A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 48 resultados para o mês de 'Julho de 2015'

Sexta-feira, 31/07/2015

Subprojeto "Chaves e a Falta de Água"

Tags: 9ªcre.

 

 

Subprojeto "Chaves e a Falta de Água": segue o relato feito pela professora Raquel Silva Campos sobre a peça realizada pelos alunos do 6º Ano Experimental na Escola Municipal Professor Floriano de Brito, da 9ª CRE.

 

 

O Projeto Político Pedagógico de nossa Unidade Escolar "Vivendo o presente e de olho no futuro" aborda questões ambientais. Surgiu, então, a ideia para o subprojeto a partir de um episódio do personagem Chaves, cujo tema era a falta de água na vila. Isso me despertou e me incentivou a criar a peça, porém, pensei em fazer dublado por conta do tempo de ensaio e da preservação da fala dos próprios personagens.

 

 

Meu primeiro passo foi a escolha dos personagens, através de um TESTE. Cada aluno interessado no personagem da turma do Chaves dramatizava um pedacinho, e os outros alunos escolhiam através da votação quem seria o vencedor, levando em conta alguns aspectos destacados, tais como: a dedicação, o interesse, entre outros.


Escolhidos os personagens, começamos a ensaiar. Embora fossem apenas nove participantes, os outros 30 alunos estavam envolvidos na organização do ensaio. Eles ajudaram a ligar o computador e o projetor, pois, de início, o ensaio foi feito vendo as cenas do episódio para que ficassem bem parecidas. Com fins de divulgação da peça, os demais alunos que não entravam em cena elaboraram um cartaz e confeccionaram o painel do cenário, criaram os acessórios e providenciaram outros objetos indispensáveis, como grampo de cabelo, balde etc.

 

 

Essa iniciativa contribuiu, no decorrer do mês, para uma dedicação especial no ESTUDO e no COMPORTAMENTO da turma. Em contrapartida, dediquei-me também em confeccionar as roupas dos personagens.

 

 

Chegado o dia da apresentação, e com a colaboração e a harmonia de todos, a organização planejada foi atingida, inclusive nos bastidores.

Ao fim da apresentação, foram destacadas as formas de preservação da água, como chamar atenção para algumas atitudes demonstradas na peça, e o que não devemos copiar.

Contamos também com a colaboração e presença dos responsáveis, que relataram estar muito contentes com o desempenho dos alunos na peça, destacando-se o fato de que alunos tímidos superaram o desafio e o cumpriram com total desinibição.

 

 

A apresentação contou com o apoio de toda a comunidade escolar.

A duração da peça foi de aproximadamente 40 minutos e todos permaneceram concentrados até o final, inclusive os alunos da Pré-Escola.

Concluo que podemos e devemos ensinar nossos alunos de diferentes formas, buscando e valorizando cada talento que está em nossas mãos.

 

Raquel Silva Campos
Professora Regente do 6º Ano Experimental

 

 

 

Parabéns aos alunos da Escola Municipal Professor Floriano de Brito pela apresentação da peça, pelo trabalho de equipe e pelo empenho na organização!
 Parabéns à professora Raquel e à equipe da Unidade Escolar pela iniciativa!

 


Contato com a U. E. pelos telefones 2412-0438 e 2412-5364 ou pelo e-mail empbrito@rioeduca.net.

 


 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 31/07/2015

Projeto Ambienta Rio 2015

Tags: 4ªcre.

 

 

 

Em um mundo com recursos naturais escassos e com o meio ambiente em processo de degradação, a sustentabilidade nas escolas é de extrema importância. Essa ação pode ser definida como um conjunto de práticas e ensinamentos que ocorrem dentro do ambiente escolar voltados para o desenvolvimento sustentável do planeta.

 

Além de conhecimentos teóricos sobre o meio ambiente, a E. M. Odilon Braga desenvolveu práticas sustentáveis, a fim de gerar hábitos e responsabilidades nos alunos para ações atuais e futuras. Vale ressaltar, também, que a escola trabalhou para que a consciência sustentável formada nos alunos possa chegar até as famílias e outros grupos sociais e ambientes frequentados por esses estudantes.

 

Equipe Odilon Braga.

 

 

Um Pouquinho da Odilon

 

Nos dias 16 e 17 de julho, a Escola Odilon Braga realizou a Jornada do Meio Ambiente e da Sustentabilidade dentro do projeto "Ambienta Rio 2105". Foram dois dias muito especiais e voltados para a Educação Ambiental. Tivemos a palestra do professor Alexandre Loureiro (Ciências), sobre "Tipos de energia e sustentabilidade" (dia 16), e do professor Jorge Mendes (Geografia), abordando o tema "Água, um recurso muito valioso" (dia 17).

 

9º ano da E. M. Odilon Braga.

 

Os alunos também assistiram ao filme "Os desligados", do projeto "Light nas Escolas", que abordou o assunto "Desperdício X Economia de Energia". Após as palestras, os alunos tiveram algumas opções de oficinas: Eletricidade, Dramatização, Confecção de Móbiles, Pintura com Guache, Dobraduras, Reciclagem e Jogo Eletro Clique. Nelas, puderam exercer sua criatividade, além de aprender se divertindo. Foi um grande sucesso!

Texto enviado pela professora Luciane Lessa

 

9º ano da E. M. Odilon Braga.

 

Como podemos observar, medidas simples contra o desperdício e a preocupação em passar valores morais e éticos aos alunos transformaram a escola em um exemplo sustentável. 

O mais importante foi trabalhar com amor, seriedade e responsabilidade, perpassando pela solidariedade e pelo respeito não só em relação ao ambiente, mas também às pessoas.

Se não houver o uso consciente desses recursos, nós poderemos, em um futuro próximo, sofrer as consequências das nossas atitudes abusivas de tal consumo. Dessa forma, garantir o futuro do planeta, das espécies e das novas gerações é responsabilidade de todos.

 

 

O diferencial da Escola Municipal Odilon Braga está em acreditar, praticar, motivar e se envolver nos projetos e ações para que os bons resultados sejam colhidos. Parabéns à família Odilon Braga pelo sucesso desse trabalho!

 

 

Escola Municipal Odilon Braga
Praça Laguna, 15 - Cordovil Rio de Janeiro - RJ
(21) 3352-3617

 

 

Ana Accioly - Representante Rioeduca da 4ªCRE

anaaccioly@rioeduca.net

 

 

 

                               

 

   
           



Yammer Share

Postado por Ana Accioly Ver Comentários (1)

Quinta-feira, 30/07/2015

A Escola Mantendo a Tradição dos Festejos Juninos

Tags: 8ªcre.

 

 

 

 

Nos meses de junho e julho, várias escolas realizam as Festas Juninas, planejadas com base nos temas pedagógicos. São momentos de aprendizado e de confraternização entre os alunos, seus responsáveis e a equipe da unidade escolar.

 

"Arraiá do Onito" no CIEP Professora Célia Martins Menna Barreto.

 

Quando chega o mês de junho, já sabemos que é hora de preparar os chapéus de palha, as bandeirolas, convidar amigos e parentes para dançar quadrilha, acender a fogueira e se esbaldar de tanto comer pipoca, canjica e pé-de-moleque.

Essa tradição, que incorporou-se à nossa cultura, mantém-se viva graças às escolas que todos os anos realizam os festejos juninos com seus alunos.

 

"Festa dos Ritmos" no EDI Edith Marques.

 

As Festas Juninas são as principais festas populares brasileiras depois do carnaval.

São típicas festas do interior do Brasil, com músicas, comidas, brincadeiras e, até mesmo, um figurino diferenciado.

Graças às escolas de todo o país, essa tradição tem se mantido, fazendo com que, nos meses de junho e julho, o Brasil rural contagie a população, e as crianças coloquem o “pé na roça”. 

 

Festa no EDI Célia Alencar. Na janela, uma plantação de milho feita pelos alunos com garrafas pet.

 

No CIEP Célia Martins Menna Barreto, as turmas do PEJA (Programa de Educação de Jovens e Adultos) organizaram a festa junina de forma coletiva.

Todos participaram, desde a escolha do nome do "Arraiá", até as brincadeiras e comidas típicas que foram oferecidas na festividade.

Os alunos decidiram democraticamente que o nome da festa seria "Arraiá do Onito", que é o nome do professor de Matemática das turmas do PEJA da escola, professor José Onito.

O gesto demonstrou não só a amizade e o entrosamento entre professores e alunos, mas também foi uma prova do quanto a escola e seus participantes se percebem num mesmo caminhar em busca do sucesso. Mesmo que esse caminhar aconteça à noite, depois de um longo dia de trabalho.

 

EDI Rafael Pereira em grande animação!

 

O EDI Professora Edith Marques realizou a festa com o tema "Ritmos".

Uma das turmas trouxe graça e alegria para a festa ao som de "Asa Branca", de Luiz Gonzaga!

Para os pequenos alunos, a apresentação foi mais do que apenas uma dança, pois a professora Viviane Prado trabalhou vários temas relacionados a essa música num período anterior à festa. 

 

"A partir da música "Asa Branca", conhecemos o sertão, trabalhamos a importância da água e sua falta no nordeste. De acordo com o projeto do EDI, chegamos à Feira de São Cristóvão, pois tínhamos que falar sobre um ponto turístico do Rio! A festa foi linda e os meus pequenos arrasaram e me encheram de orgulho!"

                                                   Professora Viviane Prado - EDI Professora Edith Marques

 

Festa na E. M. Roberto Simonsen.

 

Na Escola Municipal Roberto Simonsen, brincadeiras folclóricas agitaram e fizeram a alegria dos adolescentes!

Dança da laranja, ovo na colher, dança das cadeiras e muitas outras brincadeiras foram propostas pelos professores Alexssander Barbosa e Marisa Cunha.

O primeiro semestre foi encerrado nesse clima de descontração, ludicidade e aprendizado em várias escolas da rede municipal.

 

 

*     *     *

 

Professor, no segundo semestre do ano letivo, teremos várias ações e projetos em nossas escolas!

Compartilhe com o Rioeduca.

Queremos conhecer você e seus alunos!

 

 

*     *     *

 

Professora Neilda Silva

Email: neildasilva@rioeduca.net

Facebook: www.facebook.com/neilda.silva.1

Twitter: @Prof_Neilda

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 30/07/2015

Culminância Bilíngue - Rio's 450th Anniversary

Tags: 3ªcre, rio450anos, maquetes, exposição.

   

 

 

No dia 3 de Julho, a escola bilíngue Professor Affonso Várzea, localizada no Complexo do Alemão, realizou uma culminância do projeto idealizado para homenagear os 450 anos do Rio de Janeiro. Vamos conhecer um pouco desse trabalho?

 

 

O carro chefe da Escola Municipal Professor Affonso Várzea é a realização das culminâncias bilíngues. Neste ano, iniciou-se com a homenagem ao aniversário da cidade do Rio de Janeiro para expor as principais atividades realizadas em sala de aula.

 


 

Percebe-se o envolvimento de toda a equipe da escola, a começar pela sua diretora Ana Patrícia Capuano Leal em todos os trabalhos apresentados.

 


 

Foram utilizadas diferentes expressões artísticas para representar e homenagear nossa cidade nesses 450 anos: maquetes, trabalhos de arte, murais e até as apresentações orais realizadas pelos alunos para os visitantes que percorriam a exposição.

 

 

Um trabalho que merece destaque é a representação de um estádio de futebol através de uma maquete, elaborado pelo aluno Saulo do 7º ano. 



 

As séries iniciais retrataram, através de desenhos, cartazes e maquetes, os pontos turísticos da cidade. Foram maquetes: o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a praia e o Alemão. Trabalhos feitos com cuidado e capricho sob orientação atenta dos professores da escola.
 

 

 

Outro ponto alto foi o mosaico feito pelos alunos para representar um dos desenhos mais conhecidos em todo o mundo: as ondas do calçadão de Copacabana. Ficou lindo!
 

 

Parabéns para toda a equipe da Escola Municipal Professor Affonso Várzea, pelo excelente trabalho apresentado!

 

 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share