A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 85 resultados para o mês de 'Junho de 2012'

Sexta-feira, 29/06/2012

E. M. Francisco Frias da Mesquita Valorizando a Literatura Infantil

Tags: 5ªcre, riodeleitores.

 

A Escola Municipal Francisco Frias da Mesquita contou com uma programação especial para valorizar a literatura infantil e montou uma maratona de histórias
envolvendo alunos e professores.

 

 

 

Com o objetivo de valorizar a literatura infantil, a Escola Municipal Francisco Frias da Mesquita desenvolveu atividades de forma lúdica, levando os alunos a viajar pelo mundo encantado da leitura, dando início a uma maratona de histórias na sua programação.

 

Na primeira foto à esquerda, professora Soraia_ Sala de Leitura e professora Celeste_Coordenadora Pedagógica. Na segunda foto a aluna contadora de histórias.

 

As alunas contadoras de histórias

 

No pátio da escola as turmas ouviram histórias contadas pelos alunos contadores que encantaram os colegas com algumas curtas e divertidas.

Logo em seguida, a maratona, um momento especial com a participação do aluno Kauã da turma 1401, que representou o “livro” convidado para a festa. Nesse momento, a professora  Soraia, regente da Sala de Leitura, teve uma “conversa” com o livro e contou a sua história para os alunos que adoraram a presença do livro na comemoração.

 

 

 Aluno Kauã protagonizando o Livro e alunos contadores de histórias

 

Este momento foi mesmo especial, pois os alunos puderam vivenciar um fato real e ilusório ao mesmo tempo_ um livro contando sua própria história.

 

Para encerrar, foi feito o “Quiz bom de histórias” onde os alunos respondiam perguntas sobre os clássicos da literatura infantil e ganhavam livrinhos como brinde.

 

 

A iniciativa foi mais uma oportunidade que a escola teve de promover o incentivo à leitura.

 

Como professora da Sala de Leitura, fiquei muito feliz em realizar esse trabalho que consistiu em várias etapas: A preparação do alunos contadores, a confecção do livro e o trabalho desenvolvido durante a semana sobre Monteiro Lobato; tudo contribuiu para um ótimo resultado. Foi muito bom ver o interesse e participação dos alunos da UE durante a atividade. O mundo da literatura infantil é mágico e encantador deve fazer parte do cotidiano escolar, relata a Profª Soraia _Regente da Sala de Leitura.

 

Parabéns à equipe pedagógica e administrativa da E.M. Francisco Frias da Mesquita, na pessoa da sua gestora, profª Sandra Coutinho, pelo trabalho sempre inovador e envolvente que seus professores desenvolvem com alunos e comunidade.

 Visitem o blog da escola http://emfranciscofrias.blogspot.com.br/

 

 

 Este portal é nosso!
Aproprie-se dele!
Se todos trabalharmos juntos, faremos a diferença!
Afinal, somos a maior rede de Educação Municipal da América Latina.

 

Escolas e professores, enviem para nós o endereço de seus blogs e projetos
que publicaremos no Portal Rioeduca.net
Representante do Rioeduca na 5ª CRE.

 

Regina Bizarro_representante do Rioeduca na 5ªCRE

E-mail: reginabizarro@rioeduca.net

Twitter: @rebiza

Facebook: /rebiza

 

                                


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 29/06/2012

Quem Ama Cuida da Terra

Tags: 3ªcre, educaçãoinfantil, blogsdeescolas.

 

 

A E. M. Carlos Gomes está desenvolvendo o projeto Quem Ama Cuida Com Alegria este ano, como já vimos no post Contra o Mosquito, Abadengue e Informação. O amor e o cuidado tiveram direção certa neste semestre. Vamos conferir?
 

 

A faixa etária atendida pela escola é a Educação Infantil e os primeiros anos da Casa da Alfabetização. A educação formal e os cuidados se misturam nesta fase em que a criança está, antes de tudo conhecendo o mundo e seu lugar nele. No primeiro bimestre, as atenções foram voltadas para a alimentação e a diversão. Sem elas, o conhecimento não se desenvolve. O alimento traz energia para aprender e a diversão, o jogo, torna tudo mais prazeroso.

 

 

 

 

 

 

Então, conhecer alimentos, suas propriedades e características e saber como aproveitá-las, ao máximo, foram algumas das ideias trabalhadas nas atividades realizadas. Tudo isso com muita alegria. Depois foi hora de gastar essa energia através de jogos e brincadeiras realizados na Educação Física e imitando o Circo, mundo mágico para as crianças pequenas.

 

 

 

 

Agora, no segundo bimestre, o tema foi a terra. Começando pelo que ela abriga de mais precioso: a semente. As atividades com o feijão proporcionaram a aquisição de conceitos matemáticos que em muito auxiliarão a alfabetização mais à frente. Seleção, classificação, contagem são algumas das ideias que podem ser trabalhadas com sementes de diferentes tipos.

 

 

 

 

A semente veio ao mundo para ser plantada, germinar e dar frutos. Para a criança, estes momentos são de uma mágica lenta que a observação paciente vai revelando as pequenas transformações que levam da semente à planta adulta. Cada momento desse é uma surpresa e uma oportunidade para adquirir conhecimento e formular hipóteses que podem ou não ser confirmadas, mas que gerarão novas hipóteses e conhecimentos. O contato íntimo com a natureza é essencial nessa fase em que as crianças são naturalmente agitadas, pois acalma e ensina que a observação é tão eficiente quanto a ação na aquisição de conceitos básicos da vida.

 

 

 

 

Infelizmente, como a escola não possui espaço físico para se plantar, eles tiveram o contato com a terra em canteiros organizados por eles mesmos juntos com professores e agentes. Para muitos, uma novidade, já que no espaço, essencialmente urbano da 3ª CRE não é possível esse contato íntimo com a terra e o plantar. Eles plantaram flores e alguns temperos.

 

 

 

 

 

 

As sementes foram duplamente lançadas em terreno fértil. Mostrar o cuidado com a terra e com os frutos que dela recebemos plantou o amor pelo verde no coração dos pequeninos. Certamente, acreditamos nos frutos que virão desse duplo plantio. Acessem o blog da E. M. Carlos Gomes para saber mais desta e outras etapas do projeto e outras atividades desenvolvidas por lá. Eles aguardam sua visita.

 

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 29/06/2012

Contando História na Escola

Tags: 6ªcre, educação, infantil, projetos.

 

A E. M. Dep. Pedro Fernandes realizou com os alunos o projeto Contando Histórias na Escola. O projeto parte do princípio que difundir o gosto pela leitura através da união escola e família, é um benefício à comunidade e aos alunos.

 

A E. M. Dep. Pedro Fernandes atende crianças na faixa etária de 3 anos a seis meses à 6 anos. São crianças com personalidades e características bastante diferentes e intensas. Nesta fase, é percebida a necessidade de desenvolvimento da autonomia, concentração, a construção da identidade, o desenvolvimento da imaginação e de formas adequadas para expressar ideias e sentimentos, de compartilhar conhecimento, trabalhar a linguagem oral, o respeito e a capacidade de escutar o outro e o saber esperar a vez.

 

Pensando numa forma prazerosa, para as crianças, de desenvolver essas necessidades, surgiu a ideia de convidar os responsáveis para contar histórias. Este projeto foi pensado quando a equipe pedagógica percebeu, na comemoração do Dia dos Avós, o interesse e alegria das vovós em contar histórias e cantar para as crianças. Era visível o prazer que as avós sentiam por estarem narrando suas histórias. E, assim, surgiu o projeto Contando Histórias na Escola!

 

 

Momentos do Projeto Contando Histórias na Escola

 

 

O projeto parte do princípio de que difundir o gosto pela leitura, através da união escola e família, é benefício à comunidade e aos alunos. A equipe da E.M. Dep. Pedro Fernandes entende que com a união e a soma de esforços de todos, num trabalho conjunto, conseguir-se-á uma sociedade mais preparada para a vida.

 

 

O ato de leitura é um ato cultural e social e ter acesso à boa literatura é dispor de uma informação cultural que alimenta a imaginação e desperta o prazer pela leitura. A importância dos livros e demais portadores de textos  é incorporada pelas crianças na medida que possibilitamos momentos de leitura, onde as crianças possam manusear e ler os livros. Um outro fato que consideramos importante é deixar as crianças levarem um livro para casa, para ser lido junto com seus familiares permitindo que as crianças desde muito pequenas, possam construir uma relação prazerosa com a leitura. Compartilhar essas descobertas com seu familiares é um fator positivo nas aprendizagens das crianças, dando um sentido  mais amplo para a leitura. (Referencial Curricular Nacional de  Educação Infantil)


 

Este projeto tem por objetivo geral, desenvolver a linguagem oral e escrita dos alunos através da leitura e contação de histórias, integrando família e escola.

 

Veremos abaixo a turma da professora Hildene. Nesta turma, a contação de histórias foi feita pela mãe do aluno Daniel, a senhora Maria Estela. A mãe do Daniel contou a história Bibi, vai pra cama para os pequeninos. Ele ficou muito feliz com a presença da mamãe na escola!

 

 

Mamãe Maria Estela conta histórias para os alunos do EI

 

 

No dia 1º de junho de 2012, a senhora Valdiva, avó do aluno Ryann Lucas, visitou a turma EI 10 para contar a história O Baile, de Mary França.

 

 

A vovó Valdiva conta histórias para os alunos do EI 10

 

 

A turma ficou super empolgada! Eles queriam ver as imagens e fazer muitas perguntas sobre os animais do livro. Os alunos ficaram felizes com a presença de alguém fora da rotina para animá-los com uma bonita história.

  

 

Alunos do EI 10 ficam encantados com a história

 

O netinho da senhora Valdiva ficou muito orgulhoso com a vovó dele! Parabéns à vovó Valdiva!

 

 

Vovó Valdiva e seu netinho Ryann Lucas

 

 

Abaixo, a mamãe Lucilene  conta a história O Mundinho, no auditório da escola. Os alunos da professora Susana prestaram atenção em tudo. Não perderam nenhum detalhe!

 

 

Mamãe Lucilene conta para os alunos a história O Mundinho

 

 

Na turma EI 17, da prof.ª Cristiane, quem contou história foi a Flávia, mãe da aluna Hellen.

 

 

Mamãe Flávia conta histórias para os amiguinhos de sua  filha Hellen

 

 

Na turma da professora Patrícia, a vovó Marlene contou a história Os Dez Amigos. Seu netinho Victor e as outras crianças da turma ficaram encantadas!

 

 

Vovó Marlene encanta os alunos com a história Os Dez Amigos

 

 

No EI 10, Luciflávia, mãe do aluno Hugo Henrique contou a história Magnólia. Foi um sucesso! Seu filho Hugo ficou orgulhoso da mamãe!

 

 

Mamãe Luciflávia conta a história Magnólia para os alunos do EI

 

No dia 19 de junho a turma do EI recebeu a visita de Angélica, mãe da aluna Emanuelle. A mamãe escolheu um clássico da literatura, A Bela e a Fera, que é uma das histórias de princesa que a filha adora.

 

Também participou da contação de histórias o primo da Emanuelle, o Raul, que é de nacionalidade espanhola e veio passar as férias com a prima.

 

 

Mamãe Angélica conta a história A Bela e a Fera para os alunos do EI

 

 

Parabéns à equipe da E.M. Dep. Pedro Fernandes por possibilitar momentos de leitura prazerosa aos alunos e à comunidade escolar.

 

Envie você também o seu projeto para ser publicado no Portal Rioeduca! Este espaço é meu, é seu, é nosso! Aproveite para divulgar o maravilhoso trabalho que você realiza em sua escola! Nós somos a seXta CRE!

 

 

Patrícia Fernandes - Representante do Rieoduca na 6ª CRE

Twitter: PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 29/06/2012

O Papel Social Transformador da Maestrina Chiquinha Gonzaga

Tags: 8ªcre, patronos, blogsdeescolas.

 

 

Chiquinha Gonzaga foi a primeira maestrina do Brasil!

Ela foi uma mulher que acreditou e lutou por seus ideais, o que a tornou a maior personalidade feminina da história da música popular brasileira e uma das expressões maiores da luta pelas liberdades no país.

  

 

 

 

Chiquinha Gonzaga foi a primeira compositora importante da música popular, autora de 2 mil composições e mulher de intensa projeção pública no século XIX.

A maestrina desafiou os costumes da sua época inserindo ritmos africanos às suas composições.

Seus posicionamentos chocavam a sociedade conservadora, porém Chiquinha Gonzaga não abriu mão de seus ideais e lutou pela abolição da escravatura e pela causa republicana, além de ser precursora na luta por direitos autorais.

 

 

 

 

Separada de seu marido, o que foi um escândalo na época, Chiquinha começou a dar aulas de piano para aumentar a renda.

Com essa atitude, foi a primeira mulher no Brasil a transformar a arte de tocar piano em uma forma de ganhar dinheiro, pois a tarefa de ensinar piano exigia além de excelente talento, uma grande capacidade de trabalho.

Com o sucesso de suas aulas, Chiquinha passa a ser uma pessoa tida como audaciosa.

Ó Abre Alas é a composição mais conhecida de Chiquinha, e aquela de maior sucesso.

A canção foi feita para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro, citado na letra. O sucesso é considerado a primeira marcha carnavalesca da história.

 

 

 

 "...Chiquinha Gonzaga ao renunciar ao papel tradicional de esposa e mãe, terminou por exercer um papel social transformador."

                                                                            Edinha Diniz - Pesquisadora

 

 

 

 

 O Espaço Virtual Maestrina Chiquinha Gonzaga

 

 O Ciep Maestrina Chiquinha Gonzaga é uma das Escolas do Amanhã da 8ª CRE.

A equipe pedagógica do CIEP, como sua patronesse, enfrenta os desafios propostos para alcançar seu maior ideal: oferecer aos alunos uma educação libertadora, eficaz e de qualidade!

Com determinação e profissionalismo, a equipe avança a cada dia!

Todos agora poderão acompanhar um  pouco do que acontece na escola através de seu espaço virtual criado recentemente.

 

Clique na imagem abaixo e conheça o Blog do Ciep Chiquinha Gonzaga: 

 

 

 

 

O Rioeduca parabeniza a toda a comunidade do Ciep Maestrina Chiquinha Gonzaga e deseja ainda mais sucesso em sua trajetória!

 

 

 

Entre em contato com o Rioeduca e divulgue aqui as ações de sua Unidade Escolar.

 

neildasilva@rioeduca.net

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share