A A A C
email
Retornando 476 resultados para a tag 'projetos'

Segunda-feira, 24/04/2017

Aprender a Aprender...6º Ano Experimental

Tags: 1ªcre, projetos, ciências, formaçãocontinuada, .

 

Sucesso na Rede, professores e alunos das turmas de 6º Ano Experimental redescobrem, diariamente, o Prazer em Aprender.

 

Protagonismo, Interdisciplinaridade e Ação são algumas palavras que já fazem parte do cotidiano das turmas de 6º Ano Experimental na 1ª Coordenadoria Regional de Educação e em toda Rede. Professores e alunos pesquisadores transformam a Sala de Aula num espaço de Construção Coletiva de Saberes.

 

 


Em consonância com diretrizes gerais do Projeto, a 1ª Coordenadoria Regional de Educação vem oferecendo aos professores regentes, em seus Centros de Estudos Regionais, Formação nas diversas áreas do Conhecimentos.

 

 


Uma das temáticas abordadas nos Encontros de Formação foi “O Ensino de Ciências”: Os professores trocaram experiências e discutiram sobre as situações didáticas essenciais para o ensino da disciplina. Situações que envolvem pesquisas, experimentação, produções orais e escritas foram apresentadas e analisadas.

Os professores enfatizaram que o ensino de Ciências deve criar condições para que o aluno faça pesquisas, busque informações, analise dados e desenvolva o pensamento crítico.

 

 

De volta ao campo, foi hora de colocar à mão na massa: professores e alunos se envolveram no Estudo do Sistema Solar, previsto nas orientações para o período.

Na Escola Tia Ciata, o estudo começou com com a música “Sistema Solar”, de Ana Pessoa. A partir da música foram feitas diversas pesquisas e leitura de textos informativos e imagens. Os alunos além de aprender a buscar as informações, também aprenderam a importância do trabalho coletivo para o sucesso de todos. Trabalho sempre mediado pela professora que ao final, propôs que os grupos apresentassem os resultados de suas pesquisas para o Grupo. Momento interação e troca de saberes entre os grupos.

 

 

Outras escolas também utilizaram os conteúdos de Ciências para promover pesquisas e produção de maquetes, como, por exemplo, as escolas Portugal e Marechal Trompowsky. Através das maquetes construídas, alunos puderam organizar e interpretar as informações pesquisadas acerca do tema.

 

 

E o 6º Ano Experimental não para por ai: outros trabalhos interdisciplinares , tendo o aluno como protagonista estão sendo desenvolvidos nas diversas unidades e em breve estarão aqui no Blog “A Revolução Acontece”.

 

Para Saber Mais:

E/1ªCRE/Gerência de Educação

Telefone: 2233-4839

E-mail: gecre01@rioeduca.net

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 18/04/2017

Cidadania em Construção

Tags: 7ªcre, projetos.

 

 Estudantes da Escola Municipal Juan Montalvo estiveram no Jockey Club Brasileiro em aula passeio para conhecer o primeiro dia do torneio de Tênis Rio Open 2017  a convite da organização do evento.

 

O Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Juan Montalvo é Cidadania em Construção. A preparação para a aula-passeio ,que aconteceu no dia 20 de fevereiro, ao Rio Open - maior Torneio de Tênis da América do Sul, envolveu a preocupação com a responsabilidade de representar a unidade escolar em mais um evento esportivo internacional.

 

     Alunos da E.M. Juan Montalvo no Rio Open.

                                                                    

Após torcerem pelo tenista brasileiro Rogério Dutra, passearam pelo Boulevard Leblon e posaram para fotografias com atletas e ex-atletas como Gisele Miró na tarde dedicada pelo Rio Open aos projetos sociais.

 

 Alunos com a atleta Gisele Miró.

 

Os alunos tiveram acesso ao conhecimento sobre as pessoas envolvidas na organização, atletas, ex-tenistas homenageadas, o contato com expositores, a conduta cidadã e um olhar atento para a paisagem urbana ao longo dos 30Km entre a Taquara e a Gávea. Tudo para aproveitar ao máximo esta singular experiência pedagógica.

Conhecer melhor sua cidade e uma modalidade esportiva já praticada na Escola, além de estabelecer contato com pessoas num ambiente especial que induz a mais e maiores sonhos é o saldo para estas crianças tendo na Escola a promotora de mais esta oportunidade.

 

          Alunos na  quadra esportiva onde occorreu o Rio Open.

 

E o Tênis, na modalidade Mini-Tênis vai ganhando espaço nas aulas de Educação Física na Escola Municipal Juan Montalvo e estar num evento internacional foi a realização de um sonho para todos. E uma ação que visa a alimentar novos e maiores sonhos.

 

Parabéns aos envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Contato da E. M. Juan Montalvo:

emmontalvo@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Segunda-feira, 10/04/2017

A Magia da Literatura Infantil

Tags: 1ªcre, projetos, riodeleitores.

 

Tendo como marco referencial a LEITURA, escola se destaca com projetos que incentivam a leitura literária, como eixo norteador de seu trabalho.

 

 

Localizada no Imperial Bairro de São Cristóvão e atendendo as comunidades de Tuiuti, Barreira do Vasco e adjacências, a Escola Municipal Floriano Peixoto a cada ano se destaca pelos projetos pedagógicos que são desenvolvidos, sempre tendo a literatura como eixo norteador de todo o processo de ensino-aprendizagem.

 


 

Para o ano de 2017, o projeto “A Magia da Literatura Infantil enriquecendo as várias linguagens, atravessando os Muros da Escola e Conhecendo o Mundo” pretende oportunizar uma interação global, compartilhando leituras emoções e sentidos. O objetivo também é abrir espaços para interrogações e meditações, análises críticas e, principalmente, a observação e conhecimento de várias culturas.

 


 

E a professora Solange Comerlato, Coordenadora Pedagógica da unidade escolar, nos fala um pouco mais do projeto: “Esse trabalho está no começo, será oferecido como um grande livro aberto, com trabalhos expostos pelos murais do entorno das salas da escola. Trabalharemos com contos originários de vários países e continentes, permeando suas diferentes culturas”.

 

 


Para Solange, que já desenvolve esse trabalho há muitos anos, “a fantasia e o voo da imaginação amenizam as dificuldades do nosso cotidiano, enriquecem a alma, integram valores culturais e alimentam os sonhos”.

 

Professora Solange, em conversa com a Comunidade da Escola Floriano Peixoto


Para Saber Mais:

Escola Municipal Floriano Peixoto

Praça Argentina, 20 – São Cristóvão

Diretora: Otília Muller

Coordenadora Pedagógica: Solange Comerlato

Telefone: 3895-8634

E-mail: emfpeixoto@rioeduca.net

 

 


   
           



Yammer Share

Terça-feira, 04/04/2017

Plantar a Semente e Semear o Futuro

Tags: 7ªcre, projetos.

 

O EDI Medalhista Paralímpico Felipe de Souza Gomes está desenvolvendo o projeto anual "Plantar a semente e semear o futuro" que tem como objetivo principal a construção de valores na Educação Infantil.

 

Neste primeiro bimestre, O EDI Paralímpico Medalhista Felipe de Souza Gomes iniciou suas atividades com a preocupação da aproximação da família e estabelecimento de uma importante parceria com a escola. Este momento foi fundamental para o período de adaptação que até o momento tem sido um sucesso.

 

Conscientização sobre o mosquito transmissor da Dengue.

 

As atividades pedagógicas de combate a arboviroses foram intensificadas e ainda aconteceu uma palestra sobre a saúde na escola, com a parceria da Enfermeira Cristiane do Hospital Álvaro Ramos, que falou sobre a importância das vacinas e as doenças comuns da primeira infância, como prevenir e onde buscar tratamento. A Enfermeira também apresentou dados importantes sobre o combate às arboviroses, complementando o combate ao mosquito na unidade escolar. Nas diferentes atividades pedagógicas, foram realizadas inspeções da unidade escolar em busca de foco e conscientizão à comunidade sobre o mesmo.

 

Palestra sobre saúde com responsáveis.

 

    Crianças desenvolvendo atividades sobre conscientização do mosquito transmissor.

 

Na semana do carnaval trabalhou-se a cultura, com o conhecimento de ritmos e instrumentos junto com a montagem do  bloco do baile "Na nossa folia Mosquito não se cria", onde o EDI  desfilou para a comunidade escolar a campanha de combate ao Aedes. A  marchinha do EDI foi elaborada pelas professoras Helena e Francisca.

 

            Turmas se preparando para o desfile do EDI.

 

Foi realizado um lindo baile de carnaval com desfile de blocos carnavalescos com temas de combate à dengue. Ao som de uma marchinha criada pelas professoras, o desfile foi uma grande folia educativa, e colocamos o mosquito para sambar. Cada bloco representava um forma de combate. Cada responsável levou para casa ventarolas com dicas de combate ao Aedes e a letra da marchinha.

 

Letra da música:

Êh, Êh,Êh,Êh
Vamos combater a dengue pra valer!

Êh, Êh,Êh,Êh
Vamos combater a dengue pra valer!
Lá na nossa casa,

água parada,
só mosquitada!

Lá na nossa casa,
água parada,
só mosquitada!


Paródia criada em cima da marchinha "Índio quer apito"

Autoras: Professoras Helena e Francisca
 

 

          Responsáveis aguardando o desfile de Carnaval do EDI.

 

O EDI Medalhista Paralímpico Felipe Souza Gomes tem como objetivo geral do seu projeto anual estimular a construção de valores para a vida em sociedade e a formação de cidadãos conscientes e críticos, por meio do cuidado com o meio ambiente, através de ações sustentáveis para a preservação e interação saudável com o mesmo.



Conheça os objetivos específicos do projeto Plantar a semente e semear o futuro:

 

  • Promover o debate sobre os valores fundamentais para a vida em sociedade;
  • Estimular a cidadania destes educandos;
  • Proporcionar ações sustentáveis para o desenvolvimento do cuidado com o meio ambiente, sua preservação e interação;
  • Possibilitar atividades diversas que estimulem o reaproveitamento, reutilização e reciclagem de materiais poluentes;
  • Iniciar uma horta para o estimular o cuidado com o meio ambiente e a sustentabilidade;
  • Estimular a alimentação saudável;
  • Ressaltar a importância da água e sua preservação;
  • Propiciar campanhas de combate a doenças causadas por vetores, tais como: Dengue, Zica e ChiKungunya, doenças causadas por parasitas tais como: Pediculose, Molusco, entre outras;
  • Trabalhar hábitos de higiene pessoal e coletiva;
  • Estabelecer parceria com a família para que os valores estimulados sejam mantidos em casa;
  • Desenvolver atividades diversas para que cada valor seja trabalho individualmente e em conjunto;
  • Elaborar uma exposição de produtos e trabalhos finais sobre as temáticas trabalhadas;
  • Trabalhar diferentes valores através das áreas de conhecimento e linguagens (Linguagem oral e escrita, Matemática, Ciências Sociais e Naturais, Corpo e Movimento, Música e Artes Visuais) fundamentais para o desenvolvimento do educando na educação infantil.

 

 

Parabéns a todos os envolvidos pelo trabalho realizado!

 

Para acompanhar o trabalho do EDI :

https://www.facebook.com/edifelipedesouzagomes/

Contato do EDI Medalhista Paralímpico Felipe de Souza Gomes:

edimgomes@rioeduca.net

Contato para publicações:

robertavitagliano@rioeduca.net

 

 

 

 


   
           



Yammer Share