A A A C
email
A Revolução Acontece: o blog da SME
Retornando 6 resultados para o mês de 'Janeiro de 2016'

Segunda-feira, 25/01/2016

Agendamento Para Visitas ao Pão de Açúcar

Tags: pãodeaçúcar, bondinho.

 

 

 

 

O agendamento escolar será aberto em fevereiro de 2016

Agendamento de Escolas Públicas

 

Devido às alterações no calendário escolar de 2016, ano Olímpico, as inscrições para o agendamento escolar serão abertas em fevereiro de 2016 e se encerram quando todas as vagas disponíveis para as visitas estiverem esgotadas.


A Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar recebe anualmente 9 mil estudantes da rede pública, que visitam gratuitamente o Complexo Turístico. Este importante programa social, desenvolvido há mais de vinte anos pela empresa, proporciona às crianças de baixa renda de vários municípios do Estado do Rio de Janeiro a chance de conhecer um dos mais belos ícones do turismo nacional. A visita, além de ser uma oportunidade de lazer para estas crianças, tem caráter educativo e cultural.

 

Para saber mais

 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 19/01/2016

Integrando Saberes: 6º Ano Experimental

Tags: 1ªcre, eventos, projetos.

 

 

 

O Seminário Intercre promove a troca de experiências entre professores que atuam nas turmas do 6º ano Experimental.



Realizado no dia 9 de dezembro em três regiões da cidade, o Seminário Intercre 2015 do projeto 6º ano Experimental proporcionou a troca de experiência e saberes entre os professores II generalistas e professores I especialistas que atuam nessas turmas em escolas das 11 Coordenadorias Regionais de Educação.

 


No Memorial Getúlio Vargas, no bairro da Glória, o encontro reuniu professores I que atuam nas escolas das 1ª, 2ª e 3ª Coordenadorias Regionais de Educação.

Cada coordenadoria levou o trabalho bem sucedido em uma unidade escolar de sua abrangência para que os professores compartilhassem as experiências e as possibilidades do trabalho articulado entre as diversas disciplinas.

A 1ª CRE estava representada pelos professores da Escola Municipal Portugal. A partir do Projeto Pedagógico Anual da unidade escolar, os professores realizaram um trabalho que teve como eixo condutor a Música.

 

Professora Marta Broxado, da Educação Musical, em oficina de acolhimento aos participantes do seminário.


Daí, surgiram pretextos pedagógicos para trabalhar as diferentes disciplinas e expressões, integrando o trabalho de todos os professores que atuam na escola, professor II e professor I (Educação Musical, Educação Física, Inglês). Integra, também, o trabalho já desenvolvido pela professora de Música na formação do coral da escola, além de desenvolver um trabalho lúdico e prazeroso, no qual o feedback foi o desempenho positivo dos alunos em todas as áreas do conhecimento.

Intitulado de "Cantarolendo", que já vinha sendo desenvolvido pela escola com outras turmas, o trabalho de reconstrução da trajetória musical e histórica do ano 2000 em diante, época que despertou interesse dos alunos por ser o seu período de vida, ganhou força no sexto ano.

 

Professora Flávia Barbeito, de Inglês e PII em turma do 6º ano.


Assim, além de pesquisas de músicas, ritmos e estilos que faziam sucesso nesses anos, os alunos buscaram se inteirar dos fatos e acontecimentos que marcaram a época.

O projeto foi ganhando força e rendendo bons frutos: pesquisas, escritas e reescritas de textos, seminários e apresentações artísticas foram algumas das muitas propostas que puderam ser colocadas em prática.

 

Professora Luciana Ribeiro, PII e graduada em  Língua Portuguesa.


E o melhor de tudo: todos os professores das turmas se uniram na troca de ideias, transformando-as em ações que viabilizaram o projeto.

Os resultados foram bastante positivos: mais habilidades cognitivas e emocionais, propiciando aos alunos o "saber conviver".

 

Professor Filipe, de Educação Física, uma atividade que deu origem ao projeto.


Parabéns aos professores da Escola Portugal, em especial aos que atuam nas turmas do 6º ano Experimental e que apresentaram o projeto ao público: Flávia, Luciana, Marta e Filipe!


Quer Saber Mais:

Escola Municipal Portugal

Diretora: Cristhiane Ponte da Silva

Telefone: 3895-8632  

E-mail: emportugal@rioeduca.net

 


Professor Alexandre Roque de Araujo
Representante Rioeduca.net da 1ª Coordenadoria Regional de Educação
alexandrearaujo@rioeduca.net
Twitter: @Alexandre_Roque
Whatsapp 98733-1970


COMENTE E COMPARTILHE

 


 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 13/01/2016

Favela Mundo Inicia Atividades na Maré

Tags: favelamundo, .

 

 

 


ONG oferece aulas gratuitamente com foco na cultura, educação e capacitação profissional para 490 pessoas

 



A Favela Mundo, que iniciou seus trabalhos na Maré em 2014, retorna à comunidade com aulas gratuitas para os moradores. Com foco na educação e cultura, 490 pessoas – entre elas crianças e jovens de seis a 18 anos e adultos – serão beneficiadas. As aulas acontecem a partir de 22 de fevereiro, no Museu da Maré.

 


“Em apenas 6 meses de projeto já é possível notar a empolgação que os alunos vão para a escola. Conseguimos transformar o ambiente escolar em algo prazeroso, de desenvolvimento com alegria. Os pais já notam a diferença dos filhos e pedem que o projeto continue dentro da escola. Até mesmo no período de férias recebemos pedidos para que as aulas voltassem. Aos poucos os alunos entendem que para a escola ser legal depende de todos, que eles fazem parte do dia a dia escolar, que estamos ali por eles”-, conta Marcelo Andriotti, fundador do projeto e que também é professor em escolas da Zona Oeste.


Nos dois últimos anos, foram capacitados em torno de 300 jovens e adultos em 13 oficinas. E o resultado é visto na reação dos alunos e família. Samantha Messiades, mãe do aluno Samuel, dá seu depoimento: “Favela Mundo é a oportunidade dada a crianças de comunidades carentes ou baixa renda de ter aula de qualidade e com respeito merecido. De levar para a vida toda a experiência de se deparar com cultura, arte, teatro dentre outras oficinas. É o que o Favela Mundo faz: chega na comunidade, oferece diversos cursos, todos gratuitos e o engraçado é como eles nos contagiam a participar de tudo pois são tão amorosos e cuidadosos desde oferecer uniformes, materiais, tudo sem custo algum. Isto para muitas crianças que muitas vezes não tem acesso a tanto é sensacional”.

 


“A euforia inicial, começa a se transformar em atenção, em escuta. No começo eles ficavam muito agitados, reação natural não apenas pela idade mas principalmente por levar ao ambiente escolar atividades que mexem diretamente nas emoções, no interior de cada criança. O projeto trás de volta o sentimento de alegria, de diversão, de interesse pelo novo, fundamentais para um crescimento saudável. Nosso sonho é que o Favela Mundo possa chegar a várias escolas, mesmo que seja em pequenos núcleos (apenas teatro, ou só dança, por exemplo). Tenho certeza que as taxas de evasão escolar diminuiriam e de participação das famílias aumentariam consideravelmente, pois além das oficinas para as crianças nós levamos diversos cursos de capacitação profissional para adultos”, completa.

 


Para se inscrever nas oficinas de ballet, danças brasileiras, hip hop, jazz, teatro e violão (voltadas para crianças e jovens) e oficinas de capacitação profissional de decoração de unhas, maquiagem social, maquiagem artística e artesanato, os interessados devem entrar em contato com a organização a partir de 11 de janeiro. As matrículas podem ser feitas no Museu da Maré (Rua Guilherme Maxwel 26, Maré) e é preciso apresentar identidade, CPF e comprovante de residência. Informações pelo telefone (21) 2236-4129 e através do site www.favelamundo.org.br

 


Favela Mundo foi fundada em 2009 e desde então já beneficiou mais de 1.800 famílias de diversas comunidades. Entre 2014 e 2015 a ONG teve alunos, provenientes de 92 comunidades diferentes e de 65 escolas. Em 2015 o Favela Mundo abriu polos de educação na Cidade de Deus, Vargem Grande e Engenho de Dentro. A ONG representou o Brasil na Organização das Nações Unidas nos últimos três anos. Sob o patrocínio da LAMSA, INSTITUTO INVEPAR e Ministério da Cultura, este ano retorna ao Complexo da Maré.

 

 

Mais informações:
Juliana Alcantara – (21) 98405-4004 – juliana.alcantara@patuacomunicacao.net

 

 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 11/01/2016

Os Autores e sua Carioquice

Tags: 5ªcre.

 


   

 

     A Sala de Leitura é um local mágico que encanta, fascina, propicia a criação, desenvolve a imaginação, amplia o vocabulário e nos faz viajar através dos livros. Foi nesse caminho que a Escola Municipal Barão do Amparo, 5ª CRE, desenvolveu o projeto "Os autores e sua Carioquice". Ficou curioso(a)? Veja como foi desenvolvido.

 

 

Os alunos da Educação Infantil, 1º ao 5º ano, Classe Especial e Realfa da E.M. (05.15.035) Barão do Amparo, durante o ano letivo de 2015, ficaram encantados com a grandiosidade da Literatura. 

Participaram com satisfação do projeto "Os autores e sua Carioquice", criado pela professora Marcia Brum, regente da Sala de Leitura, e tiveram a oportunidade de conhecer a obra literária de diversos autores cariocas.

As crianças prazerosamente leram, interpretaram, se emocionaram, sorriram e apreciaram muitos livros.

Durante a participação da Escola no XVII Salão do Livro, no Centro de Convenções Sul América, a escritora Sonia Rosa foi convidada pela equipe presente e aceitou participar do projeto.

 

 

Os alunos motivados pela leitura dos agradáveis livros da escritora, que seria homenageada no evento, dedicaram-se e capricharam na realização de lindos trabalhos. A escola ficou linda exalando a Literatura de Sonia Rosa.

 

 

Na agradável manhã de terça-feira do dia 24 de novembro, o pátio interno da escola se transformou num cenário encantado e delicioso. Uma mistura de livros, cartazes, exposições, amor, dedicação... para unir dois importantes personagens na magia da leitura: AUTORA e LEITOR.

 

 

Direção, professores, alunos, funcionários e convidados tiveram a honra de ouvir, pela escritora, sua notável e tão agradável obra literária que exalta, entre outros enredos, a bela cultura afro-brasileira. Os pequenos e grandes leitores e admiradores adoraram!

 

 

Foi um dia agradabilíssimo, inesquecível para todos que estavam presentes. Vivenciaram um dia de grande importância, alegria, crescimento, aprendizado, valorização da Literatura e da Leitura, além de receberem carinhosas dedicatórias nos livros.

 

 

Lindas apresentações enalteceram a finalização do projeto e homenagearam a escritora. 

Foi bonito e gratificante ver tamanha empolgação! Os alunos da turma 1.401, orientados pela professora Daniele, de Educação Física, dançaram perfeitamente o Maculelê. E a turma 1.402, orientados pelas professoras Amélia e Marcia Brum, brilhantemente encenaram alguns dos especiais personagens da escritora.

 

 

Sonia Rosa foi presenteada com uma linda caricatura, feita carinhosamente pela aluna Larissa Vitória Pereira de Brito, do 5º ano, e com o livro "Cortes e Recortes da Barão do Amparo", escrito pelos professores da escola, com relatos verídicos da vida profissional de cada um, recheados de recordações, emoção e carinho.

 

 

 

Como participação especial, fechando e acrescentando muito ao evento, tiveram o prazer em receber a dançarina profissional Jéssica Castro, que presenteou a escola com uma belíssima apresentação de Jongo. Foi lindo e encantador!

 

 

A professora Marcia Brum, da Sala de Leitura e responsável pelo projeto, agradece a todos da família Barão do Amparo: Eloisa Jesus e Sheila Rabello (direção); todos os professores; alunos, funcionários, responsáveis que contribuíram para que o evento fosse realizado com êxito; e as convidadas Elaine Amaral e Nilce Allevato, representantes da 5ª CRE que carinhosamente prestigiaram o evento.

 

 

Agradecimento especial para a escritora Sonia Rosa que, com a sua honrosa presença, simpatia, carisma e sua notável obra literária, encantou a todos! Foi uma oportunidade para aprender muito com ela e com a sua história de vida!

 


Quer saber um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pela E.M. Barão do Amparo?

Acesse, aqui, o BLOG.
 

Quer saber mais sobre o projeto?

Entre em contato com a Unidade Escolar:
Escola Municipal
 Barão do Amparo
Telefone: 3018-2319 / 3018-2463
E-mail: emamparo@rioeduca.net

 

Compartilhe os projetos e ações de sua escola!

 

 


                                    


 


 



 



 


   
           



Yammer Share