A A A C
email
Retornando 48 resultados para o mês de 'Agosto de 2017'

Terça-feira, 22/08/2017

Olimpíada de Matemática

Tags: 7ªcre, projetos.

 

A Escola Municipal Octavio Frias de Oliveira realizou nos dias 3, 4 e 5 de julho a Olimpíada de Matemática com a participação de todos os alunos da unidade escolar.

 

A Olimpíada de Matemática da Escola Octavio Frias foi organizada pelos professores de Educação Física e teve como principal objetivo demonstrar que a matemática é prazerosa e é aplicada em várias situações cotidianas.

   Turmas dividias em cores para participar da Olimpíada de Matemática.

 

As turmas foram dividas em 4 bandeiras: verde, amarela, azul e vermelho. Essa divisão foi feita pelas professores regentes de cada turma. Cada grupo devia conter crianças com conceitos diferenciados em MB, B, R e I em matemática.

Foram realizados  três dias de atividades lúdicas envolvendo conceitos matemáticos. Como exemplo, a turma 1.301 competiu contra a 1.303 e assim por diante. Cada atividade teve uma pontuação. A turma que somasse mais pontos seria a vencedora daquela série na Olimpíada de Matemática.

As atividades da Olimpíada foram selecionadas e organizadas pelos professores de Educação Física: Célia Granja, Márcia Gaspar, Mauro de Almeida e Rosine Mello. Também contou com professores colaboradores durante a realização das atividades: Stefania Fontana, Karina Amorim, Fabiana Falcão e Adelle.

 

          Pelotão da Bandeira da Escola para cerimônia de abertura da Olimpíada.

 

    Hino Nacional cantado pelos alunos do 6º ano .

 

Para as atividades, foram utilizados os seguintes materiais:

- embalagem de iogurte;

- caixa de leite;

- caixa de suco;

- caixas de produtos alimentícios;

- latas de produtos alimentícios;

- embalagens de produtos de limpeza;

- embalagens de produtos de higiene pessoal;

- garrafa de refrigerante pet de vários tamanhos;

- embalagens vazias de kg e litro;

- 3 relógios de parede sem funcionar;

- TNT;

- EVA.

 

Atividades divididas pelos anos escolares

 

Educação Infantil

Conceitos matemáticos: contagem até 10, cores, dentro e fora, pequeno e grande, embaixo e em cima, formas geométricas, identificar números.

1- Boliche, derrubar a garrafa pet e reconhecer o numeral nela escrito.

2 - Desafio das formas.

3 – Polvo.

4 – Encontre o par de sapato.

 

        Apresentação da Educação Infantil.

 

   Atividade Polvo : contagem com pregadores.

 

Turmas do 1º ano

Conceitos Matemáticos: contagem até 20, cores, dentro e fora, pequeno e grande, embaixo e em cima, formas geométricas, identificar números. Resolver situações problema que envolvam os significados da adição (juntar e acrescentar) e da subtração (retirar, completar e comparar). Cubo, esfera, paralelepípedo, cilindro e cone: relacionar esses objetos com os objetos do cotidiano.

1 – Conteste de formas geométricas.

2 – Conteste de adição.

3 – Conteste de subtração.

4 – Conteste de conjunto de cores.

5 – Conteste de contagem. (1 à 20).

 

 

        Atividade com formas geométricas.

 

     Completando a sequência numérica.

 

Turmas do 2º ano

Conceitos Matemáticos: Contagem até 40, reta numérica, dezena e dúzia (1/2 e inteira), par ou ímpar contando nos dedos. Dinheiro de R$2,00 à R$10,00 sem centavos (reconhecimento das notas e caro e barato), dia e mês, litro e kilo (reconhecimento nos objetos diários), identificar características comuns entre as formas geométricas. Identificar formas geométricas nos objetos do cotidiano. Orientação: caminho, localização e movimentação de seres e objetos.

1 – Quebra cabeça.

2 – Contas simples.

3 – Formas geométricas.

 

           Dominó Gigante.

 

Turmas do 3º ano

Conceitos Matemáticos: soma, multiplicação, contagem de 1 à 50, reta numérica, dezena e dúzia (1/2 e inteira), par ou ímpar contando nos dedos. Dinheiro de R$2,00 à R$10,00 sem centavos (reconhecimento das notas e caro e barato), dia e mês, litro e kilo (reconhecimento nos objetos diários), identificar características comuns entre as formas geométricas. Identificar formas geométricas nos objetos do cotidiano. Orientação: caminho, localização e movimentação de seres e objetos. Dobro e metade.

1 – Dezena e dúzia.

2 – Par / impar - contando nos dedos.

3 – Multiplicação simples.

4 – Divisão simples.

5 – Tangram.

6 – quebra cabeça.

7 – Dinheiro – 2,00 - 10.

8 – Identificar o que é litro, quilo.

 

       Embalagens vazias para identificar litro e kilo.

 

Turmas do 4º ano

Conceitos Matemáticos: contagem de 1 à 100, reta numérica, dezena e dúzia (1/2 e inteira, 1e1/2), par ou ímpar. Dinheiro de R$2,00 à R$100,00 com centavos (reconhecer das notas e caro e barato), dia e mês, ano, semestre. Litro e kilo (reconhecer nos objetos diários), identificar características comuns entre as formas geométricas. Identificar formas geométricas nos objetos do cotidiano. Orientação: caminho, localização e movimentação de seres e objetos. Dobro, metade e triplo, tabuada até 3. Horas inteiras, multiplicação.

1 - Tangram.

2 - Formas geométricas, com corpo.

3 - Dinheiro – 2,00.

4 - Tangram.

5 - Antecessor e sucessor.

 

    Montagem de quebra cabeça.

 

      Montagem de Tangram.

 

Turmas do 5º e 6º ano

Coceitos Matemáticos: contagem de 1 à 100, reta numérica, dezena e dúzia (1/2 e inteira, 1e1/2), par ou ímpar. Dinheiro de R$2,00 à R$100,00 com centavos (reconhecimento das notas e caro e barato), dia e mês, ano, semestre. Litro e kilo (reconhecimento nos objetos diários), identificar características comuns entre as formas geométricas. Identificar formas geométricas nos objetos do cotidiano. Orientação: caminho, localização e movimentação de seres e objetos. Dobro, metade e triplo, tabuada até 3. Horas inteiras e quebradas (analógico e digital), multiplicação, divisão. Tabuada até 5. Solução de problemas com cheia e quebrada 30min e 15 min. Adição e subtração com recurso e reserva. Ângulos agudo e reto, reconhecimento.

 

         Atividade de reconhecimento de litro e kilo em objetos do cotidiano.

 

       Identificando horas no relógio analógico.

 

Atividades em envelopes para serem respondidas e feitas pelos alunos:

 

Casa 1:

Verde - Marcos trabalha por hora, ele ganha R$12,00 por hora trabalhada. Ele trabalhou das 9h da manhã às 11h. Quantas horas Marcos trabalhou e quanto ele ganhou pelo serviço?

a) Vá até a caixa de dinheiro e pegue o valor que Marcos recebeu.

b) Corra a até a caixa de bastões e pegue o número de bastões referentes as horas trabalhadas.

Amarelo - Marcos trabalha por hora, ele ganha R$10,00 por hora trabalhada. Ele trabalhou das 8h da manhã às 13h. Quantas horas Marcos trabalhou e quanto ele ganhou pelo serviço?

a) Vá até a caixa de dinheiro e pegue o valor que Marcos recebeu.

b) Corra a até a caixa de bastões e pegue o número de bastões referentes as horas trabalhadas.

Azul - Marcos trabalha por hora, ele ganha R$11,00 por hora trabalhada. Ele trabalhou das 9h da manhã às 14h. Quantas horas Marcos trabalhou e quanto ele ganhou pelo serviço?

a) Vá até a caixa de dinheiro e pegue o valor que Marcos recebeu.

b) Corra a até a caixa de bastões e pegue o número de bastões referentes as horas trabalhadas.

Vermelho - Marcos trabalha por hora, ele ganha R$13,00 por hora trabalhada. Ele trabalhou das 9h da manhã às 13h. Quantas horas Marcos trabalhou e quanto ele ganhou pelo serviço?

a) Vá até a caixa de dinheiro e pegue o valor que Marcos recebeu.

b) Corra a até a caixa de bastões e pegue o número de bastões referentes as horas trabalhadas.

 

Casa 2: Volte 1 casa.

 

Casa 3:

Verde – João tem 10 anos, Maria é dois anos mais jovem que João e José tem o dobro da idade de Maria. Qual é a idade de João, qual a idade de Maria?

Corra até a caixa de bastões e com os bastões faça os números referentes a idade de João e Maria.

Amarelo - João tem 8 anos, Maria é dois anos mais jovem que João e José tem o dobro da idade de Maria. Qual é a idade de João, qual a idade de Maria?

Corra até a caixa de bastões e com os bastões faça os números referentes a idade de João e Maria.

Azul - João tem 12 anos, Maria é dois anos mais jovem que João e José tem o dobro da idade de Maria. Qual é a idade de João, qual a idade de Maria?

Corra até a caixa de bastões e com os bastões faça os números referentes a idade de João e Maria.

Vermelho - João tem 13 anos, Maria é dois anos mais jovem que João e José tem o dobro da idade de Maria. Qual é a idade de João, qual a idade de Maria?

Corra até a caixa de bastões e com os bastões faça os números referentes a idade de João e Maria.

 

Casa 4: Aguarde uma rodada.

 

Casa 5:

Verde, Amarelo, Azul e Vermelho – Os participantes devem correr até a caixa de bastões e pegar o número de bastões referente a idade do mais alto do grupo.

 

Casa 6: Desafios matemáticos com palitos de fósforos:

Verde - Temos 3 triângulos formados por palitos de fósforo. Mova em apenas 2 palitos para formar 4 triângulos.

 

       Corredor de acesso à quadra enfeitado com conceitos matemáticos.

 

 Turma ganhadora do 3º ano com atividade diferente na escola,brincando na quadra.

 

 

As atividades realizadas na Olimpíada de Matemática da Escola Octavio Frias foram selecionadas a partir dos descritores de cada ano escolar e também com referência nos cadernos pedagógicos de matemática da rede municipal. As turmas foram premiadas por ano escolar e cada turma ganhadora foi premiada com uma atividade diferenciada na escola, como piquenique . 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado !

 

Acesse a página da Escola para ver todas as fotos da Olimpíada:

Escola Octavio Frias

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

Contato da Escola Octavio Frias de Oliveira:

emooliveira@rioeduca.net

 

 

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 21/08/2017

C. M. Edna Lotte: Eu faço a diferença. E você, faz o quê?

Tags: 6ªcre, aqui é um lugar de paz, meio ambiente.

 

O projeto “Eu faço a diferença. E você, faz o quê?” foi realizado na Creche Municipal Edna Lotte durante todo o primeiro semestre do ano de 2017 e envolveu as turmas, professores e agentes de Educação Infantil.

 

Projeto desenvolvido com base no tema "Aqui é um lugar de Paz"

 

A unidade escolar fica localizada dentro da comunidade de Acarí, onde a violência é vivenciada no seu dia a dia. O projeto surgiu da necessidade de transformar o meio ambiente e social em que vivem os alunos. As atividades desenvolvidas tiveram por objetivo despertar nas crianças o sentido de preservação do patrimônio escolar e local, além de buscar soluções para a proteção destes ambientes. Outra preocupação dos professores e agentes de educação infantil foi proporcionar situações de aprendizagem que promovessem o resgate de valores e virtudes, do autoconhecimento, a fim de possibilitar uma melhor convivência social.

 

Plantio de sementes e preservação da natureza

 

Trabalhando a identidade e os valores

 

Através de experiências práticas foram trabalhados os seguintes temas: identidade, higiene, alimentação saudável, preservação e poluição do planeta Terra. Por meio dos livros “Pinóquio”, “ A Margarida Friorenta” e “Menina Bonita do Laço de Fita” valores como honestidade, igualdade, respeito, amizade, solidariedade, paz, ética e cooperação foram desenvolvidos. 

 

Trabalhando com a higiene bucal

 

Livro "A Margarida Friorenta"

 

Realização de experiência com a terra, a água e o ar

 

Uma cultura de paz se constrói assim, com ações que incentivam a cooperação entre toda a comunidade escolar, em busca de uma transformação humana e social que alcance a recuperação e a preservação do ambiente escolar. As soluções encontradas para os problemas apresentados no espaço físico da creche, mostraram que uma pequena mudança de atitude pode fazer uma grande diferença quando olhamos o todo.

Os professores estimularam as crianças a utilizar o diálogo para esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas; a refletir sobre as implicações práticas de cada atitude; a compreender a importância das escolhas positivas pessoais e sociais; a identificar situações em que o preconceito acontece e que em todas as suas formas ele é prejudicial ao ser humano. 

Alunos e professores da Creche Municipal Edna Lotte estão fazendo a diferença na vida de toda a comunidade escolar. E você, está fazendo o quê? Conte-nos sua experiência!

 

Quer saber um pouco mais sobre o que a Creche Municipal Edna Lotte está fazendo para transformar o espaço em que se encontra? Entre em contato e conheça um pouco mais do trabalho destes professores e agentes de educação infantil de excelência! 

E-mail: cmelotte06@rioeduca.net


Telefone: 3372-3057 ou 3375-9551

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!


 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 21/08/2017

Programa Professores Pesquisadores em Rede

Tags: pesquisador.

 

NO CONTEXTO DA FORMAÇÃO DOCENTE E NA CONSTITUIÇÃO DE UMA CULTURA PROFISSIONAL QUE FAVOREÇA O DIÁLOGO COM OS CONHECIMENTOS DECORRENTES DOS PROCESSOS DE PESQUISA, 

O CENTRO DE REFERÊNCIA DA EDUCAÇÃO PÚBLICA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO – ANÍSIO TEIXEIRA, DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DO PROFESSOR CARIOCA PAULO FREIRE – CONVIDA OS PROFESSORES DESTA REDE MUNICIPAL DE ENSINO A PARTICIPAREM DO



PROGRAMA PROFESSORES PESQUISADORES EM REDE


OBJETIVOS:

1.Instituir uma Rede de professores pesquisadores, mestrandos, mestres, doutorandos, doutores e pós-doutores que participem e proponham pesquisas que produzam conhecimentos sobre, e para, a Rede Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro.

2.Promover a publicação dos resumos das teses e dissertações de Professores Mestres e Doutores no Guia Digital de Mestres e Doutores da Rede, uma Publicação do Centro de Referência da Educação Pública da Cidade do Rio de Janeiro-Anísio Teixeira.

3.Promover seminários, palestras, mesas redondas, encontros e rodas de conversas de forma a permitir a socialização dos conhecimentos produzidos pelos professores da Rede, valorizando-os como autores.

4.Promover a publicação de textos e artigos em periódicos, livros e materiais didáticos a serem produzidos e distribuídos para a Rede.

5.Incentivar a apresentação/publicação de pesquisas, de conhecimentos e de metodologias produzidos por professores da Rede em seminários, em congressos, em reuniões anuais e outros eventos acadêmicos.

 

 

Para participar acesse os links: 

 

FORMULÁRIO: https://goo.gl/Qgies1

 

AUTORIZAÇÃO: https://goo.gl/DkYhyF

 

ATENÇÃO: A autorização deverá ser assinada, digitalizada e enviada para o E-mail crepatsme@rioeduca.net


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 21/08/2017

Edital do Programa Orquestra nas Escolas

Tags: do, edital programa, orquestra sinfônica.

Secretaria Municipal de Educação

 

EDITAL SME N.º 6, DE 16 DE AGOSTO DE 2017 DISPÕE SOBRE O PROGRAMA ORQUESTRA NAS ESCOLAS E SOBRE A FORMAÇÃO DA ORQUESTRA SINFÔNICA JUVENIL CARIOCA E REGULAMENTA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS DA REDE PÚBLICA DO SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO QUE INTEGRARÃO A ORQUESTRA SINFÔNICA.

 


O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor torna público o PROGRAMA ORQUESTRA NAS ESCOLAS, que tem, por objetivo fortalecer as ações de Educação Musical desenvolvidas na Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro, através de atividades oferecidas no contraturno e pós-turno escolar, com oficinas de instrumentos musicais e formação de orquestra e grupos. O Programa prevê, ainda, além da criação da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca, a realização de um calendário de concertos e outras programações culturais em teatros e em espaços culturais.


1- DA CRIAÇÃO DA ORQUESTRA SINFÔNICA JUVENIL CARIOCA – OSJC

1.1- A criação da Orquestra constitui um dos objetivos do Programa e será composta por alunos da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino, que receberão aulas de instrumentos musicais de professores especialistas, além de atividades de prática de conjunto.

1.2- Os alunos selecionados para a composição da Orquestra receberão uma bolsa incentivo em face de sua dedicação às atividades da orquestra.


2- DA COMPOSIÇÃO DA ORQUESTRA SINFÔNICA JUVENIL CARIOCA

2.2- A Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca será composta por alunos da Rede Pública do Sistema Municipal de Ensino da Cidade do Rio de Janeiro a serem selecionados de acordo com os critérios fixados neste Edital.


3- DO PROCESSO DE SELEÇÃO

3.1- Poderão participar do processo de seleção alunos regularmente matriculados nas unidades escolares da Rede Pública Municipal de Ensino, com idade entre 10 e 17 anos, que estejam cursando turmas do 5º ao 9ºano e, que toquem algum dos instrumentos musicais oferecidos no Programa.

3.1.1- Os instrumentos oferecidos são: 

- violino
- viola
- violoncelo
- contrabaixo acústico
- flauta transversal
- clarinete
- trompete
- trombone
- percussão

3.2- As vagas a serem oferecidas, por instrumento, são as relacionadas no quadro a seguir:

3.3- A seleção de alunos obedecerá as seguintes etapas:

3.3.1- 1ª etapa: análise de vídeos

Os alunos interessados deverão enviar para o endereço de e-mail orquestranasescolas@gmail.com, um link de vídeo no YouTube, tocando uma música de livre escolha, de curta duração (3 a 4 minutos), de repertório pertencente ao instrumento executado.

3.3.2- 2ª etapa: audição presencial

Os alunos selecionados para a audição deverão apresentar:

- uma música de livre escolha (clássica ou popular);
- uma escala maior (1 oitava);
- breve leitura à primeira vista de trecho musical, selecionado pela banca.

3.3.3- As atividades relativas a esta etapa serão realizadas:

Local: Escola de Formação do Professor Carioca- Paulo Freire – E/EPF
Av. Presidente Vargas, n.º1.314- Centro
Data: 01 de setembro de 2017 às 15h

3.4- Da INSCRIÇÃO

A Inscrição será realizada, única e exclusivamente, pela internet, através do e-mail: orquestranasescolas@gmail.com, no período de 17/08 a 28/08/2017, em consonância com o disposto nos subitens 3.31 e 3.32 . O link do vídeo tem que estar na plataforma YouTube.

 

4- DA BOLSA AUXÍLIO

Como forma de incentivo, em face de sua dedicação às atividades da orquestra, os alunos selecionados nas etapas descritas neste Edital receberão uma bolsa auxílio, no valor de R$200,00 (duzentos reais), vale- transporte ( para o aluno e para o seu acompanhante) e lanche nos dias em que estiver nas atividades propostas no Programa Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca.

 

5- DAS ATIVIDADES

Os alunos selecionados para a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca receberão aulas de instrumentos musicais, de teoria musical, de solfejo e de prática de orquestra.

5.1- As Atividades serão realizadas:

Quartas-feiras, das 15h às 18h
Aula de Instrumento, Ensaio de Naipe, Teoria Musical e Solfejo.
Sextas-feiras: das 15h. às 18h.
Prática de Orquestra

5.2- Local das aulas:
A definir


Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2017


CÉSAR BENJAMIM
Secretário Municipal de Educação


   
           



Yammer Share