A A A C
email
Retornando 71 resultados para o mês de 'Novembro de 2014'

Sexta-feira, 28/11/2014

Clara Maurícia, Talento na Educação do Rio

Tags: 5ªcre, talentosdarede.

 

Clara Maurícia Braga Fortes é professora da rede municipal do Rio e coordenadora pedagógica do EDI Rocha Pombo. Especializada em materiais pedagógicos, é palestrante, professora de Matemática e excelente boleira. A professora Clara Maurícia faz parte dos Talentos da Rede.


Clara Maurícia Braga Fortes é professora do Espaço de Desenvolvimento Infantil 05.15.805 Rocha Pombo e ocupa a função de coordenadora pedagógica. Em outra matrícula na rede, ela ministra aulas para o terceiro ano na Escola Municipal França, também na 5ª CRE.

Há mais de 25 anos na rede municipal, a professora Clara encanta a todos com sua garra, criatividade e profissionalismo. Exemplo de pessoa humana e mulher de fé, que envolve todo o grupo com seu dinamismo e capacidade profissional, elaborando diversos projetos educacionais e atividades no EDI Rocha Pombo, buscando sempre a qualidade na educação.

 

Alunos com a professora Clara Maurícia na Mostra de Dança da 5ª CRE.

 

Talentosa como ela só, a professora Clara Maurícia é especializada em criar materiais pedagógicos, como máscaras, painéis, fantoches e muitos outros, todos feitos em EVA.

Formada em Matemática, ela dinamiza com os professores oficinas de “Tangran, Material Dourado e Réguas de Cuisenaire".

 

Materiais pedagógicos, painéis e fantoches confeccionados em EVA.

 


"Leciono desde 1983. Sempre trabalhei com alunos da Educação Infantil ao 3° ano e confeccionava jogos e painéis para decorar e incrementar as aulas. Com o boom do EVA, resolvi confeccionar materiais necessários para sala de aula, como painéis, fantoches, jogos, máscaras, aproveitando meus dotes, e também vendê-los para educadores, fonoaudiólogos e psicólogos", relata a professora.

 

Alunos usando máscaras criadas pela professora Clara Maurícia.

 


Ela ainda nos diz que sempre foi apaixonada por Matemática. Sendo assim, resolveu expandir seus conhecimentos matemáticos dinamizando Oficinas de “Tangran, Material Dourado e Réguas de Cuisenaire” para professores em escolas de outras redes, além de escolas da rede municipal do Rio.

 

Oficinas de Tangran, Material Dourado e Réguas de Cuisenaire

 


"Com tantos atributos e afazeres, a professora ainda encontra tempo para realizar seus artigos e artefatos com muita criatividade e empenho fazendo objetos incríveis. E, ainda, nos delicia com seu talento em fazer quitutes, bolos e tortas deliciosos", finaliza a professora Carla Maria Franco da Fonseca, diretora do EDI Rocha Pombo.

 

Clara, exemplo de talento na educação e na vida!

 

Agradeço a professora Carla Maria F. da Fonseca, diretora do EDI Rocha Pombo, pela parceria com o Portal Rioeduca, sem o qual não descobriríamos mais um Talento da Rede: a professora Clara Maurícia Braga Fortes.

Obrigada à professora Clara Maurícia, por enviar fotos e relato da dinâmica do seu trabalho..
 

 

Regina Bizarro _ Professora representante do Rioeduca/5ªCRE.

Acompanhe os Blogs das escolas e professores da 5ª Coordenadoria Regional de Educação, clicando aqui.

Curta, compartilhe e comente na nossa página no Facebook https://www.facebook.com/groups/rioeduca5cre/
 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/11/2014

Expo PEJA - 10ª CRE

Tags: 10ªcre.

 

A 10ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) possui 13 Unidade Escolares com a modalidade de Ensino para Jovens e Adultos.


A Gerência de Educação (GED) possui quatro responsáveis pelo desempenho e acompanhamento pedagógico desse segmento de ensino, organizando reuniões, visitas, integrações e apresentações dos trabalhos desenvolvidos.

 

 

Vanessa Laranjeiras, Emilene Pains, Michele Lopes e Alexandre Rodrigues.

 

As unidades escolares prepararam trabalhos que foram apresentados por trezentos alunos no dia 9 de outubro, no Teatro da Cidade das Crianças.


As unidades participantes foram:


E.M. 10.19.001 Professor Coqueiro

E.M. 10.19.008 Eduardo Rabelo

E.M 10.19.013 Bento do Amaral Coutinho

E.M. 10.19.031 Marechal Pedro Cavalcanti

E.M. 10.19.047 Joaquim da Silva Gomes

E.M. 10.19.075 Roberto Cívita

CIEP 10.19.202 Ismael Nery

CIEP 10.19.207 Deputado Ulysses Guimarães

CIEP 10.19.210 Professor Alberto Pasqualine

CIEP 10.19.211 Major Manoel Gomes Archer

E.M. 10.26.003 Professor Castilho

E.M. 10.26.006 Euclides da Cunha

E.M. 10.26.008 Gastão Rangel


Apresentações:


Durante o evento, quatro escolas realizaram belíssimas apresentações, animando o público presente:


• 10.19.031 Marechal Pedro Cavalcanti: Dança do Carimbó com alunas do PEJA 1.

• 10. 26.003 Professor Castilho: A Lenda do Bumba Meu Boi.

• 10.19.075 Roberto Civita: A Lenda do Boto.

• 10.19.211 CIEP Major Manoel Gomes Archer: Coral com músicas de Vinícius de Moraes.

 

Coral dos alunos do PEJA.

 

Apresentação teatral dos alunos do PEJA.

 

Trabalhos em exposição dos alunos do PEJA.

 

Professora Vanessa Laranjeiras, representante da Gerência de Educação.

 

Todas as escolas tiveram a oportunidade de expor produções artesanais, fotos e outras atividades realizadas com os alunos ao longo do ano letivo no hall do Teatro.

 


Parabéns aos alunos!
Parabéns aos professores!
Parabéns às unidades escolares!
Parabéns à Gerência de Educação!

 

 

Suelen Corrêa
é Professora da Rede Municipal
e Representante do Rioeduca da 10ª CRE

Contato:
suelencorrea@rioeduca.net
twitter: @suelencorrea29

 

 

 

 

                             

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 28/11/2014

Déficit de Atenção/Hiperatividade no contexto escolar

Tags: curso, formação.

 

Déficit de Atenção/Hiperatividade no contexto escolar
 são assuntos de curso na UERJ

 

Devido à grande procura, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro abre inscrição no próximo dia 01 de dezembro para mais uma turma do curso de extensão Dificuldade de leitura-escrita e TDAH na infância. O público alvo compreende psicólogos e pedagogos.

O curso pretende abordar dois temas atuais do cotidiano escolar que vêm afligindo educadores, pais e crianças: o transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) e as dificuldades de aprendizagem da leitura e escrita. Dentro do contexto escolar, essas duas temáticas coabitam e uma pode mascarar os sinais da outra. Nesse sentido, conseguir identificá-las é fundamental para o planejamento de estratégias interventivas adequadas às reais necessidades da criança, possibilitando, assim, o seu pleno desenvolvimento.


TDAH é um transtorno mal compreendido. Diagnósticos errados e mau uso de remédios aumentam ainda mais a desinformação sobre déficit de atenção e hiperatividade.

 

As inscrições podem ser feitas online, no site do Cepuerj (www.cepuerj.uerj.br), até o dia 23 de janeiro de 2015.

 

--------------------------------------------------------------------------------------------
CENTRO DE PRODUÇÃO DA UERJ
Rua São Francisco Xavier, 524
Maracanã, Rio de Janeiro, RJ
1º andar, Bloco A, Sala 1006
CEP: 20559-900
Horário de atendimento na recepção: de 2ª a 6ª feira, das 09h às 18h
Teleatendimento: (21) 2334-0639, de 2ª a 6ª feira, das 09h às 18h
E-mail: cepuerj@uerj.br
Facebook

 

 

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Quinta-feira, 27/11/2014

Brasil, a Acalanto Torce por Você!

Tags: 5ªcre, consciêncianegra.

 

Comemorando o dia da Consciência Negra, a professora Monique Ferreira e a AEI Cristiane Gomes, da Creche Municipal Acalanto, desenvolveram atividades incentivando a afetividade, o respeito às diferenças e a valorização de nossa herança étnico-racial e cultural utilizando fantoches e histórias da literatura infantil.

 

Com o intuito de construir com as crianças a temática da diversidade em comemoração ao dia da Consciência Negra, que aconteceu no dia 20 de novembro, a professora Monique Ferreira e a AEI Cristiane Gomes trabalharam com a turma EI 31 a afetividade, o respeito às diferenças e a valorização de nossa herança étnico-racial e cultural utilizando fantoches e histórias da literatura infantil.

A turma recebeu a visita de um novo “amigo”, o Cabeludo (nome escolhido pela turma), que veio introduzir a história das misturas e diversidade do nosso Brasil.

 

 


Após a explicação pelo boneco, foram realizadas atividades como: roda de conversa, contação de histórias dos livros “O cabelo de Lelê”, “Menina bonita do laço de fita”, “Menino Poti”, “O menino marrom” e “Do que eu gosto em mim”.

Muitas atividades aconteceram, como: brincadeiras livres com bonecos e bonecas diversos, teatro de fantoche, confecção de bonecos com pedaços diferentes de diversas imagens de pessoas recortadas de revistas, pintura dos bonecos mestiços (cafuso, mulato e mameluco / cabloco) explicando a mistura das etnias, confecção do rosto de bonecos variados (cada um escolheu a cor do boneco com o qual mais se identifica), olharem-se no espelho e ver qual é sua cor de pele, além de conversa informal sobre as cores e sabores do Brasil, em que cada um escolhia um doce (beijinho de coco, brigadeiro, doce de leite, marrom bombom) para representar sua cor de pele.

 

 

 

Ao final, a professora e a AEI avaliaram as atividades como transformadoras, nas quais as crianças conseguiram perceber como ocorrem as misturas das diferentes etnias e se identificaram dentro dessa diversidade que é o povo brasileiro.

 

Agradeço a colaboração da diretora professora Selma Martins Farias, pela indicação e relato desse trabalho realizado pela professora Monique Ferreira e pela AEI Cristiane Gomes.

 

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share