A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 98 resultados para o mês de 'Julho de 2012'

Terça-feira, 31/07/2012

Blog do CIEP Dr. Joaquim Pimenta

Tags: 7ªcre, blogsdeescolas.

 

O Blog do CIEP Dr. Joaquim Pimenta está no ar há pouco mais de três meses. O Espaço virtual da escola  tem como um dos seus objetivos mostrar atividades desenvolvidas pelos alunos.

 

 


O CIEP Dr. Joaquim Pimenta está localizado em Curicica, Jacarepaguá, e atende diariamente cerca de mil e cem alunos  do Ensino Fundamental. Pelo blog  da escola é possível ver sugestões de atividades para professores, murais criados pelos alunos, festas e passeios realizados, além de diversas informações e ações do CIEP.

 

O blog é atualizado constantemente pelo professor Leonardo Santos, que também é embaixador da Educopédia na escola.

 

 

 

No dia 12 de julho, depois de uma grande festa no CIEP Dr. Joaquim Pimenta, aconteceu, no Parque Chico Mendes, uma visita com os alunos do segundo segmento, para encerrar o semestre com chave de ouro!

 

 

 

Clique na imagem abaixo e acesse o blog para conhecer mais o trabalho do CIEP:

 


 

 


 

 PARTICIPEM, TAMBÉM, DESTE ESPAÇO QUE É NOSSO, DAS ESCOLAS, DOS PROFESSORES, DOS ALUNOS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS QUE FAZEM A EDUCAÇÃO CARIOCA!  

 

 

CONFIRAM NO LINK A SEGUIR, QUAL É O REPRESENTANTE DE SUA CRE
E DIVULGUEM O QUE SUA ESCOLA REALIZA!
RIOEDUCA NET - A REVOLUÇÃO ACONTECE: QUEM SOMOS NÓS?

 

http://portalrioeduca.mstech.com.br/sobrenos.php
 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 31/07/2012

EDI Bianca Rocha Tavares e a 3ª Jornada Pedagógica de Educação Infantil

Tags: 9ªcre, blogdeescola, edi.

No EDI Bianca Rocha Tavares, a 3ª Jornada Pedagógica de Educação Infantil foi realizada na própria Unidade e teve a participação de toda equipe que recebeu, além do material enviado pela SME, o enriquecimento por parte da Adjunta Zeliana e sua equipe de textos e vídeos para reflexões do grupo acerca dos temas estudados.

 

PARA ALÉM DOS REGISTROS...


O grupo de profissionais constituído de diferentes dimensões, reunido com propósito de estudo, crescimento profissional e consequentemente, pessoal, debruçou-se à luz de diversos estudiosos, direcionados pela SME e outros que completavam e contemplavam o nosso cotidiano, para refletir, dialogar, questionar, corrigir, ouvir e desencadear ações e reações. Para tanto, pesquisamos a resenha de Zoia Ribeiro Prestes, com "Quando não é quase a mesma coisa", iniciamos a Jornada com a história contada de Bia Bedran, Tatê Calanquê Catacan ...


 

 

 

Continuamos a dinâmica utilizando os vocábulos da história de Bia Bedran “Anjos e Demônios”.

 

Quem são e onde estão dentro da Instituição? Chegamos à conclusão como na história de Bia Bedran, que ambos fazem parte da mesma constituição e são necessários para nos tirar da zona de conforto em que muitas vezes nos encontramos...

 

 

Para reforçar o trabalho nos debruçamos à luz de Fela  Moscovici, in, Desenvovimento Interpessoal.

 

"Aprender a aprender significa a aprendizagem ‘que fica’ para a vida, independentemente, do conteúdo. É um processo de buscar e conseguir informações e recursos para solucionar problemas, com e através da experiência de outras pessoas conjugadas à sua própria.”

 

 

A partir de então, iniciamos com textos disponíveis pela SME/GEI interligados e complementares, que nos reportaram a um  outro tempo e espaço: à nossa própria infância. Os momentos de estudos foram exercícios com mudanças de significados no campo pessoal e profissional.

 

 

Nesse movimento de tempos, passado e presente, retrataram a infância. Alimentamo-nos com o trabalho de Moscovici, reforçando a importância da qualidade das interações que desencadeam nas instituições.

 

 

CRIANÇA E CONSUMO utilizamos para ilustrar o debate o vídeo "Ilha Das Flores"

Ação X Reação = Causa X Consequência

 

 

"QUANDO NÃO É QUASE A MESMA COISA"


Com esta citação trabalhamos a importância de estimular e possibilitar as trocas socioculturais no processo de criação dos nossos "gigantes". Ser criativos.


O referente documento nos alertou sobre a importância da vivência daquele que passa o sentido e o significado das "verdades".

 

Professoras Marlene e Marilda


A galinha e a linha

 

O brincar no processo de desenvolvimento e a aprendizagem da criança...
A infância ainda está em cada um...


 

 

Alfabetização e Letramento

 

Para demonstrar a importância dos registros, utilizamos o filme "Narradores de Javé".

O refeido filme ilustra muito bem a fragilidade de um povo analfabeto, que possui uma riqueza oral, mas, sem registro nenhum do patrimônio público.
Um momento para rever nossos fazeres e nossos registros!


 

 

 

"O HOMEM SÁBIO É O QUE SABE QUE HÁ COISAS QUE NUNCA VAI SABER. COISAS MAIORES  QUE O PENSAMENTO."


Mia Couto

 


 

Para conhecer este o outros trabalhos desenvolvidos pela Unidade Escolar, acesse o Blog do EDI Bianca Rocha Tavares na imagem abaixo:

 

 

Parabéns à equipe do EDI Bianca Rocha Tavares, que vem desenvolvendo um excelente trabalho na sua Unidade, sempre em busca de aprimoramento e qualificação de suas ações.

 

 

Venha você também fazer parte desta REVOLUÇÃO. Envie seu trabalho.

 

Representante do Rioeduca na 9ªCRE
Profª Márcia Cristina Alves
E-mail: marciacerqueira@rioeduca.net
Twitter: @marciacrisalves


 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 31/07/2012

Olha a Quadrilha aí, Gente! É o que mostra a 5ª CRE

Tags: 5ªcre, festasjuninas.

 

Quadrilha, casamento na roça, pescaria, argola, boca do palhaço, milho cozido, canjica e maçã do amor são algumas brincadeiras e quitutes que costumamos participar e saborear nos festejos juninos e é o que escolas e creches da 5ª Cordenadoria Regional de Educação mostram através do portal Rioeduca.

 

 

Celebramos no mês de junho, no Brasil, as Festas Juninas. Elas acontecem em vários países historicamente relacionados com a “festa pagã do solstício de verão na Europa ou do inverno no Brasil, que era celebrada no dia 24 de junho, segundo o calendário Juliano (pré-gregoriano) e cristianizada na Idade Média como Festa de São João” (Wikipédia). Neste mês, os santos homenageados são Santo Antônio, dia 13, São João, dia 24, e São Pedro, dia 29.

 


Estes festejos acontecem nas escolas com muita alegria e descontração, envolvendo toda a comunidade escolar, onde as danças (quadrilhas) são o ponto máximo desta celebração.

 


Hoje em dia, essa caracterização quase que folclórica é vista pelos participantes como atividade lúdica, teatral e festiva. Segundo pesquisas “a quadrilha teve a sua sobrevivência urbana na segunda metade do século XX” e o grande sucesso popular atual deve-se aos cuidados de associações e grupos juninos, além do trabalho educativo das escolas públicas ou particulares, dando continuidade à cultura rural.

 


As Creches Municipais Amália Fernandez Conde, Buriti Congonha, Estrelinha Dourada, Gercinda Rosa da Fonseca, Jeciá Freitas, Olga Benário, O Sonho de Ramon, Vovó Maria Joana e as Escolas Municipais Cardeal Arcoverde, Luis Carlos da Fonseca, Maestro Pixinguinha, Raja Gabaglia, República Dominicana, Rosa Bettiato Záttera e PET José Emygdio compartilharam conosco esses momentos de festejos juninos. As turmas 1402 e 1501, da Professora Luciana Monteiro, dançaram No Meu Pé de Serra e Xote das Meninas, homenageando Luis Gonzaga, o Gonzagão, pelos 100 anos do seu nascimento.


Vamos conhecê-los...


 

  

 

 

 Video com algumas fotos de Escolas, Creches e PET/5ªCRE

 

 

  _ T.

 

 Professora Luciana Monteiro - Turma 1402 - No Meu Pé de Serra

 

 

 

 

 Professora Luciana Monteiro - Turma 1501 - Xote das Meninas

 

  

Blogs das unidades escolares que participaram desta publicação:


http://crechemunicipalamaliafernandezconde.blogspot.com/
http://cmburiticongonhas.blogspot.com/
http://cmestrelinhadourada.blogspot.com/
http://cmgfonseca.blogspot.com/
http://cmjecia.blogspot.com.br/
http://cmolgabenario.blogspot.com/
http://cmsonhoderamonpascual.blogspot.com/
http://vovomariajoana.blogspot.com/
http://emcardealarcoverde.blogspot.com/
http://emfonseca2011.blogspot.com/
http://maestropixinguinha.blogspot.com/
http://www.emrajagabaglia.blogspot.com.br/
http://escolamdominicana.blogspot.com.br/
http://petjemygdio.blogspot.com.br/
http://professoralucianamonteiro.blogspot.com/


 

E então, gostaram?

Visitem os blogs e acompanhem-os.

Nossos meninos, meninas e professores estão compartilhando os trabalhos desenvolvidos na maior Rede de Educação da América Latina!

 

 

 Escolas e professores, querem publicar um projeto ou uma atividade que fez a diferença na vida de seus alunos? Então, escreva para o Rioeduca, clicando SOBRE NÓS e contate o professor representante da sua CRE.

 

Regina Bizarro - Representante do Rioeduca 5ª CRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

  

                              


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 31/07/2012

O Subprojeto Gentileza Gera Amizade Apresenta: A Pipa e a Flor

Tags: 2ªcre, entrevistas, riodeleitores.

O subprojeto “Gentileza Gera Amizade” está sendo desenvolvido pela E. M. Maria Leopoldina e faz parte do projeto anual cujo tema é: Gentileza Gera Gentileza.

 

 

A professora Patrícia Ávila desenvolveu, de acordo com a proposta da escola para o ano de 2012, um trabalho com seus alunos referente ao tema amizade e solidariedade.


Patrícia leu e realizou atividades com as turmas do primeiro ano do Ensino Fundamental, usando o livro “A Pipa e a Flor”, escrito por Rubem Alves. Ela nos conta como foi desenvolver com os pequeninos um projeto cujo tema é tão importante para a formação do cidadão.


 

 

Mural confeccionado após o trabalho com o livro "A Pipa e a Flor", de Rubem Alves

 

 

RIOEDUCA: Conte-nos sobre a escolha do tema “Gentileza Gera Amizade”.

 

Patrícia Ávila:     Gentileza gera Amizade é um subprojeto baseado no PPP da Escola Municipal Maria Leopoldina, que no ano de 2012, tem por tema: ”Gentileza gera Gentileza”. A equipe da escola acredita que quem quer um mundo melhor, deve estar consciente de que esse mundo só será possível se feito de pessoas também melhores. Tornar-se uma dessas pessoas agora é uma boa forma de tornar o mundo melhor hoje.


A fábula “A Pipa e a Flor”, de Rubem Alves, permite trabalhar o tema do projeto escolhido para o 1º ano: Amizade. Ela versa sobre o amor, o egoísmo, a liberdade, a relação com o outro, como gerar gentileza nas nossas relações e ainda permite ao leitor escolher um dos três finais que o autor apresenta para a história.

 

 

RIOEDUCA: Qual o principal objetivo deste subprojeto?


Patrícia Ávila: É mostrar às crianças, de forma lúdica, que devemos dar valor a atitudes positivas, descobrindo qualidades e usando-as no nosso dia-a-dia. A história foi contada e trabalhada com eles com a intenção de mostrar o que se pode semear para o futuro.




RIOEDUCA: Como foi o desenvolvimento do subprojeto "Gentileza Gera Amizade" ?

 

Patrícia Ávila: A história foi contada, incluindo os três finais propostos pelo autor. Discutimos os três finais e votamos para escolher o preferido da turma. Após esse momento, fizemos a recontagem da história de modo coletivo no blocão. Depois, fizemos isso de modo individual, quando cada um também ilustrou uma parte da história, montando um livro pipa. Montamos um painel com a pipa, em forma de livro, trazendo a reescrita e as ilustrações da história feitas por eles. Cada criança montou a sua flor de E.V.A. e na folhinha escreveu o que queria semear: amizade, respeito, superação, gentileza, igualdade, bondade, paz, fé, transformação, verdade, felicidade, carinho e liberdade. A pipa e todas as flores confeccionadas fizeram parte do painel, sendo que algumas foram montadas e “plantadas” em copinhos com massinha.

 

 

 

Alunos confeccionando flores para o painel

 

 

RIOEDUCA: Depois de ler a história e conversar sobre temas tão importantes como: amizade, solidariedade e respeito. Quais frutos puderam ser colhidos deste trabalho?


Patrícia Ávila: As crianças curtiram muito essa atividade, desde a história, a escolha do final, a confecção das flores e do livro pipa. Algumas das crianças já conseguem escrever frases formando pequenos textos e puderam livremente, ao final do projeto, fazer isso, expressando suas opiniões sobre as atividades realizadas. Além disso, o projeto proporcionou uma riqueza de material para trabalhar com a alfabetização partindo diretamente do texto lido. Conseguimos também alcançar o objetivo proposto para o projeto, já que é comum, quando eles se desentendem que um ou outro aponte para a palavrinha “amizade” presa na porta da nossa sala.


 

 

Alunos participando das atividades

 

 

Os alunos também deixaram suas opiniões sobre a atividade realizada com o livro “A Pipa e a Flor”.

 

“Eu gostei da história porque a flor tem que aprender a respeitar a pipa do jeito que ela é. A gente tem que respeitar o outro”.  Aluna: Maria Eduarda – 1ºano

 

“A pipa foi muito gentil com a flor. Eu gostei de escolher o final”. Aluna: Rita de Cássia – 1ºano

 

“A flor virou borboleta. A borboleta ficou gentil. Eu gosto de ser gentil”. Aluno: Arthur – 1ºano

 

Assista no vídeo abaixo ao livro produzido pelos alunos do 1ºano do Ensino Fundamental da E. M. Maria Leopoldina, com a orientação da professora Patrícia Ávila.

 

 


Parabéns e muito sucesso à professora Patrícia Àvila, aos alunos do primeiro ano e a toda equipe da E. M. Maria Leopoldina!   

 

Professor, divulgue também o seu trabalho aqui no portal Rioeduca. Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

Gostou desta publicação? Deixe um comentário e clique em curtir para compartilhá-la com seus amigos no Facebook.

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share