A A A C
email
Retornando 44 resultados para o mês de 'Setembro de 2016'

Sexta-feira, 30/09/2016

IV Semana de Alfabetização da 9ª CRE

Tags: 9ªcre, alfabetização, semana..

 

 

 

 

Durante a IV Semana de Alfabetização, a Gerência de Educação da 9ª CRE desenvolveu um cronograma de atividades envolvendo Coordenadores Pedagógicos, professores e alunos.

 

A IV Semana de Alfabetização, que teve por temática “As escritas e as histórias de alunos e professores na cidade do Rio de Janeiro na ótica da alfabetização e do letramento”, aconteceu entre os dias 05/09 e 09/09 conforme estabelecido pela Circular E/SUBE/CED nº 062, de 12/07/2016.

 

 

No dia 05/09, aconteceu a Abertura da Semana com um PAINEL voltado aos Coordenadores Pedagógicos das Escolas da 9ª CRE, com o tema: Práticas Pedagógicas em Alfabetização, proferido pela Equipe de Alfabetização da Coordenadoria de Educação – Professoras Janaína Barbosa, Adriana Querido e Elisabete Brandt.

No dia 06/09, houve a Ação “ Interações Pedagógicas”. Com professores de 1º e 3º anos, tivemos a seguinte programação:

- Oficina Literária com as Professoras Adriana Rodrigues (Sala de Leitura Polo da E.M. 09.18.033 Prof. Gilberto Bento da Silva) e Denise Almeida (Sala de Leitura Polo do CIEP 09.18.505 Raymundo Ottoni de Castro Maya).

- Visionamento mediado do Programa Ao Vivo “Interações Pedagógicas” - Alfabetização: Produção Textual, com o Professor Dr. Luiz Antonio Gomes Senna.

- Oficina Pedagógica de Produção Textual.

 

 

Nos dias 08 e 09/09, foram ofertadas os professores de 1º, 2° e 3º anos Oficinas Pedagógicas , entre elas:

- Práticas Pedagógicas Inclusivas, com as professoras Lúcia Souza e Jeanne Claire (IHA). Os professores tiveram a oportunidade de vivenciar experiências didáticas inclusivas através da linguagem da arte.

- Práticas Pedagógicas em Escrita , com a professora Lívian Mello (AAI/9ª CRE), que teve por objetivos : provocar a reflexão de uma escrita que tenha significado para a criança e mostrar diferentes recursos para auxiliar o docente nas situações de recuperação paralela dos alunos que ainda estão na fase inicial e podem ter dificuldades com escrita espelhada, troca de letras etc.

- Letramento Literário na Educação Infantil – Oficina voltada para Articuladores de Creches/EDIs e Professores de Pré-Escola, a professora Natani Fumian (Sala de Leitura da E.M. 09.18.061 Amazonas) e Margarete Saísse (Coordenadora Pedagógica da Creche-Escola Trelelê / Centro Educacional Educarte) apresentaram uma proposta de de trabalho articulando práticas literárias, letramento e consciência fonológica para alunos na Primeira Infância.

- Jogos em Alfabetização, com o professor Arnon Duarte (Diretor da E.M Paraíba – 6ª CRE / Faetec) que apresentou uma coletânea de atividades lúdicas para a alfabetização inicial. Os jogos, basicamente feitos de materiais recicláveis, constituem um rico ferramental de trabalho para o dia-a-dia do professor alfabetizador.

- Leitura & Escrita: direito de todos. A oficina, voltada para professores de 3º Ano, foi ministrada pela professora Valéria Querido, produtora de material didático em alfabetização na SME/RJ e Coordenadora do Programa Acelera I. Apresentou os panoramas em Alfabetização (desafios cotidianos) bem como encaminhamentos metodológicos em relação ao trabalho com gêneros textuais, tempo e espaços escolares, a oralidade e a escrita/produção de textos.

- Alfabetização Matemática , com a professora Vania, da Equipe de Matemática da SME/RJ, abordando como o processo de construção dos conceitos matemáticos podem ser articulados à serviço de aprendizagens significativas pelos alunos.

 

 

As escolas da 9ª CRE, durante a IV Semana de Alfabetização, desenvolveram atividades acerca da “Alfabetização e Letramento”, com ênfase nas produções escritas dos alunos. As propostas a serem desenvolvidas nos referidos dias evidenciaram a
a) articulação as vertentes linguísticas relacionadas à alfabetização (oralidade, leitura e , sobretudo , a escrita, haja vista o tema da IV Semana de Alfabetização);
b) promoção a participação de toda a comunidade escolar (Professores II/Professores I – Artes, Inglês, E.F/ Professor de Sala de Leitura, alunos e responsáveis).
c) dinamização atividades de caráter lúdico e interacional, uma vez que a interação proporciona

oportunidades de exteriorização do dizer de cada um, surgindo diálogos, troca de ideias, momentos intensos de interdiscursividade, oportunizando reflexões, questionamentos sobre determinados assuntos que permeiam o ambiente escolar e, também, a vida de cada aluno, promovendo então esta interação entre as crianças, com temas que venham a contribuir para que o aluno reconheça a utilidade da escrita na sociedade em que está inserido.       (BATISTA & ZANLORENSE, 2008, p. 1.422)

 

 

Ainda a esse respeito, Bakhtin (2003, p.373-374) contribui para validar o posicionamento por práticas interacionais e dialógicas, principalmente em alfabetização, ao exemplificar que tudo o que me diz respeito, a começar pelo meu nome, chega do mundo exterior à minha consciência pela boca dos outros (da minha mãe, etc.), com a sua entonação, em sua tonalidade valorativa-emocional. A princípio eu tomo consciência de mim através dos outros: deles eu recebo as palavras, as formas e a tonalidade para a formação da primeira noção de mim mesmo.

Confira alguns registros das propostas desenvolvidas pelas Unidades da 9ª CRE:

 

 

Parabéns para a equipe da Gerência de Educação (GED) e de todas as Unidades participantes!

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 29/09/2016

Semana de Alfabetização na 3ªCRE

Tags: 3ªcre, alfabetização, semana.

 

 

 

A tarde do dia 05 de setembro de 2016 na Escola Municipal Sarmiento foi marcante para Diretores das Escolas com Turmas de Alfabetização com a Abertura da Semana de Alfabetização da 3ªCRE.

A referida semana foi parte integrante da IV Semana de Alfabetização da Rede Municipal. Apresentações dos alunos, depoimentos emocionantes e relatos de experiência tornaram essa tarde especial para todos os presentes.

 

 

O Dia Mundial da Alfabetização, celebrado em 8 de setembro, foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no ano de 1967, com o objetivo de discutir, refletir e fomentar sobre as questões relacionadas à alfabetização em todo o mundo.  

No Brasil, o Dia Nacional da Alfabetização acontece, desde 1930, no dia 14 de novembro, data da fundação do Ministério da Educação e Saúde Pública.

No período de 5 a 9 de setembro acontecerão ações articuladas entre os Níveis Central e Regional da SME, com abertura em 5 de setembro, Dia Mundial da Alfabetização.

Tendo como objetivo refletir acerca da Alfabetização na cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Educação juntamente com as Coordenadorias Regionais de Educação, promoveu um planejamento que viabilizasse o estudo, o diálogo e as reflexões pedagógicas sobre o processo de ensinar e aprender a ler e a escrever.

 

 

Na 3ª CRE a abertura aconteceu na tarde do dia 05 de setembro de 2016, na EM Sarmiento, esbanjando alegria e encantamento. Profª Maria Francisca Teresa Gomes do Carmo, Assessora do Gabinete da E/3ªCRE, abriu a cerimônia com o relato emocionado dos primeiros passos de sua neta no processo de alfabetização.

 

 

"O ato de ler implica na percepção crítica, na interpretação, na reescrita, na reelaboração do que lemos." - Freire,1989. 

Professora Regina Barros, Gerente da Gerência de Educação da E/3ªCRE, conversou o os presentes sobre as políticas públicas para a Alfabetização enfalizando a responsabilidade e o compromisso de todos com esse processo.

 

 

Ilustres participantes, alunos da E. M. São Domingos e E. M. Professor Visitação, iluminaram a tarde com apresentação de jogral, encantando Diretores e Professores presentes. O momento das crianças foi encerrado com a magia da contação de histórias realizada por Claudia G. Canto - representante da BEM do Engenho Novo.

 

 

Contemplando as reflexões do dia, o público presente ouviu a Professora Ana Balla, regente do 3º Ano da E. M. Professor Visitação, escola com melhor resultado da Prova Rio 2015 que fez um relato emocionado de suas exitosas experiências na Alfabetização.

A Professora Maria de Fátima Christóvão, supervisora da Escola de Formação Paulo Freire também conversou com os presentes sobre a importância dos processos de alfabetização.

O evento foi encerrado com um sentimento de certeza de que ler e escrever com autonomia é um ato de cidadania. 

Nossa homenagem ao Dia Nacional da Alfabetização:

Educar e educar-se, na prática da liberdade, é tarefa daqueles que pouco sabem - por isto sabem que sabem algo e podem assim chegar a saber mais - em diálogo com aqueles que, quase sempre, pensam que nada sabem, para que estes, transformando seu pensar que nada sabem em saber que pouco sabem, possam igualmente saber mais.

Paulo Freire
 

 

 

                               

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/09/2016

Olimpíada 2016 – A Gente Encontra na 2ªCRE

Tags: 2ªcre, olimpiada.

 

 

 

Alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental conheceram os valores olímpicos através dos projetos pedagógicos realizados em nossas unidades escolares.

 

O ano de 2016 ficou conhecido como ano olímpico na cidade do Rio de Janeiro e muitas de nossas unidades escolares aproveitaram a oportunidade para elaborar seus projetos pedagógicos sobre os Jogos Olímpicos. E nesta publicação temos a oportunidade de conhecer o trabalho que a Escola Municipal General Humberto de Souza Mello e a Creche Municipal Winnie Mandela realizaram sobre o tema.


A professora Vera Nácia, regente da turma, nos conta que a proposta de um trabalho interdisciplinar na turma 1401 da E. M. General Humberto de Souza Mello envolveu as disciplinas Matemática, Língua Portuguesa e Ciências da natureza.

Os alunos observaram que as formas geométricas estão presentes na natureza e em construções que são produtos da ação humana.

Relacionando os conhecimentos adquiridos, é possível compreender que a Matemática está vinculada a outras áreas do conhecimento.

 

Produções dos alunos durante o projeto.

 

A professora Vera cita em seu trabalho os Parâmetros Curriculares do Ensino Fundamental (1997), “os conceitos geométricos constituem parte importante do currículo de Matemática no ensino fundamental, porque, por meio deles, o aluno desenvolve um tipo especial de pensamento que permite compreender, descrever e representar, de forma organizada, o mundo em que vive. O trabalho com noções geométricas constitui para a aprendizagem de números e medidas, pois estimula a criança a observar, perceber semelhanças e diferenças, identificar regularidades e vice-versa”.

Isso permite que a criança estabeleça pontos de referência que lhe permitam situar-se no espaço. Identificar e representar as formas dimensionais são habilidades essenciais.

As pesquisas sobre os pontos turísticos do Rio de Janeiro deram espaço a uma atividade lúdico/criativa, a construção de maquetes utilizando os sólidos geométricos.

A turma fez uma exposição das maquetes e das pesquisas na reunião de pais. Até o pessoal de apoio deu uma parada para ler as advinhas relacionadas ao assunto.

 

Maquete produzida pelos alunos.

 

Dando continuidade ao projeto, os alunos fizeram maquetes e produções textuais sobre as modalidades olímpicas. Os alunos também estão utilizando as maquetes para trabalhar perímetro observando as devidas proporções.

Através deste trabalho podemos conhecer atividades onde os alunos podem aplicar os conceitos matemáticos a prática do dia a dia.

Os Jogos Olímpicos fazem parte do projeto anual da Creche Winnie Mandela, que tem como título "Ser carioca é tudo - saudável, sustentável e anfitrião". O objetivo principal é mostrar que o Rio de Janeiro é uma Cidade Maravilhosa, pois neste ano de 2016, sediou os Jogos Olímpicos. E a importância de continuar valorizando os espaços, as atrações e os encantamentos da nossa cidade, como também, preservando, cuidando e amando. O projeto da unidade escolar fala sobre nos apropriaremos de nossa "carioquice" para mostrar que através de uma boa alimentação, podemos ser saudáveis e futuros atletas de nosso país.

 

Leitura do livro "Clara e a Olimpíada de 2016"

 

O subprojeto falando dobre o tema olimpíada surgiu, através do livro “Clara e a Olimpíada de 2016”, de Ilan Brenman. Por meio de dramatizações, a equipe pedagógica despertou nos alunos o gosto pelos esportes, ou seja, eles puderam vivenciar de maneira prazerosa a olimpíada. A unidade escolar considera importante trabalhar os valores da olimpíada com as crianças, para que elas percebam que não é só uma competição para se ganhar medalha, mas sim a união entre os povos, o respeito e a confraternização.

 

Alunos realizando ativdades do projeto.

 

Parabéns às unidades escolares envolvidas por trabalharem com os alunos atividades que apresentem o significado do espírito olímpico. Obrigada por compartilhar conosco estas experiências pedagógicas.

O contato da professora Vera Nácia e da Creche Winnie Mandela, respectivamente, são:  veranacia@hotmail.com e cmwinnie@rioeduca.net

 

Divulgue também o trabalho de sua escola no portal Rioeduca.

Entre em contato com o representante de sua CRE.

 

Renata Carvalho - Professora da Rede e representante do portal Rioeduca na 2ª CRE

renata.carvalho@rioeduca.net 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quarta-feira, 28/09/2016

Informativo MultiRio - 28 de setembro

Tags: multirio, informativo.

 

 

Multirio | News Ascom

MultiRio
Clique

Galileu Galilei e outros grandes pensadores na Web Rádio

A nova série Teorias, Vidas e Obras destaca a vida e o trabalho de intelectuais que influenciaram a evolução do pensamento da humanidade. Com a participação de especialistas convidados, a produção mostra a importância do pensador em destaque, o contexto em que estava inserido e suas principais ideias. Na estreia, saiba mais sobre a obra de Galileu Galilei, um dos grandes nomes da revolução científica de seu tempo. Teorias, Vidas e Obras vai ao ar nesta sexta-feira (30) às 10h, 14h, 18h e 22h, via Web Rádio.

Criança e meio ambiente, como promover essa relação?

O episódio da série Aquela Conversa discute os benefícios desse relacionamento, assim como a importância dessa conexão para o desenvolvimento físico, emocional e social das crianças. A médica e professora Viviane Castello Branco conversa com Aline Lima, professora de Psicologia do Instituto Nacional de Educação de Surdos e mãe de escoteiro; Bernard Carvalho Bandeira, arte-educador do Instituto de Arte Tear; e Daniel Becker, pediatra e professor da UFRJ. O programa vai ao ar nesta sexta-feira (30) às 9h45, no canal MultiRio (26 da NET).

 

Pokémon Go inspira atividade de Matemática na E.M. Grandjean de Montigny (6ª CRE)

Sucesso entre crianças e jovens, o game foi inspiração para jogo de cálculos promovido pela professora Mara Malheiros. Leia no Portal MultiRio.


Além do Portal MultiRio, a Empresa está presente no Facebook, no Twitter e no YouTube. Se você já faz parte dessas redes sociais, acompanhe as informações e novidades em nossos canais.
MultiRio

Secretaria Municipal de Educação
MultiRio - Empresa Municipal de Multimeios

Para não receber mais este informativo,
envie e-mail para multiriocomunica@multirio.rio.rj.gov.br.

Tel: 1746/Fora RJ: (21) 3460-1746 • ouvidoria.multirio@rio.rj.gov.br

 

 

 

 

 

                            

 

 

 

 


   
           



Yammer Share