A A A C
email
Todos os posts escritos por Rodrigo Abreu
Retornando 49 resultados para o autor 'Rodrigo Abreu'

Sexta-feira, 20/10/2017

Aprendizagem Significativa

Tags: 10ªcre.

 

Professora desenvolve trabalho envolvendo conceito de número racional com turma de 4° ano.

 

A E/CRE (10.19.078) Escola Municipal Paralimpíadas Rio 2016 está localizada à Estrada de Sepetiba, 3475, Nova Sepetiba, zona oeste do Rio de Janeiro. A escola atende a 22 turmas do 1° ao 6° ano do Ensino Fundamental, sendo 8 turmas parciais e 14 turmas integrais, com 736 alunos. Tem como diretor, o professor Vitor Hugo Almeida, como diretor adjunto, o professor Glauner Bandeira de Oliveira, e como Coordenadora Pedagógica, a professora Maria do Socorro de Oliveira Lopes.

 

Parte da equipe da Unidade Escolar

 

A Unidade Escolar foi inaugurada em 6 de maio de 2016 e vem desenvolvendo um excelente trabalho com uma equipe comprometida, dedicada e sempre com diversos projetos voltados para o aprendizagem e crescimento dos alunos.

A turma 1401, da professora Andrea Reis, desenvolveu um projeto muito interessante de Matemática, envolvendo o conceito de número racional, que está entre os mais importantes e abstrusos deparados pelo aluno durante o ensino fundamental. E para o planejamento do projeto a professora levou em considerações dois autores com estudos significativos sobre o conteúdo abordado: Behr Et Al e Sarmento.

 

Professora Andrea e alunos da turma 1401

 

Behr Et Al (1983), afirma que a acuidade dos números racionais pode ser ponderada a partir de três perspectivas: prática, em que a aptidão de lidar de forma diligente com este conceito enrique muito a capacidade de abranger e conviver com situações e problemas do mundo real; psicológica, em que os números racionais harmonizam o incremento e extensão das estruturas mentais necessárias para o crescimento intelectual continuado; e matemática, onde a compreensão do número racional fornece a base para operações algébricas elementares posteriores.

Sarmento (2010), afirma que uma atividade de sala de aula onde os estudantes possam utilizar materiais manipuláveis, terá grande chance de ter sucesso, já que existirá uma grande possibilidade de os estudantes desenvolverem ações que construam um saber consistente e significativo. Assim, buscando o envolvimento dos alunos da turma 1401, bem como dar significado/sentido ao componente curricular, a professora Andréa Sales Borges dos Reis propôs a divisão de uma barra de chocolates para trabalhar o conceito de Fração.

– A escolha do material manipulável a ser empregado no ensino de matemática deve priorizar, sempre, aqueles em que o aluno possa situar-se em relações cogentes à construção dos conceitos matemáticos, de forma criativa, envolvendo, até, os diferentes órgãos dos sentidos, como forma de tornar a aprendizagem significativa e prazerosa – afirma o diretor Vitor Hugo

 

Alunos da turma 1401 realizando o trabalho sobre número racional

 

Partindo da operação divisão, os alunos foram questionados sobre objetos que poderiam ou não ser divididos em partes iguais. Nesse sentido, fizeram parte do repertório, perguntas do tipo: uma caneta poderia ser dividida igualmente ente duas pessoas? Ela continuaria a ter a mesma utilidade? E uma cadeira? Será que uma pessoa consegue sentar em meia cadeira? Uma barra de chocolate pode ser dividida para uma ou mais pessoas? Os alunos, imediatamente, identificaram o proposto e nesse clima, foi sugerido que os alunos identificassem, dentre três opções de frações, qual corresponderia a uma parte da barra. Assim, os mesmos puderam constatar, de forma concreta, desde 1/2 até 1/24 da barra de chocolate.

Após identificação da fração representada, cada aluno recebeu 1/24 da barra utilizada na atividade, para deleite e alegria da garotada. Todo material produzido durante a atividade foi exposto num varal a fim de que os alunos possam consultar, estabelecer conexões e dar sentido à aprendizagem.

Segundo a professora Andréa Reis, a atividade foi uma experiência enriquecedora. Ao longo do ano, buscamos dar ênfase sobre as operações matemáticas, sobretudo à divisão, trabalhando seu conceito e sistematização. Compreender que algo inteiro pode ser fracionado e também representado, através do material concreto, foi de fato muito proveitoso. Ademais, observar a carinha de felicidade deles, me motiva a sempre buscar algo novo e interessante para ser trabalhado em sala de aula. Nesse sentido, compartilhamos do pensamento de Paulo Freire, quando nos ensina que essa relação [...] é dialógica, aberta, curiosa, indagadora e não apassivada, enquanto fala ou enquanto ouve. O que importa é que professor e alunos se assumam epistemologicamente curiosos (FREIRE, 1996, p. 96).

 

Varal com exposição dos trabalhos

 

Quer saber mais sobre nossas aulas de Artes?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.078) E. M. Paralimpíadas Rio 2016
Email: emparalimpiadas2016@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 06/10/2017

Viajando no Mundo Espacial

Tags: 10ªcre.

 

Professores e alunos do 6º ano experimental realizam Feira de Ciências na Escola Municipal Robson Donato

 

A E/CRE (10.19.084) Escola Municipal Medalhista Olímpico Robson Donato da Conceição está localizada à Avenida Cesário de Mello, 13510 – Bloco 4, Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro. A Unidade atende a 23 turmas, sendo 20 turmas em horário integral e 3 turmas em horário parcial, num total de 652 alunos, do 1° ao 6° ano do Ensino Fundamental. A Unidade Escolar tem como diretora, a professora Glaucia Valéria Menezes da Silva, como diretor adjunto, o professor Renato Gomes de Oliveira, e como Coordenador Pedagógico, o professor Roberto Dana.

 


Parte da equipe da Unidade Escolar

 

A escola foi inaugurada no dia 8 de setembro de 2016 para atender a grande demanda da região na comunidade do Cesarão, onde também foram construídos 2 EDIs e 1 escola com atendimento de ginásio.

No decorrer do ano letivo, as professoras Juliana Mello, Luana Pereira e Vanessa Garrido, ambas das turmas de 6º ano experimental, desenvolveram uma Feira de Ciências com a finalidade de elaborar experiências diversificadas de interesse dos alunos, com liberdade de escolher a área do conhecimento. O projeto teve como objetivo abordar os seguintes temas: sistema solar; a composição do ar; vulcanismos; eletricidade; misturas heterogêneas e ciclo da água.

 

Professores e alunos do 6° ano experimental

 

A Feira de Ciências foi executada em três momentos diferentes. No primeiro momento, aconteceram as animações na sala de projeções. As mesmas eram divididas de acordo com a faixa etária de cada turma e envolviam conhecimentos básicos sobre sistema solar.

Em seguida, uma sala de aula foi transformada num “Planetário”, a fim de representar o espaço de forma concreta, onde os alunos foram inseridos ao Universo e puderam observar a localização e dimensão dos planetas, as constelações, os astros e os satélites naturais. Neste ambiente representativo, os visitantes foram recepcionados pelos alunos do 6° ano Experimental, que desenvolveram a parte explicativa.

 

Planetário

Além disso, aconteceram as exposições das experiências, onde cada grupo organizou um stand com seus trabalhos relacionados e aos temas trabalhados.

 

Experiências

 

— O projeto proporcionou um dia diferente, festivo e enriquecedor de conhecimentos aos participantes. O planetário foi uma ferramenta didática e despertou a curiosidade, possibilitando o desenvolvimento do aprendizado e interesse dos alunos em relação ao tema. — afirma a diretora Glaucia.

 

Quer saber mais sobre nossas aulas de Artes?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.084) E. M. Medalhista Olímpico Robson Donato da Conceição
Email: emconceicao@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 22/09/2017

Pequenas Mãos Constroem o Mundo

Tags: 10ªcre.

 

No primeiro semestre o EDI Felipe Wu trabalhou atividades com a finalidade de conscientizar sobre a importância da preservação do meio ambiente e sustentabilidade. No segundo semestre, será desenvolvido um projeto para envolver os responsáveis e alunos na busca de um planeta melhor.

 

O E/CRE (10.26.806) Espaço de Desenvolvimento Infantil Medalhista Olímpico Felipe Almeida Wu está localizado à Rua Antonio Pires, 270, Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro.

 

 

A Unidade Escolar foi inaugurada no dia 2 de setembro de 2016 para atender a grande demanda da região, que cresce muito a cada dia. Em 2017, atende 13 turmas da Educação Infantil, sendo 7 turmas integrais na modalidade Creche e 6 turmas integrais na modalidade Pré-Escola. Tem como diretora geral, a professora Claudia de Souza Ramires, como diretora adjunta, a professora Andrea Sardinha da Costa e, como professora articuladora, a professora Eline Quele do Nascimento.

Todos os dias, o EDI atende cerca de 356 crianças 6 meses a 5 anos e 11 meses, e os profissionais da Unidade Escolar desenvolvem um trabalho de qualidade, procurando sempre oferecer tudo que a criança nessa idade precisa, pois é uma fase muito importante, uma vez que é a base para o desenvolvimento do indivíduo como um todo. Além disso, o espaço escolar é propício e oferece condições, meios e oportunidades para que os alunos utilizem seus conhecimentos prévios e construam novas aprendizagens.

— A direção procura sempre participar das atividades e junto com os demais profissionais, prepara um ambiente atrativo e organizado. Outro fator fundamental para o sucesso na vida escolar do aluno é a parceria entre escola e família, que deve participar efetivamente da evolução do seu filho. — afirma a diretora adjunta Andrea

 

 

Além dessa preocupação com a formação de cada aluno, a Unidade Escolar desenvolveu ao longo do primeiro semestre inúmeras atividades com a finalidade de conscientizar os alunos e toda a comunidade escolar para a importância da preservação do meio ambiente e da sustentabilidade.

— Realizamos em parceria com os pais e responsáveis um projeto que visa estreitar os vínculos entre família e escola, onde promovemos oficinas de confecção de artesanatos utilizando materiais recicláveis que comumente são descartados na natureza, os alunos criaram com os professores jogos e brinquedos reutilizando esse material. A coleta de óleo usado foi outra estratégia de integrar os responsáveis em nosso EDI. — afirma a diretora Claudia

 

 

Para o segundo semestre, o projeto a ser desenvolvido pelo EDI é “Pequenas mãos constroem o mundo”, que tem como lema que juntos conseguimos alcançar nossos objetivos e principalmente envolver os responsáveis e alunos na busca de um planeta melhor, fazendo a nossa parte como cidadãos.

 

Quer saber mais sobre o trabalho?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.26.806) EDI Medalhista Olímpico Felipe Almeida Wu
Telefone: 2081-0150
Email: edimwu@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Sexta-feira, 08/09/2017

A Importância da Ludicidade no Aprendizado

Tags: 10ªcre.

 

Na Escola Municipal Dione as atividades são apresentadas aos alunos de forma lúdica e não de forma mecanicista.


A E/CRE (10.19.057) Escola Municipal Professora Dione Freitas Felisberto de Carvalho está localizada à Avenida Padre Guilherme Decaminada, s/n°, Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro. A Unidade atende a 16 turmas, com 489 alunos, do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental. Tem como diretora, a professora Claudia Regina de Góes, como diretora adjunta, a professora Nívea Francisco de Novaes, e como Coordenadora Pedagógica, a professora Isabel Maria de Sousa Silva.

 

Alunos durante aula de Educação Física com instrumentos musicais

 

Na Unidade Escolar, as atividades são elaboradas e difundidas pela Coordenadora Pedagógica Isabel Maria e pelo professor de Educação Física, Sandro Areas, que também realiza as atividades de estudo dirigido com finalidade no reforço das atividades de sala de aula.


Tanto nas aulas de Educação Física, quanto nas aulas de estudo dirigido, as atividades são apresentadas aos alunos de forma lúdica, e não de forma mecanicista.

O uso de jogos, brinquedos e brincadeiras fazem parte do planejamento de suas aulas e são usadas como ferramentas, visando o desenvolvimento do processo de ensino aprendizagem dos alunos nas aulas.

 

Aula de Estudo Dirigido – Circuito Pedagógico com diferentes tipos de jogos.

 

Segundo o professor Sandro Areas, no brincar, o aluno envolve-se em atividades que irão enriquecer o acervo psicomotor, contribuindo em sua organização sensorial, perceptiva, cognitiva e espaço temporal e, assim, melhora sua propriocepção.

As aulas, também, contam com circuitos pedagógicos que tem o intuito de auxiliar os docentes em outras disciplinas (interdisciplinaridade), pois o lúdico é um grande facilitador para o aprendizado em sala de aula.

Atividade de Estudo Dirigido – Dinâmica da paz

 

— A participação dos alunos em atividades lúdicas, contribuem para o seu desenvolvimento, pois tais atividades são importantes para atitudes do aluno como: liderança, solidariedade, cooperação, senso de responsabilidade, além de desenvolver a sua autonomia e apresentar capacidade de tomar decisões. — explica a diretora adjunta Nivea.

— Elaborar um planejamento com conteúdos lúdicos nas aulas de Educação Física e Estudo Dirigido é algo gratificante, pois vejo a motivação não só dos alunos em vir para a escola estudar, como também da equipe em valorizar o seu trabalho como docente. — afirma a Coordenadora Pedagógica Isabel Maria.

 

Atividade envolvendo psicomotricidade

 

Quer saber mais sobre nossas aulas de Artes?
Entre em contato com a Unidade Escolar.

E/CRE (10.19.057) E. M. Professora Dione Freitas Felisberto de Carvalho
Telefones: 3395-5143
Email: emdione@rioeduca.net

 


 


   
           



Yammer Share