A A A C
email
Retornando 108 resultados para o mês de 'Novembro de 2012'

Sexta-feira, 30/11/2012

Troféu Rioeduca 2012 - Noite de Alegrias

Em noite de festa no Viva Rio, 9 projetos e 3 blogs recebem o Troféu Rioeduca 2012

 

O que mudou na avaliação deste ano?


A elaboração do regulamento contou com a parceria da CED, representando a E/SUBE, de modo que houvesse um olhar ainda mais atento para a relevância pedagógica, o impacto sobre a aprendizagem e a observação das habilidades referendadas pelas Orientações Curriculares da Rede.


É importante que estejamos cada vez mais conscientes da finalidade pedagógica dos projetos desenvolvidos pelas Unidades Escolares, bem como da finalidade da utilização de blogs como ferramenta de aprendizagem.


No contexto escolar, os blogs devem favorecer aproximação entre a escola e sua comunidade, professores e alunos. Se bem utilizado, o blog escolar, por exemplo, permite maior reflexão sobre o Projeto Político Pedagógico.


Uma das grandes importâncias do blog é fazer com que a aula não fique restrita às horas em que o aluno passa na escola. Com o blog, os alunos acabam instigados a estudar mais e partilhar suas experiências para além do ambiente escolar.

 

Este ano a Seleção ocorreu em três etapas:


1ª Habilitação dos Inscritos – Foram ao todo 219 blogs e 162 projetos inscritos. A equipe E/SUBTE analisou e habilitou aqueles que estavam de acordo com as exigências do regulamento.


2ª Votação

Através do Portal Rioeduca – Foram selecionados e classificados mediante votação aberta a funcionários(as) e alunos(as) da rede, com e-mail rioeduca.net, através do formulário disponibilizado pelo Portal Rioeduca.


3ª Avaliação Final 


Este ano, os finalistas foram avaliados levando-se em consideração cinco critérios, sendo três subjetivos e dois objetivos.


Subjetivos:


Interação das Escolas com a comunidade;
Relevância Pedagógica
Relevância sociocultural dos projetos e blogs;


Objetivos:


Impacto na Aprendizagem (indicadores de rendimento IDEB e IDERIO das UEs)
Observância às Orientações Curriculares

 

Para avaliação dos critérios subjetivos, contamos com a participação de educadores renomados como Andrea Ramal (Doutora em Educação e Consultora de Educação da TV Globo), Mary Sue Carvalho Pereira (Educadora, Pesquisadora e Formadora de docentes nas áreas de integração Corpo e Mente), Marcos Cordiolli (educador e autor de Currículo Escolar: teorias e práticas e Sistemas de Ensino: políticas e legislação educacional no Brasil) etc.


Para avaliação objetiva, cruzamos dados dos resultados de avaliações como IDEB e IDERIO.

 

Outra novidade para este ano foi a criação da modalidade Blog de Aluno – Com a rede municipal do Rio de Janeiro incentivando cada vez mais a criatividade e o protagonismo do aluno, o Troféu Rioeduca, pela primeira vez, premiará um blog desenvolvido por alunos. Sob a tutoria de um professor, os blogs inscritos deveriam ter finalidade pedagógica e podiam ser do Grêmio Escolar, de uma determinada turma, de representantes de turmas, ou mesmo de em único aluno ou aluna da Unidade Escolar.

 

Para o ano de 2013, o subsecretário Rafael Parente anunciou algumas novidades, dentre elas a Metodologia de Projetos Rioeduca que será submetida às sugestões da rede antes de sua efetiva implementação que ocorrerá em fevereiro de 2013. Essa metodologia servirá como parâmetro para a participação de blogs e de projetos do Trofèu Rioeduca 2013.

 

Com uma linda cerimônia, à altura dos nossos finalistas, o vídeo gravado nas EM Pereira Passos e EM João de Camargo emocionou a plateia.  Afinal, depois de mais de dois anos de caminhada, o Portal Rioeduca consegue, cada vez mais, ser uma integração e uma extensão do que acontece nas nossas escolas.

ASSISTA AO VÍDEO:

 

 

Assista também ao vídeo com os finalistas e premiados

 

 

 

Professora Lilian Ferreira, Gerente do Portal Rioeduca.net

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 30/11/2012

Valorizando Nossas Conquistas

Tags: 3ªcre, troféurioeduca.



 

 

Um projeto pode durar um ano, um semestre, um mês, uma semana ou mesmo um dia. Ele precisa ser significativo para quem nele atua e ter sua relevância pedagógica reconhecida. Foi o que fizemos na noite de 21 de Novembro, no Troféu Rioeduca. A 3ª CRE também marcou presença.

 

 

Em sua segunda edição, o Troféu Rioeduca premiou 9 projetos e 3 blogs que participaram das três etapas do processo. Inicialmente, se inscreveram 219 blogs e 162 projetos. A primeira fase do concurso envolveu a triagem dos concorrentes a partir do regulamento. Na etapa seguinte, alunos e funcionários escolheram seus favoritos em votação realizada pelo Portal Rioeduca. A competição chegou ao número de três finalistas por categoria após uma seleção feita por especialistas em educação, como a doutora em Educação Andrea Ramal, a professora Mary Sue Carvalho Pereira e o escritor Marcos Cordiolli. (Fonte: SME - Secretaria Municipal de Educação)

 

 

 

 

 

 

 

 

A 3ª CRE esteve entre os finalistas em quatro categorias representando os vinte e nove projetos apresentados no portal Rioeduca ao longo do período selecionado. Chegar à final de uma premiação assim, na maior rede de educação da América Latina, é motivo de orgulho e muita alegria.

 

 

 

 

 

 

 

Ficamos entre os finalistas na categoria Rio Aquarela do Brasil que contemplou os projetos de valorização, produção e proteção da cultura nacional. A Escola Municipal Félix Pacheco, com seu trabalho Identidade do Povo Brasileiro na E.M. Félix Pacheco, valorizou o folclore nacional em diversas atividades integradas ao projeto.

 

 

 



 


 

 


A Escola Municipal Hermenegildo de Barros valorizou a história do bairro em que se encontra sua comunidade escolar: Engenho da Rainha. A apropriação do bairro, com seus problemas e potencialidades, foi registrada aqui em Resgatando Valores com a E. M. Hermenegildo de Barros e indicada como finalista da categoria Rio Cidadania.

 

 

 

 

 

 

 

Nosso terceiro representante entre os projetos foi na categoria Rio Saudável que analisou os projetos relacionados à saúde e bem-estar da comunidade escolar. A Escola Municipal Suécia, no Projeto Recreio Legal da E. M. Suécia, buscou a valorização da convivência saudável entre os alunos durante os horários de recreio.

 

 

 



 

 

 

 

Na categoria Blog de Educadores, a representante da nossa CRE foi a prof.ª Ana Cristina Côrrea, de Educação Física, que registra as atividades realizadas por ela nas escolas em que atua (atualmente, na E.M. Suécia e na E.M. Pernambuco).

 

 

 

 

 

 

 

Ainda não foi dessa vez que o Troféu Rioeduca veio se juntar às outras premiações da 3ª CRE, mas sabemos da importância em valorizar o trabalho pedagógico de qualidade. Conheça detalhes desses e outros projetos nos blogs citados.

Seu projeto ainda não apareceu por aqui? Entre em contato pelo e-mail abaixo. Ano que vem pode ser o seu projeto no Troféu Rioeduca!

 

 

 

 

E.M. Suécia E.M. Pernambuco E.M. Félix Pacheco Prof.ª Ana Cristina E.M. Hermenegildo de Barros Image Map
 

Parabéns aos nossos finalistas e a todos os inscritos!
 

 

Contate-nos

 

angela.freitas@rioeduca.net

twitter @angeladario

facebook Angela Regina de Freitas

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 30/11/2012

Escritores do Futuro

Tags: 6ªcre, riodeleitores.

 

A  turma 1.502 do Ciep Doutor Adão Pereira Nunes, orientada pela professora Cláudia Marques, começou o ano de 2012 fazendo da leitura semanal ,um hábito. Através da apreciação das obras de Machado de Assis, Ferreira Gullar, Mário Quintana e Clarice Lispector, os "Escritores do Futuro" apresentam um avanço notório tanto na escrita  como na leitura.

 

 

É impressionante como no encontramos na leitura e na escrita. Há poucas coisas tão interessantes como ler um livro ou um simples verso e sentir o que temos de melhor e de mais humano. As palavras têm a força necessária para romper ou construir barreiras, causar ou solucionar uma guerra e sensibilizar até os que parecem enferrujados pela incapacidade de sentir.

 

 

A escrita representa-se por si só e tem o poder de tornar real o imaginário e este em mais verdadeiro. Ela nos leva para lugares que nunca fomos e nos faz voar nas asas da imaginação. A escrita é, portanto, uma grande aventura vivida pelos corajosos.

 

 

Contudo, uma boa escrita depende de boas leituras. Por essa razão, a turma 1502 do Ciep Doutor Adão Pereira Nunes, orientada pela professora regente Cláudia Marques, começou o ano de 2012 transformando a leitura semanal em um hábito.

 

 

A cada semana, os alunos leem obras de grandes escritores, seja na sala de aula, sentados no pátio da escola ou debaixo de uma árvore. Eles meditam e escrevem baseados em grandes nomes como Machado de Assis, Ferreira Gullar, Mário Quintana e Clarice Lispector.

 

 

 

Pesquisas do mundo todo mostram que a criança que lê e tem contato com a literatura desde cedo  é beneficiada em diversos sentidos: ela aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral. Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade, a imaginação e adquire cultura, conhecimentos e valores.

 

 

Segundo a professora Cláudia Marques, a cada semana, a turma tem como objetivo ler outros grandes escritores nacionais e internacionais.  Ela ainda diz que é notório o avanço da turma 1502, Os Escritores do Futuro, na escrita e na vontade de cada vez mais conhecer o mundo e fazer parte dele.

 

 

Essa turma é acompanhada desde o terceiro ano pela professora Cláudia, que se sente orgulhosa por notar o progresso dos alunos. A professora acredita que um bom escritor é aquele que consegue deixar-se experimentar, bagunçar a mente e o coração, despertar o silêncio e fundir os pensamentos.

 

 

Os Escritores do Futuro estão aprendendo  a usar a escrita para gritar sem som. Eles buscam alcançar um público cada vez maior, participando  de concursos como As Olimpíadas de Língua Portuguesa, expondo seus pensamentos em Blogs, no Facebook e em outros meios de comunicação.

 

 

 

Expressar-se na forma escrita não é um simples ato de colocar palavras num papel ou digitar num teclado. A maior parte da ação de escrever é invisível para os olhos, acontece no mundo interior de quem escreve e pode refletir este esforço de buscar o equilíbrio entre as emoções, o pensamento e as práticas.

 

 

 


Para Harold Bloom, o sujeito que pretende desenvolver a capacidade de formar opiniões críticas e chegar a avaliações pessoais necessita ler por iniciativa própria.  Não ler apenas por conveniência, mas, acima de tudo, ler por prazer, por desejo próprio de se divertir ou de conhecer algo.

 

 

Para construir significado ao ler, é fundamental ter constantes oportunidades de se enfronhar na cultura do escrito, de ir construindo expectativas acerca do que pode dizer neste ou naquele texto, de ir aumentando a competência linguística específica em relação à língua escrita...

 

 

Por esta razão que a professora Cláudia Marques, desde o princípio, faz com que seus alunos participem de situações de leitura e de escrita.  Ela coloca à disposição das crianças materiais escritos variados, lendo muitos e bons textos para que tenham oportunidade de conhecer diversos gêneros e possam fazer antecipações fundadas nesse conhecimento.

 

 

Durante o ano de 2012, os Escritores do Futuro produziram vários textos inspirados pelas leituras que fizeram. O que veremos a seguir são textos belíssimos, criativos e de muita sensibilidade produzidos pelos alunos da turma 1502.

 

 

 

 
O ato de ler e escrever deve ser concebido como processo de extrair e compor significados fundamentais para a plena formação do indivíduo. Ler significa ser questionado e por si mesmo, significa que certas respostas podem ser encontradas na escrita, significa poder ter acesso a essa escrita, significa construir uma resposta que integra parte das novas informações ao que já se é (Foucambert, 1994, p. 5).

 

 

 


A leitura e a escrita são meios de expressão, comunicação e organização do pensamento, num processo constante de construir, atribuir e compartilhar significados. Por intermédio da leitura e da escrita, ao mesmo tempo em que o indivíduo tem acesso ao conhecimento elaborado pela humanidade, ele contribui para esse mesmo acervo.

 

 

 

 



O que importa é  que a criança assuma e escute o eco de sua voz e aprenda que as palavras, inclusive as suas, podem fazer uma diferença no mundo. Percebam ainda que a escrita dá voz ao escritor. (Dietzsch; Silva, 1994).

 

 

Parabéns,  professora Cláudia Marques por estimular seus alunos para o ato da leitura, indicando a eles bons livros. Seu trabalho permite que as crianças entrem em contato com o mundo das letras e contribui para a formação de leitores  e escritores críticos.  É um orgulho tê-la na 6ª CRE!

 

 

Envie você também o seu projeto para ser publicado no Portal Rioeduca. Aproveite este espaço para divulgar o seu trabalho e trocar experiências com seus colegas. Nós somos  a seXta CRE!

 

 

Professora Patrícia Fernandes - Representante do Rioeduca na 6ª CRE

Twitter:@PatriciaGed

E-mail: pferreira@rioeduca.net

 

 

                               

 

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 30/11/2012

Um Recanto Feliz para Aprender!

Tags: 8ªcre.

 

 

A equipe da Creche Municipal Recanto Feliz acredita que o conhecimento é adquirido através da experimentação.

Os alunos da Creche têm a oportunidade de aprender a cada dia com as brincadeiras, os joguinhos e a exploração dos diferentes  espaços, onde a aprendizagem se dá de forma feliz! 

 

 

 

 

 Crianças em momento de contação de histórias

 

 

A Creche Municipal Recanto Feliz situada na Rua Professor Alfredo Costa, no bairro de Padre Miguel, é um espaço de convívio e aprendizagem pautado no lúdico e na experiência em busca de uma educação de excelência.

Sua equipe pedagógica não mede esforços para criar situações onde as crianças possam aprender de uma forma alegre, descontraída e independente.

 

 

 

 Crianças cuidando da hortinha na Creche

 

 

Para a criança ter uma vida completa em sua infância, precisa sair de casa, brincar em espaços abertos, conhecer outras crianças e fazer novas amizades.

Na Creche Recanto Feliz são valorizadas as atividades dirigidas na sala e também os momentos especiais ao ar livre.

As crianças aproveitam bastante os momentos de manusear a terra na hortinha da escola, brincar com joguinhos feitos de material reciclado, ouvir diferentes histórias contadas diariamente e, enfim, aprender em todos os espaços do ambiente escolar.

 

 

 

 

 

Aluno da Creche aprendendo a escrita do nome com alfabeto móvel feito de material reciclado

 

 

 

Brincar é um ato de experimentação!

 

Na Creche Recanto Feliz, as crianças fazem muitas experiências como forma de adquirir conhecimento.

Para exercitar a percepção olfativa, o paladar e o tato, as crianças experimentaram algumas receitinhas na Creche.

Além destas percepções, são dadas noções de alimentação saudável, que é feita através do consumo de frutas e legumes.

As crianças gostaram muito de participar do preparado das saladas e dos sucos naturais.

 

 

 

 

 

Turminha da Creche aprendendo sobre olfato, paladar e alimentação saudável

 

 

 

A diretora da Creche, professora Márcia Antunes, sua equipe e as famílias estão muito satisfeitas com o progresso que as crianças vêm demonstrando.

 

 

A Creche Recanto Feliz é um espaço para aprender e se desenvolver com muita alegria!

 

 

 

Professores, estamos aguardando seu contato para compartiharmos as experiências vividas na sua Unidade Escolar.

Entre em contato com o representante Rioeduca da sua CRE hoje mesmo!

 

 

 

 

 

Meus Contatos:

neildasilva@rioeduca.net  

 

 

 

 

 

 

 

                                       

 

 

 


   
           



Yammer Share