos para responder cada pergunta relacionada à matemática ou raciocínio lógico.
• Artes (Marcelle): Trabalho com figuras geométricas utilizando o tangram e os 1000 tsurus da paz.
• Inglês (Edson): Apresentação dos números e operações matemáticas em inglês. 

 

 

3ª FASE

O Projeto: “A Matemática está em tudo" teve a culminância com a participação de todos os docentes e discentes da escola. As turmas que realizaram os subprojetos sob a supervisão dos professores representantes, apresentaram os trabalhos para toda a escola no formato de exposição. Todos os alunos tiveram a oportunidade de conhecer todos os temas, aprender com eles e tirar suas dúvidas com alunos responsáveis pelas bancadas. Teve a estréia do vídeo clipe e o quiz de matemática.

 

 

O Projeto também contou com o apoio e a colaboração do professor de música que fez o clipe: Sérgio Castanheira, e os diretores da E.M. Maestro Pixinguinha Eduardo de Castro Brittes, adjunta Jacqueline Melo e da Coordenadora Pedagógica Vânia Loraine Barbosa de Carvalho. 

Foi um trabalho conjunto, toda a equipe da unidade escolar se envolveu e com isso, o sucesso do projeto foi absoluto. 

 

Clique no link abaixo para assistir ao clip:

https://bit.ly/2Kk6E40

 

Parabéns a escola, aos alunos e a todos os profissionais pelo trabalho colaborativo, inovador e de excelência na Educação Pública!

 

Sobre a escola:

Unidade Escolar: Escola Municipal Maestro Pixinguinha 
Diretor: EDUARDO CASTRO BRITTES
Endereço: Rua Anambes 50, Vila Kosmos.
Telefone: 3352-1005 | 2482-9875
E-mail: empixingui@rioeduca.net 

 

 

 

 


 


   
           



Yammer Share