A A A C
email
Retornando 331 resultados para a tag '1ªcre'

Segunda-feira, 14/08/2017

Um Mergulho no Universo de Monteiro Lobato

Tags: 1ªcre, educaçãoinfantil, riodeleitores, projetos.

 

A obra de Monteiro Lobado é usada como eixo de Projeto em Unidade de Educação Infantil da 1ª Coordenadoria Regional de Educação.

 

Com o objetivo de contribuir com a formação de cidadãos conscientes de sua origem, produtores de cultura, que conheçam e valorizem nossa literatura e cultura, a Creche Municipal Luis Eduardo Magalhães, localizada no Tuiuti, estruturou o projeto “Um Mergulho no Universo Infantil de Monteiro Lobato", articulando o reconhecimento do legado cultural brasileiro como patrimônio nosso e o contato com a vida e obra de Monteiro Lobato.

 

 


Na implantação do projeto, recebeu destaque “O Sítio do Pica-pau amarelo e seus personagens”, explorando Narizinho e o Reino das águas claras; Pedrinho e as histórias do livro As caçadas de Pedrinho. Os personagens da Emília e Visconde recebem destaque especial nesse projeto. São trabalhadas também as concepções de família, a vida no campo e na cidade, dentre outras. As receitas de Dona Benta são usadas para o trabalho com alimentação saudável.

 


Kátia, responsável pelo aluno João Pedro do maternal I da EI 22, nos fala: “Meu filho está adorando o projeto, chega em casa tentando me contar sobre os personagens, não entendo muito bem porque ele ainda não fala com muita clareza”.

 

 

Os profissionais da unidade abraçaram o projeto. Veja o que nos fala a professora Raquel Campello, da turma EI 12: “O maternal I está se desenvolvendo muito rapidamente e vemos isso no contato com eles. Eles são inteligentes e cantam e dançam as músicas do sítio e demonstram com muita clareza que estão conhecendo os personagens.”

 

 

 “Quando surgiu a ideia do projeto com Monteiro Lobato tivemos a preocupação em propor atividades que construíssem conhecimentos, e nossos pequenos estão diariamente nos surpreendendo demonstrando que conhecem os personagens e que estão assimilando as experiências pedagógicas”, nos fala Rosana Siquara, diretora da unidade escolar.

 

 


Quer Saber mais sobre o Projeto?

Creche Municipal Deputado Luis Eduardo Magalhães

Diretora: Rosana Siquara

Diretora-Adjunta: Márcia Miranda

Telefone: 3985-9428

E-mail: cmmagalhaes@rioeduca.net

 


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 31/07/2017

Adulto Também Aprende Brincando!

Tags: 1ªcre, projetos, peja, educacaodejovenseadultos.

 

O emprego da ludicidade no ensino da Matemática foi a tônica em atividade com turma de Jovens e Adultos no Caju.


Localizado no Bairro do Caju, o CIEP Henfil atende turmas que vão da Educação Infantil ao 5º ano, atendendo também turmas de Programa de Educação de Jovens e Adultos.


E para quem acha que Brincadeira é coisa de criança, ainda não frequentou uma aula da professora Márcia da Silva Fonseca, regente de matemática em turmas do PEJA.

 

 

Buscando caminhos para melhor desenvolver habilidades e competências para compreensão de conceitos matemáticos, a professora Márcia resolveu transformar a aula de matemática numa grande brincadeira, estimulando os alunos para a aprendizagem dos conceitos matemáticos de valor absoluto, valor relativo, cálculos e escrita dos números.

 


 

Na atividade, a professora propôs um jogo de boliche. Criou uma legenda de cores para representar a Unidade, a Dezena e a Centena, um quadro para colocar a garrafa abatida (valor absoluto) , um quadro para colocar o valor relativo dos algarismos, um quadro para fazer adição e outro para registrar os números por extenso. Cada quadro valia 5 pontos. A turma foi dividida em grupos com quatro alunos cada, tendo direito a quatro jogadas cada grupo. O objetivo era fazer com que os 4 jogadores de cada grupo passassem por todos os quadros, ganhando quem fizesse maior número de ponto na soma dos quatro quadros. No caso de empate, ganhava quem fizesse maior pontuação no quadro da adição.

 


Para a professora Márcia, “provocar e estimular a interação entre os alunos e conscientizar para a importância da questão ecológica da reciclagem de materiais além colaborar para a inclusão de alunos com necessidades especiais, foi o maior legado da atividade".

 


Para saber Mais:

CIEP HENFIL – Rua Carlos Seidl, s/nº - Caju

E-mail: ciephenfil@rioeduca.net

Diretora: Izabel Cristina Marçal Gonçalves

Diretora adjunta: Micheli Oliveira da Silva Gomes

Diretora adjunta: Luciana Caetano Barboza

Coordenadora pedagógica: Anna Paula Huss
 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 17/07/2017

Clube da Leitura

Tags: 1ªcre, riodeleitores, projetos.

 

Protagonismo Infantil: alunos são contadores de histórias, despertando em si e nos colegas o prazer da leitura literária.

 

Localizada na Mangueira, Zona Norte do Rio de Janeiro, a Escola Municipal Bilíngue Mestre Waldemiro atende alunos em turmas da Educação Infantil até 6º Ano Experimental, em regime de turno único.

 

 

Pensando em proporcionar aos alunos acesso ao acervo Literário além dos limites das salas de aula e explorando os diversos espaços da escola, a equipe gestora, em conjunto com a professora regente da Sala de Leitura, criou e implementou o Projeto “Clube da Leitura”.

No “clube”, o prazer de ler vai sendo consolidado em cada criança, aos poucos, favorecendo e aprimorando a sua escrita.

 


E assim, a escola foi criando e disponibilizando diferentes espaços , com acesso livre aos livros, onde os alunos se divertem lendo pelo simples prazer de ler, sem cobranças acadêmicas. Ao mesmo tempo desperta em cada um o prazer em ouvir histórias, contadas pelos colegas: Os alunos voluntários visitam as turmas fazendo “contação de histórias” para os colegas. A cada visita dos leitores a turma vibra, esperando ansiosamente pelo momento prazeroso de poder viajar pelo mundo da imaginação.

 

 

Para a professora Gláucia, diretora da Mestre Waldemiro, “ o objetivo também é que eles desenvolvam o prazer em ler para os colegas e ao mesmo tempo desenvolvam o prazer em ouvir histórias contatas pelos outros. Quem sabe não nascem contadores de histórias?", finaliza.


E na sua escola? Que Projeto está fazendo a diferença na vida de nossas crianças? Conte para nós!

 

 

Para Saber Mais:

Escola Municipal Bilingue Mestre Waldemiro

Direção: Gláucia Couto

Direção Adjunta: Bezaliel Medeiros e Anna Aguilera

Coordenação Pedagógica: Christina Gomes

Telefone: 2254-3144

E-mail: emwaldemiro@rioeduca.net

 

 


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 03/07/2017

Jogos Indígenas

Tags: 1ªcre, eventos, projetos, diversidade.

 

Projeto Interdisciplinar aproxima alunos da Cultura Indígena, através das Artes , da Literatura e Educação Física.

 

Localizada no Imperial Bairro de São Cristóvão, bem ao lado do Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, a Escola Municipal Portugal atende alunos da Educação Infantil ao 6º Ano Experimental e vem se destacando com diversos projetos que integram as várias áreas de conhecimentos. Um dos projetos que merece destaque é o Projeto “Jogos Indígenas”.

 


Temo como ponto de partida a oferta de Literaturas diversas que abordam as manifestações culturais e artísticas nas diferentes comunidades indígenas brasileiras, a professora Camila Louro,de Artes Plásticas e o professor Filipe Cabral, de Educação Física, propuseram a realização dos Jogos Indígenas, com o objetivo de propiciar às crianças vivenciarem um pouco do modo de vida e da cultura indígena brasileira.

 


Para a grande Festa dos Jogos, foram apresentadas as funções da pintura corporal como forma de expressão para diferentes ocasiões e grupos indígenas distintos. Os alunos tiveram oportunidade de realizar a pintura , utilizando os grafismos indígenas.

 

 

Os aspectos corporais de movimento característico dos povos indígenas foram trabalhados durante os jogos. Assim, as turmas foram dividias em grupos indígenas: Pataxós, Caiapós, Yanomamis e Goytacases. Em seguida, foram apresentadas as características e fatos relevantes sobre as quatro nações indígenas e, logo após, iniciaram as disputas nas modalidades propostas: Corrida de Canoa, cabo de força, corrida de toras e arco e flecha.

 

 

Corrida de Toras

 

Cabo de Força

 

Ao final dos Jogos Indígenas todos participaram de uma dança coletiva para celebrar a participação no Projeto.

 


Para Saber Mais:

ESCOLA MUNICIPAL PORTURAL

Direção: Patrícia Ponte

Direção-Adjunta: Amanda Melo

Coordenação Pedagógica: Luana Lobão

Professores Responsáveis pelo projeto: Camila Louro e Filipe Cabral

Telefone: 3895-8632

E-mail: emportugal@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share