A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 32 resultados para o mês de 'Julho de 2017'

Segunda-feira, 31/07/2017

Adulto Também Aprende Brincando!

Tags: 1ªcre, projetos, peja, educacaodejovenseadultos.

 

O emprego da ludicidade no ensino da Matemática foi a tônica em atividade com turma de Jovens e Adultos no Caju.


Localizado no Bairro do Caju, o CIEP Henfil atende turmas que vão da Educação Infantil ao 5º ano, atendendo também turmas de Programa de Educação de Jovens e Adultos.


E para quem acha que Brincadeira é coisa de criança, ainda não frequentou uma aula da professora Márcia da Silva Fonseca, regente de matemática em turmas do PEJA.

 

 

Buscando caminhos para melhor desenvolver habilidades e competências para compreensão de conceitos matemáticos, a professora Márcia resolveu transformar a aula de matemática numa grande brincadeira, estimulando os alunos para a aprendizagem dos conceitos matemáticos de valor absoluto, valor relativo, cálculos e escrita dos números.

 


 

Na atividade, a professora propôs um jogo de boliche. Criou uma legenda de cores para representar a Unidade, a Dezena e a Centena, um quadro para colocar a garrafa abatida (valor absoluto) , um quadro para colocar o valor relativo dos algarismos, um quadro para fazer adição e outro para registrar os números por extenso. Cada quadro valia 5 pontos. A turma foi dividida em grupos com quatro alunos cada, tendo direito a quatro jogadas cada grupo. O objetivo era fazer com que os 4 jogadores de cada grupo passassem por todos os quadros, ganhando quem fizesse maior número de ponto na soma dos quatro quadros. No caso de empate, ganhava quem fizesse maior pontuação no quadro da adição.

 


Para a professora Márcia, “provocar e estimular a interação entre os alunos e conscientizar para a importância da questão ecológica da reciclagem de materiais além colaborar para a inclusão de alunos com necessidades especiais, foi o maior legado da atividade".

 


Para saber Mais:

CIEP HENFIL – Rua Carlos Seidl, s/nº - Caju

E-mail: ciephenfil@rioeduca.net

Diretora: Izabel Cristina Marçal Gonçalves

Diretora adjunta: Micheli Oliveira da Silva Gomes

Diretora adjunta: Luciana Caetano Barboza

Coordenadora pedagógica: Anna Paula Huss
 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/07/2017

Conta e reconta o mundo do faz de conta

Tags: 10ªcre.

 

O Projeto da E. M. Bertha Lutz foi desenvolvido a partir da reflexão dos resultados alcançados pelas turmas da escola em relação à questão de leitura e escrita.

 

A E/CRE (10.26.010) Escola Municipal Bertha Lutz está localizada à Estrada do Piaí, 2075 – Praia da Brisa – Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro. A unidade escolar atende a 21 turmas, com 760 alunos, do 1° ano ao 6° ano experimental e Classe Especial. Tem como diretora, a professora Rosangela Cerqueira de Abreu, como diretora adjunta, a professora Cristina Espírito Santo, e como Coordenadora Pedagógica, a professora Ana Maria Zine Diniz. Possui 36 professores e 15 profissionais no grupo de apoio.

 

Parte da equipe da escola

 

O grupo de professores é engajado na proposta do Projeto Político Pedagógico, que é proporcionar leitura e escrita dentro de uma proposta de letramento, criando um ambiente alfabetizador e dinâmico.

No dia 26 de maio, a escola recebeu a comunidade escolar para uma exposição das atividades desenvolvidas pelos alunos e apresentação da peça teatral "Somos todos iguais", com o grupo Criadarte. Esta iniciativa faz parte da primeira etapa do projeto "Conta e reconta o mundo do faz de conta", desenvolvido pela unidade em 2017.

 

Encerramento da primeira etapa do projeto

 

— Foi muito gratificante, a comunidade compareceu em peso e estava completamente envolvida com as ações do projeto. Os alunos apresentaram aos responsáveis cada etapa do trabalho desenvolvido, sendo os próprios cicerones, participando ativamente de todos os momentos. — afirma a diretora Rosangela

 

Participação dos responsáveis

 

O projeto emergiu a partir da reflexão dos resultados alcançados pelas turmas da escola em relação à questão de leitura e escrita, quando a direção constatou que as turmas necessitavam de mais atividades nesta área.

Porém, o presente projeto queria desenvolver tais atividades de forma diferenciada e dinâmica e, assim, foi desenvolvido a partir da Literatura Infantil, abarcando a tipologia textual, oficinas de leitura, oficinas de produção textual, dramatização, fantoches, vídeos, músicas, além de contar com a participação da comunidade.

O projeto foi dividido em três etapas e os frutos deste trabalho já estão aparecendo, pois os alunos melhoraram no processo de leitura e escrita, a comunidade esta mais participativa e envolvida com os trabalhos da escola, pois uma das propostas deste projeto é uma escola aberta e dinâmica que envolva a todos no processo ensino-aprendizagem.

 

Trabalho realizado pelos alunos

 

Trabalho realizado pelos alunos

 

Além disso, a unidade ainda contou com a realização de outra ação, a campanha "Aqui é um lugar de Paz", onde toda a escola está inserida na busca por um lugar de paz e atividades direcionadas para superar conflitos sociais são constantes. A escola também participa dos projetos Compasso (programa socioemocional), Cineclube e circuito Reimagine, que é uma ação conjunta com a sala de leitura.

 

Quer saber mais sobre o trabalho?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.26.010) E. M. Bertha Lutz
Telefone: 3377-1236
Email: emblutz@rioeduca.net

 

 


 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 27/07/2017

I Semana do Meio Ambiente da E. M. Mayra Aguiar da Silva

Tags: 9ªcre, ginásio, meio ambiente.

 

A I Semana do Meio Ambiente da Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpica Mayra Aguiar da Silva teve como pilar a educação ambiental crítica, que objetiva promover ambientes educativos de mobilização dos processos de intervenção sobre a realidade e seus problemas socioambientais, para que possamos nestes ambientes superar as armadilhas paradigmáticas e propiciar um processo educativo, em que nesse exercício estejamos, educandos e educadores, nos formando e contribuindo, pelo exercício de uma cidadania ativa, na transformação da grave crise socioambiental que vivenciamos todos. (GUIMARÃES, 2004)

 

A ação que ocorreu no dia 13 de junho deste ano envolveu toda a unidade escolar, que conta atualmente com 21 professores e cerca de 600 estudantes do 7º ao 9ºano do ensino fundamental. A equipe organizadora ficou muito feliz em poder ver muitos sorrisos e notar aqueles olhares fixos de quem está aprendendo algo novo!

 

 

 

 

A ideia da I Semana do Meio Ambiente foi concebida a partir da formação e experiência na área ambiental do professor de geografia Rodrigo Fontes e prontamente apoiada e aceita por todo corpo docente da escola. Os trabalhos foram coordenados pelo Profº MSc. Rodrigo Fontes e pelo Profº Bruno Hosp do departamento de geografia além das Profª MSc. Juliana Ramos, Profª MSc. Jaqueline Azambuja e Profª Bianca Pieroni do departamento de ciências.


O evento contou com diversas atividades ocorrendo de maneira simultânea. Na programação se destacava:

1) Mesa redonda intitulada “O ambiente e suas relações com o lugar” na qual palestrou e debateu com os estudantes Carine Lopes Fontes, professora substituta de geografia do CapUFRJ, mestre em geografia (UFRJ) e doutoranda em Geografia (UERJ), Wilson Messias Junior, que é tutor do Cederj, mestre em geomática e doutorando em geografia (UERJ), além de Carlos Eduardo Garske que é consultor ambiental e mestre em zoologia (UFRJ).

 

 

Os palestrantes apresentaram os aspectos da geografia do Rio de Janeiro destacando as práticas ambientais para a região costeira; a importância do parque estadual do mendanha para a região e buscaram ainda conscientizar os estudantes em defesa da fauna e contra as práticas de caça e tráfico ilegal de animais.

2) Palestra intitulada “O Lixo e a Escola: Cuidar do ambiente da escola é a nossa natureza” que foi proferida pelos estudantes do 9ºano da escola e teve como público alvo os alunos do 7ºano. Seu objetivo foi abordar questões como o cuidado e boas práticas com o ambiente escolar.

 

 

3) Oficinas: recolhimento e reaproveitamento de óleo vegetal; construção de cartazes na metodologia A3P (agenda ambiental na administração pública; Arte e reciclagem; elaboração de acrósticos; literatura de cordel; contação de estórias; elaboração e apresentação de paródias.

 

 

 

4) Salas de vídeos que apresentaram e deram oportunidade a debater os curtas metragem de destaque na área ambiental.

 

 

5) Concurso de fotografias no aplicativo Instagram no qual os estudantes foram incentivados a postar fotos flagrantes de problemas ambientais relacionados a resíduos sólidos premiando as melhores fotos.

 

 


“Os maiores resultados serão aferidos durante o decorrer da vida, tanto para os docentes quanto para os estudantes, transmitindo o conhecimento adquirido e vivenciando as novas práticas. Alguns resultados alcançados em curtíssimo prazo ao perceber que alguns estudantes no mesmo dia já estavam contribuindo para um ambiente escolar sadio e cuidando do patrimônio da escola após relatar que aprendeu isso em uma das palestras. Além de diversos relatos nas redes sociais por estudantes que manifestavam aquele dia como sendo o melhor dia deles na escola até então.” Prof. Rodrigo Fontes
 

Parabéns a todos os professores envolvidos na I Semana do Meio Ambiente da E. M. Mayra Aguiar da Silva!

 

 

DADOS DA UNIDADE:

Rua Frei Timótheo, SN - Inhoaíba

emmaguiar@rioeduca.net

Diretor Geral: Prof. Reinaldo


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 26/07/2017

Luz, Câmera, Lima Barreto em Ação!

Tags: 8ªcre, sala de leitura.

 

 Lima Barreto, autor brasileiro, recebe homenagem da escola que leva seu nome com a realização da Semana Luz, Câmera, Lima Barreto em Ação!  O projeto realizado pela Sala de Leitura da unidade escolar conduziu os alunos às atividades de pesquisa, criação e expressão artística, tornando o evento muito mais do que uma celebração ao autor, mas sim uma ação que incentiva a formação de leitores.

 

 

 

Na Escola Municipal Lima Barreto as comemorações do mês de maio têm um valor ainda mais especial, porque no dia 13 deste mês é o aniversário da escola! 

Para a celebração desta importante data foi realizada a Semana Lima Barreto, evento que mobilizou alunos e professores.

O estudo da vida e da obra de Lima Barreto foi subsídio para aprendizagem em várias áreas do conhecimento e envolveu os dois segmentos presentes na escola.

O projeto teve início com a exibição de O Triste Fim de Policarpo Quaresma, em filme e animação.

Em seguida foram desenvolvidas diversas atividades, entre elas, debates, Café Literário, releitura do personagem Policarpo Quaresma, retratação da época da cidade do Rio de Janeiro de Lima Barreto e reflexão comparativa do autor e o Profeta Gentileza.

 

 

O projeto foi idealizado pela professora Christina Veiga, regente da Sala de Leitura da unidade.

A temática do projeto ganhou ainda mais importância quando os alunos perceberam que o patrono da escola é um autor de grande importância para a literatura brasileira.

Apresentar o autor Lima Barreto desperta nos alunos o apreço pela pesquisa e pela história do país, da cidade, do bairro e da própria escola, construindo assim a identidade de todos que fazem parte da comunidade escolar.

O projeto permitiu que os alunos explorassem sua expressão e criatividade, o que resultou em trabalhos ricos em beleza e originalidade!

 

 

O trabalho realizado pela Sala de Leitura da E. M. Lima Barreto cria o envolvimento da criança com a leitura.

Muito mais do que alunos alfabetizados, as escolas precisam estar preparadas para formar alunos leitores e esse é um grande desafio!

Diante desse fato percebe-se cada vez mais a importância das Salas de Leitura e Bibliotecas Escolares como promotoras de ações significativas que contribuam com o trabalho realizado nas salas de aula.

 

 

 

"Muito comum no comércio do Rio de Janeiro na época de Lima Barreto, ainda hoje o comércio ambulante ocupa as ruas da cidade, e não somente as ruas, mas também o transporte público, as praias, as rodovias...  hoje, talvez mais que antes, o vendedor ambulante usa a criatividade para comercializar seus produtos (...)"

                                                                                   

                                                           Texto da Mostra Fotográfica feita pela turma 1701 da E.M. Lima Barreto

 

 

 

O Rioeduca parabeniza toda a equipe pedagógica da E.M. Lima Barreto pelo projeto

"Luz, Câmera, Lima Barreto em Ação!"

 

 

 

Sua escola realizou algum projeto interessante?

Compartilhe com o Rioeduca:

 

 


   
           



Yammer Share