A A A C
email
Todos os posts escritos por Patrícia Fernandes
Retornando 110 resultados para o autor 'Patrícia Fernandes'

Segunda-feira, 11/03/2019

Na 6.ª CRE Mosquito não se Cria!

Tags: 6.ª cre, arboviroses.

 

 

Na semana de 18 a 22 de fevereiro, as Unidades Escolares da 6.ª CRE foram convidadas a desenvolver ações concretas dentro de seus espaços para conscientizar alunos, professores e comunidade e impedir o avanço da Dengue, Zika e Chikungunya.


Vamos conhecer o trabalho desenvolvido por algumas escolas da 6.ª CRE?

 

As escolas da 6.ª CRE participaram em massa das ações de enfrentamento às Arboviroses

 

O verão chegou e trouxe os dias ensolarados, entretanto, essa época vem acompanhada de altas temperaturas e de chuvas. Neste cenário, os mosquitos fazem a festa: invadem nossas casas causando transtornos e trazendo doenças, como as temidas Dengue, Zika e Chikungunya. A partir disso, a Prefeitura do Rio convocou alunos, responsáveis, professores e funcionários para lutarem contra o mosquito Aedes, o transmissor dessas enfermidades.

Foi uma semana intensa e de muito trabalho em todas as Unidades Escolares da 6.ª CRE. O ponto alto desta semana foi o dia 22 de fevereiro, denominado o Dia “D” contra as Arboviroses. Nesse dia, as escolas apresentaram as ações desenvolvidas durante toda a semana. Professores que trabalham na Coordenadoria de Educação visitaram todos os espaços escolares para acompanhar o trabalho realizado. Foi um dia de muita alegria e de muitas emoções pelo lindo trabalho que os professores e alunos desenvolveram.

 

C.M. Jurema Sampaio Delfim

 

E.M. Narbal Fonte e EDI Abraham Lincoln

 

A Creche Municipal Professora Jurema Gomes Sampaio Delfim trabalhou com os alunos do berçário o ciclo de vida do mosquito Aedes através da estimulação sensorial. Os alunos da turma 1301 da Escola Municipal Narbal Fontes foram divididos em grupos e realizaram pesquisas e confeccionaram cartazes informativos sobre como se prevenir das enfermidades causadas pelo mosquito transmissor. A professora de Educação Física do EDI Abraham Lincoln montou a campanha “Carioca Saudável” e na semana de enfrentamento às Arboviroses criou um circuito onde os alunos tinham que realizar várias ações de combate ao mosquito Aedes.

 

A equipe de professores do EDI Miltolina da Silva aproveitou a campanha “Carioca saudável, em ambiente bem cuidado, mosquito não se cria” e montou um teatro para que as crianças pudessem aprender como evitar possíveis criadouros. Os alunos do Ginásio Carioca Fernando Rodrigues da Silveira, sob a orientação de seus professores, realizaram uma ronda no prédio escolar em busca de focos do mosquito Aedes. A professora Hosana Souza, do EDI Ana de Barros Câmara realizou com a turma EI-56 a brincadeira “Mosquito ao Alvo”. 

 

EDI Prof.ª Miltolina da Silva 

 

 

 EDI Ana de Barros Câmara e GC Fernando Rodrigues da Silveira

 

Depois de uma semana movimentada com a produção de vídeos e de cartazes pelos alunos da Escola Municipal Charles Anderson Weaver, a equipe gestora e os professores realizaram uma mini gincana com os estudantes com: jogo dos 7 erros, jogo da memória, quiz, mímica, paródia e batalha de rimas. Durante a semana, a E.M. Paraíba esteve toda envolvida no enfrentamento às Arboviroses. Teve equipe gestora vestida de mosquito, buscando conscientizar a comunidade escolar; construção de raquete mata mosquito pelos alunos da sala de recursos; cartazes informativos; músicas entre outros. O diretor da Unidade Escolar relatou, todo orgulhoso, que este foi um trabalho de muito capricho, zelo e criatividade realizado com toda a comunidade, no intuito de esclarecer toda a escola sobre os riscos e perigos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

A Clínica da Família foi até a Escola Municipal Mestre Valentim com os agentes de endemias e realizaram um trabalho explicativo e informativo sobre o controle das endemias. A Escola Municipal Hildegardo de Noronha realizou uma pesquisa entre os alunos para verificar quantas crianças já haviam ficado doentes, quais os animais que se alimentam de mosquitos e quais eram os possíveis aliados na luta contra as arboviroses.

 

E.M. Charles Anderson Weaver e E.M. Paraíba

 

E.M. Mestre Valentim e EDI Hildegardo de Noronha

 

 

Foi uma semana intensa e de muito trabalho, mas foi gratificante ver tantas ações envolvendo toda a comunidade escolar.

Parabéns a todos os professores, alunos, funcionários e responsáveis da 6.ª CRE pelo lindo trabalho que realizaram durante a semana de enfrentamento das arboviroses.

Na 6.ª CRE mosquito não se cria!!!!  

 

É um orgulho tê-los na 6.ª CRE!

 

Quer saber mais sobre o trabalho desenvolvido pelas escolas da 6.ª CRE?

Entre em contato!

 

6.ª Coordenadoria Regional de Educação

Endereço: Rua dos Abacates, S/N – Deodoro

Telefone: (21) 3017-6957

E-mail: cre06@rioeduca.net

 

Não esqueça de deixar o seu comentário!




 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 14/01/2019

Vale a Pena Ler de Novo: Autoavaliação no CIEP Dr. Adão Pereira Nunes

Tags: 6.ª cre, autoavaliação.

 

O CIEP Adão Pereira Nunes realizou no mês de maio a autoavaliação do trabalho de sua Unidade Escolar com a participação de toda comunidade.

A equipe gestora utilizou o formulário do Google como uma das ferramentas para viabilizar esta experiência democrática. Vamos acompanhar?

 

Centro de Estudos Parcial - Autoavaliação feita pelo Professor

 

A autoavaliação foi realizada por todas as Unidades Escolares da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro. As escolas tiveram um Centro de Estudos Parcial inserido em seu calendário escolar para a realização deste trabalho. A equipe gestora, os professores, os alunos, os responsáveis e os funcionários, do CIEP Doutor Adão Pereira Nunes, participaram deste processo coletivo de cidadania. 

 

Cada escola teve autonomia para planejar, de acordo com sua realidade, como este processo de autoavaliação iria acontecer. A equipe gestora do CIEP Doutor Adão Pereira Nunes utilizou o formulário do Google para viabilizar esta ação, sem a utilização excessiva de papeis. O Google Forms, instrumento eleito, é uma ferramenta gratuita de coleta, armazenamento e análise de informações.

 

Autoavaliação com os alunos do 1.º ano

 

Autoavaliação com os responsáveis do Conselho Escola Comunidade (CEC)

 

Com esta ferramenta, conseguimos coletar as informações necessárias de modo organizado e eficaz para apresentar os resultados ao grupo e para analisar as necessidades, os desejos e as angústias de toda a comunidade escolar”. – relatou a professora Gláucia Bispo (Coordenadora Pedagógica do CIEP)

 

A equipe criou um formulário de autoavaliação para cada segmento. O link foi divulgado entre os diversos participantes, que respondiam as perguntas com calma, refletindo sobre seu espaço educativo e com a comodidade de fazer isso de qualquer lugar. A pessoa não precisava se identificar, o que proporcionou uma total liberdade para cada um expressar sua opinião a respeito das ações desenvolvidas pela escola e propor novas ações. As respostas coletadas foram apresentadas à toda comunidade escolar e analisadas com o objetivo de pensar a escola que, verdadeiramente, se quer para o hoje e para o futuro.

 

Autoavaliação com os responsáveis do 5.º ano

 

Autoavaliação com os responsáveis do 5.º ano - Reunião Bolsa Família

 

Segundo a Coordenadora Pedagógica, prof.ª Gláucia Bispo, a intenção da autoavaliação não era apontar culpados, erros e impossibilidades. A proposta foi criar momentos de avaliação da escola, observando como nossas ações diárias ajudam a construir a escola onde estudamos, trabalhamos e deixamos nossos filhos.

 

Se afirmamos a nossa escola como um lugar sujo, por exemplo, o que nós estamos fazendo ou não para que ela seja suja? Uma escola limpa não depende apenas do funcionário que cuida da limpeza, mas de todos que não colaboram para a sujeira não existir. Se afirmamos que nossa escola é um espaço rico, criativo e interessante com vivências de leitura, por exemplo, o que nós estamos fazendo para criar esta escola como um espaço propício à formação de leitores? A autoavaliação foi, para nós, um exercício de observar a escola física e simbólica que construímos com as nossas ações e não a verificação do funcionamento de um prédio, que denominamos escola”. – relatou a prof.ª Gláucia Bispo

 

 

 

Como dizia Paulo Freire, “a escola é feita de gente” e para gente. Esta ação foi considerada bastante produtiva, viável e eficaz por todos os participantes, tanto na utilização da ferramenta Google Forms, quanto na condução das discussões pela equipe gestora. Foi um momento em que a comunidade assumiu a tarefa de identificar seus pontos fortes e, também, àqueles que necessitam de um olhar atento para, a partir daí, repensar seu planejamento de trabalho.

 

Parabéns à toda equipe gestora do CIEP Doutor Adão Pereira Nunes, aos professores, alunos, responsáveis e funcionários por participarem deste momento coletivo de autoavaliação com comprometimento. Com a certeza este processo irá fortalecer a identidade da escola, a consciência de sua missão e o sentimento de pertencimento a este espaço educativo.

 

É um orgulho tê-los na 6.ª CRE!

 

Quer conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido pela equipe do CIEP Dr. Adão Pereira Nunes?

Entre em contato com a Unidade Escolar!

 

CIEP Dr. Adão Pereira Nunes

E-mail: ciepnunes@rioeduca.net

Telefone: 3372-5440

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 24/12/2018

Festival InterAgindo - Projeto Vôlei em Rede

Tags: 6ª cre, vôlei.

 

O projeto Vôlei em Rede acontece na E.M. Alexandre Farah, desde o ano de 2014.

Este ano, os alunos da Unidade Escolar participaram da festa de encerramento do projeto. 

Vamos conhecer um pouco mais?

 

Professor Alexandre Abreu com os alunos do projeto Vôlei em Rede

 

No dia 27 de novembro, os alunos da E.M. Alexandre Farah, localizada em Ricardo de Albuquerque, participaram do festival de encerramento do projeto Vôlei em Rede. O InterAgindo é um momento de integração entre os alunos dos vários núcleos, por meio de jogos. O evento foi realizado no Núcleo Ramos e contou com a participação dos alunos da E.M. Alexandre Farah e do professor de Educação Física, Alexandre Abreu. Os alunos do núcleo sede receberam os estudantes da 6.ª CRE com muito entusiasmo. Eles tiveram a oportunidade de trocarem de experiências, fazerem novas amizades e fortalecerem o espírito de cidadania. Os professores aproveitaram, também, para aplicar os valores aprendidos nas aulas: cooperação, responsabilidade, respeito e autonomia.

 

As equipes foram formadas, primeiramente, misturando os alunos dos dois núcleos e, em seguida, a formação foi feita com os estudantes da mesma unidade escolar. A distribuição das medalhas de participação foi um dos momentos de maior integração e respeito ao adversário. Os alunos do Núcleo Ricardo de Albuquerque, E.M. Alexandre Farah, entregaram as medalhas para os colegas do Núcleo Ramos e vice versa. O orgulho estava estampado no rosto sorridente do professor Alexandre Abreu, responsável pelo projeto Vôlei em Rede, nesta escola. Ele desenvolve com alunos de 6.º ao 9.º ano, duas vezes na semana, as atividades do Instituto Compartilhar.

 

Atividades desenvolvidas no festival InterAgindo

 

 

Alunos do Núcleo Ricardo de Albuquerque - E.M. Alexandre Farah

 

 

O Instituto Compartilhar foi fundado pelo técnico Multicampeão Bernardinho e tem como missão o desenvolvimento humano por meio do esporte. Ele enfatiza valores de uma maneira tão verdadeira que acaba pegando os alunos pelo coração. No Rio de Janeiro, o projeto iniciou suas atividades em 2010, com cinco núcleos. No contraturno das aulas regulares, os alunos têm contato com a metodologia Compartilhar de Iniciação ao Voleibol.

 

 

O projeto Vôlei em Rede já acontece na E.M. Alexandre Farah há 4 anos 

 

 

Momentos de descontração na ida ao Núcleo Ramos (sede do InterAgindo)

 

 

Parabéns ao professor Alexandre Abreu por desenvolver este projeto de tamanha relevância para a vida de seus alunos, com tanta competência, amor e dedicação!

Parabéns à equipe gestora da E.M. Alexandre Farah por receber e incentivar parcerias de sucesso em benefício dos nossos jovens!

Parabéns ao Instituto Compartilhar por, através do esporte, transformar a vida de milhares de crianças e adolescentes pelo Brasil! 

 

Quer conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido pelo professor Alexandre Abreu com o projeto Vôlei em Rede? Entre em contato com ele!

 

E.M. Alexandre Farah

E-mail: emfarah@rioeduca.net

Telefone: 3358-1102

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 10/12/2018

Rio + Cidadão na E.M. Levy Miranda

Tags: 6ªcre, rio+.

 

No dia 27 de novembro, a Escola Municipal Levy Miranda, localizada na Pavuna, foi palco do Rio + Cidadão

O evento teve início às 9 horas e término às 13 horas e levou um mutirão de serviços municipais e culturais para os responsáveis dos alunos e moradores do entorno.

 

Vamos acompanhar como tudo aconteceu?

 

O evento Rio + Cidadão foi realizado na quadra da E.M. Levy Miranda

 

O Rio+Cidadão levou um mutirão de serviços municipais e de outros órgãos públicos para a comunidade do Complexo do Chapadão. Ele tem por objetivo contribuir para o aumento da qualidade de vida e progresso social dos cidadãos da cidade do Rio de Janeiro. Esta ação contou com a parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, a Secretaria de Saúde, a Secretaria de Assistência Social e a Secretaria de Desenvolvimento Humano e do Trabalho. Outras instituições colaboraram para o sucesso desta ação como: Casa da Mulher Carioca Tia Doca, CorAlice (Coral da 3.ª Idade de Irajá), grupo Lixo e Sustentabilidade e Associação de Moradores do Complexo do Chapadão.

 

 

Serviços oferecidos aos moradores da comunidade 

 

 

A diretora da Escola Municipal Levy Miranda - professora Sandra Batista - e o Coordenador da 6.ª CRE - professor Hugo Nepomuceno - mobilizaram toda a comunidade escolar, professores que trabalham na Coordenadoria de Educação e escolas do entorno para participar desta ação que promove a igualdade e a garantia dos nossos direitos.

 

O evento aconteceu na quadra da Unidade Escolar, que atende alunos do 6.º ao 9.º ano. Os moradores da comunidade e os responsáveis dos alunos eram recebidos na portaria e, antes de usufruir dos serviços oferecidos, passavam por uma triagem. Em seguida, eram encaminhados aos estandes para atendimento: cadastro na Caravana do Emprego e Cidadania; segunda via da Carteira de Identidade; aplicação de vacinas; doação de mudas; embelezamento das mãos, sobrancelha e cabelo e atendimento pela equipe da Clínica da Família Manoel Fernandes de Araújo.

 

Professor Hugo Nepomuceno - Coordenador da 6.ª CRE - junto com professores, alunos e integrante da saúde

 

 

Enquanto os adultos estavam sendo atendidos, as crianças presentes participaram de várias atividades educativas. Uma das atividades oferecidas foi a Contação de Histórias. As crianças ficaram encantadas com a performance das professoras que dinamizaram a atividade. Em seguida, as crianças puderam aproveitar o espaço para fazer pintura e a leitura de diversos títulos que estavam à sua disposição. A Escola Municipal Levy Miranda e as escolas, creches e EDIs do entorno abrilhantaram o espaço destinado à Educação com a exposição dos trabalhos realizados em suas unidades escolares. As pessoas ficaram encantadas com o trabalho de excelência realizado pelos professores!

 

Contação de Histórias

 

 

Pesquisa sobre Bullying

 

 

Plantação de muda de Pau-Brasil feito pelo Sr. Romeu (blusa azul) e alunos da E.M. Levy Miranda

 

Parabéns a todas as Secretarias envolvidas para que este evento fosse um verdadeiro sucesso e levasse transformação para a área assistida. Em especial, gostaríamos de parabenizar toda equipe da Escola Municipal Levy Miranda, a Coordenadoria de Educação e as escolas do entorno por aceitarem esta missão com tamanha alegria e comprometimento. Sem vocês nada seria possível! 

 

Que conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido na Escola Municipal Levy Miranda?

Entre em contato com a ela!

 

Escola Municipal Levy Miranda

E-mail: emlevy@rioeduca.net 

Telefone: (21) 3358-1005

 

Não esqueça de deixar o seu comentário! Ele é muito importante para nós!

Até a próxima semana!


 


   
           



Yammer Share