A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 23 resultados para o mês de 'Outubro de 2015'

Sexta-feira, 30/10/2015

As Belezas do Rio aos Olhos Encantados de uma Criança

Tags: 9ªcre, projeto, arte.

 

 

 

 

A cidade do Rio foi retratada pelos alunos da turma 1302 do CIEP Pontes de Miranda no projeto “As belezas do Rio aos olhos encantados de uma criança”. 

 

No CIEP Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda, em homenagem aos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, a professora Denise Barreto propôs à turma 1302 um olhar para as belezas do Rio através dos olhos cheios de vida dos alunos.

As belezas retratadas contemplaram não só os pontos turísticos, mas também lembranças e desejos representados pelos seus mais belos sonhos e visões de um Rio de Janeiro lindo e cheio de encantos!

 

1ª etapa: Criação e produção dos desenhos a partir de modelos prontos ou criação própria.

 

A professora Denise disponibilizou alguns desenhos para que servissem de modelo para os alunos de acordo com o tema proposto. Alguns utilizaram os modelos, outros ampliaram os desenhos, e alguns criaram a partir de suas lembranças.

 

2ª etapa: Pintura das telas.

 

O professor de artes Marcos Mouren esteve envolvido no projeto e sua parceria foi essencial para que o trabalho tivesse um excelente resultado. Algumas técnicas foram apresentadas aos alunos, o que facilitou e enriqueceu o trabalho com lindas obras produzidas.

 

3ª etapa: Nomeação e descrição das telas.

Nesse momento, os alunos nomearam suas telas, explicando o porquê da escolha.

 

4ª etapa: Nossos artistas e suas obras.

 

5ª etapa: Exposição dos quadros na Feira do Conhecimento 2015.

 

A exposição das obras foi realizada no nosso grande evento anual, no dia 9 de outubro, com a presença de todos que vieram prestigiar o trabalho dos alunos do CIEP Pontes de Miranda!

 

“Mais importante do que dizer que a criança consegue usar um pincel ou um lápis, é dizer que ela busca representar suas ideias, pensamentos, planos, opiniões, desenvolvendo linguagens e expressões em situações diversas e utilizando diferentes recursos.”


Secretaria Municipal de Educação, GEI, Julho 2013

 

Veja todos os trabalhos dos alunos clicando aqui.

 

Contato com a U. E. pelos telefones 3394-0622 e 3364-1620, ou pelo e-mail ciepfmiranda@rioeduca.net.

 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Postado por Rita Faleiro Ver Comentários (3)

Quinta-feira, 29/10/2015

Projeto Caminhos do Rio

Tags: 3ªcre, caminhosdorio, visita.

 

 

 

 

Como parte integrante das comemorações dos 450 anos do Rio, a Escola Brigadeiro Faria Lima aderiu ao Projeto Caminhos do Rio, que realiza passeios culturais guiados por professores de História, tendo como tema norteador a história da cidade.

 

 

 

Atendendo à missão de promover a aprendizagem significativa de todos os alunos, a Escola Municipal Brigadeiro Faria Lima aderiu ao Projeto Caminhos do Rio.

Composto de palestras, visitas guiadas e registros fotográficos, o projeto tem por objetivo, de forma lúdica e agradável, apresentar a história da cidade do Rio de Janeiro e demonstrar a integração do Rio urbano antigo ao atual.

Os passeios são realizados para turmas do ensino fundamental com conteúdo adequado para essa faixa etária. São realizados num dia inteiro sob a liderança de professores de História ligados ao projeto que convidam alunos e professores a relacionar o que está escrito nos livros ao que estão visitando in loco.

O Roteiro varia de acordo com o planejamento realizado com as escolas.

Este foi o realizado pela Brigadeiro:

  • Igreja da Lapa dos Mercadores
  • Arco do Teles 
  • Chafariz do Mestre Valentim
  • Ladeira da Misericórdia
  • Paço Imperial 
  • Igreja da Ordem 1ª 
  • Igreja da Ordem 3ª de Nossa Senhora do Carmo
  • Igreja de Santa cruz dos Militares 
  • Mosteiro de São Bento e Igreja de Nossa senhora de Monserrate



 

Objetivos do projeto

  • Trazer a história, a arquitetura e a arte do Rio para as salas de aula;
  • Incentivar o olhar do estudante a apreciar e analisar as construções e obras de arte antigas da cidade;
  • Colaborar com a formação dos professores do ensino fundamental;
  • Promover o conhecimento do patrimônio histórico da cidade.

 

Caminhos do Rio 

É um projeto cultural realizado através dos incentivos fiscais do PRONAC (Programa Nacional de Apoio à Cultura), que tem como objetivo promover o conhecimento sobre o Patrimônio Histórico da cidade do Rio de Janeiro no ensino fundamental. Quer principalmente trazer a história, a arquitetura e a arte do Rio para as salas de aula, incentivando os estudantes a apreciar e analisar as construções e obras de arte antigas da cidade através da participação fundamental do professor.

O projeto almeja multiplicar o saber sobre a cidade por meio de passeios culturais realizados com o auxílio de um caderno de atividades especialmente elaborado para os estudantes, que será entregue gratuitamente aos grupos escolares no dia do evento.

 


 

Olha a Brigadeiro aí!

Que disposição sair da Água Santa na manhã chuvosa do dia 10 de setembro para conhecer a história da nossa cidade. Cidade maravilhosa, rica em histórias e registros que merecem ser conhecidos por todos os seus habitantes! 

A primeira parada foi na Igreja de N. S. da Lapa dos Mercadores.

 

 

Em 1743, vários comerciantes e moradores da rua do Ouvidor, no trecho denominado "da Cruz", ergueram um oratório dedicado à N. S. da Lapa.

A planta da igreja é uma combinação do oval da nave, coberta por cúpula e lanterna, com forma retangular tradicional da capela-mor. A sua concepção arquitetônica com espaço curvilíneo assemelha-se à da Igreja N. S. da Glória do Outeiro. A decoração interior é muito colorida, como era de gosto da classe comercial, com as talhas de madeira se confundindo com o estuque. Detalhes que a torna única entre as igrejas do Rio. A obra da talha interna foi executada por Mestre Antônio de Pádua e Castro, e o trabalho em estuque são de Antônio Alves Meira. O teto da capela-mor apresenta pinturas nas quatro paredes com histórias da Virgem.
 

 

Não existe coisa melhor do que uma aula de história ao ar livre!

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/10/2015

Ler É Bom Demais!

Tags: 2ªcre, literatura.

 

 

 

Os alunos da Escola Diogo Feijó participaram de uma Semana Literária, e descobriram como a leitura pode ser divertida e prazerosa.

 

A Escola Municipal Diogo Feijó está localizada no bairro do Alto da Boa Vista, e atende alunos da Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental.

Sabendo da importância do incentivo à leitura ainda nos primeiros anos escolares, a unidade escolar realiza atividades que despertam nos alunos o gosto pela Literatura Infantil.

 

Semana Literária na E. M. Diogo Feijó.

 

Na Semana Literária, os educandos puderam se aproximar, ainda mais, do mundo da leitura participando de várias atividades no espaço escolar. O objetivo foi ampliar o contato das crianças com as diversas formas de literatura e, assim, transformar o olhar deles para que os livros possam se tornar objetos de envolvimento e prazer.

 

Momento de contação de histórias realizado pelos alunos.

 

Durante o período da Semana Literária, os alunos participaram de diferentes atividades que incluíram: contação de histórias, peças de teatro, confecção de livros e leitura de poesias. Todas realizadas por diferentes segmentos da comunidade escolar.

 

Peça teatral baseada no livro: "O Duende da Ponte".

 

Momento de trocas de livros incentivando o hábito da leitura.

 

O encerramento do projeto foi no sábado, 8 de agosto, e reuniu os responsáveis para conhecer a produção de seus filhos durante a Semana Literária. Além disso, tiveram o prazer de participar de uma manhã de autógrafos, e entrar em contato com a produção literária de suas crianças. Foi uma manhã muito prazerosa de encontro entre família e escola.

Agradecemos a equipe da Escola Municipal Diogo Feijó por compartilhar conosco esta experiência da Semana Literária. Desejamos sucesso nessa caminhada de incentivo à leitura!

O contato da escola é: emfeijo@rioeduca.net

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net


 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/10/2015

Primeira Maratona de Histórias da 11ª CRE

Tags: 11cre, maratona, história.

 

 

 

No dia 13 de outubro, foi realizada a Primeira Maratona de Histórias da 11ª CRE, que contou com a participação de todas as Salas de leitura do Polo Leonel Azevedo. Confira!

 

 

A Primeira Maratona de Histórias contou com a participação de todos os professores de Sala de Leitura da 11ª CRE, e realizou a exposição dos trabalhos no Jequiá Iate Club, na Ilha do Governador.

 

 

Entrada do evento com a exposição de trabalhos.

 

Os professores foram homenageados e receberam uma salva de palmas pelo público presente em razão do belo trabalho realizado com os alunos da rede municipal!

 

Professores de Sala de Leitura do Polo Leonel Azevedo da 11ª CRE e membros da GED.

 

A maratona contou com apresentações de teatro, releituras de contos clássicos e leitura de poesias originais da educação infantil ao ginásio. Todos envolvendo literatura e incentivando a leitura.

 

Leitura de poesias pelos alunos da E. M. Anísio Teixeira e a diversidade de trabalhos expostos.

 

"Sempre achei muito importante a Maratona de Histórias, pois mostra o trabalho que realizamos nas salas de leitura. Trabalho feito com amor e dedicação. Estava tudo muito lindo!", relata a professora Inez da sala de leitura Polo Leonel Azevedo.

 

Beleza e cuidado nos detalhes dos trabalhos e na interpretação das apresentações teatrais.

 

Os alunos da E. M. Cuba e a professora Rosi Couto apresentaram uma peça inspirada no livro "Mapas Literários: O Rio em Histórias", da autora Vera Bastos, também diretora Adjunta da E. M Cuba.

 

Alunos da E. M. Cuba apresentaram uma peça inspirada no conto da autora Vera Bastos sobre o Rio de Janeiro.

 

A professora Selma Maria, da E. M. Cândido Portinari, que organizou a peça "Flor de Maio" com alunos do 3º ano do fundamental, relata que considera muito importante a Maratona de Histórias, pois os professores podem apresentar o trabalho realizado nas salas de leitura e trocar boas experiências.

 

Alunos interpretando a peça "Flor de Maio".

 

 

"A borboleta nascera sem um pedaço das asas.

Não podia andar, não podia voar.

Ficou ali, na beira do caminho, desesperada e chorando muito,

até aparecer uma formiga"

Trecho do livro "Flor de Maio", de Maria Furtado.

 

Destaque para professora Nelza Souza, a contadora de história oficial da maratona.

 

Os alunos da educação infantil da E. M. Magdalena Tagliaferro e a professora Ana Carolina apresentaram a peça "A Margarida Friorenta".

 

Alunos da educação infantil da E. M. Magdalena Tagliaferro na peça do livro "A Margarida Friorenta".

 

Trabalhos incentivando a leitura e interpretação de literatura.

 

"Considero a maratona importante por ser o momento onde todos podem compartilhar o seu trabalho. Porque conduzimos o público, nós e os alunos, a momentos exclusivamente literários. A maratona é momento de leitura, do prazer de dividir um escritor, suas ideias, seu trabalho."

Ana Cláudia, da GED

 

Diversidade de trabalhos apresentados.

 

 

 

Quer saber mais sobre a atividade?

Telefone: 3393-2550 ou 3353-9990

E-mail: emlazevedo@rioeduca.net

 

 

 

Laura Fantti Davilla Serpa
Representante Rioeduca da 11ª CRE
Facebook: https://www.facebook.com/groups/1607751852842237
Twitter: https://twitter.com/laurafanttini
E-mail: lauradavilla@rioeduca.net 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share