A A A C
email
Todos os posts escritos por Laura Fantti Davilla Serpa
Retornando 55 resultados para o autor 'Laura Fantti Davilla Serpa'

Sexta-feira, 15/02/2019

Creche Municipal Rachel Leite Dias na Semana de Acolhimento

Tags: creche, acolhimento.

 

SEMANA DE ACOLHIMENTO

 

Breve histórico da Unidade Escolar:


A Creche Municipal Rachel Leite Dias fica situada na Rua Henriete de Holanda Amado, s/nº, Engenho de Dentro. Estamos inseridos na Comunidade Fernão Cardin, desde janeiro de 1998, oriunda do Projeto Favela Bairro. A comunidade é participativa e adere às ações desenvolvidas na creche; mantemos as portas abertas para o diálogo e a troca, visto que acreditamos ser fundamental para uma gestão democrática a parceria entre creche e comunidade.

Neste ano letivo de 2019, temos matriculadas nesta U.E. 136 crianças. A faixa etária contemplada é de 6 meses até 4 anos. Estamos organizados em 6 grupamentos de acordo com as idades: 2 turmas de berçário, 2 turmas de maternal I e 2 turmas de maternal II.


Nosso espaço físico é muito agradável e acolhedor! Temos um pátio com pinturas no chão, uma casinha e um brinquedão com escorrega. Temos também chuveirões na área externa para recreação em dias quentes. O espaço interno é compacto, deste modo cada cantinho é valorizado e organizado de forma a ampliar as possibilidades de interação e exploração dos recursos disponíveis. Organizamos uma sala de leitura aconchegante, atraente e divido em cantinhos de interesses diversos. Embaixo da escada que dá acesso ao segundo andar, temos mesa e cadeiras, quadro de avisos e estante com livros e revistas pedagógicas, onde as educadoras se reúnem e planejam suas ações. As salas de atividades são amplas e com recursos diversificados para o fazer pedagógico.

 

 


Nossas práticas pedagógicas estão organizadas de forma a oportunizar a diversidade de experiências e interações com a finalidade de potencializar o desenvolvimento infantil. Estabelecemos uma rotina preocupada em respeitar o bem estar das crianças e suas individualidades.


O Projeto Pedagógico Anual traz como proposta “Os valores”, tendo a visão de que toda criança é sujeito de diretos. Deste modo mantemos uma escuta ativa e priorizamos o protagonismo infantil, onde o interesse dos pequenos é o centro de nossas ações, respeitando as especificidades, habilidades e competências de cada fase do desenvolvimento, entrelaçados aos campos de experiências, de acordo com a BNCC.


Equipe de Direção:

Diretora Geral: Camila Brasil
Diretora Adjunta: Daniele Henriques


Equipe de Educadoras:


EI 11 – PEIs Joice e Denise
AEIs Letilza, Maria Lúcia, Fran e Patrícia Aquino


EI 12 – PEI Brunna
AEIs Alessandra, Rita Machado, Ilza e Rita de Cássia


EI 21 – PEI Gabriela
AEIs Juliana, Vera e Ana Lúcia


EI 22 – PEI Márcia
AEIs Angela, Janaína, Ana


EI 31 – PEI Samantha
AEIs Rafaela e Fabiana


EI 32 – PEIs Cíntia e Adriana
AEIs Patrícia Rossani e Eloísa


PA – Viviane Batista
Projeto de Leitura – Clara (AEI readaptada)

 

Breve resumo das atividades:


Fizemos o registro de algumas atividades realizadas durante a primeira semana de acolhimento (quinta-feira, dia 14/02/2019) do Maternal I (EI 22), onde a professora Márcia junto com as AEIs propiciaram um momento de roda de conversa, com cantigas infantis, e contamos com a participação de alguns responsáveis, que estavam dando apoio às suas crianças neste período tão importante e cheio de significados.

 

Após isto, oportunizamos a todos um momento descontraído de desenho livre. Em seguida, a professora Márcia propôs a rodinha para contação de história, já sem a participação dos responsáveis. Depois disto, as educadores ofereceram massa de modelar para os pequenos deixarem a imaginação correr solta. Encerramos o dia de acolhimento com um delicioso almoço, onde nossos pequenos já demonstraram toda sua independência, autonomia e segurança em nosso espaço acolhedor, cheio de afeto e de novas experiências.
 

Enviado por:

E/CRE 03.13.608 C.M. Rachel Leite Dias


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 11/01/2019

Rimas na Alfabetização: Caminhos para Leitura e Escrita

Tags: redescobrindo, youtubers, 7ªcre.

 

Redescobrindo as Rimas

 

 

As rimas são ótimos recursos para despertar nas crianças o prazer pela leitura e escrita. Os pequenos se encantam com a sonoridade das palavras e se divertem com a possibilidade mágica de construir suas próprias combinações.
 

 

As palavras realmente são mágicas e nos apresentam milhares de possibilidades!

 

Por isso a dica de hoje começa com a indicação do livro: "O Livro Mágico".

 



Essa história nos mostra o poder que as palavras têm, e a rima é um desses poderes. Após a leitura, os alunos da Escola Municipal Desembargador Ney Palmeiro foram convidados a fazerem suas criações.

 

 

 

 


Cada aluno recebeu uma palavra e a missão de fazer uma ilustração que rimasse com ela. Após muita diversão construíram um cartaz coletivo:

Ainda no clima das rimas, os alunos do segundo ano tiveram a oportunidade de assistir ao vídeo “Redescobrindo as Rimas” elaborado pelas professoras Youtubers e disponível no link:



 

A videoaula inicia-se com um problema, como fazer uma música para o canal “Redescobrindo”?


 

 


É claro que a turminha já tinha a resposta na ponta da língua e sabiam que as rimas eram a solução que a tia Ju e a tia Ly procuravam!

 

 



E para continuar a diversão, a videoaula interativa apresenta às crianças um jogo no qual elas devem descobrir quem mora nas casas apresentadas por meio da rima com o nome dos animais!

 

 

E ainda dois jogos com a rima como tema principal:

 

 

Depois de assistir ao vídeo...Mãos à obra!


Segundo Emília Ferreira as mãos são a porta de entrada para o cérebro. E nesta atividade, constatamos que quanto mais oportunidade as crianças têm de manipular objetos e trabalharem os sentidos, mais eficiente se torna o processo de aprendizagem.

 



Para Vygotsky o jogo tem grande importância no processo criativo, pois a imaginação estimulada por eles contribui para expansão das habilidades cognitivas. Sendo assim, por que não experimentar outros jogos? A diversão propiciada pelas rimas foi o gatilho para utilização de jogos de formação de palavras.

 

 

E assim, mais uma vez os alunos aprenderam brincando... E entre uma risada e outra construíram importantes conceitos e aprimoraram sua habilidade de leitura e escrita!

 

Quer saber mais sobre?

Unidade Escolar: E.M. Desembargador Ney Palmeiro

E-mail: empalmeiro@rioeduca.net

Tel.: 2408-6042 / 2408-5482

 

Contato para publicações:

 


 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 07/09/2018

Escola Municipal Rotary: Primeiro Mutirão Amo a minha Escola

Tags: 11ªcre, mutirão, patrimônio.

 

A Escola Municipal Rotary com o objetivo de conscientizar a comunidade escolar para valorizar e preservar o patrimônio público, realizou o seu primeiro mutirão Amo minha escola.

 

Confira!

 

O projeto foi realizado no início do 3º Bimestre com o apoio de professores, grupo de escoteiros, alunos e responsáveis, todos como voluntários.

 

 

 

 

O mutirão foi realizado em toda a unidade escolar e com a participação extensiva a todas as turmas que quiseram participar, é claro com a autorização dos responsáveis.

 

 

 

 

O objetivo maior além da valorização e conservação do patrimônio público, que é de uso comum a todos da comunidade escolar, foi a conscientização do cuidar para preservar.

 

 

 

Foram realizadas atividades de grafitismo, manejo da terra com plantio de mudas e pintura da escola.

 

 

Parabéns a E.M. Rotary por ensinar que cuidar e preservar o patrimônio é alem de tudo uma questão de educação cidadã!

 

 

Quer saber mais sobre?

E-mail: emrotary@rioeduca.net

Telefone: 2465-0279 / 2465-0019

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 20/08/2018

A Voz dos Refugiados

Tags: 11ªcre, refugiados, senegal.

 

A Escola Municipal Holanda, localizada na Ilha do Governador, juntamente com a Subsecretaria de Direitos Humanos levou para a escola a palestra "A Voz dos Refugiados" com um Senegalês que contou um pouco sobre como é a vida dos refugiados, assim como, os motivos que os levam a sair de seus países e tentar uma nova vida no Brasil. 

 

 

O tema foi tratado como de extrema importância para compreender melhor o fluxo migratório que está acontecendo no mundo todo, e se tratando de uma escola bilíngue o estudo e contato com outros culturas é de grande relevância.

 

Os alunos amaram a apresentação e participaram com perguntas ao imigrante do Senegal que, por sua vez, foi muito atencioso com todos.

 

 

 

Antes, houve uma apresentação sobre o que é a Copa dos Refugiados, que aconteceu no Rio de Janeiro, no dia 4 de agosto, um evento esportivo que tem como objetivo a integração social dos imigrantes e refugiados.

 

Disputada pela primeira vez no Rio de Janeiro, a competição uniu cariocas e refugiados em um evento onde a ação social assumiu o protagonismo. Com apoio da Prefeitura, foram oferecidos serviços de saúde, oportunidades de trabalho e, claro, muito futebol.

 

Veja como foi:

 

Copa dos Refugiados: mais do que futebol, integração social
 

 

As crianças adoraram a visita e fizeram muitas perguntas. Direção, professores e funcionários também gostaram muito da visita que só contribuiu para a aprendizagem dos alunos da Unidade Escolar.

 

 

A Escola Municipal Holanda adorou e soube aproveitar bastante a visita do Grupo dos Direitos Humanos e do Refugiado/imigrante do Senegal!
 

 

Parabéns a E.M. Holanda e a Subsecretaria de Direitos Humanos por propiciar aos alunos estes momentos tão preciosos com culturas diferentes.

 

 

Quer saber mais sobre?

E-mail: emholanda@rioeduca.net

Telefone: 3353-9933 / 3393-9122

 

 

Contato para publicações:


   
           



Yammer Share